Tecnologia Assistiva é novo recurso de alfabetização nas escolas de Osasco

 Foto: Ivan Cruz  

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, sempre buscou estar à frente na educação inclusiva. As escolas da rede municipal de ensino contam com ônibus adaptados para alunos com deficiências, Salas de Apoio Educacional Especializado (AEE) e Salas de Recursos Multifuncionais, que melhoram o aprendizado de crianças com deficiência (intelectual, física, visual, auditiva, transtorno do espectro autista e altas habilidades/superdotação).  

O governo da cidade de Osasco prioriza investimentos na educação inclusiva do município. O prefeito Rogério Lins anunciou na segunda-feira, 6/12, a implementação do novo projeto educacional:            Teclado TiX, que foi adquirido para integrar os recursos tecnológicos das unidades educacionais, cujo objetivo será potencializar o trabalho pedagógico desenvolvido junto aos alunos com deficiência.  

O TiX funciona como teclado-mouse para pessoas que tenham dificuldades na coordenação motora fina e também na fala. O aparelho permite a digitação de letras, números e símbolos, além de controlar o mouse a partir de onze botões grandes, bem visíveis e altamente sensíveis ao toque.   

Dessa maneira, os usuários podem utilizar os computadores sem precisar de objetos enormes e difíceis de serem manuseados. Com o TiX é possível acionar os botões facilmente com os seus membros ou até mesmo com o piscar dos olhos, a partir do uso de acessórios específicos.  

Além disso, com o software Simplix, os alunos que tenham alguma deficiência intelectual ou que ainda não estejam aptos a usar o novo recurso tecnológico para a escrita, aproveitam das luzes, cores e símbolos para fazer a comunicação alternativa e realizar atividades pedagógicas apropriadas para o seu nível cognitivo.  

O novo investimento beneficiará aproximadamente 1.200 alunos com algum tipo de deficiência desde a educação infantil (Jardim e Pré) até os alunos do ensino fundamental (1° ao 5° ano).  

Em seu discurso, o prefeito Rogério Lins anunciou que pretende abrir mais unidades do CER (Centro Especializado em Reabilitação) e afirmou que irá trabalhar para que o município seja referência em inclusão. “Já avançamos um pouco em relação a inclusão, mas a gente entende que ainda tem muito a ser feito. Nós queremos que Osasco seja uma cidade modelo na inclusão e nas políticas públicas para a pessoa com algum tipo de deficiência”, disse.  

Segundo o secretário de Educação, Cláudio Piteri, todos os professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) receberão um curso de formação relativo ao conjunto TiX. “Nele, os docentes aprenderão sobre a utilização dessa tecnologia assistiva para poder direcionar seus alunos, iniciando o processo de implementação. A partir daí, professores e estudantes se encantarão com a tecnologia inovadora”, concluiu.   

 A apresentação do TiX aos profissionais da educação foi realizada no Centro de Formação dos Profissionais da Educação, localizado na Avenida Marechal Rondon, 263 – Centro. 

Receba no seu WhatsApp gratuitamente!