Barueri

Barueri Esporte Forte Sub-15 bate Bradesco e dispara na liderança do Metropolitano

Barueri Esporte Forte passou com facilidade pela equipe de Osasco

Mais uma rodada do Campeonato Metropolitano de Vôlei Sub-15 Feminino ocorreu nesta quarta-feira, dia 29, no Ginásio do Jardim Belval. O Barueri Esporte Forte recebeu a AEC Bradesco  e venceu por 3 sets a 0 com parciais de 25×7, 25×13 e 25×11.

A partida durou apenas 57 minutos. O resultado manteve a invencibilidade da equipe dirigida pelo técnico Adroaldo Sousa e a liderança absoluta no Campeonato com 100% de aproveitamento (nove vitórias).

No próximo dia 4 de julho, segunda-feira, às 17h30, o adversário será o Vôlei Taubaté no Ginásio do Jardim Belval. A equipe do Vale do Paraíba venceu apenas uma partida e está em penúltimo lugar na tabela.

Ficha técnica

Campeonato Metropolitano de Voleibol Feminino Sub-15 – 9ª rodada

Ginásio Caetano Manoel da Silva, quarta-feira, 29 de junho de 2022 – 17h30

Barueri Esporte Forte 3 x 0 AEC Bradesco (25×7, 25×13 e 25×11)

Primeiro árbitro: Luís Fernando Pereira Monteiro  

Segundo árbitro: Marcelo Aparecido Moreira

Apontadora: Thaís Braga Santos

Bolsa Trabalho divulga lista dos 360 bolsistas selecionados nesta edição

Última turma de Barueri ingressou em março com cerimônia de integração

O Programa Bolsa Trabalho, do governo estadual, divulgou a lista dos 360 convocados de Barueri para sua próxima edição. Os selecionados devem comparecer a partir desta quinta-feira (dia 30) até o dia 14 de julho para regularizarem a inscrição para as vagas. O trabalho tem início previsto para 18 de julho. Confira AQUI a lista dos bolsistas convocados.

A efetivação das vagas deve ser feita na Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho (Sict), parceira do programa com o Governo do Estado. O horário é das 9h às 16h, na Alameda Araguaia, 921, em Alphaville. Os selecionados devem levar RG, CPF, comprovante de endereço e carteira de trabalho.

O programa é realizado durante cinco meses. Oferece uma bolsa auxílio de R$ 450,00, mais R$ 90,00 como complementação de cesta básica.  A iniciativa também oferece curso de qualificação, seguro contra acidentes e atividades de trabalho.

O objetivo do Programa Bolsa Trabalho é promover atividades que possibilitam a recolocação profissional no mercado de trabalho, além de fornecer qualificação e renda aos que estão em vulnerabilidade social.

As atividades constantes do programa são desenvolvidas em órgãos públicos durante quatro horas diárias, cinco dias por semana. Neste período estão incluídas a participação em atividades junto à comunidade ou nos órgãos públicos, bem como a realização do curso de qualificação.

Entre os cursos de qualificação disponíveis para os interessados em participar do Bolsa Trabalho estão os de gestão administrativa e de pessoas, rotinas e serviços administrativos, secretariado e recepção, EJA (para quem possui o curso fundamental incompleto), entre outros.

Núcleo de Dança de Barueri realiza apresentação de conclusão do semestre

Para assistir a apresentação, basta levar um pacote ou lata de leite em pó

Quem gosta de dança não pode perder a oportunidade de prestigiar a apresentação do Núcleo de Dança de Barueri no dia 8 de julho, às 19h, no Centro de Eventos.  O Núcleo de Dança fará uma apresentação super especial – a Gala -, que representará os trabalhos desenvolvidos ao longo do primeiro semestre de 2022.

Participarão desse evento cerca de 70 bailarinos, alunos do Núcleo de Dança, que após meses de muito trabalho mostrarão no palco todo amor, empenho e dedicação que colocam em suas aulas diárias. Serão apresentadas 13 coreografias, dentre elas os cinco trabalhos selecionados para o Festival de Dança de Joinville, e que representarão a cidade de Barueri entre os dias 26 e 28 de julho na cidade de Joinville (Santa Catariana), conhecida como a capital da dança.

Essa é a segunda vez que o Núcleo de Dança de Barueri participará do Festival e as bailarinas irão concorrer na categoria infantil na Mostra Competitiva – Meia Ponta, com a coreografia “Labirínticos”. Nos Palcos Abertos, Barueri será representada com as coreografias “Apolares” e “Perseguição” na categoria Júnior; e com as coreografias “Eminência”  e “Outonarse” na categoria sênior.

A Gala de conclusão do semestre proporcionará aos pais, convidados e amantes da dança, a oportunidade de conferir um pouco mais do que foi desenvolvido nos últimos meses durante as aulas. “Será uma oportunidade para os bailarinos terem mais um contato com a magia dos palcos, trazendo o sentimento de dever cumprido e a inspiração necessária para continuar com os trabalhos no próximo semestre”, destacou Fellipe Camarotto, coordenador pedagógico do Núcleo de dança.

Para assistir a apresentação, basta levar um pacote ou lata de leite em pó, que será destinado ao Fundo Social de Solidariedade Estrela Guia. Serão disponibilizados 490 lugares para o público prestigiar a apresentação.

O Centro de Eventos está localizado na Avenida Sebastião Davino dos Reis, 672, na Vila Porto.

Formatura do Proerd reúne mais de mil alunos no Ginásio do Parque dos Camargos

Formatura presencial foi retomada com muita festa

Com o ginásio do Parque dos Camargos lotado e em clima festivo aconteceu a cerimônia de formatura de cerca de 1.100 alunos de 5º ano que participaram do Proerd – Programa Educacional de Resistência as Drogas.

O evento foi realizado na manhã desta quarta-feira (dia 29) e, além dos estudantes, contou com as presenças de autoridades civis, militares e de toda a comunidade escolar.

O evento teve grito de guerra, juramento, entrega de certificado e a tão esperada presença do mascote do programa, o Leão Daren, que garantiu a animação e o entusiasmo nas apresentações;

De acordo com a responsável pelo Departamento de Projetos da Secretaria de Educação de Barueri, Maurylaine Almeida – a Mel -, a formatura foi um evento esperado por todos. “O evento de hoje foi sonhado durante dois anos. Os alunos foram muito privilegiados com a formação do Proerd e a nossa comunidade com essa linda festa”, disse.

As escolas que participaram desta etapa do programa foram: Emef Deiró Felício Andrade, Emeief Benedito Adherbal Farbo, Emef Roberto Luis de Araújo Brandão, Emef José Leandro de Barros Pimentel, Emef Maria Meduneckas, Emef Sidney Santucci, Emef Elvira Lefevre, Emef Aristides da Costa Silva, Emef Ezio Berzaghi, Emef Gilberto Florêncio e Emef Jorge Augusto.

Sobre o Proerd
O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) tem a missão de ensinar aos estudantes boas estratégias de tomada de decisão para ajudá-los a desenvolver habilidades que os permitam conduzir suas vidas de maneira segura e saudável.

O objetivo é desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas que levem às drogas e à violência, por exemplo, promovendo os fatores de proteção. A ideia é estabelecer relações positivas entre alunos e policiais militares, professores, pais, responsáveis legais e outros líderes da comunidade escolar.

Campanha do Agasalho chega a mais três bairros

 Quase 6 mil peças foram entregues nos três bairros da vez

Mais três bairros foram contemplados com a Campanha do Agasalho Tudo Novo. Na terça-feira, dia 28, agasalhos e cobertores foram entregues no Jardim dos Altos, nas proximidades dos predinhos, e na quarta-feira, dia 29, foi a vez do Jardim Belval (rua Itaquiti) e do Votupoca.

Jardim dos Altos

O vice-prefeito, Beto Piteri, participou da entrega junto com a presidente do Fundo Social, Sônia Furlan e a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina. Piteri disse que lembrava-se do início da construção dos prédios que marcou o surgimento do Bairro. Sônia Furlan contou que a Campanha do Agasalho estava sendo feita há quase um mês e que cada roupa e cobertor novos traziam o carinho do governo.

Foram doados 400 cobertores, 308 mantas e 1.248 peças novas de inverno.

Jardim Belval

A presidente do Fundo Social, Sônia Furlan, disse que estava feliz em retornar ao bairro que tanto gostava. No total, foram entregues 550 cobertores, 320 mantas e 1.362 peças novas de roupa, em sua maioria confeccionadas pelo Núcleo de Moda.
Votupoca

Na tarde de quarta-feira, moradores das proximidades da Avenida Grimaldo Tolaini (travessas e vielas) foram contemplados com 300 cobertores, 250 mantas e 1.219 peças de agasalhos novos.

Ranking do Sebrae sobre desenvolvimento traz Barueri em quarto lugar no Brasil

Barueri ficou à frente de capitais e municípios de grande porte

O município de Barueri conquistou o quarto lugar no Índice Sebrae de Desenvolvimento Local (ISDEL), feito pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A cidade ficou atrás apenas das capitais São Paulo e Curitiba (PR) e do município paulista de São Caetano do Sul no ranking nacional, estando à frente de várias capitais e municípios de grande e médio portes, alguns deles centrais em suas respectivas regiões metropolitanas.

O ISDEL é uma medição que tem por objetivo aferir o estágio de desenvolvimento das cidades brasileiras. O estudo posiciona os territórios numa escala de 0 a 1, de modo que quanto mais próximo de 1, maior o nível de desenvolvimento econômico. Mede 106 variáveis, agrupadas em indicadores, sendo composto por cinco itens que dão a média final na avaliação da cidade: capital empreendedor, tecido empresarial, governança para o desenvolvimento, organização produtiva e inserção competitiva.

Plano de gestão
“Barueri está sempre liderando os principais índices brasileiros com relação à força econômica e de trabalho. Não é por acaso. O plano dessa gestão é muito focado no desenvolvimento”, disse o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri (Sict), Joaldo Macedo Rodrigues, o Magoo.

O município teve as maiores pontuações nos itens “Inserção competitiva” (0.851) e “tecido empresarial” (0.830). As demais notas foram as seguintes: “capital empreendedor” (0.618), “governança para o desenvolvimento” (0.729) e “organização produtiva” (0.39). Na média geral, Barueri marcou 0.734. A capital São Paulo, melhor colocada no ranking geral, teve 0.785, seguida por Curitiba e São Caetano, com 0.749.

O item “Inserção Competitiva” compõe um conjunto de ações necessárias para que a cidade se posicione no sentido de dinamizar sua economia, tornando-se atrativa a investimentos. O foco do quesito está no modo como o município se relaciona com parceiros e investidores além de suas fronteiras.

Redes formais e informais
No quesito “Tecido Empresarial” o que interessa são as redes formais e informais de empreendedores, que atuam coletivamente tanto para promover quanto proteger os negócios dos atores envolvidos. Também mede a facilidade de interlocução entre o grupo.

“Não temos medido esforços para cumprir esses objetivos e os resultados vêm aparecendo frequentemente. Temos nos destacado mesmo durante a pandemia e enfrentando a crise mundial, sinal de que estamos no caminho certo”, completa Magoo.

Pessoas com TEA têm direito a vagas de estacionamento reservadas

Vagas com o símbolo de acessibilidade também são para pessoa com TEA

Você sabia que as pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) podem usar as chamadas vagas especiais para estacionamento? Esse direito está instituído na Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, conforme a lei de número 12.764, de dezembro de 2012.

Esses espaços ainda são indicados pelo Símbolo Internacional de Acesso – representado por um pictograma branco de uma pessoa na cadeira de rodas com o fundo azul – que garante a utilização das vagas de estacionamento públicos e privados como shoppings, farmácias, supermercados, entre outros, para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e idosos.

Entenda a lei
A Lei leva o nome de Berenice Piana, militante pelos direitos das pessoas com o transtorno do espectro autista, e diz que pessoa com TEA é considerada uma pessoa com deficiência para todos os efeitos legais. Com isso, faz valer o que a Lei Brasileira de Inclusão de 2015 determina sobre as áreas de estacionamento abertas ao público que obriga a criação de vagas sinalizadas à pessoa com deficiência e próximas ao acesso de circulação de pedestres.

Fita quebra-cabeça
Alguns locais com vaga reservada também são sinalizados com o símbolo mundial da conscientização do Transtorno do Espectro Autista, representado por uma fita quebra-cabeça. Mas, mesmo que a vaga exclusiva para pessoas com deficiência não tenha este símbolo, a pessoa com TEA pode utilizá-la, desde que esteja com a credencial no veículo. Regra esta, válida para todas as pessoas beneficiadas pela Lei.

Vale lembrar, a identificação do símbolo do TEA foi determinada pela lei municipal de número 2.608, de maio de 2018, que estabelece o acréscimo da figura do laço nas placas que dão prioridade no atendimento na cidade em diversos próprios públicos.

Questão de cidadania
As vagas reservadas para pessoas com deficiência e idosos foram criadas para facilitar o seu dia a dia. Mesmo garantido por lei, esse direito é desrespeitado. De janeiro a maio de 2022, foram aplicadas 552 autuações em condutores que estacionaram em vagas reservadas em Barueri. Um bom aumento em comparação ao mesmo período do ano passado, com 224 infrações. Ao todo, ocorreram 778 notificações em 2021.

O condutor que infringe essa regra, considerada gravíssima, é punido com uma multa no valor de R$293,47 e sete pontos na carteira de habilitação.

“A pessoa que não se enquadra nos critérios, precisa respeitar essa vaga, ela não pode ser ocupada nem por um minuto, é uma questão de cidadania. Isso gera uma série de dificuldades àqueles que são os reais beneficiados. Além de ser uma violação de um direito garantido por lei”, ressalta Valter de Oliveira, secretário de Mobilidade Urbana de Barueri.

Credencial
Os veículos estacionados nas vagas reservadas devem exibir a credencial do beneficiário. Para solicitá-la basta procurar o setor verde do Ganha Tempo e apresentar o laudo médico com o número do CID (Classificação Estatística Internacional de Doenças) atualizado em até 12 meses; comprovante de residência e documentos originais com foto. O Ganha Tempo funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 16h e fica na avenida Henriqueta Mendes Guerra, 550, no Centro. Informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 4199-1333.

Centro de Eventos recebe nesta sexta Prêmio Barueri de Literatura e Sarau Teatral

Ganhadores do Prêmio no ano passado exibem suas honrarias

Chegou o momento dos vencedores do Prêmio Barueri de Literatura 2021 participarem da premiação que acontecerá nesta sexta-feira, dia 1º de julho, às 19h no Centro de Eventos (av. Sebastião Davino dos Reis, 672, Jardim Tupanci).

Organizada pela Secretaria de Cultura e Turismo, a solenidade homenageará os 30 vencedores do Prêmio Barueri de Literatura 2021 nas categorias Conto e Poesia. Ao todo foram 584 obras inscritas. 

Os selecionados enviaram suas obras conforme as categorias estabelecidas no concurso: “Poesia” e “Conto” Adultos (acima de 18 anos) para escritores residentes em Barueri; “Poesia” e “Conto” Infantojuvenil (13 a 17 anos) também para residentes; e “Poesia” e “Conto” Adultos para não residentes. Para cada categoria foram selecionados autores com prêmios que vão do 1º ao 5º lugar. 

Os prêmios variam de R$ 4 mil a R$ 500,00, além de troféus e menções honrosas. Os autores também receberão suas obras publicadas em um livro, editado pela Secretaria de Cultura e Turismo.

Sarau Teatral
No mesmo dia, às 20h, acontecerá no Centro de Eventos o Sarau Teatral. O evento, que conta com a participação dos alunos das Oficinas de Teatro e do Núcleo de Teatro, faz parte da Caravana da Família. Ela tem como objetivo mostrar aos familiares dos alunos o que está sendo desenvolvido durante os cursos oferecidos pela Secretaria de Cultura e Turismo. Os alunos apresentarão mímicas e quadros com referências ao dramaturgo e escritor Dias Gomes.

Barueri Esporte Forte Sub-14 derrota Bradesco e mantém 100% de aproveitamento

Barueri Esporte Forte continua invicto no Metropolitano de Vôlei

Na tarde de terça-feira, dia 28, a equipe do Barueri Esporte Forte recebeu a AEC Bradesco no Ginásio Caetano Manoel da Silva pela oitava rodada do Campeonato Metropolitano de Voleibol Sub-14 Feminino.

A partida durou uma hora e 13 minutos e foi vencida pelo time da casa por 3 sets a 0 com parciais de 25×17, 25×18 e 25×13. A equipe visitante chegou a esboçar uma reação no segundo set e esteve quatro pontos à frente no placar, mas não resistiu à pressão.

A equipe comandada pelo técnico Cunha continua com 100% de aproveitamento na competição e enfrenta o São Caetano no próximo dia 5, terça-feira, às 18h, fora de casa. O adversário ainda não venceu e está em penúltimo lugar na classificação.

Ficha técnica

Campeonato Metropolitano de Voleibol Feminino Sub-14 – 8ª rodada

Ginásio Caetano Manoel da Silva, terça-feira, 28 de junho de 2022 – 17h30

Barueri Esporte Forte 3×0 ADC Bradesco (25×17, 25×18 e 25×13)

Primeira árbitra: Ronilse Mari Massarico

Segundo árbitro: Murilo Cardoso dos Santos Appugliese

Apontadora:  Raíssa Rodrigues dos Santos.

Corridas de Barueri: ponto de encontro de todas as tribos

Muitas pessoas mudam de vida depois que passam a correr

Barueri possui uma vocação tradicional para os eventos esportivos. As equipes de corrida sempre comparecem e montam suas tendas e disponibilizam água, suco e frutas para os seus integrantes.

Algumas mais organizadas têm cadeiras para descanso e até cadeira de quick massage e um profissional da área para dar assistência. Nessas ocasiões, as famílias interagem e os amigos se reencontram.

Neste domingo, dia 26, ocorreu a segunda etapa do Circuito de Corridas Todos contra o Câncer nas imediações do Ginásio Poliesportivo José Corrêa e alguns participantes se destacaram.

Aposta em que todos ganham

Laércio Aversani, de 48 anos, morador de Pirituba, na Capital, não participou da corrida, mas estava de braços abertos na linha de chegada para esperar o pai, Laerte, serralheiro aposentado de 74 anos.

“Meu pai bebia e eu não gostava. Fizemos uma aposta que se ele parasse, eu iria inscrevê-lo em algumas provas. Ele começou a correr este ano. Foi a quinta vez que ele participou. Está dando certo”, comemora.  “Fiz a prova de 5 km em 38 minutos. Tá bom”, festeja o veterano-iniciante. A esposa de Laerte e a filha também compareceram para apoiar. 

Família unida

Dona de casa em Itapevi, Dometila Aparecida Ribeiro Araújo, de 32 anos, participou da prova com a pequena Dandara, de um ano e quatro meses no carrinho de bebê. Hebert Deia Araújo, de 39 anos, o marido, e o filho Pietro, de oito anos, também participaram e ganharam medalhas.

Inclusão

Izael Vieira Ramos, 44 anos, massoterapeuta, morador do Jardim Belval, largou para a prova dos cinco km um pouco antes dos demais participantes. Ele possui deficiência visual e teve seu amigo Hélio Júnior como guia. A Secretaria de Esportes permitiu a largada de pessoas com deficiência com antecedência.

“Eu corro há 17 anos. Já participei de seis São Silvestres e de três São Silveiras. É bom demais”, afirma Izael, que é casado com Vanessa Santos Vieira, que também possui deficiência visual, mas não corre desde que a pandemia de Covid-19 surgiu. Izael comanda o canal “Resenha de Cego” no YouTube.

Celebração do último lugar

Centenas de mulheres participaram da prova, mas nenhuma foi tão celebrada como Suzy Menezes, moradora do Jardim Silveira, servidora municipal de Barueri aposentada, que começou a correr há quatro anos e já disputou 25 provas.

A poucos metros de cruzar a linha de chegada, um motociclista da organização se fez de batedor e começou a buzinar freneticamente. Todos começaram a aplaudir e ela terminou a prova dos 10 km em 1h22min. Excelente resultado: “frequento academia há vários anos e minha família me apoia. Eu melhorei da coluna depois que comecei a correr”, conta.

Receba no seu WhatsApp gratuitamente!