Editorial: simpósio

Abertas as inscrições para 3º Simpósio Regional de Educação Ambiental

Se você tem um projeto sobre educação ambiental, esse é o momento de compartilha-lo. Estão abertas as inscrições para o 3º Simpósio de Educação Ambiental que acontece no dia 29 de agosto. Este ano, o simpósio será em Santana de Parnaíba, no Cine Teatro Coronel Raymundo (Rua Suzana Dias, 300 – Centro Histórico).
Para participar basta inscrever seu projeto até o dia 6 de agosto, serão disponibilizadas 200 vagas e assim que forem preenchidas, o formulário on-line será desativado. Serão selecionados 32 trabalhos e a avaliação será realizada até o dia 10/08, podendo ser prorrogada, se necessário.
Os trabalhos serão apresentados em formato de painel e devem se enquadrar em uma das categorias propostas: Poder Público/Município; Instituição de Ensino (de todos os níveis); Terceiro setor e Iniciativa Privada.
Uma Comissão Organizadora formada pelos municípios de Santana de
Parnaíba, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Osasco, Taboão da Serra e a Fundação Alphaville avaliará os projetos inscritos.
Para realizar a inscrição basta preencher um formulário, disponível no link, https://goo.gl/5q725v. Mais informações na Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Cotia pelo telefone 4614-4014.

Primeiro Simpósio de Interface entre o trabalho da saúde e a justiça é promovido em Santana de Parnaíba

A palestrante Verônica Gomes fala sobre temas relacionados a saúde no primeiro simpósio interface. (Sandro Almeida)

Realizado no Cine Teatro Coronel Rayumundo, o evento teve como finalidade informar os profissionais que atuam direta ou indiretamente, no combate à violência doméstica e sexual

Na última terça-feira, 16/05, foi realizado o primeiro simpósio de interface entre o trabalho da saúde e da justiça, que visa levantar questionamentos e reflexões sobre ações de prevenções e melhorar o trabalho no Núcleo Prevenção Acidentes e Violência em Santana de Parnaíba (NUPAV).

O evento foi realizado, pois atualmente todas as questões ligadas à saúde tem interface com a justiça, primeiro para garantir os diretos dos usuários e também para garantir o direito da administração, na questão em que cumpra todos os programas e faça valer todos os direitos.

Estiveram presentes profissionais das secretarias de assistência social, educação e saúde, que participaram de uma palestra com a Dra. Verônica Gomes Alencar, coordenadora da rede Iluminar Campinas, de cuidados às vitimas de Violência Sexual e do Núcleo de Saúde da mulher, para conhecer um pouco do trabalho que é realizado  na cidade de Campinas, já que as questões como a violência se trabalha multidisciplinarmente.

Para lidar com problemas de violência doméstica e sexual, a secretaria de saúde criou o NUPAV, mais informações sobre o trabalho que é realizado pelo núcleo ou atendimentos entrar em contato no telefone: 4156-9318.

 

“Santana de Parnaíba está de parabéns, pois é uma cidade relativamente pequena e já possui um núcleo que faz a interface com a assistência social, com a educação e com a justiça. E isso realmente faz a diferença, quando a saúde entende que a violência é um problema de saúde pública” Dra. Verônica Gomes Alencar

 

Paulo Barufi assina decreto que regulamenta Lei Federal Anti Corrupção em Jandira.

Mesa de autoridades do 1º Simpósio de Combate à Corrupção. (Roberto Andrade/PMJ)

Jandira passa a ser a 1ª cidade da região e a segunda no estado a ter o decreto

 

No último dia 26 de abril, no Tablado Municipal Ramon Fernandez Benitez, a Prefeitura de Jandira promoveu o 1º Simpósio de Combate à Corrupção, que estabeleceu, oficialmente, o marco regulatório de combate à corrupção no município. O prefeito Paulo Barufi assinou o Decreto municipal nº 3.774/2017, que regulamenta a Lei Federal Anti Corrupção 12.846/2013. Jandira passa a ser a 2ª cidade no estado a ter o decreto. A primeira cidade a estabelecer o documento foi a capital de São Paulo.

O decreto disciplina os procedimentos administrativos destinados à apuração da responsabilidade objetiva administrativa de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a Administração Pública Municipal Direta e Indireta. Além disso, o documento reforça o papel do Controlador-geral na apuração de eventuais desvios de conduta de entes públicos.

O prefeito Paulo Barufi parabenizou os setores envolvidos e comentou sobre a importância do decreto e da participação da sociedade civil como fiscalizador. “Estamos na luta de sempre buscar o que é correto para a cidade. É necessário corrigir as distorções, discutir o assunto e estamos dispostos a sanar os problemas. Não admitimos o mau uso do dinheiro público e temos sempre que dar uma resposta para a população”, disse o prefeito.

O Simpósio contou com uma palestra do Juiz de Direito Doutor Alexandre Cunha, professor da Escola Paulista de Magistratura e integrante do Instituto Não Aceito Corrupção, que abordou a atual conjuntura política nacional, o combate à corrupção e a atuação do poder Judiciário.

Participaram do evento o prefeito Paulo Barufi, a primeira dama Márcia Barufi, a Controladora Geral do município Tzvetana Inês, secretários e diretores municipais, autoridades do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Câmara Municipal, representantes da Sociedade Civil, de Sindicatos dos Servidores Municipais, da Associação Comercial e Empresarial de Jandira (ACE), da Associação Industrial de Jandira (ASIJA), além de outras autoridades.

“A assinatura desse decreto é um marco na nossa região e Jandira precisa dar vida a esse instrumento político. A corrupção tem que ser combatida de forma punitiva e também de forma pedagógica”, comentou a Controladora Geral do município Tzvetana Inês.