Editorial: segurança

Barueri diminui crimes e estabelece novos recordes nos índices de segurança

A Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) divulgou as estatísticas dos crimes ocorridos em setembro e a análise dos dados mostra que a criminalidade continua caindo em Barueri.

No acumulado do ano (de janeiro a setembro de 2019) Barueri registrou o menor número de veículos roubados de sua história para este período. Isoladamente, o nono mês deste ano também foi o “melhor setembro” com relação a veículos subtraídos (furtados ou roubados).       

A cidade ainda teve o terceiro trimestre mais seguro dos últimos oito anos. A soma das principais ocorrências (homicídios dolosos, furtos, roubos e veículos subtraídos) de julho, agosto e setembro (terceiro trimestre de 2019) é a segunda menor de Barueri para o período desde o início da série histórica em 2002, ficando atrás apenas do total estabelecido em 2011.

O terceiro trimestre deste ano também registrou redução de 12,7% nesses delitos em relação ao mesmo período do ano passado em Barueri. Na mesma comparação com 2017 a diminuição é de 9%; já em relação a 2016 houve queda de 32,1% nas ocorrências.

A secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Regina Mesquita, ressalta que, das cidades da região com mais de 200 mil habitantes, Barueri é o município com o menor índice de homicídios no mês de setembro. O único caso registrado teve repercussão na mídia, pois uma mulher foi morta após ser agredida com socos e chutes no interior de um bar por um homem.

“As ações da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana, em conjunto com as forças estaduais, vêm se mostrando eficazes, tornando Barueri o município mais seguro da região. De todos os homicídios registrados neste ano pela SSP-SP, apenas dois ocorreram na via pública decorrentes de arma de fogo no mês de maio”, informa a secretária.

Santana de Parnaíba é a 2ª Cidade Mais Segura do Brasil

Santana de Parnaíba, na gestão do Prefeito Elvis Cezar, conquista mais uma importante marca de destaque no cenário nacional. O último levantamento realizado pela consultoria Urban System, classificou a cidade em 2º lugar entre os municípios com a melhor segurança do país e em primeiro lugar no Estado de São Paulo.

A consultora, que realiza esta análise desde 2014, avaliou as 5.572 cidades brasileiras, das quais Santana de Parnaíba se destacou pelo menor número de homicídios (6,8 por 100 mil habitantes) e de acidentes de trânsito fatais (4,5 por 100 mil habitantes). Esses dados reforçam o resultado dos investimentos realizados pelo município na segurança, com a implantação do Sistema Detecta, Central de Monitoramento por meio de câmeras, renovação periódica da frota de viaturas, instalação das inspetorias operacionais nas macrorregiões da cidade, além da compra de equipamentos e da realização dos cursos de capacitação e aperfeiçoamento dos Guardas Municipais, trabalhando em conjunto com as polícias civil e militar.

“Para nós é um grande orgulho ser reconhecido pela Consultoria da Revista Exame, a Urban System, como a segunda cidade mais segura do Brasil e a mais segura do Estado de São Paulo, pois temos trabalhado fortemente para combater a criminalidade e proporcionar segurança para a população da nossa cidade”, comentou o Prefeito Elvis Cezar.

O estudo também aponta que Santana de Parnaíba se destacou em outros importantes indicadores. O município ocupa a 19ª posição como uma das melhores economias do Brasil e em tecnologia e inovação, 22ª em mobilidade e acessibilidade e 24ª em qualidade de educação, onde todos estes requisitos deixam a cidade em 52º no ranking nacional.

Osasco anuncia queda nos índices de criminalidade

 

Os números divulgados pelo Departamento de Polícia Civil, Polícia Militar e Superintendência da Polícia Técnico Científica apontam redução dos índices de criminalidade em Osasco no comparativo entre o mês de junho/2019 com junho/2018.

 

Os índices de lesão corporal seguida de morte e os latrocínios reduziram 100%. Os casos de roubos de veículos (quando há emprego de violência) tiveram queda de 43%, seguido  pelos casos de estupro, com redução de 35%.

 

O município também teve redução nas taxas de homicídio doloso (33%), tentativa de homicídio (20%), roubos (20%), roubos de carga (4,3%) e furto de veículos (3,54%).

 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, ressaltou as reduções e atribuiu aos investimentos da administração pública na área de Segurança Pública. “Dobramos o efetivo da Guarda Civil Municipal, dotamos de novas viaturas e motocicletas, implantamos o COI (Centro de Operações Integradas), instalamos câmeras de monitoramento nos pontos mais movimentados da cidade e implantamos sistemas de inteligência”, enumerou.

 

Lins também ressaltou a parceria da Guarda Civil Municipal com as polícias Civil e Militar. “Esse trabalho conjunto é fundamental para garantirmos mais segurança à nossa população”, disse.

 

Outros destaques da atual administração referem-se ao Plano de Carreira para a Guarda Civil Municipal e a criação da ROMU, uma tropa de elite cujos integrantes são treinados pela ROTA.

 

O prefeito ainda destacou a parceria com o governo estadual, que recentemente entregou 17 novas viaturas à Polícia Militar de Osasco. “Com ações efetivas vamos ofertando mais à população e alcançando números que mostram que estamos no caminho certo”. 

 

Cotia registra queda nas taxas de assassinato, roubo e furto em 2018

Dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP) mostram que as taxas de homicídio doloso, roubo e furto caíram em 2018 no município de Cotia em relação ao ano anterior. A taxa (por cem mil habitantes) de homicídio doloso (quando há intensão de matar) por exemplo, caiu de 12,41 para 6,25, entre os anos, uma queda de (40,3%). As taxas de furto e roubo caíram (5,7%) e (9,2%), respectivamente. Nos últimos anos, a cidade recebeu grandes investimentos na segurança, além de valorização da Guarda Civil Municipal (GCM).

Os números foram recebidos com bastante entusiasmo pela atual gestão, idealizadora da tecnologia em favor da segurança e responsável pela implantação de 30 totens de videomonitoramento em pontos estratégicos da cidade. “Com essa tecnologia, podemos acessar uma base de dados precisa, com relatos da população, para sabermos quais medidas preventivas de segurança são necessárias, envolvendo educação no trânsito, combate ao tráfico de drogas, furtos e pequenos delitos. Assim estamos ganhando eficiência e nos aproximando das reais necessidades da população”, disse o prefeito, Rogério Franco, ao comentar o uso da tecnologia no combate à criminalidade.

Principais investimentos de Cotia em Segurança Pública

– Criação a Guardiã Maria da Penha (combate à violência doméstica)

– Instalação de um Anexo no Fórum de Cotia para tramitação de processos relacionados à violência doméstica

– Instalação de 30 totens de videomonitoramento (com botão de emergência que permite comunicação direta com a GCM)

– Instalação de estande de tiros para a Guarda Civil Municipal

– Renovação da frota da GCM

– Reconhecimento e valorização da GCM com pagamento de benefícios e promoções

– Implantação de comunicação de rádio digital para a GCM

Ano                Homicídio     Furto              Roubo

2017               12,41              759,08           702,17

2018               6,25                715,47           637,50

Variação        -40,3%           -5,7%              -9,2%

secretaria de Segurança do Estado mantém Santana de Parnaíba como a cidade mais segura da região

Desde 2013 a segurança em Santana de Parnaíba tem obtido índices positivos entre as cidades que pertencem a região metropolitana do Estado.  Por conta das ações intensivas de coibir as ações criminosas e dos investimentos realizados essa referência foi reforçada pelo último levantamento, realizado em abril deste ano pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, onde mostra que a cidade continua com as menores taxas de criminalidade dos municípios da região.

No primeiro trimestre de 2018 o município, em comparação com o mesmo período do ano anterior, teve reduções nos crimes de homicídio doloso (50%), estupro (67%), furto de veículos (27%) e, há 22 meses a cidade não teve registrado casos de latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com o departamento de planejamento e estatística da Secretaria de Segurança Urbana, os índices favoráveis se devem ao alinhamento de ações estratégicas, que envolvem metas e plano de ação, agindo de forma integrada, somado aos investimentos da prefeitura na segurança pública, garantindo que os trabalhos da guarda municipal sejam direcionados corretamente, além da realização de cursos preparatórios e de aperfeiçoamento da corporação, que conta com mais de 400 GMC´s, 54 veículos, entre viaturas e motos, inspetorias regionais e a implantação dos departamentos operacionais, que reforçam para manutenção destes índices.






Câmara alerta para a segurança dos pedestres no Calçadão de Carapicuíba

Fabinho Reis: preocupação com a segurança dos pedestres que circulam no calçadão (Divulgação/CMC)

Indicação sugere mais fiscalização e campanha para conscientização de ciclistas que fazem uso indevido do espaço

 

Uma Indicação de autoria do vereador Fabinho Reis (PSD), e apresentada durante a Sessão Ordinária dessa terça-feira (08), pede providências da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito para conscientizar ciclistas quanto ao uso indevido do calçadão de Carapicuíba.

 

De acordo com o parlamentar, o espaço foi construído para a circulação em segurança de pedestres e bicicletas não são permitidas. Fabinho sugere à Secretaria que instale placas de aviso maiores e em locais estratégicos para informar a população. O vereador também questiona a possibilidade de se criar um projeto de reeducação dos ciclistas.

 

“Peço que a Guarda Municipal, bem como a Polícia Militar e os agentes de trânsito, fiscalize sistematicamente o cumprimento desta lei, para proporcionar mais segurança aos nossos pedestres”, ressaltou.  






Vereadores alertam para a falta de segurança nos Prontos-Socorros de Carapicuíba

Falta de segurança nos Prontos-Socorros preocupa os parlamentares. (Divulgação / CMC)

Requerimento aprovado pela Câmara pede a presença de seguranças nos plantões noturnos

Relatos de assaltos, furtos e vandalismo obtidos por vereadores de Carapicuíba durante fiscalizações nas unidades de Saúde da cidade preocupam a Câmara Municipal, que agora questiona à Prefeitura quanto à possibilidade de disponibilizar seguranças para os plantões noturnos dos Prontos-Socorros municipais da Vila Dirce e Cohab II.

O Requerimento, de autoria do vereador José Carlos Adão (PSD), foi aprovado pelos demais parlamentares durante a Sessão Ordinária dessa terça-feira (27). No documento, Adão pergunta ao prefeito Marcos Neves (PV) se seria possível a implantação de tal medida para assegurar a segurança de profissionais e usuários das unidades.






Prefeitura define planejamento de segurança para o próximo trimestre

Itapevi organiza reunião de planejamento para melhorar segurança do município. (Divulgação/PMI)

Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI) decide integrar forças de segurança   

Nesta sexta-feira (23), a Prefeitura de Itapevi promoveu a 2ª reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI). Realizado no Paço Municipal, o encontro definiu o planejamento da política de segurança para o próximo trimestre no município.

Cerca de 30 representantes das polícias Civil e Militar, Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM), Demutran (Departamento Municipal de Trânsito), Fiscalização de Posturas Municipais, representantes da Secretaria de Educação e Cultura, secretários municipais e vereadores.

Durante a abertura da reunião, o prefeito Igor Soares enfatizou a necessidade de se estabelecer um convênio entre Prefeitura e Polícia Militar para integrar as atividades de monitoramento, além da modernização do Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito) de Itapevi.

“A organização e o bom planejamento de todos os envolvidos na segurança pública do município contribuem para o desenvolvimento da cidade, ajudam a minimizar os problemas e contribuem para a redução dos índices criminais, garantindo mais tranquilidade e paz para nossa população”, disse o prefeito.

Durante a reunião, discutiu-se uma maior integração entre as forças de segurança para combater os pancadões, bailes funks irregulares e estabelecimentos comerciais irregulares. Também foi abordada a necessidade de reativar o Conselho de Segurança de Itapevi, inativo há mais de dois anos, e a articulação para enfrentar o tráfico de drogas nas escolas da rede estadual de ensino.

Para o secretário de Segurança, Trânsito e Transportes, Kleber Maruxo, responsável pela coordenação do GGIM, o encontro estreita os laços entre as forças de segurança com o intuito de reforçar o policiamento preventivo e ostensivo em Itapevi.

“As decisões devem ser tomadas por todos para mensurar as atuações das forças de segurança do município. Precisamos que os recursos físicos, humanos e materiais sejam bem aplicados em benefício da população”, declarou Maruxo.






Segurança Pública é discutida pelos Vereadores Osasquenses

Audiência contou com representantes da GCM, PM, FESABO e CONSEG

Da Assessoria de Imprensa Em Audiência Pública realizada na terça-feira (30), os Vereadores osasquenses discutiram O Papel da Sociedade na Política de Segurança Pública. Estiveram presentes e fizeram uso da tribuna, autoridades municipais, representantes de órgão da sociedade civil, da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública da cidade. O primeiro a utilizar a tribuna foi Paulo Siliauskas, representante da Conseg. O convidado tratou sobre as ações realizadas pelo Conselho de Segurança de Osasco. “Nós fazemos um trabalho que não envolve apenas questões de segurança pública, nós também atendemos as reclamações feitas pela população com relação a diversos serviços prestados na cidade”, disse. Siliauskas apontou um programa especial e que já alcançou grande sucesso. “A Conseg faz ações e trabalha com todos os tipos de problemas de segurança pública. Criamos diversos programas de orientação à população, como o “Prazer em conhecer”, que leva a Polícia Militar às escolas e mostra aos jovens como é o trabalho da PM, quais as suas responsabilidades, deveres e direitos”, explicou. Representando a Polícia Militar do Estado de São Paulo, o Major PM Joaquim Mendonça Ishi demonstrou indignação ao afirmar que “muitos problemas de segurança pública existentes não são de responsabilidade e de competência da PM, porém, refletem no trabalho cotidiano das forças policiais”, entre os problemas citados pelo Major estão: indigentes viciados perambulando pelas ruas e cometendo delitos para alimentar o vício; péssima iluminação das ruas, facilitando o cometimento de delitos; terrenos públicos ou particulares, próprios municipais e viadutos mal cuidados proporcionando locais para o uso e o tráfico de drogas. “Muitos são problemas sociais que devem ser resolvidos pela sociedade e pelo poder público, porém, acabam ficando por conta da polícia”, explicou. O Major encerrou afirmando que a PM faz o seu trabalho de forma consistente e eficiente. “Nós sempre estamos presentes na cidade e lutamos para a melhoria das condições de vida da população”, finalizou. Raimundo Pereira Neto, Comandante da Guarda Municipal, apresentou resultados sobre os serviços de segurança pública realizados pela GCM. Os números apresentados são: 1193 ocorrências de cunho policial; 602, de cunho social; 4237 rondas; 3169 atendimentos em próprios municipais de saúde; 62 recuperações de veículos roubados ou furtados; 2763 autuações no trânsito, e, rondas escolares nas 141 unidades escolares do município. Segundo o Comandante, “os números de atendimento que demonstram os serviços realizados pela GCM são significativos, principalmente se levarmos em consideração o pequeno efetivo que existe na cidade de Osasco”. Dr. Valdeci Magdanelo, Secretário de Segurança e Controle Urbano, subiu à tribuna para tratar sobre o trabalho de segurança pública realizado na cidade de Osasco. “As polícias vêm trabalhando em parceria com a Guarda Municipal para atender da melhor forma possível a todas as ocorrências na cidade”. O Delegado enumerou alguns problemas encontrados na gestão da GCM e que, segundo Magdanelo, “estão sendo estudados e deverão ser solucionados em breve”, disse. Segundo o Secretário, a GCM conta com um efetivo muito pequeno, de apenas 196 homens. A idade avançada de alguns desses homens também é apontada como um grande problema. Além disso, a quantidade de viaturas sem condições de uso dificulta o trabalho da Guarda. “Mais de 90 homens estão entre as idades de 40 a 50 anos, já não têm mais a habilidade da juventude. E não é só isso, a Guarda Municipal está sucateada, temos 10 viaturas inoperantes, sem uso, sem possibilidade de fazer ronda”, explicou. Para resolver as questões das viaturas, o Secretário explicou que a Prefeitura optou pelo aluguel de veículos, seja de carros ou de motocicletas. Outro ponto importante apontado por Magdanelo foi a preparação de um plano de carreiras para os Guardas Municipais. “Não é possível que um agente de segurança pública não tenha um plano que valorize a sua dedicação ao trabalho. Queremos dar mais dignidade a esse profissional”. Para encerrar, o Secretário enumerou as principais ações da GCM nas questões da segurança pública da cidade; Ronda escolar, em parceria com a PM; Programa “Amanhecer Seguro”, com motocicletas fazendo ronda nos bairros todas as manhãs; Programa “Lazer Seguro”, rondas nos parques da cidade; projeto de colocação de câmeras de monitoramento por toda a cidade, entre outros.






Carapicuíba inicia Operação “Segurança em Ação” em parceria com as Polícias Civil e Militar

Na quinta-feira (25), teve início em Carapicuíba a Operação “Segurança em Ação”. Esta é uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Transporte e Trânsito, com a Polícia Militar e a Polícia Civil do Estado de São Paulo. O objetivo é melhorar a segurança nos bairros da cidade.

A Operação Segurança em Ação contou com as viaturas da ROMU e as motos da ROMO da Guarda Municipal. O esquadrão da Segurança em Ação atuou na prevenção de delitos. Foram abordadas 61 pessoas, 63 veículos vistoriados, 27 autos de infração lavrados e 6 veículos removidos.

Segundo o prefeito Marcos Neves, a Operação Segurança em Ação é resultado das constantes reuniões com representantes da Polícia Civil, como o delegado seccional Dr. Dejar Gomes Neto, e da Polícia Militar, como o Comandante do 33º Batalhão o Tenente-Coronel Antonio Carlos da Silva.

“Estamos trabalhando para melhorar a segurança na nossa cidade. Por isso, é muito importante somar forças para planejar e realizar operações nos bairros de Carapicuíba. A Operação Segurança em Ação é um bom exemplo disso e vamos continuar trabalhando em parceria com as corporações de segurança do Governo do Estado”, afirma o prefeito Marcos Neves.

 

Patrulhamento nos pontos de ônibus

A Guarda Municipal de Carapicuíba também está realizando patrulhamento ostensivo nos pontos de ônibus, durante a madrugada e início da manhã. As motos da ROMO garantem mais agilidade aos guardas para patrulhamento em diversas ruas e avenidas da cidade. São rondas para prevenir de delitos e garantir a segurança dos moradores que estão aguardando o transporte público para se locomoverem ao trabalho, escola, faculdade, etc.