Editorial: secretaria de meio ambiente e recursos hidricos

Meio Ambiente coleta mais 2 mil litros de óleo usado

Imagem: Divulgação

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, em parceria com a Secretaria de Educação, desenvolve o “Programa Biodiesel”, cujo objetivo é coletar óleo de cozinha usado para que seja descartado de forma correta.

O “Programa Biodiesel” é apresentado nas aulas de educação ambiental. O óleo de cozinha usado é transformado em biodiesel. A coleta era realizada pelas escolas, que participam de uma gincana, mobilizando os estudantes.

Com a pandemia, o programa sofreu uma adaptação. Como os alunos não estavam indo para a escola, a empresa responsável pela coleta passou a retirar o material na residência do munícipe, quando este juntar 25 litros. Até o dia 28/8 foram coletados 2.017 litros de óleo usado.

O programa está na sua 16ª edição e ocorre de 4 de maio até 16 de outubro de 2020. Ao final, as escolas participantes recebem certificado, sendo que as três primeiras colocadas, classificadas a partir da quantidade arrecadada de óleo, ganham prêmios.

Ranking das escolas participantes do programa:

Emef, EMEIEF, CEU E CEMEIEF Arrecadação

Emef José Verissimo de Matos 320

Emef Profª. Terezinha Martins Pereira 218

Emef Tobias Barreto do Menezes 110

Emef Prof. Manoel Barbosa de Souza 60

Emef Prof. João Larizzatti 50

Emef Prof. Darcy Ribeiro 50

Emef Marechal Bittencourt 50

Emef Dep. Alfredo Farhat 30

Creches

Recanto Alegre 25

Rosa Broseghini 25

Pedro Alves de Oliveira 20

Cemei – Emei

Cemei Carlos Fernandes Costa 100

Emei Yolanda Botaro Vicente 50

Cemei Senador José Ermírio de Moraes 25

Cemei Luzia Momi Sasso 20

Informações:
Recicle e colabore com a preservação do meio ambiente.
Para solicitar a retirada, agende pelos Whatsapps: (11) 97445-7241 ou (11) 98584-7428 ou pelo telefone (11) 4702-2411.

Apenas a empresa Preserva Recicla está autorizada a fazer a coleta. O óleo deve estar devidamente lacrado, de preferência em uma garrafa pet.

Parques de Osasco reabrem com segurança

Parque Chico Mendes

Alguns equipamentos passam por obras de revitalização. Só o Parque Clóvis Assaf está fechado ao público

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Prefeitura de Osasco reabriu os parques municipais no dia 25/7. De acordo com o decreto nº 12.536, publicado na Imprensa Oficial, os parques funcionam das 10 às 16 horas, devido ao período de pandemia do coronavírus. Enquanto os horários estão reduzidos, a administração realiza obras nos espaços.

Os munícipes utilizam os parques para prática de atividades físicas, como caminhada, corrida e alongamento, além de apreciarem as áreas verdes. Todas as medidas de segurança sanitária são adotadas nos espaços. Na entrada, há um funcionário medindo a temperatura dos frequentadores, que devem usar máscaras.

Os frequentadores também são orientados a cumprir o distanciamento social. Nesse período não há permitido utilizar os bebedouros, playgrounds e as academias ao ar livre.

Intervenções

O Parque Chico Mendes ganhará um batistério. Além da piscina batismal, o espaço terá deck com um púlpito para realização de cerimônias, arquibancadas para que familiares e amigos dos batizados possam acompanhar o ato e também vestiários feminino e masculino. A previsão é de que até o fim de novembro o local seja reaberto para os batismos.

Há espaços que serão recuperados com áreas verdes no Parque Ecológico do Jardim Bonança e no Parque Nelson Vilha Dias.

O Parque Glauco Vilas Boas é outro que passa por recuperação. A Sabesp trabalha no local para recuperar o lago, que foi contaminado após um incêndio num galpão de uma empresa próxima à área de lazer.

No parque será construída uma quadra poliesportiva, sanitários, nova pista de caminhada, espaço pet, estacionamento, implantado playground, academia ao ar livre e nova iluminação em led. Além disso, o lago será cercado a fim de evitar acidentes.

O Parque Manoel Manzano também ganha obras de revitalização, que incluem nova academia ao ar livre, iluminação de led e gramado sintético no campo de futebol, que também receberá bancos de reservas e novo alambrado.

O borboletário do Parque Ecológico Ana Luzia Moura de Freitas  em breve será reformado. Também está em estudo a construção de um borboletário no Parque Ecológico Dionísio Alvarez Mateos.

O Parque das Bicicletas, na rua Paula Rodrigues, no Jardim Piratininga, próximo ao Braço Morto do Rio Tiête, será readequado e ganhará melhorias na infraestrutura e no paisagismo.

Parques Municipais

Parque Chico Mendes – Rua Lázaro Suave, nº 15, City Bussocaba

Parque Clóvis Assaf (Parque Cidade das Flores) – Avenida Ipê

Parque Nelson Vilha Dias (Parque Rochdale) – Avenida Esmeralda

Parque Ecológico e Borboletário Ana Luiza Moura de Freitas (Parque Piratininga) – Rua David Silva, 111

Parque Ecológico Dionísio Alvarez Mateos (Parque Jardim das Flores) – Rua Georgina, 69

Parque Glauco Villas Boas – Avenida Dr. Alberto Jackson Byington com a Alameda Roraima, Jardim 3 Montanhas

Parque Santa Maria – Rua Eugênio Pacelli, 1030, Santa Maria

Parque Manoel Manzano (Parque dos Metalúrgicos) – Rua Sérgio Pompeu

Parque Inácio Pereira Gurgel (Escola-Parque) – Rua Nossa Senhora do Rosário, Km 18

Parque Ecológico do Jardim Bonança – Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, 615 – Jardim Bonança

Parque das Bicicletas – Rua Paula Rodrigues, Jardim Piratininga (área próxima ao Braço Morto do Rio Tietê)

Parque Agostinho Bezerra (Parque Bela Vista) – Rua João da Rocha Lima, 117

Pet Parque (Espaço destinado para cães) – Avenida Franz Voegeli, 930, Vila Yara

Observações: Todos estão abertos de segunda a sexta-feira, 10 às 16 horas, menos o Clóvis Assaf, que passa por reforma em parceria com a Sabesp para despoluição do lago