Editorial: Saúde

Saúde vai às escolas vacinar estudantes da rede de Barueri

Com a autorização dos pais, estudantes adolescentes estão sendo imunizados na própria escola
 

Com o objetivo de ampliar o processo de vacinação dos adolescentes com idade entre 12 e 17 anos contra a Covid-19, começou nesta quarta-feira (dia 24) a imunização dos estudantes nas próprias unidades escolares da rede municipal de ensino.

O objetivo é acelerar a vacinação do público adolescente. Em Barueri, a ação começou pelas escolas da região do Belval. As escolas de ensino fundamental Aristides da Costa, Naly Benedicto e Ezio Berzaghi foram as primeiras a serem contempladas.

Para facilitar ainda mais o processo, as equipes da Secretaria da Saúde estão indo até as unidades de ensino. Os pais e responsáveis estão recebendo um documento autorizando a imunização. O propósito é vacinar o mais rápido possível o público elegível nesta fase da campanha, principalmente os faltosos para a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Em Barueri, segundo levantamento da Secretária de Saúde, cerca de 5 mil adolescentes ainda não tomaram a primeira ou a segunda dose.

A estratégia é realizar a vacinação nos dias definidos com a unidade escolar, para que os pais possam se organizar e enviar a autorização.

A estudante Maria Eduarda Magalhães, do 6º ano da Emef Naly Benedicto, estava ansiosa para tomar a vacina. “Acho importante tomar a vacina para nos livrarmos dessa doença de uma vez por todas e retomarmos a vida normal”, disse.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, neste momento, o único imunobiológico destinado à vacinação deste público é a vacina contra a Covid-19 Pfizer, sendo necessária a administração das duas doses para ser considerado o esquema vacinal completo. 

Tecnologia e biossegurança garantem mais limpeza e saúde em todas as escolas da rede

Ciência e tecnologia são empregadas na desinfecção das unidades escolares de Barueri

Desde o início da semana, todas as escolas da rede estão recebendo serviços de biossegurança em seus ambientes por intermédio de robôs e equipamentos tecnológicos.

O objetivo é eliminar, de forma segura, vírus, fungos e bactérias de todo espaço escolar, visando a saúde e a segurança de todos, por meio de produtos testados e aprovados, além de muita tecnologia e inovação.

Os serviços de desinfecção acontecem diariamente, sempre no final do expediente escolar, e são efetuados por equipe altamente capacitada.

De acordo com Marco Antônio Cyrillo, diretor da Associação Brasileira de Infectologia, a iniciativa é segura e importante na prevenção de inúmeras doenças transmissíveis. “Muita gente ficando doente, indo para UTI, muito dinheiro gasto com saúde. Precisamos quebrar essa cadeia de transmissão, melhorar a qualidade de vida e diminuir significativamente esses indicadores epidemiológicos que estão nos ameaçando dia a dia”, ressaltou.

Quase 600 vidas já foram salvas no Centro de Combate ao Coronavírus em Santana de Parnaíba

Maria da Glória de 74 anos, é uma das 588 pacientes curadas do Centro de Combate ao Coronavírus

Santana de Parnaíba saiu na frente desde o ano passado em relação ao combate à Covid-19, quando abriu, em maio de 2020, o Centro de Combate ao Coronavírus do Fernão Dias. De lá pra cá, 588 pessoas tiveram suas vidas salvas na unidade.

Na semana passada, Maria da Gloria Gomes, 74, foi mais uma que venceu o coronavírus após 47 dias de internação. A paciente deu entrada no centro de tratamento no dia 10 de setembro, recebeu alta no dia 28 de outubro, durante o período a paciente precisou ficar entubada e houve também um procedimento de traqueostomia. 

CORONAVÍRUS EM SANTANA DE PARNAÍBA 

A cidade já aplicou 234.161 doses de vacinas, sendo 40.252 idosos, 8.153 profissionais da educação, 11.476 da saúde, 18.036 comorbidades, 1.407 transporte público (metroviários, motoristas e cobradores), 903 deficientes físicos, 2 quilombola, 1 portuário. Desses, 119.881 são 1ª dose, 102.047 2ª dose,  8.485 3ª dose e 3.748 dose única.

Saúde de Jandira inicia vacinação contra a Covid-19 nas UBSs

Hoje, dia 08 de Novembro, as Unidades Básicas de Saúde de Jandira passaram a aplicar a vacina contra a Covid-19.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Jandira, com exceção da UBS do Vale do Sol, passaram a aplicar também a vacina contra a Covid-19.

De acordo com a Secretaria de Saúde, a atual cobertura vacinal em Jandira, permite que a aplicação das vacinas contra a Covid-19 comece a ser realizada nas UBSs.

As salas de vacinação em todas as UBSs funcionarão das 8 às 16 horas, sendo que não é necessário agendamento prévio, basta que o morador de Jandira compareça na UBS com: documento oficial com foto, e comprovante de endereço.

A primeira dose está liberada para jovens e adultos com 12 anos ou mais. Já para receber a segunda dose, o jandirense precisa seguir o intervalo descrito na carteira de vacinação, com exceção do imunizante da Pfizer, que houve uma diminuição no intervalo da primeira para a segunda dose para 21 dias. A dose de reforço está sendo aplicada em moradores com 60 anos ou mais, e profissionais de Saúde, que já têm seis meses ou mais, que receberam a 2ª dose da vacina contra a Covid-19.

Com a vacinação sendo realizada nas UBSs, o antigo posto de vacinação, localizado na área de eventos de Jandira, foi desativado.

Jandira já aplicou mais de 169 mil doses de imunizantes, no entanto, apenas 76% dos munícipes que receberam a primeira dose compareceram para receber a segunda dose, por isso, em consonância com a nota técnica do Plano Nacional de Imunização, a Secretaria de Saúde de Jandira, reafirma que: A população deve tomar a segunda dose da vacina Covid-19 mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório.

Fique por dentro das atualizações sobre a vacina contra a Covid-19 na cidade

Fique em dia com a vacinação contra a Covid-19

A campanha de imunização contra a Covid-19 continua a pleno vapor em Barueri. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, disponibiliza vários polos de vacinação e recomenda a todas as pessoas maiores de 12 anos de idade que ainda não se vacinaram para tomarem o imunizante. A primeira dose está sendo aplicada somente na Arena Barueri e no Centro de Eventos (ver endereços abaixo).

A Secretaria lembra ainda a necessidade de tomar a dose adicional (terceira dose) para as pessoas acima de 60 anos e para imunossuprimidos (em tratamento médico por doenças graves).

Desde o dia 28 de outubro, o polo de vacinação no Ginásio do Parque dos Camargos (alameda Antuérpia, 119 – Recanto Phrynea) está fechado. Os agendamentos desse polo estão sendo realizados em outras UBS (veja relação abaixo) e podem ser verificados no aplicativo Saúde Barueri, no Portal Saúde da Prefeitura ou por meio do call center no número 4349-0600.

É sempre importante realizar o pré-cadastro no site Vacina Já, do governo estadual

Acompanhe abaixo as recomendações antes de se dirigir a um dos polos de vacinação e às UBS. O horário de funcionamento das UBS para vacinação contra Covid-19 é das 10h às 16h

Primeira dose – 12 anos ou mais (sem agendamento)
Realizada somente nos polos da Arena Barueri e do Centro de Eventos. Apresentar documento com foto e comprovante de endereço (no caso de adolescentes, ir acompanhado do responsável). O atendimento é das 8h às 17h.

Antecipação da segunda dose Pfizer (sem agendamento)
Adolescentes entre 12 e 17 anos e pessoas acima de 18 anos, devem retornar depois de 21 dias da aplicação da primeira dose. Comparecer com documento com foto e caderneta de vacinação.

Segunda dose em atraso (sem agendamento)
Caso tenha perdido a data da segunda dose, o interessado pode comparecer ao Polo Centro de Eventos, para completar o esquema vacinal. Comparecer com documento com foto e caderneta de vacinação.

Dose adicional para pessoas acima de 60 anos (sem agendamento)
Pessoas com idade igual ou superior a 60 anos e com pelo menos seis meses (180 dias) após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independentemente do imunizante aplicado, pode comparecer a um dos polos para receber a dose adicional (terceira dose).

Dose adicional para pessoas imunossuprimidas (sem agendamento)
Pessoas com alto grau de imunossupressão, com pelo menos 28 dias após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independentemente do imunizante aplicado, também podem ir a um dos polos para a dose adicional.

São pessoas com imunodeficiência primária grave, em quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras,  vivendo com HIV/Aids, uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias, uso de drogas modificadoras da resposta imune – Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; Ciclosporina; Tacrolimus; 6-mercaptopurina; biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe), Auto inflamatórias, doenças intestinais.

Dose adicional para profissionais da saúde (sem agendamento)
Apresentar documento com foto, carteira do conselho de classe e documento que comprove o vínculo empregatício (carteira de trabalho, último holerite). Levar comprovante de vacinação. A vacinação está disponível aos trabalhadores da saúde com pelo menos seis meses (180 dias) após a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única), independentemente do imunizante aplicado.

Endereços

Polo 2 – Arena Barueri
De segunda a sexta (exceto feriado e ponto facultativo), das 8h às 17h. Av. Pref. João Vilallobo Quero, 1001 – Jd. Belval

Polo 4 – Centro de Eventos
De domingo a domingo (inclusive pontos facultativos e feriados), das 8h às 17h. Av. Sebastião Davino dos Reis, 672 – Jd. Tupanci.

UBS que fazem agendamento depois que o polo Ginásio do Parque dos Camargos foi fechado

UBS Armando Gonçalves de Freitas
Rua Padre Cícero Romão Batista, 271 – Parque Imperial.

UBS Dr. Adauto Ribeiro (em reforma)
Atendimento será transferido provisoriamente para a UBS Benedicta Carlota (av. Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão, 483 – Jd. Silveira).

UBS Edini Cavalcante Consoli
Rua João Cabral de Melo Neto, s/nº, Jd. Tupan.

UBS Hélio Berzaghi
Av. Marginal Direita nº 486 – Jardim Paulista/Votupoca.

UBS Julio Lizart
Rua Orinoco, 137 – Vale do Sol.

UBS Vince Nemeth
Rua Manoel Moreira, nº 165 – Jardim Audir / Silveira.

Prefeitura de Carapicuíba realiza “Dia D” de vacinação contra o coronavírus no sábado (6)

Foto: Divulgação

A Prefeitura realiza neste sábado (6), das 9 às 16 horas, o Dia D contra o coronavírus. A ação acontecerá nos três polos da cidade e serão aplicadas 1ª, 2ª e 3ª dose.

Os interessados em tomar a primeira dose, devem comparecer com RG, CPF e cartão do SUS. Menores de idade que forem se vacinar com a 1ª dose devem estar acompanhados de maior de idade responsável ou apresentar termo de autorização para que um maior de 18 anos o acompanhe, acesse https://cutt.ly/zRV0DlK.

Para a aplicação da segunda dose, compareça com documento com foto e cartão de vacinação. Fique atento ao intervalo de aplicação das doses: 

– Pfizer: 21 dias para pessoas com 18 anos ou mais. Já para adolescentes de 12 a 17 anos o intervalo é de 56 dias.

-Astrazeneca: 56 dias após a 1ª dose.

– Coronavac:  confira no cartão de vacinação.

Para se imunizar com a 3ª dose, é necessário comparecer com documento com foto, comprovante de vacinação e ter recebido a 2ª dose há pelo menos 6 meses no caso de pessoas com 60 anos ou mais, profissionais da área da saúde e professores.

Profissionais da saúde devem comprovar vínculo empregatício com documento dos últimos 30 dias (moradores de Carapicuíba ou pessoas que trabalhem na área na cidade). Já professores, devem apresentar comprovante de vacinação de Carapicuíba, documento que comprove vínculo empregatício na cidade e documento com foto. Imunossuprimidos vacinados com a segunda dose há pelo menos 28 dias também podem receber a dose de reforço.

Polos de vacinação:

Parque do Planalto (vacinação de pessoas a pé)

Endereço: Estrada Miguel Ferreira (sem número)

Ginásio Ayrton Senna (vacinação de pessoas a pé)

Endereço: Av. Antônio Faustino, 98 – Cohab V

Estádio do Niterói (vacinação no sistema drive-thru – dentro do carro)

Endereço: Av. Pilar do Sul – Cohab II

Em Barueri, segunda dose da Pfizer será adiantada para pessoas a partir dos 12 anos

Quem tomou 1ª dose de Pfizer há 21 dias já pode tomar a 2ª dose 

A segunda dose da vacina da Pfizer, contra a Covid-19, foi mais uma vez adiantada, conforme anunciou o governo do Estado de São Paulo no dia 18 de outubro. A partir do dia 19 ela passou a ser aplicada com 21 dias após a primeira dose, e não mais oito semanas, como estava vigorando até então.  

No Estado, a medida vale para pessoas a partir dos 18 anos. Adolescentes de 12 a 17 anos continuam completando o esquema vacinal após oito semanas da primeira dose. Em Barueri, no entanto, a antecipação está valendo para todas as pessoas que tomaram a primeira dose da Pfizer a partir dos 12 anos.  

Não precisa agendamento 

Quem completar os 21 dias desde a primeira dose da Pfizer pode dirigir-se aos polos do Centro de Eventos (avenida Sebastião Davino dos Reis, 672, no Jardim Tupanci), que funciona de domingo a domingo, inclusive feriados e pontos facultativos; do Arena Barueri (Av. Pref. João Vilallobo Quero, 1001 – Jd. Belval), de segunda a sexta-feira (exceto feriados e pontos facultativos), ambos das 8h às 17h; e também nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) durante os horários de funcionamento de cada uma. Quem estiver com a segunda dose atrasada deve ir ao polo do Centro de Eventos. 

Não é necessário fazer agendamento. Basta levar um documento com foto e a caderneta de vacinação. Menores de idade devem ser acompanhados de um responsável legal.  
 
Terceira dose continua sendo aplicada 

A Secretaria de Saúde reitera que a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 continua sendo aplicada no município. Pessoas a partir dos 60 anos que tenham tomado a segunda dose (ou a dose única) há seis meses devem dirigir-se ao polo do Centro de Eventos ou do Arena Barueri para a terceira dose. Não é necessário agendamento, basta levar documento com foto e carteira de vacinação.  

Polo do Parque dos Camargos será desativado 

Hoje (dia 27) é o último dia de atividade do polo de vacinação criado no ginásio de esportes do Parque dos Camargos. O posto foi criado provisoriamente para atender a grande demanda pela vacina da Covid-19. Com a ampla cobertura realizada, o polo já pode ser desativado. A demanda do bairro será suprida pelas UBSs. 

 

Hospital Yes recebe obra de arte que incentiva doação de sangue

Foto: Divulgação

O sócio fundador do Hospital Yes de Itapevi, doutor Yeh Lun Chun, recebeu na manhã do dia 22, a doação da obra de arte “Doe Sangue”, da artista plástica Marilene Gomes.

O quadro retrata todo o processo da doção de sangue e, segundo a artista “serve de conscientização para que as pessoas se motivem a doar sangue e salvar vidas”, explica Marilene.

O doutor Yeh agradeceu o presente e disse que, embora o hospital Yes não seja o ponto de coleta de sangue, a obra servirá de incentivo ao publico que passa pela unidade. “Tenho certeza de que a sensibilidade da artista tocará os corações dos nossos pacientes servindo para motivá-los a esse ato de amor que é doar sangue”, explica Yeh que afixou a obra na recepção principal do hospital.

A artista Marilene Gomes é especialista na arte naif, estilo marcado pelo colorido, traços livres e sem apego a proporções. A autora da obra é natural de Paulista, Pernambuco, começou a pintar ainda criança e retrata festas típicas brasileiras, multidões e lembranças das mais diversas paisagens. Com sua arte, Marilene já realizou exposições pelo Brasil e tem obras espalhadas mundo a fora. Marilene conta que escolheu o hospital Yeh por admirar a trajetória de seu fundador. “É uma trajetória admirável, um médico que, com amor, dedica a vida em prol de cuidar da saúde das pessoas”, explica.

Doutor Yeh é natural de Taiwan, na China. É formado pela Faculdade de Medicina de Santo Amaro e pela Faculdade de Ciências Médicas Santa Casa de São Paulo. É idealizador e fundador de diversos hospitais e centros médicos, entre eles o Sino Brasileiro, em Osasco. Em 2020 inaugurou as operações do Hospital Yes, em Itapevi.

Saúde de Jandira anuncia plantão de vacinação nos próximos dias 28 e 29

Neste plantão, todos os moradores poderão antecipar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 marcada para os dias 01 e 02 de Novembro.

A Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informa que haverá plantão de vacinação contra a Covid-19, nos próximos dias 28 e 29 de Outubro. Portanto, independente de feriado ou ponto facultativo, a aplicação das vacinas contra a Covid-19, se manterá das 8 às 16 horas, em ambos os dias.

Nesta data as vacinas contra a Covid-19, continuarão sendo aplicadas, no único posto de vacinação contra a Covid-19 na cidade de Jandira, que está situado na praça de eventos de Jandira, localizada na Rua Rubens Lopes da Silva, 106 no Centro de Jandira – SP, 06600-035.

Durante o plantão, além de aplicar a segunda dose nos moradores que tem agendamento da segunda dose previsto para os dias 01 e 02 de Novembro, haverá a aplicação de primeira dose em moradores com 12 anos ou mais, e terceira dose em idosos com 60 anos ou mais, que receberam a segunda dose há no mínimo 6 meses.

A Secretaria de Saúde reforça, que Jandira antecipou para 21 dias o espaço de tempo entre a primeira e segunda dose do imunizante da Pfizer, sendo assim, quem estiver nessa condição também poderá receber a segunda dose no plantão.

Jandira já aplicou mais de 159 mil doses de imunizantes, no entanto, apenas 67,8% dos munícipes que receberam a primeira dose compareceram para receber a segunda dose, por isso, em consonância com a nota técnica do Plano Nacional de Imunização, a Secretaria de Saúde de Jandira, reafirma que: A população deve tomar a segunda dose da vacina Covid-19 mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório.

Saúde de Jandira realizará Dia D da multivacinação amanhã, dia 16

Durante o Dia D, serão aplicadas diversas vacinas em crianças e jovens, entre elas a vacina contra a Covid-19, a ser aplicada em jovens com idade entre 12 e 17 anos.

Amanhã, dia 16, ocorrerá nas Unidades Básicas de Saúde de Jandira, evento denominado Dia D da vacinação, onde crianças e jovens com até 15 anos poderão colocar suas carteiras de vacinação em dia, e jovens com idade entre 12 e 17 anos também poderão receber a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19, em algumas UBSs.

No Dia D da multivacinação, todas as Unidades Básicas de Saúde de Saúde (UBS) estarão com suas salas de vacinação abertas das 8 às 17 horas.

Em resumo, amanhã, o responsável pela criança ou adolescente, deverá comparecer na UBS mais próxima da sua residência, onde um profissional irá avaliar quais serão os imunizantes que precisarão ser aplicados, tanto para eventual situação de atraso, falta ou necessidade de reforço.

Em situações de perda da caderneta de vacinação, a recomendação é de que os pais ou responsáveis compareçam ao mesmo posto de saúde onde vacinaram as crianças anteriormente, para que seja possível consultar quais doses já foram aplicadas na ficha de registro arquivada na unidade.

Durante o Dia D, serão aplicadas 14 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças: BCG (tuberculose); rotavírus (diarreia); poliomelite oral e intramuscular (paralisia infantil); pentavalente (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, Haemophilus influenza tipo b – Hib); pneumocócica; meningocócica; DTP; tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola); HPV (previne o câncer de colo de útero e verrugas genitais); além das vacinas contra febre amarela, varicela e hepatite A.

A ação faz parte da Campanha de multivacinação, que iniciou no dia 01 de Outubro, e continuará ativa até o próximo dia 29.

A grande novidade deste Dia D da multivacinação, é que as Unidades Básicas do Jardim Gabriela, Vila Eunice, Jardim Analândia e Parque Santa Tereza, também estarão aplicando a vacina contra a Covid-19, em adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, sem a necessidade de agendamento prévio, no entanto, o(a) jovem jandirense deverá apresentar: documento oficial com foto e comprovante de endereço.