Editorial: prefeitura de barueri

Obra da alça de saída na ponte Akira Hashimoto em Alphaville iniciará em breve

Em breve terão início as obras para construção da alça de acesso na ponte Akira Hashimoto. O objetivo é facilitar o deslocamento dos usuários que vêm das imediações do bairro da Aldeia e precisam acessar a ponte Akira Hashimoto com destino a Alphaville, em particular a avenida Doutor Dib Sauaia Neto.

A obra se encontra em processo licitatório e o prazo para execução dos serviços será de 240 dias, contados a partir da ordem de início emitida pela Secretaria de Obras da Prefeitura de Barueri. O valor estimado dos serviços, segundo a tabela de preços da Prefeitura, é de quase R$5 mi.

Atualmente, a Estrada da Aldeinha, via que liga a ponte Akira Hashimoto ao bairro de Alphaville, vem sofrendo com grandes congestionamentos em horários de pico, já que a mesma recebe uma grande quantidade de veículos vindos da ponte para ter acesso rápido à região central de Alphaville e à avenida Doutor Dib Sauaia Neto, que dá acesso a diversas vias do bairro.  

Com isso, ocorreu a necessidade de executar intervenções no sistema viário, no sentido de buscar rotas alternativas e melhorar a fluidez do trânsito, evitando pontos críticos de congestionamento.  

Com a obra pronta, os usuários não terão a necessidade de transitar pela Estrada da Aldeinha, aliviando o congestionamento da mesma. A nova alça vai trazer fluidez ao tráfego, oferecendo maior conforto aos usuários da via.

Arena Barueri terá uma sala definitiva de VAR

Uma comissão da Federação Paulista de Futebol (FPF) formada pelo engenheiro Luiz Vella, Sílvia Regina de Oliveira, ex-árbitra e integrante da comissão de arbitragens, e Gustavo Frulani, técnico de apoio de instalação, compareceu na quarta-feira (dia 3) à Arena Barueri, no Jardim Belval, onde foi recebida pelo administrador Antônio José Giraldes – o Toninho.

O objetivo foi reavaliar as condições técnicas para a instalação definitiva dos equipamentos do VAR (Video Assistant Referee), que nada mais é que uma central de vídeo para orientar a arbitragem de futebol em casos de lances polêmicos e de difícil observação. Luiz Vella já adiantou o resultado da vistoria: “será necessária apenas uma abertura para a passagem dos cabos“, afirmou o engenheiro da FPF. Importante ressaltar que o VAR é uma iniciativa da Federação Paulista junto à CBF. O recurso condiciona a Arena Barueri a receber jogos de grande escalão.

Na semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino em novembro do ano passado, entre São Paulo e Avaí, ocorrida na Arena Barueri, aconteceu o uso pioneiro da tecnologia no Brasil, até então usada somente na Copa do Mundo Feminina em 2019 e na final da Champions League. A Arena Barueri, entretanto, já foi homologada pela FPF numa sessão experimental em 8 de março de 2019 na partida entre Oeste x RB.

O primeiro jogo do Paulistão Série A2 na Arena Barueri será no dia 7 de março (domingo), às 16h, ocasião em que o Oeste recebe o Audax de Osasco, mas o VAR só será utilizado somente a partir da segunda fase da competição. Na Série A1, o sistema valerá para todo o campeonato.

Ouvidoria Geral de Barueri é canal de atendimento ao cidadão

A Ouvidoria Geral de Barueri é um importante canal de interação entre a Prefeitura e a população. Ela estreita esse contato e garante que as necessidades dos moradores sejam conhecidas, avaliadas e supridas. O recurso leva à melhoria do padrão de todos os serviços oferecidos.

Implantada em 2003 por meio da Lei complementar 126, configurou-se como órgão autônomo ligado diretamente ao prefeito e depois passou a fazer parte da Secretaria de Relações Institucionais, criada em 2019. Mais do que um órgão de recebimento de queixas, ela também aceita críticas, elogios, sugestões e denúncias.

Desde que nasceu, já realizou uma média de 160 mil atendimentos. Só nos últimos quatro anos foram 40 mil ocorrências recebidas e respondidas. A média de registros ao mês chega a 850. E ao contrário do que muitos pensam, a Ouvidoria não é um canal feito apenas para receber reclamações. Na verdade, os tópicos mais acessados pela população são, na ordem: Informação, Reclamação, Elogio, Sugestão e Denúncia.

Trata-se também da única ouvidoria que mantém 10 canais de atendimento: os telefones 0800 77 00 123 ou (11) 4198 7522, WhatsApp (11 – 98690-7628), FacebookInstagram, Chatbot, App Barueri, App Alô Barueri, E-mail (ouvidoria@barueri.sp.gov.br), formulários e os atendimentos pessoais. O endereço é Rua Guilhermina Carril Loureiro, 60, Centro – Barueri.

“Em 15 dias no máximo o munícipe recebe uma resposta. Por isso é que estamos no índice BOM no Site Reclame Aqui”, pontua Alexandre Luiz dos Santos, o Ouvidor Geral. A colocação diz muito, já que o Reclame Aqui é o maior site de defesa do consumidor no Brasil. No período de 01/07 a 31/12/2020, a Prefeitura de Barueri teve 100% das reclamações respondidas e um índice de solução de 63,6%, conforme aponta o serviço em: https://www.reclameaqui.com.br/empresa/prefeitura-barueri/.

Estrutura

Há 10 funcionários lotados numa central de atendimento, que funciona de segunda a sexta-feira das 8 às 17h. Em todas as Secretarias municipais há um representante que envia os dados das demandas para tabulação.

Toda e qualquer demanda pode ser encaminhada para a Ouvidoria Geral. Desde um buraco na via pública até uma sugestão de criação de um hospital ou inauguração de uma escola no bairro e, é claro, elogios. Vale lembrar que as Secretarias de Segurança e Mobilidade Urbana e de Saúde de Barueri possuem ouvidorias próprias.

Ainda assim, a demanda é encaminhada e respondida num prazo médio 50% menor que o recomendado pelo Procon. O munícipe recebe um protocolo da demanda e pode acompanhar todo o andamento on-line.

“Toda a novidade no andamento do processo é informada ao cidadão por e-mail e pelos outros canais que ele registrou”, alerta Wellington Antônio da Silva – o Tôny -, coordenador da Ouvidoria Geral.

Neste momento de anseio da população por obter imunização da Covid-19, a Ouvidoria Geral está se esmerando no fornecimento de informações, orientações e divulgação do calendário oficial de vacinação em Barueri.

Serviço sustentável
A partir deste ano Barueri assume o compromisso de ser uma cidade inteligente e sustentável. O projeto Barueri Sem Papel é uma das iniciativas sendo implantadas com esse objetivo, dentre outras. No entanto, a Ouvidoria Geral já atua seguindo esse princípio há bastante tempo. “95% dos nossos serviços são on-line e dispensam o uso do papel”, informa o Ouvidor Geral.

A única exceção fica por conta dos formulários colocados junto às recepções dos diversos órgãos municipais (Hospitais, Prontos-socorros, Ganha Tempo, Centro de Diagnósticos etc.). Uma equipe de funcionários sai todas as quartas-feiras para recolher e cadastrar as demandas.

Seguindo medidas de segurança, Barueri realiza o 1º Carnaval Virtual no dia 14

O Carnaval é uma das festas mais populares do mundo e celebrada em diversos países. No Brasil os festejos duram cerca de um mês incluindo as apresentações de bloquinhos e encerrando com os tradicionais desfiles das escolas de samba, que são realizados na data oficial do evento.

Este ano, por conta da pandemia, não haverá desfiles e para promover um momento de descontração neste período de isolamento, a Liga das Escolas de Samba de Barueri, em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo, resolveu fazer um desfile virtual. Será o primeiro carnaval on-line de Barueri e haverá a participação de três escolas de samba que farão parte da gravação: Cadência Paulista, Oba-Oba e Ganga. A gravação acontecerá no domingo (dia 7).

Além da redução do número de participantes, durante a gravação os componentes das escolas de samba seguirão o protocolo de segurança, mantendo o distanciamento e usando máscara e álcool em gel.

Cada escola contará com um mestre-sala e uma porta-bandeira, um presidente e um diretor, além de dois intérpretes e dois músicos tocando instrumentos de cordas (violão e cavaquinho). Haverá ainda 11 ritmistas e um mestre de bateria. A rainha da bateria irá encantar o público com seu charme e o desfile contará com a participação de passistas de quatro escolas.

A apresentação será transmitida no dia 14 de fevereiro às 18h pelas mídias digitais da Prefeitura de Barueri e da Secretaria de Cultura e Turismo e terá a duração de 20 minutos para cada escola. O samba enredo das escolas será o mesmo do ano passado, além de trechos de outras edições. O cantor Thiago Nascimento será o apresentador do evento – ele é o intérprete oficial da escola Cadência Paulista.

Júlio César, presidente da escola de Samba Cadência Paulista e coordenador de infraestrutura da LIESB, destacou a participação no desfile. “Agradecemos essa oportunidade oferecida pela Prefeitura de Barueri, através da Secretaria de Cultura. É gratificante poder entrar na casa das pessoas e levar a arte, principalmente num momento tão difícil. Quem gosta de samba não pode perder”, convida.

O secretário de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, ressaltou a importância do evento. “A cultura do samba não pode parar. Apesar de vivermos um momento em que os eventos culturais foram cancelados ou adiados, encontramos uma forma de prestigiar o desfile das Escolas de Samba oferecendo a estrutura. Sei o quanto é importante para cada integrante, eles passam o ano organizando, produzindo e ensaiando a apresentação carnavalesca. Tenho esperança de que no próximo ano a festa será presencial e o contágio será de alegria”, disse o secretário.

Secretaria de Esportes disponibiliza videoaulas em várias modalidades

A pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) impõe regras difíceis, como evitar o contato físico, mas não é por isso que as pessoas precisam deixar de cuidar do corpo e da mente. É justamente para incentivar a prática de esportes e atividades físicas, mesmo no isolamento social, que a Secretaria de Esportes de Barueri, por meio do Programa Esporte Forte, voltou a oferecer aulas ao vivo pela internet. Há diversas modalidades à disposição de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

 

Tanto as artes marciais, como capoeira, judô, karatê, kung fu, Taekwondo e muay thai, o condicionamento físico, que inclui modalidades como cross training, ginástica artística e funcional, e outros esportes como atletismo, basquete, futebol, futsal, handebol e vôlei, estão no cronograma.

“Nosso compromisso é com o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos alunos. Seguiremos trabalhando para que o esporte chegue até a casa de todos os munícipes durante esse momento difícil. Políticas públicas esportivas também podem ser aplicadas virtualmente. Isso é invenção e inovação”, ressalta o secretário de Esportes, Tom Moisés.

Segundo o aluno da modalidade de kung fu, Kauê Henri, de 12 anos, as videoaulas têm contribuído para ele não ficar parado. “As aulas on-line estão sendo ótimas para mim. Me distraio e me divirto nesse período em que não temos quase nada para fazer, além de todo o suporte que o sensei nos dá pelo WhatsApp”, afirma.

Mesmo neste momento em que a vacinação começou em Barueri, os cuidados de prevenção continuam sendo necessários e os educadores físicos se valem de metodologias eficazes que, mesmo com distanciamento, incentivam a prática das atividades com as quais os munícipes mais se identificam.

As aulas têm duração de 45 minutos e podem ser acessadas pelos seguintes canais:

https://www.facebook.com/SecretariadeEsportesdeBarueri

https://www.youtube.com/results?search_query=secretaria+de+esportes+barueri

Cronograma:

Segunda-feira
8h – Condicionamento de handebol;
9h – Ginástica funcional;
10h – Judô;
16h – Preparação física de futsal;
17h – Condicionamento físico;
18h– Muay thai.

Terça-feira
8h – Condicionamento físico;
9h – Kung fu;
10h – Condicionamento de basquete;
11h – Karatê;
14h – Ginástica funcional de vôlei;
16h – Ginástica funcional de atletismo;

17h – Condicionamento físico;

18h – Jiu jitsu.

 

Quarta-feira

8h – Cross training;

10h – Judô;

11h – Capoeira;

15h – Condicionamento físico;

17h – Condicionamento físico;

18h – Muay thai.

 

Quinta-feira

8h – Condicionamento físico;

9h – Kung Fu;

10h – Preparação física de futebol;

11h – Karatê;

16h – Ginástica artística;

17h – Condicionamento físico;

18h – Jiu jitsu.

 

Sexta-feira

8h – Cross training;

10h – Taekwondo;

14h – Judô;

17h – Condicionamento físico;

18h – Muay thai.

SDPD abre oficina de libras on-line para o 1° semestre de 2021

Uma importante ferramenta de comunicação, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) permite a interação entre pessoas surdas e ouvintes no âmbito social. Com o objetivo de trazer inclusão, valorização e reconhecimento, a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD) de Barueri irá abrir turmas para oficinas on-line voltadas para Libras.

O curso será 100% virtual e gratuito e terá duração de três meses, tendo início em março e sendo finalizado em maio. Cada pessoa poderá optar por uma das três modalidades oferecidas pela SDPD: Oficina Geral; Oficina Temática Saúde; e Oficina Temática Educação. Ao final do curso o aluno irá receber um certificado.

Na modalidade “Oficina Geral” será ministrado o curso básico de libras com os principais sinais para uma boa comunicação, fazendo também com que o aluno conheça e compreenda a cultura surda, os preconceitos linguísticos existentes no Brasil, além de aprofundar-se nas abordagens de ensino para a educação desse público. As aulas da oficina geral vão ocorrer duas vezes por semana.

Na oficina “Temática Saúde”, além de uma abordagem geral sobre Libras, o aluno aprenderá sinais com o foco na área da saúde, sendo ideal para cuidadores e profissionais do segmento. Já na oficina “Temática Educação” o aluno terá vivência com o básico de Libras, mas aprenderá sinais focados na área da educação, sendo esse curso de grande proveito para professores e gestores de ensino. Os cursos temáticos serão ministrados uma vez por semana.

A fim de conseguir um melhor aproveitamento e atenção dos estudantes, os cursos terão 10 alunos por turma e todas as aulas serão dadas por meio da plataforma Google Meet e vão ocorrer nos períodos da manhã, tarde e noite.

As vagas serão limitadas e as inscrições vão do dia 10 a 19 de fevereiro. O munícipe que se interessar pelo curso deverá mandar um e-mail para sdpd.falecomlibras@barueri.sp.gov.br com o nome completo; número do RG; data de nascimento; endereço; telefone; modalidade e horário desejado. Só serão aceitas inscrições de pessoas maiores de 12 anos.

Depois da inscrição realizada, a SDPD entrará em contato para explicar todo o passo a passo para a efetivação da matrícula, bem como demais detalhes.

_ _ _

Giovanna Gobatto – 05/02/2021
Crédito das fotos: Karina Borges / Secom

Secretaria da Mulher promove festa digital para comemorar o Carnaval

Fevereiro é popularmente conhecido como o mês da folia, quando as festas de Carnaval ocorrem nos quatro cantos do país. Mas em meio a pandemia essa tradição terá de ser diferente e muito mais cuidadosa.

A fim de não deixar que as festividades costumeiras desse mês passem em branco, a Prefeitura de Barueri, por meio da Secretaria da Mulher, oferecerá uma programação diferente em suas redes sociais do dia 8 ao dia 12 de fevereiro. Tratam-se das oficinas virtuais com a temática carnavalesca para agradar todos os gostos.

Ao todo serão nove temas entre cursos e palestras, que serão transmitidos de forma digital através do instagram da Secretaria da Mulher e da plataforma de reuniões on-line Zoom.

Customização de abadá com técnicas de crochê; customização de abadá com técnicas de bordado; entrevista com o carnavalesco Pedro Donizete (Dony); bate papo sobre Carnaval; customização de abadá com técnicas de patch apliquê; maquiagem de Carnaval; aula carnavalesca; palestra sobre sexo na pandemia; e sambalelê serão os temas disponíveis para quem se interessar.

Para acessar a programação do Carnaval da Secretaria da Mulher é preciso entrar no instagram@mulherbarueri. É por lá que os vídeos serão transmitidos através de “lives”, que consistem em vídeos ao vivo. Os alunos deverão ficar atentos a hora de início das programações que estão sendo divulgadas para conseguir assistir aos vídeos de forma completa.

Para ter acesso às aulas da rede Zoom também é necessário seguir as instruções que serão passadas pelo instagram da secretaria. A participante deverá acessar o aplicativo Zoom e digitar o número (ID) que será disponibilizado através das redes sociais da Secretaria da Mulher. Caso queiram acessar a “live” do Zoom através do link, os participantes devem ficar atentos aos stories, onde a secretaria irá disponibilizar o acesso até 30 minutos antes da atividade.

Para mais informações é só acessar o WhatsApp da secretaria, clicando no link disponível no perfil da página do Instagram: https://linktr.ee/secretariadamulher, ou entrando em contato com o número (11) 99387-6075.

*Esta reportagem contém imagens de arquivo, feitas antes da pandemia da Covid-19

_ _ _

Giovanna Gobatto – 08/02/2021
Crédito das fotos: Karina Borges / Secom

Antecipada, vacinação de idosos contra Covid começou nesta quinta-feira em Barueri

Apesar do Programa Nacional de Imunizações (PNI) estipular o início da vacinação de idosos com mais de 90 anos contra o novo coronavírus a partir de segunda-feira (dia 8), Barueri surpreendeu ao começar a campanha para esse público já nesta quinta-feira (dia 4).

 

Com a chegada de um novo lote com 3.460 doses da Coronavac à cidade na quarta-feira, a Secretaria de Saúde viu a possibilidade de já começar a proteção dos moradores com 90 anos ou mais.

 

O agendamento via APP Saúde Barueri abriu na noite anterior e, com isso, vários idosos conseguiram compor o primeiro grupo a tomar a tão esperada vacina já na manhã desta quinta-feira. Foi o caso de Maria Joaquina Fernandes, 96 anos: a primeira idosa vacinada da cidade pelo Drive-Thru nessa campanha.

 

Por enquanto, apenas o polo do Centro de Eventos, na Vila Porto, está aberto, já que o público-alvo dessa etapa é pequeno – cerca de 2 mil pessoas. Há também a opção de vacinação pelo Drive-Thru, no mesmo local, para idosos com dificuldades de locomoção. Importante frisar que as vacinas só serão aplicadas mediante agendamento prévio.

 

 

De acordo com o secretário de Saúde de Barueri, Dionisio Alvarez Mateos Filho, o plano é adiantar as próximas etapas também. “Nós adiantamos essa vacinação para o pessoal acima de 90 anos e vamos adiantar também a vacinação do pessoal de 85 a 89 anos, que estava prevista para iniciar dia 15 de fevereiro. Queremos realmente proteger as pessoas idosas”, informou.

 

O secretário frisou ainda que os polos abrirão até no final de semana para cumprir essa agenda determinada pelo município.

 

 

Rindo à toa

 

Moradora de Barueri há mais de 70 anos, dona Clotilde Venâncio Pino, de 93 anos, também foi uma das primeiras idosas vacinadas e estava rindo à toa. “Estou muito feliz! Quero viver mais. Fico muito agradecida a todos”, disse.

 

“Só tenho elogios. A campanha de vacinação no Brasil, mas aqui em Barueri, principalmente, achei excelente, não tem do que reclamar. E saber que adiantou só prova o quanto o sistema está bom, está preparado para receber isso e podermos voltar à vida normal”, declara satisfeita a bisneta de dona Clotilde, Isabella Salles.

 

Dona Bertolina de Andrade Freitas, de 99 anos, também garantiu sua primeira dose. Com problemas de mobilidade, recebeu o imunizante pelo Drive-Thru. “É justo eles tomarem a vacina, já fizeram tanto nessa vida, merecem todo respeito”, frisou sua neta, Marisa Evangelista de Freitas. Segundo ela, adiantar a data foi algo importante: “quanto antes, melhor, para poder vacinar todo mundo”.

 

 

“Fiquei surpresa e muito contente, estou tranquila sabendo que ela está imunizada”, declarou Solange Francisca Barbosa, sobrinha de dona Caetana Francisca da Silva. Moradora do Parque Imperial, dona Caetana, aos 92 anos, exibe uma lucidez invejável e uma alegria contagiante por estar sendo tão bem cuidada. “Com a vacina a gente vai ter mais saúde”, comemorou a idosa.

 

 

Força-tarefa do PAD

 

Além dos atendimentos agendados no polo, a equipe do PAD (Programa de Assistência Domiciliar) de Barueri iniciou logo cedo uma força-tarefa para imunizar 58 idosos acamados. Tratam-se de pacientes inscritos no Programa e também assistidos pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que não têm condições de saírem do leito.

 

 

 

Quem tiver um familiar nessa situação deve enviar um e-mail para agendavacinacovid@barueri.sp.gov.br e solicitar a dose em domicílio.

 

 

 

Agendamento

 

O agendamento permanecerá aberto até que haja vacinas disponíveis. A reposição tem ocorrido semanalmente e a Prefeitura espera que o quantitativo de doses enviadas aumente com o início da produção no Brasil.

 

 

Os canais de agendamento são o APP Saúde Barueri, disponível para download gratuito nas principais lojas de aplicativos, o call center, por meio do número  (11) 4349-0600, o e-mail agendavacinacovid@barueri.sp.gov.br ou pessoalmente na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência. Não serão vacinadas pessoas sem agendamento prévio e os canais permitirão acesso apenas às pessoas da faixa etária preconizada no momento.

 

_ _ _

 

Aliz Lambiazzi – 04/02/2021

 

Crédito das fotos: Aliz Lambiazzi / Secom

HMB celebra alta de número 2 mil dentre os pacientes de Covid-19

A última segunda-feira (dia 1º de fevereiro) foi de festa no Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB). A equipe que atende os pacientes vítimas da Covid-19 celebraram a alta de número 2 mil.

Foi a vez da paciente Maria Odete Guerra, de 73 anos, voltar para casa. Ela ficou internada durante oito dias em leito de enfermaria e, recuperada, reencontrou sua família, que aguardava ansiosa por seu retorno. 

Para celebrar a ocasião, foi montado um cenário com bexigas e balões com o número “2.000” e o diretor do Hospital, Paulo Tierno, entregou um certificado simbólico de superação. Os filhos e o marido da paciente ofereceram flores, agradeceram e bateram muitas palmas para comemorar o momento da alta. 

“Eu saio feliz. A sensação de quando estamos doentes é muito ruim, é terrível, mas graças a Deus estou recuperada e foi muito bom estar com vocês”, disse Maria Odete dirigindo-se à equipe. “Só tenho a falar coisas boas de vocês”, declarou, emocionada.

Quando perguntada sobre qual conselho daria para quem não foi infectado pelo SARS-CoV-2, a idosa foi enfática: “se cuidar! Se cuidar bem para que não tenha essa doença, porque é terrível”, alerta.

O secretário de Saúde de Barueri, Dionisio Alvarez Mateos Filho, sabe bem do que a paciente está falando. Ele ficou uma semana internado no HMB, infectado pela Covid, e sentiu na pele a alegria de ser curado da doença.

“Estamos comemorando a alta da dona Maria Odete e pra nós isso é uma grande satisfação, porque a gente sabe do trabalho dos profissionais do HMB e da alegria com a qual eles tratam cada paciente. Eu fui um dos contemplados, estive internado por uma semana e fui muito bem tratado, assim como vi as outras pessoas serem bem tratadas também. É uma família trabalhando em prol da saúde de todos”, declara o médico.

Mais de 11 mil vidas salvas

De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde, em 1º de fevereiro, Barueri tem 11.650 pacientes confirmados e curados desde o início da pandemia.

 O HMB é o Hospital de referência para Covid-19 em Barueri. Desde o início da pandemia foi criado um setor específico para o tratamento de pessoas com confirmação ou suspeita de contaminação pelo novo coronavírus na unidade. Além dele, o PA Vanderson César de Almeida, do Jardim Paulista, também foi todo reconfigurado para atender exclusivamente a esses casos.

Nova maternal traz educação às crianças e segurança às mães do Jardim Tupan

O Jardim Tupan contará com mais um instrumento para auxiliar as crianças do bairro na sua educação e, consequentemente, trazer mais tranquilidade e apoio às mães e responsáveis. Trata-se da construção da nova Maternal, localizada na avenida Exército Brasileiro.

A unidade possui área total de 2.760,10 m², que além das salas de creche, pré-escola e administrativas, ainda oferecerá espaço multiuso, pátio, refeitório, playground e salas auxiliares. O orçamento inicial é de pouco mais de R$6 mi e começou a ser construída janeiro de 2020 e a previsão de entrega é para maio deste ano. A esta altura a obra já possui 40% de área construída.

A nova maternal será a 15ª da rede municipal, que atualmente conta com 14 unidades em funcionamento, além do Centro de Referência da Primeira Infância. Com seis salas de creche e quatro salas de pré-escola, o local deve atender mais de 400 crianças do bairro.

Para a munícipe Carolina Aparecida Borges de Jesus, de 35 anos, a unidade chegará em boa hora, pois vai atender diversas famílias que aguardam por uma vaga no ensino público municipal. “Essa maternal será muito boa, pois muitas mães estão esperando por uma chance de proporcionar um ensino de qualidade a seus filhos, ainda mais a escola estando próxima de suas casas, o que facilita a vida de muitos responsáveis que não podem arcar com o transporte, por exemplo”, comemora.