Editorial: prefeitura de barueri

Centro de Diagnósticos: serviços do Núcleo de Saúde da Mulher surpreende pacientes em Barueri

No primeiro andar do Centro de Diagnósticos Maria Mariano Meneghin, em Barueri, fica uma ala bastante especial: o Núcleo de Saúde da Mulher. O espaço foi todo pensado para que o público feminino receba a atenção que merece no cuidado à saúde. O ambiente é tão completo e o serviço prestado é tão diferenciado que as pacientes chegam a duvidar de que se trata de um serviço público.

Foi o que aconteceu com Lindalva Reis de Carvalho Lacerda, de 51 anos, moradora da cidade há 26 anos. No dia 6 de março ela esteve lá pela primeira vez para fazer um exame de densitometria óssea e só conseguiu dar nota máxima. “Nota 10! Nós de Barueri estávamos precisando. Eu faço ressonância da coluna e nós precisamos do exame aqui na nossa cidade. Está de parabéns, as meninas são muito 10. Tudo novo, tudo maravilhoso. Higiene 10, atendimento 10, tomara Deus que venha pra outros locais. A limpeza aqui é melhor do que em convênios”, ressaltou.

Outra munícipe, Telma Ferreira Domingos da Silva, de 45 anos, endossa as palavras de Lindalva. Suas duas filhas já realizaram exames no Centro de Diagnósticos e desta vez ela é que foi fazer uma mamografia. “Está ótimo, estou gostando, o atendimento é perfeito e tudo é de última geração. Nunca vi algo nesse padrão”, afirmou.

Acolhimento e tecnologia

As atividades do Núcleo tiveram início em outubro do ano passado, com a chegada do aparelho de densitometria óssea. De lá para dezembro foram chegando outras tecnologias, todas altamente avançadas, para o atendimento focado nesse público.

Atualmente a ala conta com exames como densitometria óssea, mamografia com tomossíntese, mamografia com estereotaxia, colposcopia, ultrassons de mama, fetal e obstétrico, exames ginecológicos com imagem, além de um espaço destinado à coleta de exames laboratoriais em casos específicos, como o de pessoas com mobilidade comprometida, por exemplo.

Cíntia Gislaine Tacola, supervisora técnica de radiologia do Centro, destaca, além de todas as tecnologias presentes no local, o trabalho de receptividade que é igualmente levado a sério. “Tem todo um acolhimento que faz a diferença para a paciente se sentir mais confortável. A gente vai explicando o que vai ser feito, ela sai do exame e já vê a imagem, isso tudo dá um bem-estar a elas. Todo esse conjunto deixa mais acolhedor e a paciente fica mais satisfeita”, conta.

A área reserva-se ao atendimento integral da mulher, até mesmo durante a gestação, dispondo de tecnologias específicas para esses casos.

 Mamografia top

O Núcleo de Saúde da Mulher conta com dois mamógrafos de última geração com recursos bastante avançados, ainda dificilmente encontrados na rede pública e até privada de saúde. É o caso do mamógrafo com tomossíntese, conforme explica Cíntia.

“Nós temos dois equipamentos de mamografia de última geração. Esses equipamentos, nem rede pública e nem rede particular costumam ter instrumentos iguais. A gente tem um mamógrafo com a especialidade de tomossíntese, exames milimétricos da mama que depois podem ser reconstruídos em 3D. Isso nem na rede particular aqui da região eu vi ainda, pode ser que daqui a pouco chegue. Realmente é um equipamento mais top de mamografia”, destaca a especialista.

Com ele é possível fazer até 20 imagens “fatiadas” da mama, exemplifica Cíntia. “É como se fossem ‘fatias’ de um milímetro cada uma, com isso, quando você termina a aquisição da imagem pode pedir a reconstrução em 3D e ver um nódulo, por exemplo, em várias posições. Você consegue ver volume, tamanho e profundidade. Há com isso um diferencial no diagnóstico porque consegue ter uma visualização muito melhor”, descreve.

Já o outro mamógrafo possibilita fazer a estereotaxia da mama, que é um tipo de biopsia direcionada. Ela serve para localizar nódulos não palpáveis ou microcalcificações, orientando melhor o especialista quanto ao local para retirar o material para análise.

Embora a mamografia seja um exame naturalmente desconfortável devido a compressão que é feita na área, esses novos aparelhos têm um acrílico menos denso, que se molda melhor à mama trazendo um pouco mais de conforto à paciente. Como são digitais, essas tecnologias oferecem imagens de alta qualidade e com grande resolução, favorecendo ainda mais a assertividade dos diagnósticos. Eles também são rápidos: o exame tradicional é feito em até 12 minutos, e se for com tomossíntese, em no máximo 20 minutos.

Curso da Vigilância forma novos brigadistas contra mosquito da dengue em Barueri

A “Brigada Contra o Aedes Aegypti” acaba de ganhar o reforço de mais 46 voluntários. O Departamento Técnico de Projetos Educativos da Vigilância em Saúde de Barueri realizou uma capacitação junto aos servidores que atuarão em seus locais de trabalho no combate aos criadouros, além de serem multiplicadores de informações sobre a dengue.

A criação da Brigada no âmbito da administração direta, indireta e fundacional no município obedece ao decreto 9.086, de 29 de janeiro de 2020. O objetivo é formar grupos de trabalho que realizem atividades para o combate às arboviroses (doenças transmitidas por mosquitos).

O curso foi ministrado pelo analista em Vigilância Sanitária e Epidemiológica Clóvis José de Sá no auditório da Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb) do Jardim Belval e reuniu representantes de várias secretarias municipais, das unidades da Fieb e da Câmara de Vereadores.

“Os participantes foram estimulados a direcionar um olhar diferenciado para conseguir identificar e eliminar possíveis criadouros, atuando na prevenção das doenças transmitidas pelo mosquito”, explica a educadora da Vigilância, Simone Ribeiro.

O treinamento abordou as principais arboviroses urbanas, bem como suas características e ciclos biológicos. Conforme detalha Simone, foi adotada uma abordagem diferenciada para educar os envolvidos na Gestão Integrada dos Fatores Predisponentes e/ou Determinantes (meio ambiente, ocupação do espaço urbano, destinação de resíduos sólidos e zeladoria urbana) que costumam favorecer o surgimento de epidemias de dengue, Zika, Chikungunya, febre amarela, Mayaro, Oropuche e encefalite de Saint Louis.

“Precisamos de muitos multiplicadores, pois a conscientização é nossa principal arma contra dengue e outras arboviroses. Se o mosquito não tiver onde se desenvolver o problema será bastante minimizado. Para isso dependemos totalmente da ação humana em evitar ambientes propícios para o Aedes”, ressalta a coordenadora chefe de Vigilância em Saúde de Barueri, Rosana Perri Andrade Ambrogini.

Outras edições do curso serão realizadas ao longo do ano, buscando alcançar todas as secretarias municipais e ter a Brigada Contra o Aedes Aegypti em cada uma.

Wanessa Camargo é a madrinha da Campanha do Agasalho 2020 em Barueri

A cantora e compositora Wanessa Camargo aceitou o convite do Fundo Social de Solidariedade Estrela Guia para ser a madrinha da Campanha do Agasalho de Barueri.

O encontro na sede da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), reuniu a cantora, a presidente do Fundo Social, Sônia Furlan, e a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, além dos secretários de Cultura e Turismo, Jean Gaspar, e de Comunicação, Thazio Gomiero.

Wanessa disse que ficou muito feliz com o convite e fará o que estiver ao seu alcance para colaborar. Ela declarou ainda que “é fã do trabalho do Fundo Social de Solidariedade de Barueri”.

Presidente do Fundo Social, Sônia Furlan explicou à artista toda a estrutura da Campanha do Agasalho de Barueri, que é diferenciada. “Nós só doamos roupas novas. Fazemos um grande bazar com doações que recebemos. Então, compramos roupas novas de inverno e moletons para que os Núcleos de Moda confeccionem os conjuntos. Faço todas as distribuições pessoalmente.”

Bazar

O 4º Bazar da Solidariedade aceita doações até o dia 30 de março. Você pode doar tudo o que estiver em bom estado. Com a renda da comercialização dos produtos, serão compradas peças novas de inverno que serão distribuídas na Campanha do Agasalho. Quer colaborar? Procure a equipe da Sads. Você pode entregar sua doação de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.

Nos casos em que é preciso retirar, é necessário agendar a partir do dia 10 de março pelo telefone 4199-2800, ramal 118.

Serviço

O Bazar será realizado no dia 4 de abril, das 9 às 15 horas, na sede da Sads. O endereço é avenida 26 de Março, 1.159, Jardim São Pedro, em Barueri.

Coordenadoria da Juventude oferece palestra sobre Educação Financeira em Barueri

Foto: Lourivaldo Fio / Secom

Um dos fatores mais importantes para viver uma boa vida é saber como administrar o seu dinheiro e assim não ter preocupações com dívidas. 

Pensando nisso, a Coordenadoria da Juventude, órgão da Secretaria de Relações Institucionais de Barueri (SRI), fornecerá gratuitamente palestra sobre “Educação Financeira”, em parceria com a Brasil / Trevisan. 

O evento acontecerá na quarta-feira (dia 18), nos períodos da manhã e da tarde, na sede da Coordenadoria. As vagas são limitadas para jovens entre 15 e 29 anos. 

As inscrições podem ser feitas no Espaço da Juventude, localizado na rua Guilhermina Carril Loureiro, 60, Centro, das 8 às 17 horas. Para mais informações, entre contato através do telefone 4199-0422. 

Escolas de esporte de Barueri têm vagas em diversas modalidades

Você prefere esportes individuais ou coletivos? Condicionamento físico, cross training ou artes marciais? O Barueri Esporte Forte, programa da Secretaria de Esportes, está com matrículas gratuitas abertas em 17 modalidades esportivas.

Nos polos esportivos distribuídos por toda a cidade, o munícipe fica sabendo em que bairro tem a atividade que ele ou os seus filhos desejam praticar. A maioria delas é reservada para menores a partir dos cinco anos, mas os adultos e os integrantes da melhor idade também têm vez.

As modalidades oferecidas são atletismo, basquetebol, capoeira, futebol, futsal, ginástica artística, handebol, jiu-jítsu, judô, karatê, kung fu, muay thai, qualidade de vida (condicionamento físico e cross training), skate, tae kwon do, tênis e voleibol.

Para se inscrever os documentos necessários são: cópia da cédula de identidade ou certidão de nascimento; cópia do comprovante de endereço; cópia do atestado médico ou do protocolo; e uma foto 3×4.

Mais informações podem ser obtidas nos polos esportivos de Barueri e também no Ginásio Poliesportivo José Corrêa (av. Guilherme P. Guglielmo, 1.000, Centro), de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h. Os telefones para contato são 4210-0669 e 98863-4639.

Educação de Barueri realiza parceria para garantir aprendizagem e bem-estar de crianças autistas

A Secretaria de Educação de Barueri, em parceria com o Instituto Farol, realizou mais uma etapa do projeto piloto que visa garantir o bem-estar e o desenvolvimento das crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A iniciativa está sendo implementada pelo Departamento de Atendimento Educacional Especializado – AEE. 

Professores, gestores e pais de crianças autistas das maternais Maria Dolores Zendron, do Engenho Novo, e Matilde Abreu de Moraes, da Vila Barros, participaram de um curso sobre gestão comportamental e abordagens práticas por intermédio do Modelo Denver de intervenção. 

Uma equipe de profissionais do Instituto Farol, referência no Brasil nesta área, ministrou palestras e oficinas práticas para cerca de 50 profissionais e pais das duas maternais que abrigam o programa piloto. 

De acordo com a secretária de Educação, Flávia Moreno, a implementação deste modelo, o mais avançado do mundo no desenvolvimento de crianças autistas, nas escolas da rede de Barueri é um grande sonho “que começa a ser realizado”. 

Segundo Edinizis Belusi, fonoaudióloga supervisora do Instituto Farol, a ideia é atualizar profissionais, pais e familiares de crianças com TEA sobre as melhores práticas internacionais em termos de gestão de comportamentos inadequados e o passo a passo para implementar uma gestão de comportamentos eficaz. 

A proposta é que que os professores e terapeutas ocupacionais das crianças consigam proporcionar uma oportunidade de aprendizagem a cada 10 segundos. Essa intensidade tem o objetivo de diminuir uma cascata de prejuízos e cessar os atrasos no desenvolvimento de competências como a cognição, linguagem, interação social, motricidade e outras. Um dos motivos da discrepância em relação à eficácia do modelo deve-se à intensidade e consistência. 

Sobre o Modelo Denver 

Visa a intervenção precoce, trata-se de um método criado nos EUA há algumas décadas e há pouco tempo no Brasil. O que preconiza esse modelo é o diagnóstico precoce e o rápido tratamento a fim de potencializar o desenvolvimento infantil, baseando-se sempre no que é natural. Os aspectos a serem trabalhados obedecem ao ciclo de desenvolvimento da criança no suporte à socialização e na minimização de sintomas como dificuldades de interação, problemas cognitivos da fala e da coordenação motora, além de muitos outros. 

Educadores de Barueri passam por curso sobre inteligências múltiplas

Foto: Suseli Honório/Secom

Durante a semana passada, professores e gestores da Secretaria de Educação de Barueri viveram experiências muito especiais. Trata-se da formação do Laboratório de Inteligências Múltiplas – LIM. O evento aconteceu no auditório do Centro de Eventos e contou com palestras, atividades de integração e experiências socioemocionais. 

O objetivo do evento foi estimular as potencialidades dos profissionais, para que eles se tornem cada vez melhor dentro e fora do ambiente de trabalho  

Antes das palestras e atividades, os educadores receberam as palavras de boas-vindas da coordenadora de Educação Infantil, Janete do Valle, e da coordenadora de Ensino Fundamental, Isabel Biondi. 

O palestrante Marcelo Katayama abordou diversos aspectos importantes para que os profissionais resgatassem diariamente sua autoestima e motivação. “Não podemos deixar de celebrar nossas pequenas conquistas. Devemos sempre agir por um propósito. Precisamos respeitar a nós mesmos, estabelecendo objetivos alcançáveis”, aconselhou. 

Na tarde de sexta-feira (dia 28 de fevereiro, último dia dos cursos), a secretária de Educação, Flávia Moreno, também fez questão de participar do evento e falar com os educadores. “Antes de tudo, os professores precisam de cuidados com suas emoções. É preciso ser cuidado para poder cuidar. Nós, educadores, somos modelo de conteúdo não só acadêmicos, mas de equilíbrio emocional. Somos modelos humanos e inspiradores.” 

HMB realiza evento para celebrar o Dia Mundial do Rim em Barueri

Nutrição e acolhimento psicológico para o paciente renal foram alguns dos temas abordados

Nesta quinta-feira (5/3), o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, promoveu uma manhã de palestras para pacientes, familiares e profissionais da saúde a fim de expôr o tema “Saúde dos rins para todos. Ame seus rins. Dose sua creatinina”, proposto pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) para o Dia Mundial do Rim.

A equipe multidisciplinar do Centro de Hemodiálise do HMB desmembrou o assunto para que cada área explicasse sua atuação e importância nos cuidados com os rins. A abertura foi realizada por Agostinho Filgueira, coordenador de nefrologia, que destacou as funções dos rins para eliminar as toxinas do sangue, regular a formação do sangue e dos ossos, controlar a pressão sanguínea e do balanço químico e de líquidos do organismo. Também teve destaque a indicação da dosagem de creatinina, substância presente no sangue, filtrada nos rins e desprezada na urina, para pessoas com mais de 50 anos que apresentam histórico familiar de doença renal ou tenham infecção urinária, diabéticos, hipertensos e obesos. “A dosagem dessa substância é uma forma de avaliar as funções dos rins, pois níveis acima do limite considerado normal pode indicar doença renal”, esclarece o nefrologista.

As informações técnicas sobre o Centro de Hemodiálise como modalidades de tratamento, horário de funcionamento, capacidade de atendimento, sistema de tratamento da água e especificidades de materiais foram explanadas pelo enfermeiro Genilvado Santos. Além disso, o enfermeiro também passou algumas orientações para preservar a função renal. “Praticar exercícios regulares, controlar o peso corporal e a pressão arterial, não fumar, não abusar de bebidas alcoólicas, evitar uso de anti-inflamatório não-hormonais, cuidar dos quadros de desidratação e realizar exames laboratoriais para avaliar a saúde dos rins pelo menos uma vez ao ano são atitudes básicas para manter os rins saudáveis”, ressalta Santos.

A terceira palestra foi apresentada pela nutricionista Sarah Franca para abordar a influência da alimentação em condições que são consideradas fatores de risco e desencadeadoras das complicações renais. “A doença renal crônica é só a ponta de um iceberg, por baixo existe obesidade, diabetes, hipertensão e até doenças cardiovasculares”, comenta Franca, que destaca como a redução de sódio, açúcares e carboidratos impacta diretamente no funcionamento dos rins.

Na sequência, Bruna Vieira e Dariane Batista, psicólogas da unidade, explicaram que trabalham principalmente entre os pacientes e a equipe médica, já que a principal função da psicologia é proporcionar acolhimento, compreensão, aceitabilidade e assistência para todos os envolvidos. “Além do próprio paciente, os familiares também precisam entender e associar as mudanças decorrentes do tratamento como o aumento da frequência hospitalar, restrições alimentares e sentimentos de angústia ou medo”, explica Batista.

Para finalizar, a assistente social Alessandra Almeida esclareceu que o Serviço Social é essencial para fortalecer vínculos familiares e proporcionar orientação sobre questões como desemprego, condições de vida, desigualdade e acessos aos direitos e benefícios, por exemplo, de isenção do Imposto de Renda e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), passe livre e liberação do rodízio de veículos.

Atrações musicais agitam o fim de semana em Barueri

Foto: Divulgação  

Quem gosta de música terá várias opções para prestigiar as apresentações que fazem parte do Aniversário de 71 anos de Barueri. Na sexta-feira (dia 6), às 18h, a Banda da Cultura abre a temporada de shows com o programa “Música na CPTM”, que acontecerá todas as sextas-feiras na estação central de Barueri. 

  A Banda da Cultura é formada por professores e alunos do Núcleo de Música de Barueri. No repertório estão as principais canções de pop, rock e MPB, entre outros ritmos. 

Já no sábado (dia 7), acontece o retorno da Feirarte – Feira de Arte e Artesanato de Barueri. São mais de 35 barracas de artesanatos, brinquedos infláveis gratuitos, 20 barracas de alimentação típica e a atração musical fica por conta do grupo de pagode “Algo da Villa”, às 14h.  

Na estrada há oito anos, o grupo tem em sua formação atual Tom Correa (voz e violão), Tony (vocal e pandeiro), D`Black (tantã e percussão geral), Adão (surdo e percussão geral) e Lafayete (voz e cavaco). O Algo da Villa está gravando o primeiro álbum e no repertório, além de músicas próprias, encontram-se todos os estilos dentre o samba, como partido alto, samba de raiz, samba-rock e até MPB. 

O Cultura no Parque de domingo (dia 8) traz ao palco do Parque Dom José, às 11h, o multi-instrumentista e professor Ítalo Queiroz, que fará uma apresentação em homenagem à cultura nordestina. O show contará com a participação especial da aluna Julinha do Acordeon e o público poderá conferir no set list canções autorais e clássicos do forró. 

Serviço 

Música na CPTM 

Estação Central de Barueri  

Sexta-feira (06/03), das 18h às 19h 

Feirarte 

Estacionamento da Prefeitura de Barueri  

Sábado (07/03), show às 14h 

Cultura no Parque 

Rua Ângela Mirella, 500, Vila Porto  

Domingo (08/03), das 11h às 13h 

 

Estão abertas inscrições do curso de pilotagem defensiva para motociclistas em Barueri

Foto: Arquivo / SSMU 

O curso de Pilotagem Defensiva para motociclistas já tem datas definidas para 2020 e as inscrições já estão abertas. O treinamento é aplicado pela Defesa Civil de Barueri (órgão da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana), em parceria com a concessionária Honda Japauto. A capacitação conta com módulo teórico pela manhã, e exercícios práticos durante a tarde.  

As aulas acontecem em março (dia 14), julho (dia 6), setembro (dia 26) e novembro (dia 28). As inscrições podem ser feitas on-line com o preenchimento do formulário eletrônico no site https://goo.gl/P8Nnb8 até dois dias antes do curso.  

Para participar, basta ser habilitado na categoria A (condução de motocicletas) e dispor de moto própria. 

Não há qualquer custo para participar. A Defesa Civil apenas solicita a doação, no dia do curso, de um quilo de alimento não perecível que será revertido à comunidade. 

Para mais informações, o telefone é 4199-1400 (ramal 214) e o e-mail é sas.defesacivil.escola@barueri.sp.gov.br.