Editorial: prefeitura de barueri

Consagrada Big Band da Jazz Sinfônica apresenta do clássico ao popular em Barueri

Recentemente a Jazz Sinfônica Brasil completou 30 anos de existência, considerada uma das principais orquestras do País, ela vem atraindo milhares de pessoas graças a arranjos originais e à combinação entre música clássica e popular, que tem o poder de chegar aos ouvidos e tocar a alma de quem acompanha cada apresentação. Sob a batuta do maestro João Maurício Galindo, e com entrada gratuita, a Big Band se apresenta no próximo dia 27, às 19h30, no Centro de Eventos de Barueri.

Consagrada pela dedicação à música popular, a formação apresenta sonoridade exclusiva, com direito a samba, frevo, bossa nova, MPB, samba-jazz, rock e reggae, o que tem lhe conferido protagonismo na criação de uma nova estética orquestral brasileira por meio de arranjos contemporâneos e únicos, criados com exclusividade para o grupo.

A Jazz Sinfônica é uma orquestra híbrida resultante da união de dois grupos tradicionais da música. Por um lado, uma Orquestra Sinfônica e por outro uma Big Band. Atualmente, a Big Band é um grupo absolutamente versátil, que não se restringe e está apto a interpretar com excelência e virtuosismo todos os gêneros da música popular brasileira e internacional.

Em sua respeitável trajetória, a orquestra foi conduzida por grandes maestros, desde o próprio Cyro Pereira, o pianista e compositor Nelson Ayres, além de João Maurício Galindo e Fábio Prado. Desde 2017, a direção artística e geral está a cargo do pianista e produtor Antônio de Arruda Ribeiro.

Prestigiada nacional e internacionalmente, a Jazz Sinfônica Brasil fez história acompanhada de grandes nomes do cenário musical, que vai de Tom Jobim a Stanley Jordan entre outros.

Big Band

Foi no início do século 20, nos Estados Unidos, que surgiu a Big Band, um grupo chamado de orquestra de baile que fazia música para danças. Ao longo das décadas de 30, 40 e 50, também passou a carregar o status de música para se ouvir.

Com grandes avanços o Centro de Referência pela Primeira Infância completa um ano

Ao completar um ano de funcionamento, o Centro de Referência pela Primeira Infância comemorou grandes avanços e bons serviços prestados aos familiares e crianças atendidas pelo equipamento, que funciona na Avenida Capitão Francisco César, 891, no Engenho Novo.  

Desde a sua inauguração, o centro soma 2.832 atendimentos, sendo 291 famílias e 307 crianças. A meta para o ano de 2020 é atingir 9 mil atendimentos.  

A secretária de Educação, Flávia Moreno, fez questão de salientar a necessidade de cuidar das crianças de forma sistematizada. “Este cuidado tem que ser de todos nós. Para vencer os limites, precisamos trabalhar em rede, com o apoio de todas as secretarias e segmentos da sociedade”, disse.  

A coordenadora de Educação Infantil, Janete do Valle, relatou que o aniversário de um ano é momento de celebrar a importante conquista. “Durante este primeiro ano, foram muitas as atividades e apoios prestados aos familiares e crianças. No entanto, com o apoio de toda a sociedade, ainda há muito o que se fazer”, pontuou. 

A diretora do Centro de Referência pela Primeira Infância, Elaine Barbosa, falou do trabalho e das parcerias produtivas que vêm sendo realizadas ao longo desse primeiro ano e aproveitou para anunciar novidades. “Já estamos finalizando detalhes para levarmos, aos bairros mais distantes, profissionais e materiais para realizarmos nossas atividades nos quatro cantos da cidade”, informou. 

Para fazer um balanço e ampliar ainda mais as parcerias de trabalho, no dia do aniversário do equipamento aconteceu também uma produtiva reunião com secretários municipais. Todos se prontificaram a juntar forças em nome da primeira infância. 

 Primeira infância 
É o período entre a gestação e os seis primeiros anos de idade. Essa fase é a mais importante da criança, pois é quando se desenvolvem a inteligência e a estrutura emocional necessárias para o sucesso na vida adulta. 
 
Com atividades divertidas e brincadeiras que estimulam o cérebro, o processo de desenvolvimento faz com que a criança ganhe confiança, aprendizado e raciocínio, através da leitura, da convivência e de muitas descobertas. 

Agentes da Zoonoses realizam mutirão no Engenho Novo em Barueri

30 agentes de combate a endemias da Diretoria Técnica de Zoonoses de Barueri realizou um mutirão no bairro do Engenho Novo, mais especificamente na Vila São Silvestre. Os agentes percorreram as casas identificando possíveis criadouros do mosquito.  

Nesse mutirão, que foi das 9h às 14h, foram visitadas cerca de 615 casas e distribuídas 58 telas para proteção de caixa d’água. De acordo com a Vigilância em Saúde, mais mutirões como esse estão sendo programados para março em outras regiões da cidade, de acordo com os levantamentos técnicos da dengue 

Esse tipo de ação acontece o ano todo no município, mas os mutirões aos sábados têm o objetivo de alcançar aquelas pessoas que não são encontradas em casa durante a semana, além de ampliar a conscientização sobre as arboviroses 

Os agentes orientam as famílias com relação aos ambientes mais favoráveis para as larvas do Aedes aegypti, mosquito que transmite não apenas a dengue, mas Zika vírus, chikungunya e febre amarela. Eles vistoriam os cantos mais propensos para acúmulo de água parada, entregam materiais informativos, tiram dúvidas e indicam as melhores formas de se proteger.  

Os agentes também fizeram Avaliação de Densidade Larvária (ADL), que consiste na coleta de amostras para que sejam analisadas e, assim, se identifique se é mesmo o Aedes aegypti e como está a infestação em cada bairro.  

Semana de mobilização 

mutirão seguiu-se à 1ª Semana Estadual de Mobilização contra o Aedes Aegypti, que aconteceu de 10 a 14 de fevereiro. Todas as Secretarias e órgãos municipais de Barueri realizaram diferentes eventos junto aos seus públicos e comunidades, buscando mostrar formas de prevenir a dengue, bem como a importância da união de forças entre poder público e sociedade na luta contra o mosquito Aedes.  

Cuidado com o golpe 

A Prefeitura de Barueri tem advertido os munícipes, especialmente empresários, que há pessoas se passando por agentes públicos da Vigilância Sanitária dizendo que o estabelecimento se encontra irregular e cobrando valores. Diante de tal situação, ligue para a Vigilância em Saúde de Barueri (11) 4163-1049 para confirmar a veracidade. 

Instalações de Barueri são utilizadas para reality show do SBT sobre futebol

A Secretaria de Esportes de Barueri firmou acordo com o SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) para gravações do reality show “Uma Vida, Um Sonho”, que deverá ir ao ar em maio. Milhares de jovens jogadores de futebol foram pré-selecionados. 

Uma parte destes selecionados (cerca de 200) foram recebidos no auditório da Arena Barueri, onde ouviram instruções e foram encaminhados para o Complexo Esportivo da Vila Porto. 

Os integrantes da comissão técnica os submeteram a diversos testes de capacidade técnica: coordenação motora, condução e domínio de bola, cruzamento e finalização etc. Haverá ainda jogos menores e maiores para a seleção final. 

A coordenação geral esteve a cargo do técnico Renê Simões. “Haverá outras avaliações no Rio de Janeiro e em Palmas-TO. Selecionaremos 22 atletas e ficaremos com outros 22 em stand by. O prêmio maior é o contrato com um clube europeu, mas todos serão contemplados de alguma maneira”, declarou. 

O programa “Uma Vida, Um Sonho” também terá Joel Santana como técnico e será apresentado pela jornalista Glenda Kozlowski. 

Na ensolarada manhã do dia seguinte, houve coletivo na Arena Barueri, cujo gramado é o sonho de quase todos. Muitos deles afirmaram estar vivendo uma emoção única e até confidenciaram o desejo de ser o melhor do mundo em todos os tempos. Empenho não faltou. 

O secretário de Esportes de Barueri, Tom Moisés, destacou que a cidade de Barueri foi escolhida para as avaliações devido à excelente estrutura esportiva. “Todos ficaram impressionados com a qualidade do Complexo Esportivo da Vila Porto e mais ainda com a Arena Barueri. Além de ser um programa que envolve o esporte, o projeto tem também um caráter social”, relatou. 

Bazar da Solidariedade já aceita doações em Barueri

Evento já tradicional do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads), o 4º Bazar da Solidariedade já tem data marcada: 4 de abril. 

O Bazar é uma oportunidade para que as pessoas adquiram itens de qualidade a preços populares e colaborem com a Campanha do Agasalho. Todas as doações que o Fundo Social de Solidariedade recebe são colocadas à venda. Os recursos são revertidos na compra de peças de inverno novas, que são distribuídas na Campanha do Agasalho. 

Até 30 de março, o Fundo Social aceitará doações de roupas, acessórios, calçados, móveis, eletrodomésticos, bijuterias, brinquedos, livros, utensílios diversos, artigos de decoração, eletrônicos, quadros, cosméticos, tapetes e tudo mais que estiver em bom estado. 

Quem tiver interesse em colaborar com a Campanha do Agasalho através do Bazar, basta procurar a equipe da Sads. Nos casos em que é preciso retirar a doação, é necessário agendar, a partir do dia 10 de março, pelo telefone 4199-2800, ramal (118).  

Serviço 

O 4º Bazar da Solidariedade será realizado no dia 4 de abril, das 9 às 15 horas, na sede da Sads. O endereço é avenida 26 de Março, 1.159, Jardim São Pedro, em Barueri. As doações podem ser entregues de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.  

Escolas de samba de Barueri prometem agitar a passarela

Neste fim de semana haverá desfile das escolas de samba de Barueri, em frente ao Ginásio Poliesportivo José Corrêa. A concentração para o Carnaval 2020 começa por volta das 15h do sábado e do domingo (dias 22 e 23) e contará inclusive com praça de alimentação.

O evento é organizado pela Liga Independente das Escolas de Samba, com o apoio estrutural da Prefeitura de Barueri, por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo. A programação é “Cultura na Faixa”, ou seja, tem entrada gratuita.

Os preparativos para o Carnaval começam nas escolas de samba quase um ano antes dos desfiles. São meses de preparação, mobilizando apoio de moradores e suas comunidades de torcedores e apoiadores. Barueri tem cerca de oito escolas de samba, e todas podem ser vistas desfilando durante as apresentações de Carnaval. Cada uma delas conta com sua própria bandeira e estilo, que são refletidos em seu desfile.

Cada integrante tem um papel específico na folia, para garantir que o percurso seja feito nos 50 minutos regulamentares e para que tudo saia como planejado nas comissões de frente, mestres-salas e porta-bandeiras, baianas, baterias, puxadores, passistas, velhas guardas, alas, carnavalescos, sambas-enredo, enredos, fantasias e alegorias. 

O Carnaval consagra a confraternização universal, em que os preconceitos de raça, idade e condições socioeconômicas são esquecidos. A essência do Carnaval são a liberdade e o riso, capazes de aliviar as situações mais difíceis e amargas, tornando-se assim, uma verdadeira terapia em grupo.

O Carnaval na cidade promete muita animação. Desde o resgate dos desfiles, a Secretaria de Cultura e Turismo tem incentivado a tradição para oferecer uma linda festa para milhares de expectadores.

Ordem dos desfiles

Sábado, dia 22

18h – Ganga

18h45 – Cadência Paulista

19h45 – Mocidade Marihá

20h45 – Unidos do Belval

Domingo, dia 23

18h – União das Vilas

18h45 – Oba Oba

19h45 – Verde e Rosa

20h45 – Engenho da Gente

 

Barueri é uma das cidades pioneiras a implantar a Base Nacional Comum Curricular em toda a rede

Após três anos de intensos estudos, é implementada agora, no início deste ano letivo de 2020, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) em toda a rede municipal de ensino. Barueri passa a ser referência para o processo de revisitação e reorganização das matérias didáticas. 

Desde o início de 2017, a Secretaria de Educação de Barueri, em parceria com o Ministério da Educação (MEC), saiu à frente e deu início à implantação da Base Nacional Comum Curricular. 

De acordo com a coordenadora de Ensino Fundamental, Isabel Biondi, aquele movimento necessitou de um esforço coletivo. “Supervisores, gestores, professores e comunidade escolar participaram do processo, garantindo a transparência, a legitimidade e a credibilidade na revisão e adequação ao Plano de Referência da Educação Básica do município de Barueri, de acordo com as diretrizes da BNCC”, comentou. 

Desde o anúncio pelo Ministério da Educação, a Secretaria de Educação – por meio das Coordenadorias de Educação Infantil e de Ensino Fundamental e em parceria com o Departamento de Apoio Pedagógico – orientou que todas as escolas iniciassem os estudos da BNCC.  

Os estudos intensos prosseguiram durante todo o ano letivo, quando em dezembro do mesmo ano, no dia 20, o Ministério da Educação homologou a Base Nacional Comum Curricular para a Educação Básica (Educação Infantil e Ensino Fundamental). 

Para a secretária de Educação, Flávia Moreno, as ações, iniciadas em 2017 e finalizadas em 2019, foram muito importantes. “Os conhecimentos adquiridos pelos educadores do município de Barueri ao longo de sua prática, os instrumentos elaborados, os planejamentos feitos, as atividades realizadas, tudo isso significa a legitimação de um saber coletivo, em que foi possível dar identidade educacional, dando sentido a cada escola para a construção de uma educação pública de qualidade e equidade”, disse. 

A implantação da BNCC, que estabelece as competências e habilidades a serem desenvolvidas pelos alunos – ano a ano – garante às crianças e aos jovens do município o direito à aprendizagem e a oportunidade de os pais acompanharem as condições promovidas pela escola para que o desenvolvimento possa, realmente, se efetivar na educação em Barueri. 

O que é a BNCC? 

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica, de modo a que tenham assegurados seus direitos de aprendizagem e desenvolvimento, estando orientada pelos princípios éticos, políticos e estéticos que visam à formação humana integral e à construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva. 

Os marcos legais que embasam a BNCC, aprovada em 2017 pelo MEC, são:  Constituição Federal de 1988; Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) – promulgado em 1990; Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB – Lei  9.394/1996); Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica (homologada em 2010) e Plano Nacional de Educação (PNE – 2014). 

Táxis poderão usar faixas de ônibus em Barueri

Medida é uma reivindicação antiga dos taxistas da cidade, que terão mais agilidade no transporte de passageiros

Taxistas de Barueri poderão trafegar pelas faixas de ônibus, tanto do lado direito quanto do lado esquerdo da via. Isso porque a Câmara de Barueri aprovou por unanimidade, o Projeto de Lei 087/2019, cuja regulamentação será feita pela Prefeitura em até 60 dias após a sanção da lei.

O texto, de autoria do vereador Toninho Furlan (PSDB), garante o benefício a taxistas de Barueri 24 horas por dia, independente da presença de um passageiro no carro. Já para taxis de outros municípios a regra só vale quando o carro estiver realizando uma corrida.

Por medidas de segurança, o embarque e desembarque de passageiros só será possível em faixas de ônibus localizadas do lado direito da via.

“Esse é um pedido antigos dos taxistas da nossa cidade. Acredito que essa medida vai facilitar muito o trabalho deles, além de tornar mais rápida e barata a viagem dos passageiros nos horários de pico”, comentou Toninho Furlan.

Novas regras

Também na sessão de terça-feira, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 090/2019, de autoria do Poder Executivo, que alterou as regras para o funcionamento dos táxis em Barueri.

Dentre as medidas, estão a ampliação de cinco para seis anos o tempo máximo de uso dos veículos e a inclusão de mais quatro pontos de táxi na cidade, que funcionarão em sistema de rodízio.

O maior circuito de corridas de rua da América Latina, realiza uma nova e exclusiva prova no dia 1º de março em Barueri.

O Santander Track&Field Run Series, maior circuito de corridas de rua da América Latina, realiza uma nova e exclusiva prova no dia 1º de março (domingo), em Barueri, com a Etapa Iguatemi Alphaville.

O percurso terá início no Iguatemi Alphaville e passará pelas ruas do entorno. A prova será dividida em 2 categorias: 5km e 10km. A programação terá início às 05h30, com a retirada do chip. Na sequência, às 08h, haverá o alongamento e a largada está prevista para às 09h30.

O circuito, que acontece há 17 anos, ganhou ainda mais abrangência em 2018 com o novo acordo entre a TF Sports, empresa do grupo Track&Field, e o Banco Santander. A Etapa I Iguatemi Alphaville faz parte das aproximadamente 240 provas que acontecerão em diversas cidades do Brasil ao longo de três anos.

As inscrições para a etapa podem ser efetuadas pelo site https://www.tfsports.com.br/eventos. A entrega do kit, composto por uma bolsa do evento e uma exclusiva camiseta Track&Field Thermodry AmniBiotech®, acontece na loja Track&Field do Iguatemi Alphaville entre os dias 27 e 29 de fevereiro das 10h às 22h. Basta apresentar o voucher da corrida.

Serviço:

Cronograma 1º de março

05:00 Abertura do estacionamento

05:30 às 08:00 – Bloqueio do percurso

05:30 às 07:30 – Retirada de chip

07:40 – Alongamento

08:00 – Largada

09:30 – Premiação


Retirada kits – Santander Track&Field Run Series Iguatemi Allphaville

Data: de 27 a 29 de fevereiro

Horário de funcionamento: 10h às 22h

Local: Loja Track&Field do Iguatemi Alphaville

Passageiros terão desconto na integração entre linhas metropolitanas de Pirapora do Bom Jesus e Barueri

Os estudos da EMTU/SP para criação de ligação direta entre Pirapora do Bom Jesus e Barueri, com tarifa integrada, serão divulgados na edição deste sábado (15) do Diário Oficial do Estado, por meio da Secretaria dos Transportes Metropolitanos.

A integração entre a linha 550TRO com os serviços 324TRO e 324BI1, operados pelo Consórcio Anhanguera, beneficiará 2.100 passageiros por mês com o desconto no pagamento das tarifas nesse trajeto.

O valor a ser pago será de R$ 7,50, uma redução no custo de 35%. Para percorrer esse trajeto atualmente o passageiro desembolsa R$ 11,50.

A população será avisada sobre a data de início da nova operação pelas redes sociais da EMTU/SP, cartazes afixados nos ônibus e pela imprensa regional.

Denominação das linhas:
550TRO Pirapora do Bom Jesus (Jardim Bom Jesus) — Barueri (Alphaville 3/Bradesco), via Santana de Parnaíba (Alphaville 10) e
324TRO Santana de Parnaíba (Colinas de Anhanguera) — Barueri (Parque Imperial), via Cajamar (Polvilho)
324BI1 Santana de Parnaíba (Jardim São Luís) — Barueri (Parque Imperial) via Barueri (Alphaville).