Editorial: Osasco

Tande comanda abertura de festejos de emancipação da cidade

A Prefeitura de Osasco realizou na segunda-feira, 11/02, cerimônia a altura da história de Osasco durante o lançamento do calendário de festividades dos 57 anos de emancipação político-administrativa da cidade, celebrado no dia 19 deste mês. O evento, que contou com palestra do ex-medalhista olímpico Tande aconteceu no Teatro Municipal Glória Giglio. O prefeito Rogério Lins e a primeira-dama Aline Lins recepcionaram os convidados, entre os quais o presidente da Ordem dos Emancipadores, José Geraldo Setter, empresários, representantes de organizações sociais e demais autoridades.

O ex-jogador de vôlei proferiu palestra na abertura da cerimônia, cujo tema foi a superação como forma de alcançar o protagonismo. “Às vezes deixamos de ser protagonistas porque não acreditamos em nosso potencial. A gente tem de estar o tempo todo se reinventando. Osasco é uma cidade de vencedores e se tornou o que é hoje porque no passado houve quem acreditasse que um sonho poderia virar realidade”, disse, para uma plateia atenta a cada detalhe do discurso.

José Setter era um desses sonhadores e, em 1953, juntou-se aos que já haviam iniciado as primeiras discussões em torno da emancipação, em março de 1947. “Na década de 1940, Osasco já tinha uma boa quantidade de indústrias, arrecadava bem, mas tinha pouco retorno em investimentos. Era um bairro pobre e esquecido de São Paulo. Hoje, a cidade é o segundo maior PIB (Produto Interno Bruto) do Estado e o sexto do país. Não fosse a emancipação, provavelmente ainda estaríamos abandonados.”

Durante a cerimônia, foram apresentados dois vídeos institucionais, um deles retratando parte da história da cidade e, em outro, Rogério Lins apresentou projetos desenvolvidos pela atual gestão nos dois últimos anos e outros em execução nas áreas de infraestrutura urbana, meio ambiente, esportes, saúde  educação, como canalização de córregos, reforma de unidades de saúde, implantação de pediatra 24 horas em Unidades de Pronto Antedimento (UPA), entrega de duas creches ano passado (outras oito estão em construção e serão entregues nos próximos meses), e reforma de campos de futebol com instalação de gramado sintético, entre outras ações.

“Sem esses emancipadores, Osasco não teria deixado de ser um bairro de São Paulo. Graças a eles, nossa cidade é hoje uma das maiores do país. Assim como os emancipadores fizeram no passado, creio que a maior virtude de um governante é trabalhar pelas pessoas. Um dia quero ser lembrado como alguém que fez isso”, disse o chefe do Executivo, que recebeu de Tande uma réplica da primeira medalha de ouro olímpica obtida pela Seleção Brasileira masculina em 1992, em Barcelona.

Entre os eventos programados no calendário de festejos estão a inauguração do novo Serviço de Acolhimento Institucional, no Jardim Rochdale (alas masculina e feminina, com espaço pet e para carrocinhas, além de ser o primeiro a receber famílias em situação de rua), entrega da reforma da creche Hermínia Lopes Barreto (Quitaúna) e das praças Tsu, Osasco Di Itália, e Rotary, além da inauguração de duas novas creches: Jardim Roberto I e Jardim Roberto II.

A programação completa das atividades pode ser acompanhada e compartilhada pelo hotsite: www.57anos.osasco.gov.br

            OSASCO 360

Ainda durante o evento de lançamento da programação especial de aniversário, a prefeitura apresentou o projeto Osasco 360, uma plataforma on line que possibilitará ao cidadão acompanhar todos os investimentos da administração, além de fazer pesquisas sobre duração de contratos, valores e investimentos por áreas.

A plataforma pode ser acessada pelo endereço eletrônico: www.osasco360.osasco.sp.gov.br

Vôlei Osasco-Audax tem vitória tranquila sobre Balneário Camboriú

O Vôlei Osasco-Audax derrotou o Balneário Camboriú na noite desta terça-feira (12), no ginásio José Liberatti, pela sexta rodada do returno da Superliga Cimed. Embalada por sua vibrante torcida, a equipe comandada pelo técnico Luizomar venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/13 25/16, em 1h10min. Hooker foi a maior pontuadora pela quinta partida consecutiva pela competição nacional, e o troféu VivaVôlei foi entregue para a líbero Camila Brait. Agora, a equipe segue para Belo Horizonte, onde enfrenta o Itambé Minas na sexta-feira (15).

Camila Brait destacou a dedicação de toda a equipe de Osasco. “Começamos um pouco devagar, mas nos mantivemos unidas, colocamos a cabeça no lugar, conseguimos sacar bem, desenvolver o plano tático do Luizomar e conquistamos mais uma vitória importante”, afirmou a líbero, que completou. “No terceiro set, o Luiz colocou as meninas que tem ficado no banco para ganhar ritmo (Vivi, Domingas, Lorenne e Natasha) e foi legal. Isso é importante para todas ganharem ritmo, especialmente a Claudinha, que está voltando de lesão”.

Luizomar elogiou a postura de sua equipe diante de um adversário que ocupa a última posição na classificação da Superliga. “Jogamos com responsabilidade e respeito. Camboriú tem uma comissão técnica que poderia dirigir qualquer equipe da Superliga. São grandes profissionais que estão lutando na temporada de estreia, inserindo novas atletas na voleibol brasileiro. Torço muito para que esse projeto siga em frente. Viemos de um grande vitória na rodada passada (3 a 0 sobre Barueri) e as meninas estão de parabéns porque jogaram concentradas e com seriedade”, analisou.

O jogo – O jogo começou com Camboriú forçando o saque e abrindo 4/0. Com um ace, Mari deixou tudo igual: 4/4. Com Walewska na bola de china, Osasco passou à frente no 7/6 e fez a vantagem aumentar. Com Hooker no serviço e aproveitando os contra-ataques, colocou seis pontos de frente (12/6). No final, as adversárias voltaram a encostar e empataram (23/23). Mas um ataque de Hooker da entrada da rede e um ace de Nati Martins deram número finais a parcial: 25/23.

Osasco voltou com tudo para o segundo set. Mari só saiu da linha de saque no 5/1. Wal fez 10/4, novamente na bola de china. Com dois aces seguidos, Mari garantiu o 16/7 no placar. Sem perder o foco, o time deu um show de defesa no 20/9, com destaque para a garra de Claudinha, Mari e Camila Brait para salvar três bolas. A vitória na parcial veio com mais um bom saque da ponteira Mari Paraíba, que quebrou o passe do adversário e permitiu que Nati fizesse o ponto decisivo na bola de xeque para fechar em 25/13.

Natasha e Claudinha entraram no final do segundo set e seguiram em quadra no terceiro. A central virou um bom ataque para fazer 6/3 para Osasco e ainda engatou dois aces (13/6). A levantadora manteve a variação ofensiva e também conseguiu dois pontos diretos de serviço (18/9). Controlando a partida, as comandadas de Luizomar chegaram a vitória na parcial por 25/16 e a partida por 3 a 0.

Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Carol Albuquerque (1), Hooker (16), Walewska (5), Nati Martins (12), Mari Paraíba (7), Angela Leyva (6) e a líbero Camila Brait. Entraram: Claudinha (3), Lorenne (3), Natasha (6), Domingas (1), Vivi e Kika (1). Técnico: Luizomar de Moura.

O Balneário Camboriú entrou em quadra com Ariele (5), Pri Hekdes (1), Ivna (12), Paula, Adri Vilvert (2), Ariane (4) e a líbero Silvana. Entraram: Raquel (4), Ju Nogueira (4), Sabrina, Ana Guth (1). Técnico: Maurício Thomas.

Equipe para a temporada 2018/19 – O Vôlei Osasco-Audax reformulou seu elenco para a temporada 2018/19. Reuniu três campeãs olímpicas – Paula Pequeno, Walewska e Carol Albuquerque -, além de contar com atletas que jogaram na Seleção Brasileira recentemente – Claudinha e Lorenne – e jogadoras que já defenderam seu país em competições internacionais – Mari Paraíba, Camila Brait, a norte-americana Hooker e a peruana Angela Leyva. Também tem no grupo as centrais Natasha, Nati Martins e a ponteira/oposta Domingas. A equipe osasquense investe ainda na nova geração do esporte. Renovou os contratos da líbero Kika e da levantadora Gabriela Zeni, e trouxe a ponteira Vivi e a central Mayara.

Novos patrocinadores – Para a temporada 2018/19, o Osasco Voleibol Clube conta com novos patrocinadores: Audax, Grupo Marquise, Grupo Resek (Reserva Raposo), Autopass (Cartão BOM) e Icone.

SUPERLIGA CIMED 2018/19 – 2º TURNO
18/01 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 3 x 1 São Cristóvão Saúde/São Caetano – Osasco
25/01 – Sesi Vôlei Bauru 3 x 2 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Bauru
29/01 – Pinheiros 0 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – São Paulo
08/02 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 3 x 0 Hinode Barueri – Osasco
12/02 – 19h30 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 3 x 0 Balneário Camboriú – Osasco
15/02 -21h30 – Minas Tênis Clube x VÔLEI OSASCO-AUDAX – Belo Horizonte (SPORTV)
22/02 -21h30 – VÔLEI OSASCO-AUDAX x Sesc-RJ – Osasco (SPORTV)
26/02 – 19h30 – Dentil/Praia Clube x VÔLEI OSASCO-AUDAX – Uberlândia
08/03 – 19h – VÔLEI OSASCO-AUDAX x Curitiba Vôlei – Osasco (Globoesporte.com)
12/03 – 20h – Fluminense x VÔLEI OSASCO-AUDAX – Rio de Janeiro
15/03 – a definir – VÔLEI OSASCO-AUDAX x BRB/BRASÍLIA Vôlei – Osasco

SUPERLIGA CIMED 2018/19 – 1º TURNO
16/11- São Cristóvão Saúde/São Caetano 1 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – São Caetano
20/11 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 3 x 1 Sesi Vôlei Bauru – Osasco
23/11 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 2 x 3 Pinheiros – Osasco 
27/11 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 0 x 3 Fluminense – Osasco
04/12 – Hinode Barueri 2 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Barueri
7/12 – Balneário Camboriú 0 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Camboriú/SC
14/12 – Sesc-RJ 3 x 0 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Rio De Janeiro/RJ 
18/12 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 0 x 3 Minas Tênis Clube – Osasco 
21/12 – VÔLEI OSASCO-AUDAX 0 x 3 Dentil/Praia Clube – Osasco
8/1 – Curitiba Vôlei 0 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Curitiba/PR
11/1 – BRB/BRASÍLIA Vôlei 0 x 3 VÔLEI OSASCO-AUDAX – Brasília/DF

Vôlei Osasco-Audax recebe o Balneário Camboriú nesta terça-feira (12)

Osasco (SP) – O Vôlei Osasco-Audax recebe o Balneário Camboriú neste terça-feira (12), a partir das 19h30, no ginásio José Liberatti, pela sexta rodada do returno da Superliga Cimed. Embalada pela boa vitória por 3 sets a 0 sobre o Hinode Barueri, a equipe comandada pelo técnico Luizomar entra em quadra em busca de mais três pontos, desta vez diante do lanterna da competição.

O fato de enfrentar o último colocado da Superliga não muda o foco das atletas e comissão técnica do Vôlei Osasco-Audax. “O Balneário Camboriú merece todo nosso respeito. É um projeto muito sério, um time estreante e que luta para fazer o melhor papel possível em sua primeira temporada. Nossa equipe vai entrar em quadra com a seriedade de sempre e procurar apresentar um vôlei de alto nível em busca da vitória”, avalia o técnico Luizomar.

Hooker endossa as palavras do treinador. “Nos enfrentamos no primeiro turno, em Camboriú e, apesar da nossa vitória por 3 sets a 0, elas não facilitaram em nenhuma bola. Acredito que nosso time vem em um bom momento, em uma curva ascendente, e devemos isso ao trabalho duro de todo dia e a união das jogadoras e comissão técnica”, afirma a oposta norte-americana, que tem sido a maior pontuadora de Osasco na Superliga.

Na classificação geral da Superliga, Osasco ocupa a quinta posição, com 28 pontos (nove vitórias em 15 partidas), enquanto o Balneário Camboriú aparece em 12º lugar, com dois resultados positivos em 16 rodadas. “Estamos com um jogo a menos e acredito que temos todas as condições de subir na tabela até o início dos playoffs. Este é o campeonato mais equilibrado dos últimos anos e seguimos fortes na luta”, garante a levantadora Carol Albuquerque.

Trio no Time do Sonho – As jogadoras do Vôlei Osasco seguem entre as melhores da temporada. No Time do Sonho, elaborado pela CBV de acordo com o desempenho de cada atleta em quadra, a equipe de Luizomar tem mantido de duas a três integrantes em todas as rodadas. A central Walewska, a ponteira Mari Paraíba e a oposta Hooker figuram na seleção A do campeonato. A ponteira peruana Angela Leyva aparece entre as relacionadas para o time B.

Ativação em quadra – Além de incentivar a equipe em quadra, o torcedor do Vôlei Osasco-Audax tem a oportunidade de participar de atividades antes e durante as partidas. Logo na entrada do ginásio, a loja Osasco Vôlei Store oferece opções de produtos oficiais, com destaque para as camisetas casuais e uniformes de jogo. Os compradores concorrem a assentos especiais para assistir a partida. A mascote Raposinha, do Grupo Resek (Reserva Raposo), interage com as pessoas nas arquibancadas antes do apito do árbitro e no intervalo entre os sets. E Clientes do Cartão Bom que usarem o aplicativo VOUD para recarga têm acesso prioritário ao José Liberatti.

Equipe para a temporada 2018/19 – O Vôlei Osasco-Audax reformulou seu elenco para a temporada 2018/19. Reuniu três campeãs olímpicas – Paula Pequeno, Walewska e Carol Albuquerque -, além de contar com atletas que jogaram na Seleção Brasileira recentemente – Claudinha e Lorenne – e jogadoras que já defenderam seu país em competições internacionais – Mari Paraíba, Camila Brait, a norte-americana Hooker e a peruana Angela Leyva. Também tem no grupo as centrais Natasha, Nati Martins e a ponteira/oposta Domingas. A equipe osasquense investe ainda na nova geração do esporte. Renovou os contratos da líbero Kika e da levantadora Gabriela Zeni, e trouxe a ponteira Vivi e a central Mayara.

Novos patrocinadores – Para a temporada 2018/19, o Osasco Voleibol Clube conta com novos patrocinadores: Audax, Grupo Marquise, Grupo Resek (Reserva Raposo), Autopass (Cartão BOM) e Icone.

Fundo Social de Osasco abre inscrições para o curso de Manicure

A Prefeitura de Osasco, por meio do Fundo Social de Solidariedade, abre inscrições para o curso de Manicure nos dias 13 e 14/2. São apenas 20 vagas. Os interessados devem comparecer ao Fundo Social, localizado na Avenida Bussocaba, 140, Vila Campesina, munido de RG, CPF, comprovante de endereço (originais e cópias). É necessário residir em Osasco.

As aulas serão realizadas no Espaço Mãos do Futuro, localizado na Avenida Deputado Emílio Carlos, 113, ao lado do Restaurante do Servidor, com data de início ainda a definir.

SERVIÇO

Curso de Manicure– Espaço Mãos do Futuro do Fundo Social de Solidariedade

Inscrições: dias 13 e 14 de fevereiro

Horário: das 9 às 16 horas

Local: Fundo Social – Avenida Bussocaba, 140, Vila Campesina

Mais informações através do telefone (11) 3652-9400

Gratuito

Atleta de Osasco é campeão sulamericano de full contact

O atleta e treinador osasquense de Kickboxing, Gerson Teófilo Júnior, representou Osasco na Luta Internacional Full Contact 75kg (Gala 5) contra o argentino Luciano Barrionuevo no dia 8/2 e conquistou o Cinturão Internacional.

O atleta osasquense venceu o argentino por decisão unânime depois de sete rodadas. Com a conquista, Gerson ficou em 1º lugar no ranking brasileiro e no sulamericano na categoria Full Contact.

O atleta integra a equipe do A2F Arena Osasco, que está em 2º lugar no ranking da Confederação Brasileira de Kickboxing. A próxima disputa da equipe será na Copa São Paulo de Kickboxing nos dias 23 e 24/2, em Mogi das Cruzes.

Na última atuação da equipe, durante a Copa Brasil de Kickboxing 2018, Osasco ficou com o título na modalidade Full Contact. Os atletas garantiram 22 medalhas, sendo 17 de ouro, 4 de prata e 1 de bronze, além de R$ 2 mil em premiação.

“Tenho orgulho em mencionar sempre que a equipe de Kickboxing Osasco é uma das melhores equipes de artes marciais do Brasil”, ressaltou Carmônio Bastos, secretário de Esporte.

Prefeito mantém gabinete no Hospital Antônio Giglio

Na quinta-feira, 7/2, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhado pelo secretário de Finanças, Pedro Sotero, participou de um café Pronto-Socorro Infantil do Hospital Antônio Giglio, sendo recepcionado pela diretora Vera Ruth Mendes Queiroz (pediatra), que mostrou as modificações já realizadas na unidade.

Após o café, o prefeito iniciou sua visitação ao hospital, passando pela Ortopedia onde conversou com Adriana Barbosa da Silva, moradora do Jardim da Glória, que elogiou sua iniciativa. “A saúde seria melhor em todos os municípios caso os prefeitos tivessem a mesma postura. Parabéns Rogério”, disse.

Nas alas de internação, o chefe do Executivo falou com pacientes e enfermeiros. Já na Sala de raio-X conferiu os novos equipamentos, além de acompanhar a montagem do equipamento de tomografia. “Esse novo aparelho tem melhor resolução e ajudará no diagnóstico”, explicou o consultor médico, Evandro Ruck.

Na sequência, o prefeito participou de uma reunião com os secretários João de Deus (Saúde), Sérgio Di Nizo (Governo), José Carlos Vido (Gabinete) e os representantes do Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV): Evandro Ruck (consultor médico) e Roberto Etsuo Fukuda (diretor técnico), sobre as modificações que ocorrerão na unidade médica.

O prefeito também participou da reunião do corpo clínico do hospital que ocorre toda quinta-feira. Ele aproveitou para esclarecer as dúvidas dos médicos e também ouvir as sugestões. “Trouxemos as cadeiras de banho, inclusive para pessoas obesas. Agora faremos um levantamento das necessidades e, unidos, vamos colocar tudo em ordem”.

Rogério Lins mantém seu gabinete no Hospital Antônio Giglio até que cessem as informações de que há crise na unidade e paralisação das atividades. O prefeito tem divulgado nas redes sociais a produção do hospital, com número de atendimentos, consultas e cirurgias. Ele também anunciou mudanças, entre elas o encerramento do contrato com o Instituto Social Saúde Resgate à Vida (ISSRV), a fim de garantir a melhor prestação de serviços à população osasquense. 

Teruel assume Secretaria de Administração

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, empossou na quinta-feira, 7/2, o ex-vereador Délbio Teruel como novo secretário de Administração. Ele assume no lugar de Soleny Oliveira, servidora pública de carreira que passa a ser secretária-adjunta.

Teruel volta ao governo dez meses após deixar o cargo de secretário de Esporte. Ele comandou a secretaria de janeiro de 2017 a abril de 2018, ocasião em que deixou o cargo para candidatar-se a deputado estadual.

Rogério Lins elogiou o trabalho de Soleny à frente da Administração e desejou sorte a Teruel. “A Soleny comandou a secretaria com muita maestria. Ela nos ajudou muito com sua experiência e dedicação, sobretudo na elaboração do Plano de Carreira dos profissionais da Educação. Sou muito grato. A secretaria tem uma equipe técnica muito boa e dedicada. Tenho certeza que com o empenho que o Délbio sempre demonstrou em seu trabalho, temos tudo para seguir prestando bons serviços à população.”

O novo comandante da Secretaria de Administração agradeceu ao chefe do Executivo a oportunidade de retornar ao governo. “Estou feliz por poder voltar. Sei que terei um grande desafio pela frente, porque a Soleny fez um excelente trabalho. Espero dar sequência nesse trabalho de valorização dos servidores, para que juntos possamos contribuir para o desenvolvimento da nossa cidade”, disse.

Câmara de Osasco aprova novo mecanismo para quitar dívidas com o Município

A Câmara Municipal de Osasco aprovou nesta quinta-feira (7) um projeto que permite a profissionais e empresas do setor da saúde a quitação de dívidas tributárias com a prestação de serviços na rede pública.

O Projeto de Lei Complementar (PLC) 16/2018, de autoria do Vereador Alex Sá (PDT), determina que os débitos sejam compensados de acordo com a tabela SUS, acrescidos de um ágio de 30%. O texto também prevê que os devedores arquem com honorários advocatícios e custas judiciais proporcionais ao valor compensado.

Para Alex, a medida irá facilitar a cobrança dos valores sonegados, pois a execução judicial dessas dívidas demanda muito tempo e dinheiro. “Essas são dívidas praticamente perdidas”, argumentou o pedetista durante a discussão da proposta em plenário.

A proposta recebeu 12 votos a favor e três contrários. Um dos que se opôs ao PLC foi o Vereador Didi (PSDB), que usou a tribuna para criticar a medida. Para o parlamentar, as grandes empresas que devem para o município deveriam ter o mesmo tratamento dos contribuintes despossuídos.

“A Prefeitura tem que acionar seu corpo jurídico e cobrar [as dívidas]. Não se toma a casa do pobre quando ele não paga? Então que se tomem os hospitais dos ricos também”, sugeriu o tucano.

Também votaram contra o projeto os vereadores Pelé da Cândida (PSC) e Dra. Régia (PDT).

Depois da fala de Didi, diversos parlamentares pediram a palavra para defender a proposição. Jair Assaf (PROS) reconheceu que muitas empresas sonegam impostos de má-fé, mas acredita que a medida será positiva por facilitar a quitação de uma dívida de recuperação incerta.

Lúcia da Saúde (DC) disse esperar que a mudança na legislação ajude a combater a falta de vagas e as longas filas para realizar exames. “Uma pessoa que está precisando de um cateterismo, internada, quantos dias não fica lá [esperando para realizar o procedimento]?”

Josias da JUCO (PSD) lembrou que as empresas não poderão utilizar a lei como escudo para sonegar no futuro, já que a compensação só poderá ser realizada para débitos inscritos na dívida do Município antes de 2018.

A discussão também levou alguns vereadores a proporem outras medidas para mitigar o problema. Ralfi (PODE) sugeriu que a Prefeitura estude a possibilidade de realizar uma anistia para os devedores do IPTU, com o intuito de fornecer um benefício parecido às famílias pobres. Já Toniolo (PCdoB) cogitou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os grandes devedores do Município.

Por fim, o vereador Ricardo Silva (PRB) recomendou a criação de uma comissão de parlamentares para fiscalizar a aplicação da lei.

A proposta foi aprovada em segunda discussão e agora segue para o Prefeito Rogério Lins (PODE), que tem a prerrogativa de sancionar ou vetar a norma. Só após a sanção do Chefe do Executivo o projeto se torna lei.

Confira todas as matérias aprovadas pelos vereadores durante a sessão:

SEGUNDA DISCUSSÃO

PROJETO DE LEI N.º 142/2018 – PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO – Institui a Lei Lucas Begalli Zamora, que dispõe sobre a obrigatoriedade de realização de curso de capacitação de primeiros socorros nas Escolas Públicas de ensino básico.

PROJETO DE LEI N.º 140/2018 – PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO – Altera dispositivo da Lei n.º 4196/2008, que dispõe sobre a competência, composição e funcionamento do Conselho Municipal de Meio Ambiente e cria o Fundo Municipal de Meio Ambiente.

PROJETO DE LEI N.º 79/2018 – DANIEL MATIAS – Dispõe sobre denominação de rua Francesco Di Nizo, no bairro Adalgisa.

PROJETO DE LEI N.º 202/2018 – DIDI – Institui no Calendário Oficial a comemoração da Fundação do bairro Terra Nossa.

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR N.º 16/2018 – ALEX SANDRO DE SOUZA SA – Dispõe sobre a compensação de créditos tributários, inscritos ou não em dívida ativa, mediante prestação de serviços assistenciais de saúde.

Prefeitura de Itapevi planta 60 ipês no Corredor Oeste

Como parte das comemorações de 60 anos de Itapevi, o Corredor Oeste Metropolitano, no trecho entre o Centro e a Vila Dr. Cardoso, ganhou, nesta terça-feira (5), o plantio de 60 novas mudas de ipês das cores amarela, branca, roxa e rosa. Além de embelezar o município, a iniciativa tem como objetivo torná-lo mais arborizado e saudável. Esta é a ação de número nove de 60 programadas para as festividades itapevienses.

O plantio contou com a presença de servidores municipais, alunos da Associação de Pais e Amigos do Excepcionais (Apae) de Itapevi, além de representantes da Associação Cultural e Esportiva de Itapevi (Acei) e da Associação Comercial e Industrial de Itapevi (Acita).

A mudas plantadas fazem parte de compensações ambientais de moradores e de empresas que solicitaram ao longo do ano passado e deste à Prefeitura o corte de árvores. “Como contrapartida, todos são obrigados a fazerem doações de mudas. Portanto, este plantio acaba tendo custo zero para a administração”, explicou o secretário de Meio Ambiente e Defesa dos Animais, Paulo Rogiério de Almeida.

Até o final deste ano, a Prefeitura pretende plantar mais 200 novas mudas no Corredor Oeste, no trecho que começa abaixo do Viaduto José Novaes e vai até a divisa com Jandira. A meta é plantar 1 mil mudas neste ano em toda a cidade. Em 2017, a Prefeitura plantou 937 mudas. No ano passado foram 745. Neste ano, até o momento já foram plantadas 190 mudas.

Durante o plantio, o prefeito Igor Soares aproveitou a oportunidade para anunciar que, no dia 22 de março, será entregue a nova iluminação, a LED, em todo o Corredor, viaduto e passarelas. Ele também informou que, no dia 21 de fevereiro, a Prefeitura deverá inaugurar o segundo Eco Ponto da cidade, no Jardim Rosemary. A cidade já possui um na Cohab e, segundo prefeito, a cidade irá ganhar mais quatro que possibilitam o descarte de entulho até material eletrônico.

“Itapevi ganha não apenas em embelezamento, mas em qualidade de vida com espaços públicos arborizados e o meio ambiente bem cuidado”, destacou Igor.

Para a professora de educação especial da Apae que acompanhou o plantio, Ana Maria Ferreira Záccaro, a oportunidade é única para os alunos da instituição. “Ações que permitem o contato com a natureza são fundamentais para o desenvolvimento dos estudantes. Eles sentem-se mais animados, valorizados e parte desta etapa”, explicou. “Como moradora há muito tempo eu não via a cidade arborizada, verde e colorida. Vejo que há um resgate da identidade dos valores significativos da nossa cidade”, conclui.

Cerejeiras na Rodovia SP-029

A Prefeitura tem investido em área verde e colorida. Em setembro do ano passado, foram plantadas 110 mudas de cerejeiras da espécie Sakurá, na entrada da cidade, na Rodovia Cel. PM Nelson Tranchesi, na altura do km 35, no canteiro em frente ao CLI (Centro Logístico de Itapevi) em homenagem aos 110 anos da imigração japonesa no Brasil. A ação aconteceu em parceria entre a ACEI (Associação Cultural e Esportiva de Itapevi) e a Secretaria de Meio Ambiente e Defesa dos Animais de Itapevi.

No dia 19 de janeiro deste ano, a Prefeitura de Itapevi realizou o plantio de 60 mudas de cerejeiras também na SP-029, sentido Castello Branco. Ação fez parte do calendário de atividades em comemoração ao aniversário de 60 anos de Itapevi, que acontecem até março. Essa foi a ação de número quatro de 60 programadas para as festividades itapevienses.

As mudas foram doadas pela ACEI (Associação Cultural e Esportiva de Itapevi) e se juntaram às 110 cerejeiras plantadas também na entrada da cidade, com autorização do DER (Departamento de Estrada de Rodagem), órgão que administra a rodovia.






Osasco avança na pontuação do Programa Município Verde Azul

De maneira notável, Osasco avança na pontuação do Programa Município Verde Azul e soma agora 54.68 pontos no ranking paulista. Com o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda ambiental dos municípios, o programa estimula a elaboração e execução de políticas públicas estratégicas em busca de um desenvolvimento sustentável.

Para incentivar a prática dessas atividades, os municípios recebem uma nota ambiental, que varia de zero a 100, e avalia o seu desempenho em dez diretivas. São avaliadas ações nas áreas: Município Sustentável, Estruturação e Educação Ambiental, Conselho Ambiental, Biodiversidade, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Uso do Solo, Arborização Urbana, Esgoto Tratado e Resíduos Sólidos.

Fica evidente o comprometimento e empenho da Administração Pública com as políticas públicas relacionadas ao meio ambiente em um trabalho alinhado ao programa estadual. Cabe ressaltar o empenho das pastas da Prefeitura que contribuíram desenvolvendo ações que permitiram alcançar o resultado tão almejado.

Diante disto, cada vez mais a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, tem claro para si que é necessário o engajamento de todas as áreas da administração para o cumprimento das diretivas e tarefas do programa, para que haja um bom desempenho do programa e garantia de certificação junto ao mesmo. Ações pensadas em conjunto promoverão melhor qualidade de vida à população e status de município inovador.

Mais informações sobre o Programa Município Verde Azul podem ser obtidas através do telefone: 3652-9107, ou do e-mail: dtea.sema@osasco.sp.gov.br.