Editorial: noticias de barueri

Cepad promove adoção de 61 pets em outubro

A unidade 1 do Centro de Proteção de Animais Domésticos (Cepad), administrado pela Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri, promoveu no mês de outubro a adoção de 61 pets. Dentre os bichos adotados foram 28 caninos machos, 20 caninos fêmeas, seis felinos machos e sete felinos fêmeas. Mesmo com essa quantidade expressiva, ainda sim é necessário um aumento no número de adoções de animais domésticos.

Os animais disponíveis para adoção apresentam o número de microchip, além de serem vacinados, vermifugados e castrados. A ação tem por objetivo estabelecer a guarda responsável dos bichos por meio dos novos tutores.

A adoção compreende assumir algumas responsabilidades como cuidados médicos e sanitários (vacinação, avaliação veterinária e higienização), ter espaço suficiente para abrigo e circulação, limpeza do local (recolhimento de fezes e limpeza do quintal para remoção de urina), alimentação adequada (ração ou dieta prescrita pelo médico veterinário) e disponibilidade de tempo para passeios, além de muito amor e carinho, pois estes pets, tendo em vista seu histórico de abandono, precisam de muito acolhimento.

A adoção, acima de tudo, é um ato de amor, de responsabilidade e de respeito a estes seres que precisam de todo o cuidado e se tornam parte da família. O abandono e os maus–tratos de animais estão previstos como infrações na lei municipal 2.588, de 18 de dezembro de 2017. Esse instrumento legal traz segurança e respeito aos bichos que são de forma direta e indireta responsabilidade de seus donos.

Quando encontrados circulando por vias públicas desordenadamente, os riscos para saúde, tanto destes animais quanto do ser humano, são grandes. A transmissão de doenças é um dos fatores, pois não há registro de vacinação, além do risco de sofrerem atropelamentos e maus-tratos e da proliferação descontrolada, trazendo muitos prejuízos principalmente para a administração pública municipal.

Barueri vem fazendo a sua parte através do RGA, controle dos animais por meio de microchipagem, criação de duas unidades do Cepad, atendimento veterinário aos pets de munícipes e a animais que estão em situação de vulnerabilidade (em condição de risco), campanhas de castração de bichos em condição de risco (de rua) e dos domésticos, adoções e eventos, como o Dia Animal, que mostram a importância destes pets. E o trabalho não para por aí, está em fase de implantação o chamado Resgate Animal.

Endereço

O Cepad 1 está localizado na rua Vera Cruz, 340, no Jardim dos Altos, em Barueri. Funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados, das 9 às 16h. Aos interessados em adotar um pet, não é necessário ser morador de Barueri e precisa apresentar CPF, RG e comprovante de residência. O telefone é 4198-0819.

Novo tomógrafo da Policlínica do Engenho emite menos radiação e é mais ágil

Aliz Lambiazzi

A medicina diagnóstica está avançando a passos largos e Barueri não fica atrás, já que tem trazido o que há de mais moderno e avançado para a saúde da cidade. A novidade agora é o tomógrafo de última geração que acaba de chegar na Policlínica da Cruz Preta / Engenho Novo e já está em funcionamento desde segunda-feira (28 de outubro).  

A unidade já dispunha de um tomógrafo digital, mas troca trouxe diversos benefícios, conforme explica a diretora administrativa da Policlínica, Patrícia Lisboa Machado. Ela conta que o equipamento emite menor taxa de radiação, trazendo ainda mais segurança ao paciente. Além disso, há várias outras vantagens.  

“A qualidade da imagem dos exames é significativamente maior em relação aos tomógrafos atuais, muito mais moderna, o que proporciona um diagnóstico mais preciso, com imagens de alta definição. Esse equipamento possibilita ainda a realização de angiotomografia com reconstrução 3D”, detalha Patrícia. 

A velocidade e a economia de recursos também são destacadas pelo presidente da administradora da Policlínica, Gilson de Oliveira. “Além de toda melhoria no processo de atualização tecnológica, o novo equipamento possui uma maior velocidade no resultado dos exames e redução no consumo de energia: cerca de 25% a menos de gasto comparado à máquina anterior. O equipamento possui vantagens que buscam a sustentabilidade do planeta”, diz.  

A tecnologia foi trazida com o objetivo de otimizar ainda mais os atendimentos e proporcionar maior conforto aos pacientes. Por mês, a Policlínica realiza 500 exames de tomografia. A troca dos aparelhos aconteceu em apenas quatro dias. 

HMB realizará 5.500 mamografias em comemoração ao Outubro Rosa

Para celebrar o mês de conscientização sobre o câncer de mama, o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) ampliou o horário de atendimento para mamografia durante os próximos dois meses. No período, o exame poderá ser realizado de segunda-feira a sábado, entre 8h e 19h, conforme agendamento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Normalmente, o atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, entre 8h e 17h40. Com a ampliação, a estimativa é que sejam realizadas 3.000 mamografias em outubro (mais do que o dobro do que é realizado mensalmente) e 2.500 em novembro. 

De janeiro a agosto deste ano o HMB já realizou 10.135 mamografias, que é o exame radiológico capaz de detectar a presença do câncer de mama, antes mesmo de se tornar palpável. O procedimento, considerado não invasivo, é indicado para mulheres com mais de 40 anos e tem duração média de dez minutos. “A mamografia é um exame para avaliar se existe alguma alteração na mama, detectar lesões e rastrear doenças”, explica Rachel Ribeiro, oncologista do hospital, que ressalta a importância de fazer esse exame rotineiramente para tratar qualquer enfermidade o mais rápido possível.  

Além do cuidado físico, o HMB também considera importante oferecer informação segura e correta para a população, por isso promoverá palestras para pacientes e colaboradores sobre os cuidados com a saúde da mulher. Já nesta terça-feira (8/10), Vânia Zito, médica e coordenadora do setor de qualidade, abordará o tema “A incrível arte de viver”, às 10h no espaço de eventos do Hospital, localizado no piso intermediário. Nesse mesmo local, no dia 22/10, às 14h, a empreendedora social Silvana Sanguinete falará sobre “Propósito de vida mais repaginado”. Os eventos são abertos ao público e não há necessidade de fazer inscrição para participar.  

Sinais 

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de mama é uma doença resultante da multiplicação de células anormais, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Esse tipo de câncer é o mais comum nas mulheres, depois do câncer de pele, e é considerado também o que mais causa morte por câncer na população feminina.  

Diante de dados alarmantes, as melhores formas de cuidado são: manter o peso corporal adequado, praticar atividade física, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, fazer exames com regularidade e principalmente estar atento ao próprio corpo. “Olhar para nós mesmos é sempre muito importante porque o corpo mostra alterações. Prestando atenção dá pra perceber as mudanças e procurar atendimento”, alerta Rachel, que pontua o endurecimento das mamas, mudanças na coloração da pele, saída espontânea de líquido do mamilo, mudança no formato do mamilo e nódulo no pescoço ou axilas como sinais de alerta.