Editorial: News

Cirurgia segura: muito além do que procedimentos padronizados

Enfermeira Elaine Regina da Silva, supervisora de Cirurgia do Hospital São Francisco.

Não há exagero quando se fala em garantir mais segurança ao paciente que será submetido a uma cirurgia. Sabendo da importância do tema, as equipes multiprofissionais do Hospital São Francisco seguem à risca o protocolo de cirurgia segura preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Medidas estas que reduzem os riscos de eventuais danos ao paciente.

Procedimentos errados como cirurgia errada, do lado errado e no paciente errado, entre outras falhas no cuidado poderiam ser evitados com medidas de prevenção apresentadas em protocolos de cirurgia segura como a Lista de Verificação (check-list).

Desde a identificação correta do cliente até o processo pós-cirúrgico, os profissionais da saúde envolvidos com esses processos cumprem o check-list que determina uma série de orientações e checagens em todos os setores hospitalares. 

“Ao dar entrada no hospital, a equipe garante que o paciente certo será operado no local certo. Os métodos utilizados têm embasamento científico a fim de prevenir complicações que podem acontecer antes, durante ou após a cirurgia. O resultado esperado é mais segurança ao paciente e menos chances de erros assistenciais”, explica Elaine R. da Silva, enfermeira supervisora do Centro Cirúrgico e CME do Hospital São Francisco.

Dupla checagem
No check-list são conferidas questões como o nome do paciente, data de nascimento e qual procedimento irá realizar antes de entrar na sala cirúrgica.

“Quando o paciente chega na porta do centro cirúrgico, algumas das confirmações é a checagem da pulseira de identificação e qual cirurgia ele fará. Não o induzimos a resposta e observamos o termo de consentimento da cirurgia”, explica a enfermeira.

Os materiais também passam por uma rigorosa checagem, pré operatória, confirmando a esterilização (incluindo os resultados dos indicadores).

Um novo check-list é feito antes da indução anestésica, antes do início da cirurgia e após a cirurgia.

Embora possa parecer repetitivo, esse passo é essencial para garantir que a equipe não opere o paciente errado, no local errado ou realize o procedimento errado.


O local e o lado que será operado também são demarcados pelo médico. Caso o paciente faça uma intervenção cirúrgica de hérnia, por exemplo, será identificada a região.

Demarcação de Lateralidade
A demarcação de lateralidade é identificação do local ou locais a serem operados. Esta demarcação é importante em casos de distinção entre direita e esquerda, estruturas múltiplas (dedos das mãos e dos pés, costelas) e níveis múltiplos da coluna vertebral.

A contagem dos instrumentos, compressas cirúrgicas gazes e agulhas, dentre outras é realizada sempre antes do término da cirurgia.

Métodos que reduzem as taxas de infecções em sítios cirúrgicos também são aplicados pela equipe médica. 

“O antibiótico profilático é administrado 60 minutos antes da operação, prevenindo o surgimento de infecções. O material também é checado e esterilizado. Um integrador químico, substância que certifica a eficiência da esterilização, é utilizado para garantir a qualidade dos instrumentos cirúrgicos”, garante Elaine.

Rastreabilidade
Outro processo que propicia mais segurança ao paciente é o sistema de rastreabilidade dos instrumentos. Trata-se do registro dos materiais utilizados, gerando informações precisas sobre a sua procedência. A tecnologia evita a reutilização de descartáveis, permite mais controle dos produtos de matéria esterilizável, facilita a identificação da sua origem e possibilita a investigação de casos, dentre outros benefícios. 

Metas internacionais de segurança
O Hospital São Francisco cumpre as metas internacionais de segurança da OMS, sendo elas a identificação correta do paciente, uma melhor comunicação entre os profissionais de saúde, a garantia total de segurança no manuseio de medicamentos de alta vigilância, a redução do risco de infecções e a prevenção de lesões no paciente decorrentes de quedas. O Hospital São Francisco possui uma equipe qualificada e toda a estrutura tecnológica para o seu tratamento. Agende uma consulta pelo telefone (11) 4615-6677. O São Francisco é acreditado pela ONA – Organização Nacional de Acreditação -, entidade que certifica os melhores hospitais do Brasil. A unidade fica na avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 – Cotia

Técnicas neurocirúrgicas auxiliam o tratamento da dor crônica

O neurocirurgião, Janio Alves é especialista em Dor e Neurocirurgia Funcional .

Já dizia o poeta que “a dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional”. Essa frase vai além do seu sentido metafórico, é uma verdade prática. Hoje, cuidar da dor crônica é possível graças aos avanços da medicina. Isso é o que afirma o neurocirurgião Jânio Alves Ferreira,  que atua no Hospital São Francisco, e reforça que o tratamento pode ser feito por meio de técnicas cirúrgicas de alta tecnologia e que estão disponíveis no HSF.

Segundo o especialista, uma dor é considerada crônica quando se prolonga por mais de três meses. É a resposta que o corpo dá quando há algo de errado no organismo, podendo ultrapassar o estágio de sintoma para doença.

A dor crônica é uma patologia por si só. Quando uma dor aguda não é bem resolvida e o paciente perpetua-se com ela,  criando uma espécie de ‘cicatriz no cérebro’, e se torna uma doença a parte”, explica o médico.

Quando há falha no tratamento clínico ou medicamentoso, a indicação cirúrgica pode ser a solução para alguns casos. Um dos recursos cirúrgicos disponíveis é a técnica de estimulação medular. “São implantados eletrodos na medula espinhal. Esta estimulação emite ondas elétricas com o objetivo de  inibir a dor crônica”, detalha.

As técnicas de infiltrações na coluna também trazem o alívio aos pacientes que sofrem com dores da coluna cervical, dorsal e lombar. Nesse procedimento, uma medicação é aplicada em pontos específicos, reduzindo a dor e os sinais inflamatórios.

Para alguns casos de hérnia de disco – uma das patologias mais frequentes -,  quando o tratamento convencional, cirúrgico e endoscópico não apresentam resultados satisfatórios, a radiofrequência pode ser o tratamento indicado. “Uma pequena agulha é conectada em um aparelho de radiofrequência  que ameniza a dor através da modulação do nervo”, explica o especialista.

Pacientes com a doença de Parkinson também podem contar com as técnicas neurocirúrgicas. “Em alguns casos o medicamento perde o efeito, mas com uma boa indicação de neurocirurgião as cirurgias podem amenizar os tremores, a rigidez, melhorando os efeitos colaterais de remédios”, ressalta Jânio.

O especialista alerta aos pacientes para que não ignorem a presença da dor. “O problema incapacita o paciente e pode causar ou agravar quadros de depressão. Há pacientes que se acostumam e acabam achando normal. Sentir dor não é normal e só causa sofrimento.  É importante que saibam que existem vários tratamentos disponíveis que vão ajudar a melhorar a sua qualidade de vida”, conclui.

Fique atento a outros sinais

A avaliação do especialista é muito importante para descartar a possibilidade de cirurgia. Alguns sinais, além das dores contínuas, também servem de alerta para procurar a ajuda de um neurocirurgião. Alguns desses são sintomas como cefaléia, tonturas, desmaios, perda de memória, distúrbios do sono, dores na coluna, formigamentos, alteração do humor e do estado mental, alterações visuais e perda de força.

O Hospital São Francisco possui uma equipe qualificada e toda a estrutura tecnológica para o seu tratamento neurocirúrgico. Agende uma consulta pelo telefone (11) 4615-6677. O São Francisco é acreditado pela ONA – Organização Nacional de Acreditação -, entidade que certifica os melhores hospitais do Brasil. A unidade fica na avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 – Cotia

ROMU prende três com armas de fogo, um era procurado por homicídio

No início desta semana, uma equipe da ROMU de Cotia prendeu três indivíduos no bairro Jardim Barro Branco. Os GCM’s estavam em patrulhamento e suspeitaram da atitude de três homens que estavam no interior de um veículo. Notaram que com a proximidade da ROMU, rapidamente, um deles jogou um objeto para a parte de trás do carro. Os homens foram abordados e, na varredura feita no veículo, foram encontradas duas facas e uma arma de fogo com numeração intacta.

Foi dada voz de prisão aos indivíduos e eles foram conduzidos para a Delegacia de Cotia. No local, foi descoberto que um dos homens era procurado da Justiça. Ele estava foragido depois de ser condenado por homicídio. Segundo consta, ele assassinou a própria prima com disparo de arma calibre 12.

GCM de Itapevi salva bebê de 10 dias engasgado no Centro

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Itapevi salvaram, nesta terça-feira (29), a vida de um recém-nascido de 10 dias de idade na Avenida Feres Nacif Chaluppe, próximo à rotatória da Cohab.

A mãe do bebê havia acabado de amamentá-lo, mas ele acabou se engasgando. De acordo com relato dos guardas que realizaram os primeiros-socorros, Kelson Paes Soares e Sérgio Benedito Aparecido Lima, a mãe da criança, Jessica Miguel de Oliveira Borges, ficou desesperada quando o bebê apresentou o engasgo após a amamentação. Ela chegou a pedir ajuda aos vizinhos no prédio onde mora, na Acesso Acará, na Cohab, mas ninguém sabia realizar os procedimentos de primeiros-socorros.

Rapidamente, com a ajuda de amigos, saíram de carro em busca de atendimento médico e acabaram encontrando auxílio ao encontrarem um veículo do canil da GCM estacionado na região da rotatória. De imediato, os agentes solicitam apoio do SAMU (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). Porém, diante da emergência e verificando o estado grave de saúde do bebê, ali mesmo os guardas iniciaram os primeiros atendimentos médicos e os procedimentos que permitissem desobstruir vias aéreas da criança.

“Logo percebemos que a criança estava sem respirar e ficando roxa. Fizemos a massagem e sucção de vias aéreas, na boca e nariz. Tivemos sucesso em desobstruir e a felizmente a criança voltou a respirar”, disse o GCM Kelson Soares, que se emocionou ao realizar o procedimento que salvou a vida do bebê.

Após o atendimento, a criança foi levada por outra equipe da Guarda ao Pronto Socorro Central para receber novo apoio médico. O médico de plantão, Natalino Lima, constatou o engasgo pelo leite materno e após as orientações e atendimento deu alta ao bebê.

Na quinta-feira (31), os Guardas que efetuaram os primeiros-socorros voltaram à casa do bebê e dos pais para visitar a criança e saber mais sobre as condições de saúde da criança, que passa bem. Durante a visita, os agentes presentearam o pequeno Calebe, nascido no dia 19 de janeiro deste ano, e que agora tem 13 dias de vida, com um macacãozinho com o distintivo do Canil da GCM de Itapevi.

A JUSTA DIFERENÇA ENTRE PPD E CNH

Merecidamente, o candidato depois de aprovado na prova teórica, recebe da autoescola a Licença de Aprendizagem de Direção Veicular (LADV). Nesse momento é permitido o inicio do curso de direção veicular na categoria pretendida, conforme segue:

Categoria A (motocicletas e veículos similares), no mínimo 20 horas/aula, a obrigatoriedade da utilização do simulador não se aplica ao candidato à direção de motocicletas;

Categoria B (automóvel), no mínimo 25 horas/aula, aqui deve ser cumprido a exigência do artigo 1º da Portaria DETRAN-SP nº 459, de 5 de novembro de 2015:

“Artigo 1º – Estabelecer as diretrizes afetas às cinco aulas práticas de direção em simulador de direção veicular obrigatórias, sendo uma com conteúdo noturno para candidatos à obtenção, reabilitação e adição da habilitação na Categoria “B”.”

Nesse sentido, após a aprovação do exame prático, o novo motorista recebe um documento que serve para comprovar que teve êxito e pode fazer uso da direção, conforme materializam os parágrafos 2º e 3º do artigo 148 do CTB:

“Art. 148. Os exames de habilitação, exceto os de direção veicular, poderão ser aplicados por entidades públicas ou privadas credenciadas pelo órgão executivo de trânsito dos Estados e do Distrito Federal, de acordo com as normas estabelecidas pelo CONTRAN.

§ 2º Ao candidato aprovado será conferida Permissão para Dirigir, com validade de um ano.

§ 3º A Carteira Nacional de Habilitação será conferida ao condutor no término de um ano, desde que o mesmo não tenha cometido nenhuma infração de natureza grave ou gravíssima ou seja reincidente em infração média.”

Portanto, a justa diferença entre PPD e CNH é nítida por ser um modelo único em todo o país, esta carteira provisória concede o mesmo direito que a definitiva. Segundo orientação do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, o que difere a Permissão Para Dirigir da Carteira Nacional de Habilitação é a inscrição “permissão” em campo próprio, abaixo da filiação. Além disso, a Permissão para Dirigir tem validade de apenas um ano, pois é um documento transitório para a CNH definitiva.

Diante disso, só estará apto a obter a carteira definitiva o condutor permissionário que não cometer infração gravíssima (7 pontos), grave (5 pontos) ou mais de uma média (4 pontos) no período de 12 meses. Se isso ocorrer, terá de refazer todo o processo de habilitação do zero (exames médico e psicotécnico, aulas teóricas e práticas e provas teórica e prática) para obter uma nova permissão.

Dessa maneira, o período de permissão serve como um tempo de experiência ao final do qual o motorista só terá o direito de dirigir definitivo, se tiver respeitado as normas de trânsito e apresentar um prontuário livre das infrações citadas acima.

ANTONIO CARLOS VICENTE DE OLIVEIRA
Graduado em Direito, Mediador Judicial habilitado pelo CNJ e Instrutor de Trânsito conforme Resolução nº 358/10 CONTRAN.

Estrada dos Altos tem obras em dois trechos para fluidez do tráfego

Duplicada há quase nove anos, facilitando o acesso à região do Califórnia e Bairro dos Altos, a estrada Doutor Cícero Borges de Morais volta a ganhar novas benfeitorias, visando a melhoria de fluidez no tráfego. 

Também conhecida como Estrada dos Altos, a via recebe da Prefeitura de Barueri o investimento em obras de readequação com alargamento em dois trechos.  

Um dos trechos envolve desde a rotatória Rotary Clube, próximo à saída 26B da rodovia Castello Branco, até as imediações da rua Titicaca (perto do Motel Bahamas), no Jardim Reginalice. A outra parte da obra abrange a área próxima à estrada das Acácias, via que se interliga com a estrada das Rosas, no Jardim Flórida.  

O prazo previsto para término das obras é o segundo semestre deste ano, pois há interferências como rochas que precisam ser demolidas e remoção de postes de iluminação da Enel.   

Duplicação 

O novo projeto complementa o já duplicado trecho da estrada Doutor Cícero Borges de Morais, o que facilita mais ainda o acesso de veículos, principalmente pesados como caminhões, e a outros investimentos que a Prefeitura de Barueri implantou na região, como os novos empreendimentos e outros existentes em locais como Vila Ceres, Vila Universal e Jardim Flórida. 

Itapevi recebe torneio de MMA no Estádio Municipal em 22 de fevereiro

Com o apoio da Prefeitura, Itapevi recebe, no dia 22 de fevereiro, o Mega Fight Championship (MFC), torneio de MMA (Mixed Martial Arts, Artes Marciais Mistas em português). As disputas acontecem no Estádio Municipal André Nunes (Rua Samuel da Rocha Galvão, 175 – Cidade Saúde) a partir das 18h.

Os ingressos podem ser obtidos na hora do evento, por meio da doação de 2 kg de alimentos não perecíveis. Menores de 16 anos devem estar acompanhados pelo pais ou responsáveis. A expectativa dos organizadores é reunir 5 mil pessoas no torneio.

“É a primeira vez que a Prefeitura apoia esta iniciativa, cedendo o espaço e toda infraestrutura”, diz Edgard Lima, presidente do MFC. “Estamos certos de que o morador vai amar esse esporte já tão amplamente difundido no país, explica. 

O MMA é um esporte de combate que reúne tanto golpes em pé quanto técnicas de luta no chão de diversas modalidades de combate. Nesta edição, o evento terá octógono com medidas oficiais, além de som e iluminação profissionais, “como no Ultimate Fight Championship”, promete Lima, em referência ao UFC, tradicional evento de MMA.

O torneio terá 15 combates. As lutas do card principal começam às 20h. Ao longo do evento, o público presente também poderá usufruir de Praça de Alimentação.

“Nosso objetivo é trazer para Itapevi lutas profissionais de MMA que só são vistas na televisão e mostrar que nossa cidade tem muitos profissionais de artes marciais mistas”, afirma Lima.

Os alimentos doados serão destinados ao projeto Samaritano (Combate Libertando Vidas) de Itapevi e para pessoas em situação de rua.

“Ao apoiar essa ação, a Prefeitura incentiva o esporte, ao mesmo tempo em que ajuda quem mais precisa”, diz o prefeito Igor Soares. “Vamos continuar investindo pesado na juventude de Itapevi”, afirma. 

Lutas Preliminares de Jiu-Jitsu

Robson Popô x Demerval Naja (Categoria Absoluto – Diferença de Peso e Categoria)

Laruso x Rafael (Peso Pena –Até 70 kg)

Mitchell x Marlinho (Peso Pluma – Até 65kg)

Gabriel x Jhonatan (Peso Pluma – Até 60 kg)

Lutas do Card Principal MMA

Mauricio Rufy x Luíz (Peso Meio Médio – Até 77 kg)

Victor Figueredo x Boi Bandido (Peso Médio – Peso Médio Até 80 kg)

Luta pela disputa de Cinturão MMA

Leonardo Cabeção x Marcelo Cruz (The Rock) – (Peso Meio Pesado – Até 93 kg)

Mais Esportes

A Prefeitura de Itapevi disponibiliza aulas gratuitas em diversas modalidades no programa Mais Esportes – incluindo aulas de muay thai, judô e MMA. Para se inscrever, basta ir pessoalmente até o Ginásio de Esportes (Avenida Rubens Caramez, 1000A – Centro), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

No ato da inscrição, é necessário preencher uma ficha cadastral com os dados da criança, além de apresentar cópia do RG ou certidão de nascimento, foto 3×4, comprovante de endereço e laudo de liberação médica para prática esportiva.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4205-4464.

Depois do sucesso de 2018, o BiblioSesc retorna a Cotia

O projeto BiblioSesc, do Sesc volta ao município de Cotia, nos dias 7 e 21 de fevereiro, 7 e 21 de março e 4 e 18 de abril, por meio de uma parceria com a Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer e a expectativa dos realizadores é repetir o sucesso de 2018, quando a cidade recebeu o projeto ao longo de todo ano garantindo que a população tivesse acesso gratuitamente a um acervo de cerca de três mil obras, entre clássicos da literatura nacional e estrangeira, biografias, gibis, ficção, aventuras, jornais, revistas, livros didáticos, entre outros. No dia 21 de fevereiro haverá ainda uma intervenção cultural.

A carreta-biblioteca permanecerá estacionada na Praça da Matriz, das 10h às 15h, e cada pessoa poderá emprestar mais de uma publicação a cada quinzena e, se não conseguir ler o material até o dia da devolução, poderá renovar o empréstimo. Para emprestar uma publicação, basta fazer um cadastro apresentando um comprovante de endereço e documento com foto.

“Temos o privilégio de mais uma vez recebermos este projeto que é voltado para todas as idades. Esta gestão tem olhado com muito carinho para a cultura, educação e lazer da população e proporcionar o acesso à leitura coroa esta proposta”, disse Gilmar de Almeida, secretário adjunto da pasta. De acordo com ele, o BiblioSesc cumprirá agenda em Cotia o ano todo em datas a serem confirmadas.

Cataversos

O projeto BiblioSesc trará para Cotia a intervenção cultural itinerante, no dia 21 de fevereiro, às 14h. A intervenção Cataversos trará poesias, pequenas histórias e poemas musicados selecionados da obra de importantes poetas e escritores.

Por meio de uma pequena brincadeira, cada pessoa que participa ganha um poema que pode ser recitado, cantado, apresentado como uma pequena encenação, ou através de um breve jogo.

É uma intervenção delicada e singela, feita como um agrado ao público, que é convidado a desfrutar de um breve instante de poesia, muitas vezes em momentos inesperados e locais inusitados.

Serviço

BiblioSesc

Dias: 7 e 21 de fevereiro / 7 e 21 de março / 4 e 18 de abril

Horário: das 10h às 15h

Praça da Matriz

Intervenção Cultural Cataversos

Dia: 21 de fevereiro

Horário: 14h

Praça da Matriz

Livre

Gratuito

Borboletário celebra dez anos com diversas atrações

O Borboletário de Osasco, localizado no Parque Ecológico Ana Luiza Moura Freitas, no Jardim Piratininga, completará uma década de funcionamento no dia 17/2. Para celebrar essa data, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), responsável pelo Borboletário, preparou uma programação especial durante todo o mês, sempre aos sábados, a partir das 10h.

Este ano a SEMA traz uma novidade: lançará no parque o “Jardim Atrativo”, espaço projetado que reunirá plantas específicas para torná-lo atrativo para todos os insetos. A inauguração será dia 16/2, às 10h.

A programação conta ainda com passeio no parque, Pet Day no Borboletário, Espetáculo de Teatro, Exposição Fotográfica, Contação de Histórias, Educação Ambiental e muito mais.

O Borboletário é um dos principais pontos turísticos de Osasco e o acesso é gratuito.

Os visitantes têm a oportunidade de conhecer o habitat das borboletas, as espécies existentes na cúpula, o mecanismo de reprodução e sua alimentação.

O horário de visitação é de terça-feira a sábado, das 10h às 16h. Em dias frios ou chuvosos o espaço é fechado.

Programação Borboletário de Osasco

Sábado, 2/2 – Das 10h às 16h

·         Vem Passarinhar (Luccas Longo) – 10h

·         Feira de adoção de Pets (CCZ). Informações sobre posse responsável e muito mais – 10h às 16h

·         Conhecendo as abelhas nativas: passarinhada mostrando como se observa os pássaros e a importância dos mesmos na natureza – 14h

Sábado, 9/2 – Das 10h às 16h

·         Contação de Histórias: apresentação de contos sob uma perspectiva criativa, usando bonecos e marionetes e, em seguida, oficina de arte (pintura e artesanato) para a criançada – 10h

·         Oficina de Sementes – 13h

·         Educação Ambiental com Animais: apresentação de educação ambiental com animais exóticos e uma sessão de fotografias – 15h

De 11 a 24/02           – Das 10h às 22h

·         Exposição do Concurso de Fotografias na Praça de Eventos do Osasco Plaza Shopping e votação das fotos expostas

Sábado, 16/2 – Das 10h às 17h

  • Inauguração do Jardim Atrativo do Borboletário: O espaço, projetado pela equipe do borboletário, adotará uma diversidade de plantas para tornar o jardim convidativo para todos os tipos de insetos – 10h

·         Conhecendo as abelhas nativas, com André Matos  – 11h

·         Vem Passarinhar, com Luccas Longo – 14h

·         Espetáculo de Teatro com a CIA. de Teatro Salada Vinte – 16h

Terça, 19/2 – Feriado –  Aniversário de Osasco – Das 10h às 17h

  • Pet Day no Borboletário: Feira de adoção de Pets com bebedouro para cães, orientação veterinária sobre os cuidados para a saúde do pet e dicas de alimentação saudável para cães – 10h às 16h

  • Dog Art: exposição de peças em formato de cães customizadas por artistas plásticos – 10h às 16h

  • Passarinhos e Borboletas no Parque:  passeio com a equipe do Observatório de Aves do Instituto Butantã – 10h

Sábado, 23/2 – Das 10h às 16h

·         Pet Day no Borboletário – 10h às 16h

·         Passarinhada no Parque, com o biólogo Murilo Vicente – 10h

·         Educação Ambiental com animais exóticos, com Fábio Zerbinatti – 12h

·         Dog Art – 10h às 16h

Sábado 23/2 – 19h

·         Premiação do concurso de fotografia da Secretaria de Meio Ambiente

·         Local: Osasco Plaza Shopping

Serviço

Programação de aniversário de 10 anos do Borboletário de Osasco

Quando: de 2 a 24/2

Horário: a partir das 10h

Local: Parque Ecológico e Borboletário Ana Luiza Moura Freitas. Endereço: Rua David Silva, 111 – Jardim Piratininga

A entrada é gratuita

Mais informações na Secretaria de Meio Ambiente pelo telefone 3652-9107. 

Em fevereiro: Cotia recebe programa de cinema gratuito ao ar livre

Está confirmado para os dias 14, 15, 16, 21, 22 e 23 de fevereiro as sessões de cinema gratuitas para a população de Cotia. Com o apoio e parceria da Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer, o município receberá o projeto itinerante “Cine Boa Praça”, patrocinado pela empresa Rehau por meio do Programa de Incentivo à Cultura do Governo Estadual (Proac-ICMS).

Serão exibidos os filmes “Viva, a Vida é uma Festa”, “Como treinar seu dragão 1” e “Cores e Botas” que têm como foco central a superação de preconceitos e aceitação da diversidade. O público vai acompanhar as produções em uma grande tela inflável e as instalações contarão com 200 cadeiras. “Queremos ver toda a família reunida, crianças, jovens e idosos”, comentou Lidiane Oliveira, uma das idealizadoras do Cine Boa Praça.

“Esse ano será um ano importante para a Cultura na cidade, vamos trazer muitas novidades, entre elas, um circuito de cultura pelos bairros. Esperamos a participação de toda a população prestigiando as programações”, disse Cabo Givaldo, Secretário de Esportes, Cultura e Lazer.

O Cine Boa Praça também traz atividades culturais e brincadeiras para os telespectadores com o objetivo de recriar a atmosfera dos filmes e ampliar o repertório cultural dos participantes. Também estão previstas oficinas de cinema para alunos da rede pública. “Estas oficinas cumprem bem o objetivo da atual gestão que é deixar uma marca positiva na vida das pessoas, pois despertam para a potencialidade da arte cinematográfica e abrem uma nova perspectiva de realização para os jovens”, comentou Gilmar Almeida, secretário adjunto de Cultura.

O mini documentário que será produzido pelos estudantes, durante as oficinas, será exibido na telona e nas redes sociais do projeto. “Esperamos inspirar os jovens”, destacou Claudia Perrotta, que coordena a atividade.

Serviço

Projeto Cine Boa Praça

Filmes: ‘Viva, a vida é uma festa’ ‘Como treinar o seu dragão 1’ ‘Cores e Botas’

Dias 14 e 15/02 – Estádio do Atalaia – Estrada do Morro Grande, s/nº*

Dia 16 – Meião do Parque São George – Rua Cotia com avenida Denner**

Horário: 19h (atividades culturais) / 19h30 (cinema)

Dias 21 e 22/02 – Praça ao lado do Campo de futebol Jardim Stela Maris –  Rua Janete, 73***

Dia 23 – Estádio do Atalaia – Estrada do Morro Grande, s/nº*

Horário: 18h (atividades culturais) / 19h (cinema)

Em caso de chuva, a programação será transferida para os seguintes locais: *E.M Professor Doutor Osny Fleury da Silveira (Estr. Morro Grande, 390) /**Ginásio Poliesportivo do Parque São George (R. do Parque, 155) / ***EM Jornalista Maria do Carmo de Almeida (R. Calógero Mirizola, 1)