Editorial: Multivacinação

Prefeitura de Carapicuíba realiza Dia V de multivacinação

Objetivo é promover a atualização da carteira de vacinação

Neste sábado (16), das 8 às 17 horas, a Prefeitura realizará nas unidades de saúde do município o Dia V de Vacinação.  A ação tem como objetivo promover a atualização da carteira de vacinação dos munícipes. Para se vacinar, é preciso comparecer na unidade mais próxima da residência com RG, cartão do SUS, carteira de vacinação e comprovante de endereço.

No dia, serão aplicadas vacinas de Pentavalente, Poliomielite, Meningo C, Meningo ACWY,  Pneumo 10, DTP (Tétano, Difteria e Pertussis), DT ( Difteria e Tétano), HPV, Hepatite B, SCR (sarampo, caxumba, rubéola), Varicela e Febre Amarela.

Sábado tem multivacinação nas UBSs de Osasco

Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Osasco realiza a ação “Em dia com a saúde” no sábado, 16/10, com o funcionamento das 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 16h, para campanha de multivacinação incluindo a vacinação contra a covid-19. 

Haverá atualização das carteirinhas de vacinação de crianças e adolescentes até 14 anos, 11 meses e 29 dias, que não tenham sido vacinados ou que estejam com esquemas incompletos. Serão disponibilizadas as vacinas BCG; Hepatite B; Poliomielite 1, 2 e 3 (VIP inativada); Poliomielite 1 e 3 (VOP atenuada); Rotavírus Humano G1P1; DTP+HIB+HB (penta); Difteria, Tétano, Pertussis (DTP); Pneumo 10 (valente); Meningo C; Febre Amarela; Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR); Sarampo, Caxumba, Rubéola, Varicela (SCRV); Hepatite A; Varicela; Papiloma vírus humano 6, 11, 16, 18 (HPV); e Meningo ACWY. 

Também acontece vacinação contra a covid-19. As UBSs terão segunda dose da Pfizer para quem tomou a primeira dose até 21/8; segunda dose da AstraZeneca para quem tomou a primeira dose até 24/7; segunda dose da Coronavac para quem tomou a primeira dose até 18/9; 1ª dose para adolescentes com 12 anos ou mais, que deverão estar acompanhados por um responsável; 3ª dose para idosos e para profissionais da saúde que tenham completado o esquema vacinal há 60 dias. 

SERVIÇO 

UBSs  

Dia: 16/10 

Horário: 8h às 16h 

População Alvo:  Crianças e adolescentes menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) não vacinadas ou com esquemas incompletos. Campanha que começou em 1/10 segue até 29/10  

Vacinas disponíveis:  

BCG 

Hepatite B 

Poliomielite 1, 2 e 3 (VIP inativada) 

Poliomielite 1 e 3 (VOP atenuada) 

Rotavírus Humano G1P1 

DTP+HIB+HB (penta) 

Difteria, Tétano, Pertussis (DTP) 

Pneumo 10 (valente) 

Meningo C  

Febre Amarela 

Sarampo, Caxumba, Rubéola (SCR) 

Sarampo, Caxumba, Rubéola, Varicela (SCRV) 

Hepatite A  

Varicela 

Papiloma vírus humano 6, 11, 16, 18 (HPV) 

Meningo ACWY 

VACINA CONTRA COVID 

. 1ª dose adolescente com 12 anos ou mais 

. 3ª terceira dose idosos com mais de 6 meses da segunda 

.  Profissionais da saúde com mais de 6 meses da segunda 

. 2ª segunda dose geral para a população  

Pfizer – para quem tomou a primeira dose até 21/8 

AstraZeneca – para quem tomou a primeira dose até 24/7 

Coronavac – para quem tomou a primeira dose até 18/9 

EXIGÊNCIAS 

. Apresentar documento com foto e comprovante de endereço 

. Levar carteirinha de vacinação 

. Menores deverão estar acompanhados por responsáveis 

Neste sábado acontece o “Dia V” de Multivacinação para crianças e adolescentes

Manter a caderneta de vacinação em dia garante proteção contra doenças perigosas 

Embora a vacina contra a Covid-19 seja o assunto principal desde que a pandemia começou, os demais imunológicos já previstos no Calendário Nacional de Vacinação não podem ser esquecidos. Manter a caderneta de imunização em dia garante o controle de diversas outras doenças que também podem ser fatais. 

É por isso que está em curso desde o dia 1º de outubro a Campanha Nacional de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente até 15 anos.  

Esta campanha oferta todas as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação da criança e do adolescente, como contra a poliomielite, a difteria, o tétano, a coqueluche, o sarampo, as hepatites A e B, a tuberculose, a febre amarela, dentre outras. 

O objetivo é diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal. 

A campanha continua até o dia 29 de outubro. As vacinas estão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município durante seus horários de funcionamento.  

É importante checar antes, pois algumas UBSs estão passando por reformas, portanto, seus atendimentos foram redirecionados a outros locais. Confira Aqui. 

“Dia V” é neste sábado 

Neste sábado (dia 16) acontece o “Dia V – Sábado de Mobilização Nacional”, quando as UBSs irão abrir para atender o público-alvo da campanha, das 8h às 16h. 

Além das UBSs, haverá também dois postos volantes, que funcionarão no mesmo horário: 

– Fieb Alphaville /EEFMT Maria Theodora Pedreira de Freitas  – Av. Andrômeda, 500 – Alphaville; 

– Residencial Morada dos Pássaros – Avenida dos Pássaros, s/n – Administração  Residencial Morada dos Pássaros – Aldeia da Serra. 

Campanha Multivacinação para crianças e adolescentes começa em Barueri

Campanha Multivacinação vai até o dia 29 de outubro
 

Começou na sexta-feira, dia 1º de outubro, a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente até 15 anos de idade. Em Barueri, as vacinas estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de segunda a sexta-feira durante o horário de funcionamento de cada unidade.

No dia 16 de outubro, por inciativa do Governo do Estado de São Paulo, em vez do “Dia D”, haverá o “Dia V”: Sábado de Mobilização Nacional, que, além das UBSs, também disponibilizará dois postos volantes para a vacinação em Alphaville e na Aldeia da Serra, das 8h às 16h.

Serão ofertadas todas as vacinas do Calendário Nacional de Vacinação da criança e do adolescente visando diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis, assim como reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal. Entre as vacinas do calendário estão as contra a poliomielite, difteria, tétano, coqueluche, sarampo, hepatite A e B, tuberculose, febre amarela, entre outras.

A campanha seguirá até o dia 29 de outubro. De acordo com a coordenadora de Vigilância em Saúde de Barueri, Rosana Perri Andrade Ambrogini, “a vacinação é de grande importância no combate das doenças transmissíveis, doenças que eram comuns no Brasil e no mundo e que foram combatidas com vacinação em massa da população, tais como poliomielite, sarampo, rubéola, tétano e coqueluche”.

População prioritária

A coordenadora de Vigilância afirma que é fundamental que toda a população-alvo (de 0 a 15 anos de idade) compareça, junto com os pais ou responsáveis, aos serviços de saúde, levando a caderneta de vacinação para que os profissionais possam avaliar se há alguma vacina que ainda não foi administrada ou se há doses que necessitam ser aplicadas para completar o esquema vacinal preconizado no Calendário.

Em Barueri, segundo a Secretaria da Saúde, com base no SI PNI (Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização), a vacina com menor cobertura na cidade entre crianças e adolescentes é a contra a febre amarela, com 11,83% de vacinados.

O objetivo da Campanha Multivacinação é justamente o de proporcionar o acesso às vacinas, atualizar a carteira de vacinação e, consequentemente, aumentar as coberturas vacinais, contribuindo para o controle, eliminação e/ou erradicação das doenças imunopreveníveis nas crianças e adolescentes.

Rosana Ambrogini lembra que o Brasil foi pioneiro na incorporação de diversas vacinas no calendário do Sistema Único do Saúde (SUS) e é um dos poucos países no mundo que oferecem a toda população uma grande variedade de vacinas para cada fase de vida.

“É sempre relevante lembrar que temos doenças controladas no Brasil e no mundo, mas que podem voltar se o pacto coletivo de prevenção de doenças for quebrado quando as pessoas param de ser imunizadas”, destacou a coordenadora.

 Postos Volantes

  • FIEB/EEFMT Maria Theodora Pedreira de Freitas  – Av. Andrômeda, 500 – Alphaville
  • Residencial Morada dos Pássaros – a confirmar – Avenida dos Pássaros, s/n – Administração  Residencial Morada dos Pássaros – Aldeia da Serra.