Editorial: jornal de osasco

Justiça reconhece que Osasco está na fase amarela do Plano São Paulo

A Prefeitura de Osasco obteve liminar judicial mantendo a cidade na fase amarela do Plano São Paulo.

O juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública de Osasco, Olavo Sá Pereira da Silva, entendeu que o município está dentro dos índices estabelecidos pelo Estado para permanecer na fase amarela.

“A atenção do Município é bem mais focada e baseada em dados reais fidedignos e apontam para uma classificação epidemiológica mais branda”, despacha o juiz.

A Prefeitura recorreu à Justiça após o Estado anunciar que a região oeste havia passado para a fase laranja – mais restritiva – do Plano São Paulo na última sexta-feira, 7/8.

A decisão do Plano São Paulo foi para a região oeste metropolitana, onde a soma dos números de todos municípios excedeu os índices impostos pelo plano.

Desde a decisão, a Prefeitura de Osasco tem se posicionado contra, pois vem registrando queda dos índices de uso de respiradores e de ocupação de leitos de UTI.

“O reconhecimento na Justiça não significa que vamos desrespeitar as normas de vigilância. Ao contrário, devemos evitar aglomerações, usar máscara, álcool em gel e sair às ruas só para ações necessárias. Devemos nos proteger para reduzirmos ainda mais a disseminação do coronavírus. Combater o coronavírus é uma batalha de todos”, alerta o prefeito Rogério Lins.

Lins avisa ainda que as fiscalizações no município serão reforçadas.

Osasco testa tecido de combate ao coronavírus em ônibus

Imagem: Marcelo Deck

Na segunda-feira, 10/8, a Prefeitura de Osasco anunciou que, em caráter experimental e sem custos ao município, Osasco será a 1ª cidade do Brasil a testar um ônibus com tecidos antivirais na parte interna do coletivo, que impede a propagação de vírus e bactérias nas áreas de contato.

A empresa responsável pelo projeto é a ChromaLíquido, em parceria com Rhodia, que desenvolveu o fio com ação antibacteriana e antiviral e possui laudos de universidades e laboratórios capacitados comprovando a eficiência do produto. Após período experimental de 7 dias, as empresas ampliarão as instalações em outras linhas municipais.

O tecido tem ação antibacteriana e antiviral com efeito permanente, inclusive para vírus envelopados, como são classificados os vírus influenza, herpesvírus e, principalmente, o coronavírus.

O ônibus teste foi estacionado em frente à Prefeitura de Osasco para que o prefeito Rogério Lins e os secretários Lau Alencar (Transportes e da Mobilidade Urbana), Thiago Silva (Comunicação) e Jair Anastácio (presidente da CMTO) pudessem conhecer a tecnologia. Também acompanharam a ação, o diretor da ChromaLíquido, Ricardo Bastos, e os vereadores Josias da Juco e Ribamar Silva, presidente da Câmara.

Fiquei bem curioso para ver como era esse tecido que não transmite nenhum vírus nem antivirais e principalmente o coronavírus. Só de saber que não será transmitido e impede a propagação de vírus e bactérias, dá uma tranquilidade, pois representa mais segurança à população. Estou bem feliz com a ideia de testarmos”, disse o prefeito Rogério Lins.

O material pode ser higienizado e limpo pelas equipes que já realizam a limpeza dos ônibus, pois não há necessidade de produtos especiais. “Caso o tecido rasgue, o reparo é simples: basta cortar o local e colar novo tecido”, explicou o diretor da ChromaLíquido, Ricardo Bastos.

Material

A ChromaLíquido Soluções Tecnológicas, empresa criada pelo Grupo Chroma e a Líquido Indústria Têxtil, é homologada exclusiva da Rhodia, empresa do Grupo Solvay, para produzir artigos têxteis que utilizem o fio de poliamida Amni® Virus-Bac OFF para todo o mercado automotivo, aéreo e ferroviário. A inovação é genuinamente brasileira.

Novos agentes da GCM recebem coletes balísticos

Imagem: Marcelo Deck 

A Prefeitura de Osasco entregou na sexta-feira, 14/8, 98 coletes balísticos para os novos agentes da Guarda Municipal, que estão em fase final de treinamento e que, em breve, devem estar aptos para atender ocorrências.

O prefeito Rogério Lins, acompanhado do secretário de Segurança e Controle Urbano, Coronel Virgolino, e do comandante da GCM, Raimundo Pereira Neto, entregou os coletes aos novos agentes. O ato aconteceu numa área de treinamento do 2° Batalhão de Polícia do Exército, no Jardim Aliança.

“Olhando para trás, a gente vê que os investimentos que fizemos na Guarda Municipal estão dando resultados. Podem ter certeza que investiremos muito mais”, disse o prefeito aos novos guardas municipais.

A ação faz parte dos esforços que a administração municipal tem feito na área da segurança pública desde 2017. Além de aumentar em 77% o orçamento destinado a segurança, o maior na história de Osasco, a Prefeitura implantou o COI (Centro de Operações Integradas), com mais de 300 câmeras inteligentes espalhadas em diversos pontos da cidade, adquiriu novas e potentes viaturas e criou a ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), que foi treinada pela ROTA (Ronda Ostensivas Tobias de Aguiar).

Transporte Escolar Gratuito recebe novos ônibus

A Prefeitura de Osasco recebeu sexta-feira, 14/8, cinco ônibus zero-quilômetro destinados ao serviço de Transporte Escolar Gratuito (TEG), oferecido pela Secretaria de Educação aos alunos da rede municipal de ensino. No período de aulas são atendidos 4.040 alunos.

Os veículos, modelo Torino, são modernos e possuem uma porta dianteira para embarque e desembarque, ar-condicionado e iluminação de LED interna. Os ônibus contam com 44 assentos, sendo que todos têm cinto de segurança individual.

“Pensando na segurança das nossas crianças, começamos a modernizar o TEG, que no período de aulas transporta milhares de crianças”, disse o prefeito Rogério Lins, na sede da Companhia Municipal de Transportes de Osasco (CMTO), onde os veículos foram recebidos.

Como as aulas na rede municipal estão suspensas devido à pandemia, o TEG não está operando. Ainda não há previsão para retomada das aulas presenciais nas escolas municipais.

INFORMAÇÕES

Para participar do programa, será considerada distância mínima de 1 km entre a residência do aluno e a escola onde está matriculado. Todos os estudantes inscritos deverão estar matriculados em escola municipal de educação infantil/pré-escola ou ensino fundamental de 1º ao 5º ano.

Pais interessados em incluir filhos no serviço devem procurar a escola onde o aluno está matriculado, no retorno das aulas, e preencher um formulário que será encaminhado para avaliação da Secretaria de Educação/Setor de Transporte Escolar Gratuito.

Osasco homenageia vítimas da covid-19 com plantio de árvores

A Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Prefeitura de Osasco promoveu no sábado, 8/8, o plantio de 300 mudas de árvores em área pública situada no entorno da Cemei Carlos Fernandes Costa, no Conjunto dos Metalúrgicos, na zona Sul. O ato foi uma homenagem às vítimas do coronavírus na cidade. Outras 300 mudas serão plantadas na zona Norte nos próximos dias.

O chefe de Gabinete, José Carlos Vido, representou o prefeito Rogério Lins. Também participaram do ato, a secretária de Meio Ambiente, Amanda França, o adjunto Geraldo Aparecido e os vereadores Toniolo e Alex da Academia.

Soldados do 4º BIL (Batalhão de Infantaria Leve) e integrantes da Guarda Civil Municipal (GCM) participaram do plantio. Entre as espécies plantadas estão a Aroeira, Ipê e Paineiras.

Violinista osasquense continua campanha, após perder visto na Austrália por falta de seguidores

Mesmo com ajuda de famosos, artista de Osasco segue buscando apoiadores nas redes sociais
 
“Sou muito grata a todas as pessoas que estão me ajudando nessa causa e eu espero muito representar o Brasil da melhor maneira que eu puder conseguindo esse visto”. Com essa frase, a violinista osasquense Anna Murakawa agradeceu aos mais de 518 mil seguidores conquistados no Instagram, nos últimos meses.

Anna também tem muitos seguidores no Facebook e no YouTube, mas esse número precisa continuar aumentando para que ela consiga permanecer no país que escolheu para viver de música.

Como forma de agradecer os novos seguidores nas redes sociais, a osasquense compôs a música “Obrigada”, cujo vídeo já tem 79,6 mil visualizações no seu canal no YouTube.

Mesmo após ter tocado com artistas renomados como Michael Bublé e Eminem em terras australianas, de lecionar no conservatório da Universidade de Sidney, Anna teve o visto negado porque suas redes sociais não possuía seguidores suficientes para que fosse considerada uma artista internacional.

A violinista vive na Austrália há quatro anos e tem enfrentado noites sem dormir em busca de um visto, para poder continuar morando na terra dos cangurus. A presença nas redes sociais e a atualização constante de seu portfólio serão fundamentais para que Anna possa dar continuidade ao processo de obtenção do visto.

“Esse visto não é um visto de trabalho, mas um visto de talento distinto, que me daria a residência permanente aqui na Austrália”, conta Anna. Após ter o visto negado, a violinista recebeu um ultimato das autoridades australianas, que deram 21 dias para que ela conseguisse mais visibilidade nas redes sociais e recorresse, ou então teria 28 dias para sair do país.

“Foi um choque muito grande”, recorda Anna, que concluiu o doutorado na Universidade de Sidney e tem uma vida inteira dedicada à música. “Receber um não por um motivo como esse foi realmente muito difícil”, acrescenta.

Anna já teve a apelação aceita pelas autoridades australianas e aguarda a marcação da data da audiência para que a questão do visto seja julgada de modo definitivo. A ansiedade da artista é grande porque, segundo as autoridades, o julgamento pode acontecer tanto daqui a duas semanas como daqui a dois meses – a lei australiana não especifica um prazo. Além disso, ela vai ter que correr atrás de toda a papelada praticamente sozinha.

Por isso, mais do que nunca, Anna precisa seguir cuidando de sua imagem nas redes sociais. “Eu vou continuar trabalhando para alimentar esse portfólio, para conseguir mais parcerias, mais visibilidade como artista, até o dia dessa audiência, se Deus quiser”, complementa.

APOIO DE FAMOSOS
A história de Anna Murakawa na música começou aos 13 anos de idade, no polo osasquense do Projeto Guri. Ela logo chamou a atenção de pessoas famosas, como o apresentador Luciano Huck e a atriz Fabiana Carla.

Os dois globais ficaram sensibilizados com o fato de ela não conseguir o visto por não ter seguidores suficientes nas redes sociais para ser considerada uma artista internacional.

Além do apoio dos famosos, a violinista acredita que a situação tenha chamado a atenção porque muitas pessoas se identificaram com sua história de vida.

“Eu vim de um começo humilde em Osasco. Foi uma vida de muito trabalho. Acho que as pessoas sabem o valor de um sonho, o valor de uma luta. E a gente receber um não, às vezes por um motivo que pode parecer tão pequeno para algumas pessoas, eu acho que tem um impacto na vida de muita gente”, justifica.

Nascida e crescida em Osasco, Anna Murakawa tem orgulho do lugar onde nasceu e quer proporcionar ainda mais alegria para os osasquenses e todos os brasileiros com a conquista do tão sonhado visto. “Espero trazer ainda mais orgulho para as pessoas e eu acho que nunca na minha vida recebi tantas mensagens das pessoas falando que é um orgulho para Osasco também. Então muita gente conhecendo a nossa cidade, o que me alegra muito”, conclui.

Confira a entrevista completa com a artista: https://www.osasco.sp.leg.br/institucional/noticias/com-apoio-nas-redes-sociais-artista-osasquense-aguarda-audiencia-sobre-visto-na-australia/image/image_view_fullscreen

SUPERSHOPPING OSASCO TRAZ O TESTE FÁCIL COVID-19 PARA FACILITAR O ACESSO A EXAMES QUE IDENTIFIQUEM O NOVO CORONAVÍRUS NA REGIÃO

Iniciativa realizada com com Laboratórios Meyer e Filgueiras, Rede de Drogarias Droga Mina, Manduplast Comércio e ALR Multisserviços oferece segurança e preço acessível

 

Osasco, 11  de agosto de 2020 – O SuperShopping Osasco, em consórcio com Laboratórios Meyer e Filgueiras, Rede de Drogarias Droga Mina, Manduplast Comércio e ALR Multisserviços, traz para o empreendimento o Teste Fácil Covid-19. A iniciativa amplia as opções de testagem do novo coronavírus, na região, com segurança e preço acessível.

 

“Estamos engajados em apoiar nossa comunidade no combate à pandemia e sabemos da importância de facilitar o acesso à testagem como base para as principais ações de monitoramento, distanciamento social e tratamento de quem contraiu o coronavírus”, diz Caroline Alves, gerente do SuperShopping Osasco.

 

O ponto de testagem está localizado no piso Pilotis e pode ser acessado também por drive thru para quem prefere não sair do carro. O exame identifica a presença de lgG e IgM em amostras de plasma, sangue total e soro por imunoensaio cromotográfico através da extremidade dos dedos. Em 15 minutos, o teste apresenta o resultado e o laudo é enviado no dia seguinte por e-mail. Para facilitar a realização, o valor é de R$ 140 e pode ser parcelado em sete meses.

 

Administrado pela Saphyr Shopping Centers, uma das mais importantes empresas do setor, o SuperShopping Osasco segue as normas orientadas pelo Grupo sempre focadas na saúde e bem-estar de clientes, lojistas e colaboradores. Saúde é prioridade e o Grupo Saphyr e todos os seus empreendimentos estão comprometidos com a sociedade para vencer a covid-19.

Testagem Fácil Covid-19

Onde: SuperShopping Osasco – Avenida dos Autonomistas, Piso Pilotis

Quando: Diariamente, das 9h às 20h

Preço: R$ 140, com possibilidade de parcelamento em até 7 meses

Orientações: não há nenhuma orientação ou contra-indicação

Hospital Municipal Antônio Giglio implanta visita virtual

O prefeito Rogério Lins esteve na terça-feira, 4/8, no Hospital Municipal Antônio Giglio para conhecer o novo sistema de visita implantado na unidade, a “visita virtual”, que é realizada por meio de um totem móvel que tem instalado nele um tablet e por meio deste é utilizado o sistema de telefonia por VoIP que faz as vídeochamadas (com áudio e vídeo).

O sistema permite fazer até duas videochamadas ao mesmo tempo. A implantação começou a ser testada no dia 28/7 e a aprovação dos familiares e funcionários pela iniciativa foi imediata.

A comunicação virtual está liberada, inicialmente, apenas para pacientes internados com Covid-19. Como desde março as visitas presenciais foram suspensas, os familiares e amigos de pessoas internadas com coronavírus não conseguiam entrar em contato. Elas apenas acompanhavam o boletim médico, mas agora essa é uma outra realidade.

Como o sistema é recém implantado, as visitas virtuais ocorrem diariamente das 14h às 16h. Mas ao longo do mês os horários serão ampliados.

Venceu a COVID-19

Mais um osasquense venceu a covid-19. Ainda durante sua passagem pelo Hospital Antônio Giglio, o prefeito Rogério Lins teve a oportunidade de acompanhar a alta do paciente Paulo Celso, de 57 anos. Ele ficou 65 dias internados, sendo 40 deles entubado.

“Ele passou por várias complicações durante a internação, mas venceu essa luta”, comentou a irmã de Paulo, Luciana. Ela o aguardava ansiosa para poder leva-lo para casa e rever a família.

Prefeito Rogério Lins reúne-se com Marcos Penido

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, esteve na Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (SIMA) na terça-feira, 4/8, reunido com secretário estadual Marcos Penido, para apresentar importantes projetos de canalização para a cidade, como os córregos Montezuma (Rodoanel), João Alves, entre outros.

Na ocasião, o prefeito também solicitou a limpeza e manutenção dos dois piscinões de Osasco: Rochdale e Jardim Bonança, que estão localizados nas bacias do Alto Tietê. O serviço é realizado pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE).

O secretário deu os devidos direcionamentos e, com relação aos projetos, os mesmos serão encaminhados pela prefeitura ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) para análise técnica.

Lins estava acompanhado pelos secretários municipais Waldyr Ribeiro (Serviços e Obras), Persival Santi (adjunto de Serviços e Obras) e Lau Alencar (Transportes e da Mobilidade Urbana).

Obra da Sabesp na zona Norte

No mesmo dia, pela manhã, o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, visitou uma importante obra da Sabesp, que está sendo realizada na Avenida Presidente Kennedy com a Rua Cacique Tibiriçá, no Jardim Rochdale. A obra trará melhorias de qualidade de vida para aproximadamente 11 mil pessoas da zona Norte

A concessionária de saneamento básico está instalando coletores-tronco, utilizados para o encaminhamento do esgoto para tratamento. Por meio desse tubo o efluente é coletado nas casas, prédios, comércios e indústrias e destinado à ETE (Estação de Tratamento de Esgotos), localizada em Barueri. A previsão de término da obra é para o primeiro semestre de 2021.

Os coletores-tronco beneficiarão os bairros: Jardim Piratininga, Jardim Mutinga, Jardim Elvira, Jardim Marieta, Jardim Rochdale, Jardim Baronesa, Jardim Canaã, Jardim Bonança, Jardim Três Montanhas, IAPI, Jardim Munhoz Júnior, Jardim Helena Maria, Portal D’Oeste, Parque dos Bandeirantes e Parque Industrial Mazzei.

Estiveram no encontro, os secretários municipais Pedro Sotero (Finanças), Cláudio Monteiro (Habitação) e o Wadyr Ribeiro (Serviços e Obras) e foram recebidos por técnicos da Sabesp.

Sabesp detalha a vereadores andamento de obras em Osasco

Operadora investiu R$ 80 milhões na modernização da rede de água.

Representantes da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e vereadores promoveram, na manhã desta quinta-feira (6), um encontro por videoconferência para tratar de problemas relacionados ao abastecimento de água e tratamento de esgoto em Osasco. As obras em andamento e o cronograma de serviços dominaram a pauta.

O encontro foi mediado pelo vereador Josias da Juco (PSD) e contou com as presenças do diretor regional da Sabesp, Josué Fraga da Silva, do gerente de Polo, Ronaldo Guimarães, além dos colaboradores Reinaldo Barbosa Souza e Vilma Lacerda. Participaram também assessores dos vereadores Ana Paula Rossi (PL)Daniel Matias (PP)Jair Assaf (DEM) e do presidente da Casa, vereador Ribamar Silva (PSD),

Josué Fraga apresentou o cronograma de obras previstas para a cidade, nas áreas de abastecimento de água e tratamento de esgoto.

Até 2021, a cidade deve avançar nos índices de saneamento básico, graças às obras que vão atender a Zona Norte, que ainda sofre com a falta de rede de esgoto.

Segundo Fraga, no ano passado foram feitas 11 mil novas ligações de esgoto na cidade, mas o grande diferencial devem ser as obras no lado norte da cidade, que já foram licitadas.

Essas obras vão permitir a travessia do esgoto sobre o rio Tietê e sob a rodovia Castelo Branco, fazendo a ligação com a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Barueri.

Conforme explica Fraga, essas obras devem “viabilizar o atendimento de muitas ligações que, até então, não estavam sendo atendidas por conta de entraves operacionais”.

REDE DE ÁGUA
A rede de água de Osasco tem 1.200 km de extensão. De acordo com Fraga, entre 40% e 50% desse total estão obsoletos, comprometendo os serviços de abastecimento.

Nos últimos 30 meses, a operadora investiu R$ 80 milhões na substituição de 100 km da rede considerada defasada. “Com essas substituições, nós eliminaremos futuros vazamentos, aberturas nas vias públicas e quebras nos passeios, o que vai proporcionar uma regularidade no abastecimento de água”, explicou Fraga.

Após a explanação de Fraga, a reunião foi aberta a perguntas dos vereadores e internautas.

Por meio da assessoria, o vereador Jair Assaf questionou prazos para a implantação de rede de esgoto em assentamentos de famílias no bairro Jardim Aliança.

De acordo com Fraga, os serviços prestados em áreas irregulares dependem de autorização da Prefeitura. O representante da Sabesp acredita que o bairro poderá chegar aos 100% de esgoto tratado após a conclusão das obras na Castelo Branco.

SERVIÇOS CONTINUAM
Mesmo com as medidas de isolamento por conta da pandemia de Covid-19, os serviços operacionais da Sabesp continuam em atividade.

O atendimento presencial no posto do Poupatempo foi substituído por um novo canal de comunicação, pelo e-mail ag_osasco@sabesp.com.br.

ENCONTROS MENSAIS
A reunião desta quinta foi a primeira após o início da pandemia, e aconteceu por videoconferência, em atenção às medidas de isolamento em vigência.

As reuniões mensais entre representantes da Câmara e da Sabesp começaram em 2019, com o objetivo de aproximar a população da operadora.

Para o vereador Josias da Juco, os encontros têm sido importantes para levar informações à população sobre os serviços prestados. “Que a gente possa continuar cada vez mais a se adequar a esse momento de pandemia, dando continuidade aos serviços prestados à população”, justificou o parlamentar.