Editorial: Itapevi

Bruxão do Táxi, Chambinho, Fabinho e Toni da Gente abandonam Dra. Ruth para apoiar pré-candidatura de Igor Soares

Novos apoiadores

Os vereadores de Itapevi, Bruxão do Táxi (PR), Chambinho (PR) e Toni da Gente (PPS), além do Fabinho (PPS), que exerceu o cargo na Câmara Legislativa neste ano, decidiram abandonar o grupo político liberado pela ex-prefeita e atual secretária de governo Dra. Ruth para apoiar a pré-candidatura de Igor Soares a prefeito. O anúncio aconteceu na noite da quarta-feira (23).

“É momento de implantar uma política que planeje o futuro, o desenvolvimento da cidade para pelo menos 20 anos. E agradeço ao Chambinho, ao Bruxão, ao Toni e ao Fabinho pela coragem de vir para o grupo. A política precisa de gente do bem, de gente daqui, que aceita o desafio de reconstruir Itapevi”, afirmou o pré-candidato a prefeito.

Fabinho avalia que Igor Soares é o mais coerente e sensato entre os pré-candidatos para gerenciar e administrar a cidade. “É uma pessoa que está abrindo mão de ser deputado da maior capital da América para ajudar o nosso povo. Estou em um grupo de pessoas honestas, que conhecem Itapevi, amam esta cidade e trabalham pelo bem de todos”.

“Vim para o grupo da renovação porque o nosso maior desejo é que o deputado Igor Soares seja o prefeito desta cidade. Itapevi está na UTI”, afirmou Chambinho. O vereador também enalteceu a humildade de Igor Soares em sair da Assembleia Legislativa, onde ocupa um cargo almejado por muitos, com o objetivo de ajudar a cidade. “É uma grande demonstração que este homem ama Itapevi e cada um de nós moradores”.

Para Toni da Gente, o principal projeto é oficializar a candidatura de Igor Soares e na sequencia elegê-lo como prefeito de Itapevi. “Vim por livre e espontânea vontade para este importante projeto que é de suma importância para cidade”, destacou.

Bruxão do Táxi enfatizou que a cidade precisa avançar. “A única alternativa é trabalhar distante dos outros dois grupos políticos que administram a cidade por mais de 20 anos e trabalhar para que a terceira opção, que é Igor Soares, seja vitoriosa. Chega de perseguição, de ameaças, de interesses pessoais. Precisamos avançar com Igor Soares para o bem da população de Itapevi”.

Projeto de Igor Soares avança na Assembleia Legislativa

Cute young and happy school girl holding books showing thumbs up

Proposta do deputado estadual Igor Soares (PTN), o retorno da disciplina Educação Moral e Cívica nas escolas públicas e privadas do estado de São Paulo foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça. O parlamentar apresentou o projeto de lei 1.316 em 2015 e aguarda a tramitação por outras comissões até entrar em votação no plenário.

“A aprovação na comissão foi importante, pois o projeto busca resgatar os preceitos fundamentais da moralidade e o conhecimento pátrio e cívico por meio das redes de ensino”, afirmou o deputado.

A disciplina já existiu nas escolas, mas foi retirada da grade em 1993,  durante a elaboração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB). Contudo, Igor explica que deve ser ressaltada a importância de valores que têm sido esquecidos na sociedade. “O projeto disciplina tão somente os princípios éticos e patrióticos de estabelecer às crianças, jovens e adolescentes, além do conhecimento básico da nossa história moral política, resgatando o patriotismo cívico existente no coração dos brasileiros”.

O texto prevê também que haverá a execução do Hino Nacional, Hino da Bandeira e do Hino da Independência nos dias em que a matéria for aplicada.  Caberá às escolas definir como será ensinado o conteúdo como a reprodução de vídeos e palestras.

“Para ser um cidadão brasileiro não basta apenas nascer no Brasil, é necessário conhecer seus deveres e direitos de cidadão e nada melhor que ensinar esses temas desde a infância”, complementa Igor. Ele ressalta que a disciplina ajudará também na conscientização sobre a importância de preservar os bens públicos. “Buscamos transmitir os principais valores às nossas crianças, como conservar tudo que diz respeito ao patrimônio público, escolas, asilos, orfanatos e hospitais”, conclui.

Flaudio busca regularização dos imóveis da COHAB

_ IMG_6419

O Conjunto Habitacional Castello Branco, mais conhecido como COHAB de Itapevi, poderá em breve concluir a regularização de todos os imóveis localizadas no município. A pedido do vice-prefeito da cidade, Professor Flaudio (PT), diretor e assessores da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (COHAB) realizaram vistoria na cidade.

 De acordo com o Miguel Reis Afonso, diretor de Patrimônio da Cohab, o objetivo é buscar meios legais para garantir o direito de posse aos moradores e comerciantes em áreas da COHAB. “Nossa proposta é realizar a regularização, ao invés de pedir a reintegração de posse”, explicou Miguel.
 O projeto deverá atender imóveis utilizados por particulares e de áreas públicas. “A proposta consiste ainda em buscar o encontro de contas a pagar e a receber, firmando um acordo total entre a COHAB e a prefeitura de Itapevi”, explicou o Diretor de Patrimônio. Ainda segundo ele, a meta é em junho deste ano ter toda a proposta, a ser construída por funcionários da COHAB e da prefeitura, no mês de junho deste ano.
  O que significa a regularização fundiária?
 O vice-prefeito da cidade, Professor Flaudio, trabalha há pelo menos duas décadas para garantir dignidade aos moradores da COHAB de Itapevi. Em 2002, com a então prefeita de São Paulo, Marta Suplicy, Flaudio conquistou o documento de quitação de diversas casas e apartamentos, beneficiando 2800 famílias. Também em benefício para os moradores da COHAB, denunciou e viabilizou junto ao Ministério Público o fechamento do lixão. Depois, iniciou trabalho visando a criação do Parque Pedreira, em área atualmente não ocupada e de propriedade da COHAB.
 “Com a regulação dos imóveis, a prefeitura poderá construir o sonhado Parque Pedreira, que nossa população também precisa. Itapevi ainda não conta com uma área de lazer e essa seria uma ótima alternativa”, afirmou o Professor Flaudio.
 Com relação à regularização dos imóveis utilizados por particulares, Flaudio afirma que é a conquista da verdadeira casa própria. “A Regularização Fundiária possibilita aos moradores em áreas não regularizadas que tenham a propriedade legal do imóvel onde moram. Ou seja, ter um documento que comprove que o imóvel realmente é seu. Isso é ter dignidade, é ter onde, de fato, morar, sem a preocupação de algum dia ficar desabrigado”, explicou.
 Também acompanharam a vistoria o secretário municipal de Habitação, Francisco Eleutério, os advogados Fábio Gaspar e Dárcio Paupério, Glauco Santos, assessor da presidência da COHAB, e Anália Maria Gomes, assessora de diretoria da COHAB. Ainda este mês, grupo de trabalho deverá se reunir novamente para dar continuidade à formulação da proposta de encontro de contas entre prefeitura e Companhia.
 O que é regularização fundiária?
 A Regularização Fundiária é um processo de intervenção pública que objetiva legalizar a permanência da população que reside em áreas ocupadas em desconformidade com a lei, das quais podemos destacar os loteamentos clandestinos e os irregulares.
 Loteamentos clandestinos são aqueles que não obtiveram a aprovação ou autorização administrativa dos órgãos competentes das esferas municipais, estaduais ou federais.
 Já os loteamentos irregulares são aqueles aprovados pelos órgãos competentes, mas não executados ou executados em desconformidade com as normas e atos de aprovação.

 

Obras de modernização alteram circulação dos trens neste fim de semana

5604472058_5607166f77_z 

Neste final de semana, 5 e 6 de março, a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem:

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Sábado: a partir das 20h até o fim da operação comercial, haverá obras de modernização no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação Baltazar Fidélis. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 12 minutos e, entre Caieiras e Francisco Morato, de 24 minutos.

Domingo: das 4h à meia-noite, a intervenção no sistema de rede aérea será ampliada para o trecho entre Baltazar Fidélis e Franco da Rocha. O intervalo médio entre as estações Luz e Caieiras será de 15 minutos e, entre Caieiras e Francisco Morato, de 30 minutos.

Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi)

Sábado: a partir das 22h até o fim da operação comercial, os serviços serão realizados no sistema de sinalização entre as estações Jandira e Itapevi. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Barueri será de 10 minutos e, de Barueri a Itapevi, de 20 minutos.

Domingo:  das 4h à meia-noite, ocorrerão serviços de poda de árvore e intervenções no sistema de rede aérea entre as estações Palmeiras-Barra Funda e Lapa. O intervalo médio entre as estações Júlio Prestes e Itapevi será de 25 minutos.

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Domingo: das 4h à meia-noite, a Sabesp fará manutenção de uma adutora entre as estações Socorro e Jurubatuba. Das 8h às 19h, serão executados serviços nos equipamentos de via permanente, entre as estações Morumbi e Granja Julieta. O intervalo médio será de 18 minutos em toda a linha.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 7h às 18h, ocorrerão intervenções nos equipamentos da via permanente nas imediações da Estação Mauá. O intervalo médio entre as estações Brás e Mauá será de 10 minutos e, entre Mauá e Rio Grande da Serra, de 20 minutos.

Linha 11-Coral / Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Domingo: em razão das intervenções na Estação Suzano, que impactarão no intervalo programado para a extensão, o intervalo médio entre as estações Brás e Guaianases será adequado para 15 minutos.

Linha 11-Coral / Extensão (Guaianases – Estudantes)

Domingo: das 4h à meia-noite, haverá serviços no sistema de rede aérea e nos equipamentos de via permanente nas proximidades da Estação Suzano. Das 7h às 21h, também serão retomados os trabalhos de desmontagem da estação provisória. O intervalo médio será de 30 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes                                     

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Domingo: das 4h à meia-noite, ocorrerão serviços de poda de árvore e intervenções nos equipamentos de via permanente nas imediações da Estação Tatuapé.O intervalo médio será de 35 minutos em toda a linha.

Desafio: A CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

“Estou defendendo o pedido dos moradores”, disse vereador Bolor

IMG_4754Atendendo solicitação dos moradores do Monte Serrat, o vereador Bolor (PSD) apresentou requerimento solicitando estudos para implantação de uma unidade básica de saúde (UBS) no bairro. O documento foi aprovado no Plenário da Câmara de Itapevi, na última terça-feira (3).

Na justificativa, o vereador destacou que a saúde é um direito de todos e dever do estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doenças e outros agravos.

“Nas últimas semanas fui procurado por moradores do Monte Serrat, que reclamaram da falta de equipamento de saúde no bairro.  Estou defendendo o pedido dos moradores, pois acredito que uma UBS no bairro auxiliaria nos cuidados básicos com a saúde, ocasionado um avanço significativo na qualidade de vida dos moradores ”, disse Bolor.

Bolor ainda destacou que a construção da UBS no bairro foi promessa de campanha da atual gestão. “A cobrança dos moradores é justa pois foi uma promessa de campanha e consta no plano de governo da atual gestão da prefeitura. Por isso acredito que a cobrança dos moradores é justa

O documento foi aprovado e será encaminhado para conhecimento do Poder Executivo.

Estrada Lucinda de Jesus Silva tem seu primeiro trecho pavimentado pela Prefeitura de Itapevi

22.07 - Estrada Lucinda de Jesus Silva tem seu primeiro trecho pavimentado pela Prefeitura de Itapevi (1) (1)

A estrada Lucinda de Jesus Silva, que liga a COHAB ao bairro Quatro Encruzilhadas, teve sua primeira etapa de pavimentação concluída nos últimos dias, proporcionando mais segurança tanto para os moradores no acesso a suas casas quanto aos motoristas que utilizam a via diariamente para transportes de cargas leves e pesadas.

A Prefeitura de Itapevi finalizou o trecho situado no bairro Jd. Paulistano, que consistiu em 660 metros asfalto com a implantação de caneletas e escadas hidráulicas para a drenagem superficial de águas pluviais, que serão despejadas em um leito ao lado da via.

O serviço, dividido em duas etapas, contará com o asfaltamento de aproximadamente 1500 metros, e está sendo promovido por meio de recursos do próprio município, atendendo a uma reivindicação antiga dos moradores da região que utilizam o local para locomoção.

A segunda fase contará com a pavimentação dos restantes 818 metros, e será realizada até a entrada do antigo aterro sanitário, devendo ser concluída neste segundo semestre. A obra também facilitará o acesso ao Pátio de Veículos e ao Eco-Ponto Municipal.

Para manter a estrutura de qualidade dos serviços nas vias, a Prefeitura mantém as ações de recapeamento e tapa buraco, realizados após estudos da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos, com o apoio da Secretaria de Trânsito e Transportes e Planejamento e Gestão, sendo executados quando o solo asfaltado sofre deformidades devido o intenso fluxo de veículos e ações da natureza, como erosão por águas pluviais.

Bolsistas do programa Conexão Jovem iniciam curso preparatório

15-07 Bolsistas do programa Conexão Jovem iniciam curso preparatório 2

Os bolsistas contratados pela Prefeitura de Itapevi para o Programa Conexão Jovem iniciaram curso preparatório na última semana. Os adolescentes estão acompanhando diversas palestras orientativas ministradas por empresários, técnicos da administração e de entidades de classe, como parte da capacitação que precede o encaminhamento aos locais de trabalho.

Entre a quarta-feira (08) e a terça-feira (14), as palestras versaram sobre ‘Origem da Empresa’, ‘Planejamento Financeiro’, ‘Prevenção e Combate às Drogas’, dentre outros temas. Já nessa quarta-feira (15), o prefeito Jaci Tadeu também ministrou uma palestra aos bolsistas, sobre sonhos, metas e conquistas. Além disso, falou a respeito das políticas públicas voltadas aos jovens em Itapevi.

“O Programa Conexão Jovem, que teve adesão de mil candidatos, é uma das nossas mais importantes ferramentas destinadas a vocês. Além disso, a Prefeitura oferece atividades esportivas, culturais e sociais, que atingem cerca de 10 mil pessoas na cidade. A meta é descobrir e valorizar nossos jovens talentos”, destacou Jaci Tadeu.

Na última semana, antes da série de palestras, os bolsistas passaram por testes vocacionais, realizados pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho. “Com esse procedimento, identificamos o perfil do jovem e definimos o local mais adequado para sua atuação profissional no âmbito da Prefeitura”, comentou a secretária Sandra Mendes.

Nos próximos dias, os contratados acompanharão palestras sobre atuação na Secretaria de Educação, Postura Profissional, Motivação e Trabalho em Equipe. Na sequência, os jovens participam de cursos de atendimento telefônico, informática básica, matemática, língua portuguesa e raciocínio lógico. Ao final do curso, os bolsistas serão encaminhados às secretarias e departamentos municipais.

Único na região

Criado em 2005, o projeto Inclusão Jovem oferecia aos estudantes a oportunidade de estagiar nos laboratórios de informática das escolas da rede municipal de ensino de Itapevi. Nos três anos seguintes, o projeto garantiu qualificação a mais de mil jovens da cidade, que tiveram acesso às primeiras experiências profissionais com apoio da Prefeitura.

A partir de 2009, o projeto foi ampliado e tornou-se um programa de governo, expandindo seu raio da atuação e permitindo que os bolsistas pudessem atuar nos demais setores da Prefeitura.

Fundo Social e Prefeitura lançam Campanha do Agasalho de Itapevi

Ação pretende arrecadar 50 mil peças, que serão revertidas às famílias carentes

Bailarinos que realizaram apresentação de dança no evento também fizeram doações

Bailarinos que realizaram apresentação de dança no evento também fizeram doações

Moradores e empresários de Itapevi já podem participar da Campanha do Agasalho 2015. A ação, lançada no sábado (23), pelo Fundo Social em parceria com a Prefeitura de Itapevi, pretende angariar 50 mil itens em bom estado, que serão revertidos às famílias carentes do município.

Durante a abertura oficial do evento, que reuniu centenas de pessoas no Complexo Desportivo Educacional João Salvarani, onde a premiada Banda Sinfônica da cidade apresentou diversas composições, além dessa atração o público também pode assistir coreografias de danças e números circenses realizados por artistas locais.

Para secretária de Assistência Social e Cidadania, Ruth Gianezzi, o slogan da Campanha, ‘Não se Esqueça, Aqueça!’, remete exatamente à questão de se conscientizar e pensar no outro por meio do ato da doação. “Juntos podemos fazer com que milhares de pessoas não passem frio neste inverno. Nossas equipes já estão a postos para agilizar a captação dos agasalhos e cobertores, direcionando as peças para as famílias que realmente necessitam”, comentou a secretária.

Já a presidente do Fundo Social e também secretária de Governo, Ruth Banholzer, falou sobre a importância do apoio da sociedade à ação. “Precisamos da ajuda de todos, não só a Prefeitura por meio da Assistência, mas vamos buscar a colaboração das empresas, comerciantes e dos cidadãos para aquecer aqueles que não têm condições”, destacou.

Segundo o prefeito Jaci Tadeu, os setores públicos também participarão do movimento, através da Secretaria da Educação com o desafio entre as escolas, que contribui de maneira significativa por meio da atuação dos estudantes da Rede Municipal que abraçam a campanha todos os anos. O mesmo acontecerá com as secretarias da prefeitura que irão se mobilizar efetivamente participando das doações.

“As caixas da Campanha estarão disponíveis em todos os prédios públicos. A administração municipal abraça essa iniciativa, nesta ação que depende da colaboração de cada um de nós, pensando nos nossos semelhantes”,  disse o prefeito.

Para o presidente da Câmara, Júlio Portela, o envolvimento da população e da sociedade é primordial. “Para que esse movimento tenha êxito e consiga arrecadar uma grande quantidade peças, todos precisam se empenhar. Conversando com os amigos, vizinhos, comerciantes e aqueles que possam contribuir, pois, se cada um doar uma blusa em bom estado, muitos cidadãos terão o inverno mais quente e acolhedor”, falou Júlio.

A organização da Campanha do Agasalho 2015 ‘Não se Esqueça, Aqueça!’ é do Fundo Social de Itapevi, em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social e Cidadania e de Cultura, Juventude e Turismo. O evento contou com a presença do vereador Paulo Rogiério de Almeida (Prof. Paulinho) e os secretários Joaquim Henrique (Esportes e Lazer), Lilian Braga (Educação), Laila Chaluppe (Mulher), Ademir Vilhena (Cultura, Juventude e Turismo) e  Israel Marques (Trânsito e Transportes).

Foto: Divulgação/PMI

Prefeitura de Itapevi conclui obras da nova creche do Parque Wey

9-ITAPEVI--Prefeitura-de-Itapevi-conclui-obras-da-nova-creche-do-Parque-Wey
Mais uma creche será entregue pela administra- ção municipal de Itapevi, no dia 12 de junho. Trata-se do CEMEB Profa. Eneide Aparecida Belli Pedra Pereira, localizado à rua Rodolfo Voight, 150 (Parque Wey).

Construída a partir de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal, a nova creche atenderá a 150 crianças de seis meses a quatro anos de idade, moradoras da região.

A exemplo das demais escolas construídas em conjunto entre Prefeitura e União, a unidade escolar do Parque Wey é composta por quatro salas (três para berçário e uma para pré-escola), sala multiuso, lactário e sanitários, como também ampla área administrativa entre outras melhorias.

Prefeitura e voluntários da ABEUNI oferecem ações gratuitas de saúde em Itapevi

Prefeitura-e-voluntários-da-ABEUNI-oferecem-ações-gratuitas-de-saúde-em-Itapevi
População será atendida no CEMEB Franco Montoro, no próximo final de semana

Entre os dias 30 e 31 de maio, cerca de 200 voluntários passarão pelo CEMEB Governador André Franco Montoro (Vila Dr. Cardoso), onde acontecerá a 61ª Minicaravana Científico Assistencial da Aliança Beneficente Universitária de São Paulo – ABEUNI. O evento, realizado em parceria com a Prefeitura de Itapevi, visa melhorar a qualidade de vida da população, disponibilizando aos moradores da região atendimento gratuito.

Segundo os organizadores, não há limite de idade para participar, e o horário de atendimento da manhã será às 8h e de tarde às 14h, de sábado (30) e no domingo (31) terá apenas atendimento pela manhã às 8h, na rua Pedro Martins Gonçalves, 125 – Vila Dr. Cardoso.

O evento acontece duas vezes por ano em municípios próximos à região de São Paulo e atende em média 800 pessoas de todas as faixas etárias, atuando em duas frentes de atendimento: curativa e preventiva. A primeira engloba consultas odontológicas (extração e obturação), exames de diabetes, aferição de pressão alta e orientações básicas de saúde.

Já a frente preventiva trabalha de forma descontraída, fornecendo informações que abordam assuntos como noções de higiene, sexualidade, gravidez, métodos anticoncepcionais, câncer de mama e colo de útero, além de orientações nutricionais e odontológicas. São também coletados dados de saúde, saneamento e socioeconômicos, que fazem parte do relatório enviado posteriormente para a Prefeitura.

ABEUNI

A ABEUNI, fundada em 10 de março de 1984, é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, composta por universitários e graduados em diferentes áreas. Tem como missão melhorar a qualidade de vida da população através de um atendimento humanizado, promovendo saúde, educação e cidadania em conjunto com o desenvolvimento pessoal e social dos voluntários. É também um órgão de utilidade pública, reconhecido pela Assembléia Legislativa de São Paulo (Lei Estadual 9.135/1995), pelos trabalhos realizados em prol da sociedade.