Editorial: homenagem

Vereadores aprovam homenagem a projeto social e rejeitam veto do Executivo

Saiba o que foi votado durante a 28ª sessão ordinária da Câmara de Osasco

Os vereadores osasquenses rejeitaram um veto do Executivo municipal e aprovaram o Projeto de Decreto Legislativo 2/21, durante a 28ª Sessão Ordinária do ano, realizada nesta terça-feira (16). Aprovado com 15 votos favoráveis, em Segunda Discussão, o projeto, de autoria do vereador Michel Figueredo (Patriota), propõe a concessão de Placa Comemorativa ao Projeto Social Banho do Bem.

Criado em abril de 2019, o Banho do Bem já atendeu, em Osasco, mais de duas mil pessoas em situação de vulnerabilidade social e conta com a participação de mais de 100 voluntários no atendimento às pessoas assistidas. “Além de oferecer aos moradores de rua um banho quente, roupas limpas, kits de higiene, alimentação, corte de cabelo e apoio espiritual, o projeto desenvolve outras atividades no âmbito social, onde o poder público não alcança essa população em situação de vulnerabilidade”, explica Figueredo.

O autor da proposta sublinha que o projeto é formado por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, auxiliares de enfermagem, advogados, estilistas, psicólogos e evangelistas. “Nas ações são fornecidos alimentação, roupas, toalhas e itens de higiene social, além de banho, que é ofertado através de um dispositivo móvel. Tudo realizado com muito carinho e amor”.

Veto rejeitado

Os parlamentares osasquenses rejeitaram o veto total do Executivo municipal ao Projeto de Lei 12/2021, com 14 votos contrários. O texto, de autoria da vereadora Ana Paula Rossi (PL), propõe a instituição do Dia do Administrador no Calendário Oficial do Município. Na justificativa do veto, o departamento jurídico da prefeitura alega que a data já existe em nível nacional e não poderia ser criada na esfera municipal. No entanto, após análise do veto, os vereadores da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) chegaram à conclusão que é possível instituir a data e que existe jurisprudência nesse sentido.

O vereador Josias da Juco (PSD) lembrou que a Lei Federal 12.967/2014 dá autonomia aos municípios para legislar sobre esse tipo de matéria. Com a derrubada do veto, o texto pode ser sancionado pelo Legislativo municipal.

Prefeitura de Carapicuíba realiza evento cultural em homenagem ao Dia da Consciência Negra

DCIM\100MEDIA\DJI_0002.JPG

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no em 20 de novembro, a Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, preparou para esta data uma programação cultural voltada ao tema na Praça da Aldeia. O objetivo do evento é reforçar a importância da realização de novas lutas para tornar a nossa sociedade mais justa.
A programação contém cerimônia religiosa, apresentações musicais e teatrais de artistas do município. As obras e exposições trazem questões de racismo e desigualdade para que nesta data seja relembrada a luta pela liberdade e para reforçar a importância de novos desafios.
O evento também vai contar com brinquedos infantis e serviços voluntários de cuidados de estética pessoal.

Confira a Programação:

09h – Missa dia da Consciência Negra – Terço Vivo
13h – Dj sardinha
13h15 – Cícero Monteiro – Dança
13h30 – Mestre  Okan Grupo Filhos de Malê
14h – Comunidade Cultural Tradicional de Terreiro – ILÊ IYA OMIN ASÉ OLOKUN
14h30 – Educação
15h – Grupo Coral Fina Sintonia
15h30 –  Grupo Descendentes da Favela
16h – Grupo  Fortaleza Capitão D’areia Queixada
16h30 – Oca – Maracatu / Oca – Afro
17h – Batalha de Rimas
17h30 – Show da Relicário Rec
18h – Banda Disfalk RAP/REGGAE
18h20 – Zahrah’s Dancers
18h30 – Cia . Um Brasil
19h – Os Hipócritas – PERFORMANCES TEATRAIS
19h30 – Cohabtantes – REGGAE

O que é o Dia da Consciência Negra?


A data refere-se ao dia em que Zumbi dos Palmares, considerado símbolo de luta e liberdade da escravidão da população preta, morreu no dia 20 de novembro de 1965. Considerado um herói no combate à escravidão, Zumbi faleceu enquanto defendia seu povo no Quilombo dos Palmares, núcleo mais conhecido de resistência negra à escravidão no Brasil. O dia é uma homenagem que faz pensar na valorização do povo afro-brasileiro.

Dia do médico: homenagem ao profissional da atenção básica à alta complexidade

Dia 18 de outubro comemora-se o Dia do Médio

Os avanços na medicina foram os principais responsáveis pela maior longevidade das pessoas nos últimos 100 anos.  A expectativa de vida no Brasil, por exemplo, aumentou pelo menos em 40 anos nesse período.  O médico é o profissional que na prática torna possível esses avanços em atendimento e mais saúde à população. No dia 18 de outubro comemoramos o Dia do Médico.

Profissionais de várias especialidades do corpo humano dedicam sua vida a prevenir doenças e salvar vidas. E um importantíssimo meio de levar mais saúde e qualidade de vida à população é o do serviço público. No Brasil, o acesso universal e gratuito se chama Sistema Único de Saúde (SUS), um dos maiores complexos de saúde pública no mundo.

Em Barueri, a Prefeitura é a principal responsável por uma rede de atendimento que inclui 18 UBSs, Centros de Especialidades, Prontos-Socorros adulto e infantil, Hospital e Maternidade, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), para saúde mental, Centro de Saúde Funcional, para fisioterapia, entre outros. À frente de todos esses serviços, os médicos da rede municipal de saúde prestam atendimento à população juntamente com um corpo técnico de enfermeiros, técnicos em enfermagens, auxiliares e uma série de outros profissionais.

Mais de 480 mil médicos no Brasil

O secretário de Saúde de Barueri, Dionisio Alvarez Mateos Filho, destaca a importância do dia para os médicos. “Felicito meus colegas médicos do serviço público de Barueri e do Brasil que se dedicam ao cuidado da saúde das pessoas indistintamente. Sobretudo neste momento importante em que se evidenciam os papeis fundamentais que o serviço público e a ciência exercem na vida da população”.

Mateos Filho ressalta ainda a gama de serviços de saúde existente na cidade. “Em Barueri procuramos trabalhar para o aprimoramento cada vez maior dos nossos serviços de saúde, levando tanto o atendimento básico e preventivo quanto os de alta complexidade, presentes na nossa rede municipal graças aos enormes investimentos realizados nos últimos anos”.

Estimativa do Ministério da Saúde indica que existem hoje no Brasil mais de 480 mil médicos. Outro dado importante da estimativa é quanto ao número de mulheres na profissão. A projeção mais recente revela que, em nove anos, as mulheres serão maioria entre os médicos e mais de 80% da população desses profissionais terão entre 22 e 45 anos.

Saúde de Jandira realiza homenagem aos Agentes Comunitários de Saúde do município

No evento os Agentes Comunitários de Saúde foram homenageados com medalha, apresentação musical, palestra motivacional, cursos gratuitos e muito mais. 

Entendendo a importância do trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) para a Saúde dos moradores de Jandira, a Secretaria Municipal de Saúde realizou, na manhã de hoje, dia 07, evento que homenageia esses profissionais que compõe a linha de frente do atendimento à saúde da família jandirense.

O evento que aconteceu no Teatro Municipal de Jandira, teve início com a composição da mesa solene, que contou com a presença do Prefeito de Jandira Doutor Sato, Secretário de Saúde Fabiano Dantas, Diretor Administrativo da Saúde Adailton Miranda, Diretor de Atenção Básica da Saúde Davi Rodrigues e o Vereador Márcio Oliveira.

Antes dos discursos, o Agente Comunitário da UBS da Vila Eunice Edi Carlos, fez uma apresentação musical, que levantou a plateia ao som da música Cheia de Manias.

O primeiro a fazer uso da palavra foi o Secretário de Saúde que parabenizou os ACSs pelo seu dia, e destacou que a Saúde de Jandira trabalha na valorização dos homenageados, que são profissionais essenciais na estratégia da saúde da família em nossa cidade.

Logo após a fala do Secretário, foi convidada a Diretora da unidade de Jandira da Faculdade Anhanguera, Marcela Marmora, que presenteou os Agentes Comunitários de Saúde, com um curso 100% gratuito de Atendimento de excelência em Saúde, que apresentará questões como o atendimento esperado por cada geração.

Dando sequência aos discursos, o vereador presente exaltou o papel do ACS no combate ao Covid-19, e em nome dos vereadores, comprometeu-se em fazer o possível para ajudar os ACSs da cidade. Após o vereador, o Diretor Davi Rodrigues, destacou que o evento é uma forma de reconhecer o fato de que “o ACS é um profissional que é de extrema importância”, o Diretor também explanou sobre a importância histórica da descentralização que a criação dos ACS trouxe para a estrutura de atendimento à saúde da população.

O Diretor Administrativo da Saúde, Adailton Miranda, destacou a importância da atuação dos ACSs no sucesso que tem sido o avanço da vacinação contra a Covid-19, em Jandira.

O Prefeito Doutor Sato, parabenizou os ACSs pelo seu dia e, lembrou a relação entre a sua especialidade médica e o trabalho dos ACSs, destacando que o nome Obstetrícia tem origem no latim obstare, que significa “ficar ao lado”, o que para ele é exatamente o trabalho que é feito pelos Agentes Comunitários de Saúde, o Chefe do Executivo Municipal também ressaltou os esforços que a Prefeitura de Jandira vêm realizando em prol da valorização dos ACSs.

Após os discursos a Psicóloga e Palestrante Ivanir Maciel, realizou uma dinâmica, que trabalhou questões como autoestima e trabalho em equipe.

Por fim, foi entregue uma medalha para cada um dos Agentes Comunitário, com o dizer você é um(a) campeã(o), e foi feito sorteio de alguns itens angariados pela Secretaria Municipal de Saúde. 

 

“Casa do Samba Parnaibano” é inaugurada com homenagem ao Mestre Carmelino

O espaço foi criado para valorizar o patrimônio imaterial do município e terá caráter educacional, artístico, histórico e cultural

Com o intuito de preservar o patrimônio imaterial e cultural de Santana de Parnaíba, a Prefeitura de Santana de Parnaíba inaugurou no Centro Histórico, a Casa do Samba Parnaibano, que terá um caráter educacional, artístico e histórico e fica localizada na rua André Fernandes, 51.

No local haverá oficinas, cursos e exposições, que poderão ser conferidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 17h. Para a inauguração foi preparada a mostra “100 anos de mestre Carmelino — Memória viva do samba parnaibano”, uma homenagem a Carmelino Euzébio de Jesus, que no dia primeiro de setembro comemorou 100 anos e é considerado um dos mais importantes representantes do Samba de Bumbo de São Paulo. 

Agentes de trânsito fazem plantio em homenagem a vítimas de acidentes

Foto: Marcelo Deck

Na quinta-feira, 23/9, data em que é comemorado o Dia Nacional do Agente de Trânsito, colaboradores da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (Setran), da Prefeitura de Osasco, realizaram o plantio de mudas de Azaleia no jardim do pátio do Demutran, na Avenida Alberto Santos Dumont, 100, Vila Osasco.  

Na ação, que integra a programação municipal da Semana Nacional do Trânsito, foram plantadas 24 mudas em homenagem às 24 vítimas fatais de acidente de trânsito na cidade em 2020.   

O secretário Lau Alencar destacou a importância dos agentes de trânsito para a cidade. “Vocês são muito importantes, pois cuidam da segurança viária do nosso município. Estão sempre fiscalizando o trânsito, mas sobretudo orientando e assessorando as ações diárias para melhorar a cada dia a mobilidade numa grande cidade como Osasco”, disse.  

Entre 2017 e 2020, Osasco reduziu em 47% o número de óbitos causados por acidente de trânsito. Com a conscientização de motoristas e pedestres, a administração municipal quer zerar as mortes no trânsito.  

A vice-prefeita Ana Maria Rossi e os secretários Fabio Grossi (Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Gerson Pessoa (Desenvolvimento Econômico e Inovação) e José Virgolino de Oliveira (Segurança e Controle Urbano) participaram do lançamento das atividades.   

Confira as próximas atividades da programação da Semana Nacional do Trânsito:  

25/9 – SÁBADO 

Das 8h às 11h 

Atividade: Ação de Conscientização sobre trânsito seguro com integrantes do “Vírus do Amor” 

Local: Avenida Internacional com a Avenida João de Andrade – Jardim Santo Antônio 

Das 14h às 17h 

Atividade: Ação de Conscientização sobre trânsito seguro com integrantes do “Vírus do Amor” 

Local: Cruzamento da Rua Presidente Costa e Silva com a Avenida Presidente Médici – Capelinha/Jardim Helena Maria 

Técnica paralímpica de canoagem recebe homenagem durante sessão na Câmara de Osasco

Osasquense Angélica Rozalen comandou equipe brasileira na Paralimpíada de Tóquio

A técnica da equipe brasileira de canoagem que esteve nas Paralimpíadas de Tóquio 2020, a osasquense Maria Angélica Rozalen, foi homenageada pelo parlamento osasquense durante a 21ª Sessão Ordinária, na última terça-feira (14).

Os vereadores aprovaram a Moção de Aplauso 367/2021, de autoria do vereador Laércio Mendonça (PSD), enaltecendo a atuação de Angélica em Tóquio, encerrada em setembro, e no Mundial da categoria na Hungria, realizado em maio de 2021.

“O esporte está no meu sangue e de muitos que estão nessa Casa. Falar de pessoas que elevam o nome dessa cidade é muito importante”, disse o vereador Laércio, que parabenizou a técnica pela atuação brilhante em Tóquio. “Parabéns por tudo que você representa. Você levou o nome da nossa cidade ao mundo”, acrescentou.

Paralimpíadas

Segundo informações da Confederação Brasileira de Canoagem (CBC), a equipe de paracanoagem fechou a participação nas Paraolimpíadas de Tóquio com três medalhas: uma de ouro e duas de prata.

O paratleta Fernando Rufino ficou com o ouro na categoria VL2. Giovane de Paula faturou a prata no VL3 e Luís Carlos Cardoso ficou com a outra prata no KL1.

A equipe paralímpica brasileira é chefiada por Leonardo Maiola. Os técnicos são Maria Angelica Rozalen e Thiago Pupo e Carolina de Lazari é a fisioterapeuta responsável.

 
 
 
 
 

Após resgate de bebê, Câmara Municipal de Jandira homenageia policiais militares envolvidos

Foto: Divulgação

A mamãe Brenda e o bebê Samuel marcaram presença em plenário para agradecer o 3º sargento Alomar Campanha e os soldados Everaldo Couto, João Batista de Camargo, Guilherme Cândido e Leonardo Matos, que participaram ativamente do socorro; moção de aplauso foi colocada pelo vereador Cláudio do Moussão

 

No dia 28 de junho de 2021, o bebê Samuel, então com apenas oito dias de vida, precisou ser socorrido após um engasgo com leite materno. Participaram do salvamento o 3º sargento Alomar Campanha e os soldados Everaldo Couto, João Batista de Camargo, Guilherme Cândido e Leonardo Matos. Ao ficar sabendo da ação, o vereador Cláudio Roberto de Carvalho (Republicanos), o “Cláudio do Moussão”, decidiu requerer na Câmara Municipal de Jandira uma moção de aplausos aos envolvidos.

De acordo com o parlamentar, a Moção de Aplausos 14/21 tem a finalidade de reconhecer a importância do trabalho desempenhado por toda a equipe diante daquele incidente. “Graças ao profissionalismo dos policiais militares, o bebê recebeu atendimento médico a tempo”, elogiou. Assim, na 24ª Sessão Ordinária, realizada no dia 31 de agosto de 2021, os policiais mencionados receberam a moção das mãos do vereador, além de muita gratidão e carinho por parte da família do pequeno Samuel – que marcou presença em plenário, esbanjando saúde no colo da mamãe Brenda. 

Secretaria de Saúde de Jandira, presta homenagem aos nutricionistas que atuam na rede municipal de saúde

A cerimônia, que aconteceu nas dependências da Secretaria de Saúde, teve início às 8:30, e contou com a presença do Secretário de Saúde Fabiano Dantas e toda a equipe de gestão da SMS, que prestaram suas homenagens aos nutricionistas da rede municipal de saúde de Jandira.

Os homenageados do dia, foram recepcionados com um café da manhã, organizado pela equipe de atenção básica da Secretaria de Saúde.

Os discursos realizados durante a reunião, exaltaram o papel e importância do trabalho dos nutricionistas, na atuação diária em prol de uma sociedade com mais saúde, a partir de uma educação alimentar. 

Todos os nutricionistas homenageados, receberam um certificado, em agradecimento ao trabalho que vêm sendo realizado por todos, e também um texto que destaca a contribuição dos nutricionistas para que a população de Jandira tenha mais saúde:

“Cada profissional da nutrição tem alcançado milhares de famílias e isso tem feito total diferença na efetividade da assistência e contribuído para termos jandirenses mais saudáveis.”

O texto finaliza parabenizando os homenageados:

“Queremos hoje, em especial, parabenizá-los pelo dia do profissional da Nutrição e dizer que estamos à disposição de cada um de vocês.”

Após a reunião, conversamos com alguns dos homenageados, como o Dr. Luiz Antonio, que parabenizou os envolvidos na homenagem e destacou que está no município há mais de 20 anos e nunca houve uma ação como esta. De acordo com ele: “a gente entende que já começa a valorização do profissional pelo reconhecimento do seu dia”.

Outros homenageados, destacaram a importância da interação entre eles, que a reunião proporcionou.

“Estou há três anos no município e é a primeira vez que a gente é lembrado. Este momento de compartilhar experiências, conhecer os colegas, foi muito bom e fiquei bem emocionada” afirmou a nutricionista Fernanda Cavalaro.

Nas interações já destacadas, levantou-se casos de compulsão alimentar e insegurança alimentar, que cada um tem atendido, em ocasião da pandemia atual. 

A reunião, também contou com a presença do Agente Comunitário de Saúde Leonardo, que está estudando o 5º período do curso de Nutrição e, destacou a importância dos debates levantados, para enriquecimento da sua formação acadêmica.

A Prefeitura de Jandira, assim como a Secretaria Municipal de Saúde, parabeniza todos os profissionais de nutrição que atuam no município, na luta por uma população com maior qualidade de vida, partindo de uma alimentação mais saudável.

Sessão Solene homenageia vítimas da violência do Estado

Emoção marcou o evento, que lembrou a morte de jovens da periferia em maio de 2006 e agosto de 2015

A Câmara Municipal de Osasco realizou, nesta sexta-feira (13), uma Sessão Solene em homenagem às mães de vítimas de violência do Estado, representadas por movimentos sociais.

A solenidade teve como proponente a vereadora Juliana da AtivOz (PSOL), que presidiu a sessão, e contou com a presença do vereador Emerson Osasco (REDE), que secretariou o encontro. Contou ainda com outros integrantes da mandata da AtivOz de Osasco, de líderes comunitários, autoridades locais, representantes do movimento negro, assessores políticos e militantes de movimentos sociais, além de representantes dos movimentos Mães de Maio e Mães de Agosto.

O evento iniciou com um vídeo com relatos emocionantes de mães, contando episódios de violência sofrida por seus filhos. Os convidados, então, puderam usar a tribuna para discursar contra a violência e o preconceito policial aos jovens das periferias e para pedir políticas públicas voltadas aos mais vulneráveis.

Emerson Osasco destacou sua luta contra o racismo e contra a violência que sofrem moradores das periferias. “Para acabar com essa política racista e genocida, eu e muitos outros estamos ocupando espaços de poder na política. E é para acabar com essa política assassina que eu e muitos outros estamos nas ruas lutando. Porque nós sabemos que essa bala perdida só acerta preto e pobre na periferia, ela nunca acertou ninguém no Morumbi”, desabafou o parlamentar.

Ao fim do evento, a vereadora Juliana da Ativoz adiantou a proposta da criação da Semana Municipal das Pessoas Vítimas de Violência de Estado. “Esse dia nasceu também da necessidade de a gente prestar essa homenagem e tornar isso uma política pública. Conversei com alguns vereadores da casa e nós vamos propor um projeto de lei que cria a Semana Municipal das Pessoas Vítimas de Violência de Estado na cidade de Osasco e ela vai ser celebrada anualmente no mês de agosto”, adiantou Juliana.

Movimentos sociais

O movimento Mães de Maio se define como uma rede de mães, familiares e pessoas próximas de vítimas da violência do Estado, situado em São Paulo, principalmente na capital e na Baixada Santista. Nasceu a partir dos chamados “Crimes de Maio de 2006”. Segundo as “Mães de Maio”, a missão é “lutar pela verdade, pela memória e por justiça para todas as vítimas da violência discriminatória, institucional e policial contra a população pobre, negra e os movimentos sociais brasileiros, de ontem e de hoje”.

História

Segundo o movimento, em maio de 2006, policiais e grupos paramilitares de extermínio realizaram uma “onda de resposta” aos “ataques do PCC”, como foram chamados pela mídia os atos de violência cometidos na época por uma facção criminosa que age dentro e fora de presídios no Brasil. A ação resultou no assassinato ou desaparecimento de 493 pessoas – dessas, mais de 400 jovens negros, afro-indígena-descendentes e em situação de vulnerabilidade social.

Uma série de atividades começou a ser realizada desde que as primeiras famílias de vítimas de violência policial começaram a superar o luto da morte de seus entes. Os pontos fundamentais de atuação do movimento são o acolhimento e a solidariedade entre familiares e pessoas próximas de vítimas do Estado; a denúncia constante dos casos e da situação de investigações e processos; a participação em encontros, debates, seminários, conferências; e a organização de ações de luta, como protestos, vigílias e marchas.

Em agosto de 2015, uma outra grande chacina envolvendo vítimas de Osasco e Barueri culminou na morte de jovens de periferia. Daí surgiu o Movimento Mães de Agosto.

Números

Enquanto o CREMESP (Conselho Regional de Medicina de São Paulo) soma 493 mortes entre os dias 12 e 20 de maio, o Ministério Público atua com o número de 243 mortes, relacionadas efetivamente à referida semana. Já a Secretaria de Segurança Pública considera apenas 140 casos, registrados como resistência seguida de morte.

O movimento divulga que, segundo estatística do Observatório das Violências Policiais, 194 mortes são atribuídas a agentes policiais, 33 mortes à Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) e 161 a policiais da força tática, policiais civis, policiais militares e pessoas encapuzadas.

Público

O evento não contou com a presença de público, devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19, mas foi transmitido ao vivo pela TV Câmara Osasco, nos canais 7 da NET Osasco e 3 da Megabit Telecom. O público pôde acompanhar a cerimônia pelo site da Câmara Municipal de Osasco e pelo Facebook da TV Câmara Osasco.