Editorial: fisioterapia

Jogos interativos ajudam na fisioterapia e sociabilidade de idosos

Um tratamento que alia cuidados fisioterápicos em idosos, com diversão e muitas brincadeiras. O uso de jogos interativos, ou “gameterapia”, ganha cada vez mais espaço em clínicas e espaços dedicados à terceira idade. Segundo Vanessa Tamborelli Frakas, fisioterapeuta do Residencial Club Leger, localizado em São Paulo, o uso de jogos interativos possibilita trabalhar o equilíbrio, o condicionamento físico, aeróbica e a estimulação cognitiva.

– Os jogos produzem movimentos semelhantes ao que fazemos dentro da fisioterapia convencional e abrange pacientes que fazem fisioterapia ortopédica, neurológica entre outras – destaca Vanessa.

Ela aponta que a utilização do videogame na reabilitação faz com que os idosos tenham mais motivação. A cada ponto conquistado ou fase superada, o idoso consegue visualizar de forma muito interativa e rápida, fazendo com que as terapias se tornem mais lúdicas e leves.

– Isso ajuda a humanizar o tratamento, muitas vezes doloroso e exaustivo, além de possibilitar acessibilidade para pacientes com deficiência. Muitos movimentos que o paciente, às vezes, não consegue mais realizar, através do jogo consegue vivenciar novamente aquela atividade ou movimento há muito tempo não executado – afirma a fisioterapeuta.

Vanessa explica que alguns estudos científicos mostram que os games ajudam, tanto em adultos quanto em idosos, no aumento das atividades do hipocampo (responsável pela memória), córtex pré-frontal dorsolateral (que controla o planejamento, a tomada de decisões e a inibição) e cerebelo (responsável por atuar no controle e no equilíbrio motor).

Ela acrescenta que a escolha dos jogos a serem utilizados dependerá dos objetivos que o terapeuta estabelece para cada paciente.

– Os principais consoles utilizados e mais acessíveis são WII e o X- Box, porém temos outros tipos e há também a possibilidade de desenvolvimento de jogos para programas específicos de reabilitação, porém o custo é mais elevado – explica.

O gerente executivo do Residencial Clube Leger, Vinícius Neves, ressalta que este tipo de atividade é difundida nos principais centros de tratamentos de idosos nos EUA.

– Muitas instituições norte-americanas mantêm uma grade fixa com este tipo de programação. Vamos fazer o mesmo aqui no Residencial Leger, acontecendo, neste primeiro momento, às quartas. Além dos aspectos clínicos, temos uma ótima resposta em termos de socialização e do senso de competitividade saudável que ajuda a ativar a autoestima – relata Neves.

Vanessa alerta que a uso dos jogos tem de ser colocado dentro de um planejamento visando os objetivos traçados e observando os bons resultados que possam gerar.

– Mesmo divertidos, os movimentos, quando mal executados, podem até agravar a situação. Além disso é muito importante ressaltar que a os jogos não substituem a fisioterapia convencional, mas complementa o tratamento.

Prefeitura de Itapevi entrega equipamentos de fisioterapia referente convênio de 2015

Equipamentos de fisioterapia já estão sendo usados no atendimento aos pacientes. (Divulgação PMI)

Material já está sendo usado no Centro de Reabilitação do município 

 

O Centro de Reabilitação de Itapevi recebeu na sexta-feira (7) novos equipamentos de fisioterapia que já estão sendo usados pelos profissionais da unidade no tratamento de reabilitação dos pacientes.A unidade de saúde recebeu da Prefeitura de Itapevi quatro bicicletas ergométricas, três esteiras, 10 pranchas de equilíbrio e conjuntos de halteres. O material foi adquirido por meio de um convênio de 2015.Os equipamentos estão sendo utilizados nas sessões de fisioterapia dos pacientes do Centro de Reabilitação que realiza, em média, três mil atendimentos por mês.“Estamos muito animados com a chegada destas bicicletas e esteiras. Elas serão muito úteis no nosso trabalho de recuperação motora e do fortalecimento dos membros inferiores dos nossos pacientes”, comemorou a fisioterapeuta Angela Pilão.
Além dos equipamentos para a área clínica, o centro também recebeu 12 mesas de escritório, 40 cadeiras e duas impressoras multifuncionais.“Estes materiais são muito bem-vindos porque vão nos dar mais suporte na execução do nosso trabalho, tanto na parte administrativa como na parte de atendimento aos pacientes”, explicou Cristiano Alves Moreno, coordenador do Centro de Reabilitação

 

Atendimento

O Centro de Reabilitação funciona da Cohab e oferece atendimento de fonoaudiologia, fisioterapia ortopédica e neurológica, terapia ocupacional e acupuntura. A unidade conta também com um psicólogo e um assistente social.






Prefeitura encontra equipamentos de fisioterapia abandonados desde 2015 em Itapevi

Equipamentos de fisioterapia serão usados no atendimento aos pacientes (Divulgação PMI)

Material estava parado no almoxarifado central desde 2015 e foi entregue ao Centro de Reabilitação do município 

O Centro de Reabilitação de Itapevi recebeu, nesta sexta-feira (07), novos equipamentos de fisioterapia que serão usados pelos profissionais da unidade no tratamento de reabilitação dos pacientes. A unidade de saúde recebeu da Prefeitura de Itapevi quatro bicicletas ergométricas, três esteiras, 10 pranchas de equilíbrio e conjuntos de halteres.

O material foi adquirido por meio de um convênio de 2015 e estava guardado no almoxarifado desde então.

Os equipamentos serão utilizados nas sessões de fisioterapia dos pacientes do Centro de Reabilitação que realiza, em média, três mil atendimentos por mês.

“Estamos muito animados com a chegada destas bicicletas e esteiras. Elas serão muito úteis no nosso trabalho de recuperação motora e do fortalecimento dos membros inferiores dos nossos pacientes”, comemorou a fisioterapeuta Angela Pilão.

Além dos equipamentos para a área clínica, o centro também recebeu 12 mesas de escritório, 40 cadeiras e duas impressoras multifuncionais.

“Estes materiais são muito bem-vindos porque vão nos dar mais suporte na execução do nosso trabalho, tanto na parte administrativa como na parte de atendimento aos pacientes”, explicou Cristiano Alves Moreno, coordenador do Centro de Reabilitação

Atendimento

O Centro de Reabilitação funciona da Cohab e oferece atendimento de fonoaudiologia, fisioterapia ortopédica e neurológica, terapia ocupacional e acupuntura. A unidade conta também com um psicólogo e um assistente social.