Editorial: febre amarela

Prefeitura informa início de novo Mutirão Preventivo de Vacinação contra Febre Amarela em Araçariguama

Vacina preventiva contra a Febre Amarela continua disponível em Araçariguama

A Prefeitura de Araçariguama por meio da Vigilância Epidemiológica vinculada à Secretaria de Saúde, anunciou que a partir do próximo sábado (13/01),será realizado um mutirão de vacinação preventiva contra a Febre Amarela,visando atender especialmente quem não conseguiu imunizar-se durante a semana.

As vacinações serão realizadas nos seguintes bairros:

*Cruz das Almas: 08h às 11h – Associação-Rua Prefeito Domingos Marucci,13701

*Tanque Velho: 12h às 15h45- Assembléia de Deus Madureira

*Aparecidinha: 08h às 15h45-Igreja Católica

*Igavetá: 08h às 15h45-Igreja Católica

*Meirelles: 08h às 15h45

*AME(Ambulatório Médico de Especialidades): 08h às 15h45-Rua Santa Cruz-Centro

Os  postos fecharão para almoço no horário das 11h às 12h.

As vacinas estarão disponíveis até o final do mês de Janeiro e durante os dias 15/01 e 19/01.

O AME(Ambulatório Médico de Especialidades), atenderá em horários estendidos das 08h às 19h.

Semanalmente a Secretaria Municipal de Saúde irá divulgar os horários e locais de vacinação nos demais bairros e pontos da cidade.

Vale ressaltar que no período de Dezembro e início de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde vacinou aproximadamente quatro mil (4mil) pessoas no AME e na  UBS. A expectativa desta vez é vacinar cerca de 10 mil habitantes até o final do mês.

ATENÇÃO:Para receber a vacina, o cidadão precisa estar munido de documentos de identificação, cartão SUS e carteirinha de vacinação impreterivelmente. Quem não levar os documentos não poderá receber a vacina. Quem não tem cartão SUS poderá fazê-la na unidade de saúde mais próxima de sua casa, tendo em mãos RG,CPF e Comprovante de Residência. O cartão SUS provisório fica pronto imediatamente.

A Secretaria de Saúde alerta ainda que pessoas com alergia a ovos,gestantes e mulheres que tiveram bebês nos últimos meses,não poderão tomar a vacina.

Cotia retoma intensificação da ação de bloqueio contra a Febre Amarela

A Prefeitura de Cotia retomou a intensificação da ação de bloqueio contra a Febre Amarela disponibilizando a vacina contra a doença em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), de segunda a sexta-feira, e no SAE/CTA, às quartas e sextas-feiras, das 8h às 17h. Todas as pessoas, com idade a partir de nove meses de idade, devem se imunizar contra a doença. A intensificação não tem prazo para terminar e, até o momento, mais de 60% da população de Cotia já está imunizada contra o vírus.

Diante da confirmação de novos casos da doença em todo o País, a procura pela vacina aumentou em diversos municípios e Cotia também registrou alta na procura. A Secretaria de Saúde pede aos moradores que, sendo possível, procure uma UBS com menor demanda.

Vale destacar que AS PESSOAS QUE JÁ TOMARAM A VACINA NÃO PRECISAM REPETIR A VACINAÇÃO. A dose aplicada em Cotia é única e vale por toda a vida.

Sobre a morte de macacos

Na última semana, a Secretaria de Saúde recebeu o resultado da análise das mostras coletadas em primatas (macacos) encontrados mortos em Cotia, quatro deram resultado positivo para a Febre Amarela, de acordo com o Instituto Adolf Lutz. Apesar dos resultados, não há motivo para pânico entre a população e nem para hostilidades contra os macacos. Cotia não tem a confirmação de nenhum caso de febre amarela em humano contraída no município.

Vacinação nas UBS’s  

Seg Ter Qua Qui Sex
Assa x x x x x
Parque Alexandra x x x x x
Recanto Suave x x x x x
Santa Ângela x x x x x
São George x x x x x
São Vicente x x x x x
Rio Cotia x x x x x
Engenho x x x x x
Caucaia x x x x x
Oliveira x x x x x
Espraiada x x x x x
Japão x x x x x
Cachoeira x x x x x
Mendes x x x x x
Caputera x x x x x
Atalaia x x x x x
São Miguel x x x x x
Arco-íris x x x x x
Sandra x x x x x
Mirante x x x x x
Morro Grande x x x x x
Coimbra x x x x x
Mirizola x x x x x
Portão x x x x x
Turiguara x x x x x
SAE/CTA (avenida Rotary, 40) x x

Vacinação contra febre amarela continua em Cotia

A campanha termina amanhã (29/12), mas todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) continuam disponibilizando doses contra a doença

A Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Saúde, realizou por precaução, o bloqueio de intensificação vacinal da febre amarela. A campanha aconteceu de 29/11 e irá até amanhã (29/12). Mas é importante lembrar que o município continuará disponibilizando doses da vacina contra a febre amarela em todas Unidades Básicas de Saúde (UBS’) em dias e horários pré-definidos (veja relação abaixo).

Além de disponibilizar a vacina nas UBS’s, a Secretaria realiza o chamado bloqueio em regiões onde há registro de macacos mortos. “É importante as pessoas entenderem que não é matando os macacos que se resolve o problema da febre amarela. O macaco acaba sendo uma sentinela da possível presença do vírus em determinada região”, disse Páscoa Bichiato, coordenadora da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde. Até o momento, Cotia não teve nenhuma morte de primatas não humanos por febre amarela.

Mulheres que estiverem amamentando bebês com mais de seis meses, podem receber a imunização, no entanto, a amamentação terá que ser suspensa por no mínimo dez dias. A vacina é contraindicada para menores de noves meses de idade, portadores de HIV ou câncer, pacientes em terapêutica imunodepressora: quimioterapia, radioterapia, corticóide em doses elevadas por mais de 2 semanas; doenças autoimunes como lupos, anemia, falciforme, renal crônico, hepatopatas, entre outras), em uso de medicações antimetabólicas como azatioprina e ciclofosfamida), medicamentos modificadores do curso da doença, os biológicos: Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe,  Canaquinumabe, Tocilizumabe, Rituximabe), pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma) e gestantes.

Combate ao Aedes

Para evitar a contaminação por febre amarela urbana, Páscoa Bichiato, afirma que a população deve seguir com os mesmos cuidados adotados em relação ao combate à dengue, zika e chikungunya. “O Aedes aegypti é o transmissor da febre amarela urbana e é ele que a população deve combater. Os cuidados são aqueles que conhecemos: não acumular água, fecha a caixa d’água, limpar calhas, não deixar recipientes sem tampa em local aberto”, explicou.

Quem encontrar macacos mortos em Cotia pode entrar em contato com o Departamento de Zoonoses pelo telefone 4716-6493, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Segunda

Terça

Quarta

Quinta

Sexta

Granja

Assa

 

 

 

X

 

Pq Alexandra

 

 

x

 

 

Rec Suave

x

 

 

 

 

Santa Angela

 

x

 

 

 

São George

 

 

 

 

x

São Vicente

 

 

 

X

 

Rio Cotia

X

 

 

 

 

Engenho

 

 

x

 

 

Caucaia

Caucaia

X

X

 

 

Oliveira

X

 

 

X

 

Espraiada

X

X

 

 

 

Japão

 

X

 

 

X

Cachoeira

X

 

 

X

 

Mendes

 

 

X

 

X

Centro Sul

Caputera

 

 

 

 

x

Atalaia

X

 

 

 

X

São Miguel

 

x

 

 

 

Arco-Iris

 

 

X

 

 

Sandra

 

 

 

x

 

Mirante

 

x

 

 

 

Morro Grande

 

X

 

 

 

Centro Norte

Coimbra

 

 

X

 

 

Mirizola

x

 

 

 

 

Portão

 

X

 

 

 

Turiguara

 

 

 

x

 

SAE

 

 

 

 

x

Barueri está fora de área recomendada para vacinação da Febre Amarela

Em Barueri, a situação da febre amarela está sob controle, segundo a Coordenadoria de Vigilância em Saúde da Prefeitura. Não é necessário pânico e nem correria aos postos de saúde.

“Não é necessário que a população saia correndo para o posto de saúde. Não existe necessidade de tomar vacina de maneira indiscriminada. A cidade tem as doses, mas só serão vacinadas aquelas pessoas que realmente vão para alguma área de risco. Não existe até o momento febre amarela em Barueri”, explicou Rosana Perri Andrade Ambrogini, coordenadora da Vigilância em Saúde.

O Ministério da Saúde atualizou na quinta-feira, dia 26, os dados sobre a doença no país. Segundo o órgão, foram registrados 550 casos suspeitos. Desses, 72 foram confirmados e 23 descartados. Dos 105 óbitos notificados, 40 foram confirmados e os outros 65 estão sendo investigados.

Ainda segundo a médica da Vigilância Sanitária de Barueri, o indicado é que apenas aquelas pessoas que vão viajar para as áreas endêmicas, como Minas Gerais onde ocorre a maior presença da doença, tomem a medicação.

A febre amarela apresenta dois ciclos de transmissão distintos, o silvestre e o urbano. No ciclo silvestre, os macacos são os principais hospedeiros e amplificadores do vírus e os vetores são alguns gêneros de mosquitos. No ciclo urbano, o homem é o único hospedeiro com importância epidemiológica e a transmissão ocorre a partir de vetores urbanos, no caso os Aedes aegypti que estão infectados.

Como o Aedes é um dos possíveis transmissores da doença, prevenir a proliferação do mosquito é a forma de evitar, não apenas a chegada da febre amarela, mas também da dengue, a zika e a chikungunya.

O morador que for viajar e quiser saber se é preciso se vacinar ou não pode se informar através da Coordenadoria de Vigilância em Saúde de Barueripelos telefones 4163-1049 e 4198-2630.