Editorial: Educação

Filosofia em Ação abre espaço de fala e acolhimento para estudantes de Barueri

Lugar especial para o diálogo, afeto, desabafo, troca de experiências e empatia. Essas são algumas das experiências que estão sendo vividas pelos estudantes do Ensino Fundamental das escolas da rede de Barueri. É que está sendo realizado, desde o mês passado, o projeto Filosofia em Ação, direcionado aos alunos dsexto ao nono ano. 

Diante do cenário de violência que tem afetado inúmeras escolas do País, a Secretaria de Educação entende que há necessidade de desenvolver ações de diálogo e escuta na rede municipal, por intermédio de oficinas educativas que possibilitem momentos de discussão para um ensino cada vez mais transformador e provedor de sentidos. A proposta vai além da transmissão de conteúdos para uma convivência mais humana, pautadas no diálogo e na escuta. 

O projeto da Secretaria de Educação está sendo desenvolvido pelos professores de filosofia, educadores do Departamento de Apoio Pedagógico e psicólogos da rede, que são liderados pelo professor e doutor Ranis Fonseca Oliveira.  

Nas quadras das escolas, as sensibilizações ocorrem com apresentações de vídeos curtos, que trazem questionamentos sobre o cotidiano de jovens e adolescentes em tempos em que a tecnologia ganha cada vez mais espaço.  

Uma série de atividades e vivências especiais, sempre guiadas pelos professores, tem feito com que cada escola viva um grande palco para o diálogo, troca de experiências e rompimento da solidão.  

De acordo com a diretora do Departamento de Apoio Pedagógico, Isabel Biondi, a iniciativa tem tudo para ter resultados muito gratificantes. “Temos a certeza que essas ações oportunizarão a convivência de paz e democracia aos nossos estudantes no espaço escolar e fora dele. 

A primeira fase do Filosofia em Ação está sendo desenvolvida em 25 escolas de Ensino Fundamental. No próximo semestre, as demais unidades, totalizando as 55, também receberão as atividades do projeto. 

Na semana passada foi a vez de os estudantes da Emef Gilberto Florêncio receberem mais uma edição do projeto. Os alunos foram muito participativos e surpreenderam os gestores e professores envolvidos.  

Fatec Osasco realiza maior evento de tecnologia da região

A Fatec Osasco promove entre os dias 30/5 a 1/6, a 7ª edição da Fatec Expo Week 2019. Realizado semestralmente, trata-se do maior evento de tecnologia da região. Nos dias 30 e 31/5, nos períodos matutino, vespertino e noturno, com uma programação bastante diversificada, os participantes poderão assistir palestras de especialistas de inúmeras áreas do conhecimento. Já no dia 1/6, das 10 às 15h, haverá a exposição de projetos inovadores, competições de robôs, guerra de ponte de macarrão, entre outras atrações.

Segundo os organizadores, um dos principais objetivos da Fatec Expo Week é a integração entre a faculdade e a população local.

“Serão três dias de intensas atividades que trarão a oportunidade de discussão e reflexão acerca do campo tecnológico”, afirmou a professora Andrea Fioravante Salla, uma das responsáveis pela comissão organizadora da Fatec Expo Week.

O evento tem a entrada gratuita e não é preciso se inscrever previamente para visitar a Fatec Expo Week.

Já os estudantes e/ou docentes de instituições de ensino (privadas ou públicas) que desejarem expor os seus projetos voltados ao campo de tecnologia e inovação, devem realizar a inscrição pelo link https://www.sympla.com.br/fatec-expo-week—1-semestre-de-2019__510821 até o dia20/5, impreterivelmente.

A Fatec Osasco oferece quatro cursos superiores gratuitos de tecnologia: Manutenção Industrial, Automação Industrial, Gestão Financeira e Redes de Computadores, todos com duração de 6 semestres, e está localizada à Rua Pedro Rissato, 30, Vila dos Remédios.

Mais informações pelo site: www.fatecosasco.edu.br. Telefone para contato: (11) 3603-9910 ou e-mails: gleice.rosa@fatec.sp.gov.br oucomunicacao.osasco@fatec.sp.gov.br

Projeto Cultura de Paz é lançado em reuniões de pais em todas escolas da rede

Foram realizadas nas 55 Escolas Municipais de Ensino Fundamental de Barueri (Emefs) reuniões de pais. Professores, gestores, diretores e supervisores das unidades se vestiram de banco para uma acolhida especial aos pais e à comunidade.

Todas as escolas levaram atividades especiais para explicarem sobre o programa de “Cultura de Paz”, a ser realizado pela Secretaria de Educação em toda a rede. Palestras, atividades interativas entre pais e filhos, música e outras ações levaram emoção e interatividade a todos. 

O programa determina que a escola deve promover atividades e projetos que visem estruturar as relações humanas entre a comunidade que atende, criando uma relação vincular positiva com todos os estudantes, familiares e funcionários da escola.  

O objetivo da Secretaria de Educação é que o projeto de Cultura de Paz ultrapasse as barreiras da sala de aula e avance para fora conseguindo diminuir os números de violência, e aumentando a empatia e harmonia entre professores, alunos e seus familiares. 

De acordo com Cineide Souza, mãe de um estudante da Emef Padre Elídio, a reunião foi muito especial. “Assistimos uma palestra muito importante que alertou sobre o uso indevido das redes sociais e a solidão dos filhos. Nós pudemos também declarar nosso amor aos nossos filhos por intermédio de mensagens em cartazes. A reunião foi muito bonita e a direção da escola está de parabéns.” 

A supervisora escolar Vânia Santos também ficou emocionada e feliz com a implantação do projeto. “Cada música entoada pelos alunos, vídeos inspiradores, painéis e tantas outras atividades significativas encheram nossos corações de emoção, pois em tempos conturbados compartilhar paz e o amor traz calma e positividade para nossas almas. A energia positiva da Cultura de Paz ecoou por toda a cidade, emocionando toda comunidade escolar numa demonstração de afeto, carinho, solidariedade e amor. A semente foi lançada e com certeza colheremos muitos frutos”, comentou. 

Prefeitura e CCR realizam oficina de fotografia em escola de Carapicuíba

Em parceria entre a Prefeitura e o instituto CCR, os alunos da escola municipal Miguel Costa de Carapicuíba receberam, na última semana, o projeto “FotoArte”, da ONG ImageMagica. Em caminhão itinerante adaptado, simulando o interior de uma câmera fotográfica, o projeto leva oficinas gratuitas de fotografia às escolas públicas, possibilitando aos alunos o conhecimento através de atividades práticas.
Unindo arte e educação, e com o tema ‘Mensagem para o Futuro’, a oficina busca ampliar a percepção e a sensibilidade das crianças, utilizando a fotografia como ferramenta para interpretar o mundo. Orientadores conduzem os alunos em cada fase da atividade, ensinando técnicas e incentivando-os à críticas e reflexão sobre qualidade de vida, preservação da natureza e qual futuro ideal na visão deles.
O mergulho no universo das imagens acontece do início ao fim do workshop. As crianças passam pela história da fotografia, acompanham dicas de como usar a ferramenta no dia a dia, seguidos da experiência na câmara escura, captura das fotos na prática, legenda e impressão de suas imagens.
Segundo o prefeito Marcos Neves, ações como essa são parte das mudanças para melhoria na qualidade do ensino na cidade. “Com essas parcerias conseguimos melhorar a educação em Carapicuíba, considerando que temos um orçamento baixo para o município” ressaltou.
Já parte da grade curricular, a Secretaria de Educação organiza e realiza periodicamente atividades lúdicas de incentivo em todas as escolas da rede municipal de ensino.

Prefeito Paulo Barufi inaugura creche Primeiros Passos neste sábado, 27

Só em 2019, foram entregues reformadas e ampliadas duas novas Emeb´s, a Sátiro A Souza e Comecinho de Vida

O prefeito Paulo Barufi entrega neste sábado, 27 uma nova creche a comunidade, a Primeiros Passos, que passou por ampla reforma, ampliação e adequação para atender a demanda por vagas.

Com 260 vagas, a unidade conta com 15 novas salas, berçário, banheiros novos e adaptados, quadra, telhado novo e amplo pátio gramado, além de brinquedos pedagógicos.

Segundo o prefeito Paulo Barufi, a nova unidade que passou por grandes transformações físicas é o resultado do compromisso de fornecer a comunidade uma educação de qualidade, também nas creches. “ Nosso governo tem mostrado que temos compromisso com a Educação, e não estamos medindo esforços para melhorar ainda mais nossa Educação” falou ele.

Ainda segundo o prefeito, nos últimos 2 anos e 4 meses, a Prefeitura tem investido muito na Educação, com reformas, ampliações e novas construções. Em 2018, foram abertos concursos públicos para a área, cursos de capacitação, palestras e muito mais.

“Em 2018, nossa cidade alcançou nota 6.0 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica ( IDEB) o que mostrou que estamos no caminho certo, e que queremos mais” disse. Para o prefeito, a Educação de Jandira está entre as melhores da região e o IDEB provou que é possível continuar no ritmo de crescimento, e os investimentos em construções, ampliações, reformas, adaptações ajudaram para que esse numero inédito da Educação fosse realidade.

“ Em 2019, teremos muito mais investimento, e como professor e conhecedor da area, tenho a convicção que podemos e faremos o melhor para melhorar ainda mais a nossa Educação” finalizou o prefeito Paulo Barufi  

Carapicuíba realiza exposição Jardim das Esculturas e inaugura Orquidário Municipal

No sábado, dia 27, a Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, realiza a exposição Jardim das Esculturas e inaugura o Orquidário Municipal no Centro de Educação para a Sustentabilidade (CES). O evento acontece das 10 às 16 horas na Av. São Camilo, 968.

Haverá oficinas “Resgatando Orquídeas”, com César Kawamura e “Cultivo de Orquídeas”, com Márcia Tie. O Jardim das Esculturas terá uma obra do artista Nino Ferraz, “o escultor do aço”.

O Orquidário Municipal é colaborativo e todas as orquídeas são resgatadas do lixo e tratadas para que voltem a florir. O morador também pode levar sua planta e ampliar o acervo.

Centro de Educação para a Sustentabilidade (CES)

O CES Carapicuíba é um espaço público municipal idealizado para disseminar boas ideias que todos nós podemos praticar no dia a dia, de uma forma mais benéfica ao meio ambiente. É um ponto de encontro para promover oficinas, palestras e cursos ligados a questões ambientais.

Jardim das Esculturas e Orquidário Municipal

Local: CES Carapicuíba

Quando: 27/4

Horário: das 10 às 16 horas

Endereço: Av. São Camilo, 968

Gratuito

Classificação livre

Escolas públicas de Itapevi e Carapicuíba recebem oficinas culturais de fotografia

A fotografia transforma as pessoas e permite que enxerguem o mundo com mais sensibilidade, unindo arte e educação na mesma ferramenta. Buscando ampliar a percepção dos jovens, o Ministério da Cidadania e Instituto CCR levam o projeto FotoArte, da ONG ImageMagica, para estudantes de escolas públicas. Com patrocínio da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, concessionárias fiscalizadas pela ARTESP, o projeto passará por Itapevi e Carapicuíba em abril, nas escolas Prof. Irany Toledo Moraes e Miguel Costa Júnior.

Durante as oficinas, educadores da organização ensinam técnicas de fotografia para os participantes e os desafiam a utilizá-la forma crítica e reflexiva. A etapa teórica da aula acontecerá dentro de um caminhão especialmente adaptado, que simula o interior de uma câmera fotográfica. Em seguida, os jovens fotografam, legendam e expõem suas criações na própria escola.

Sergio Ribeiro, gestor de Comunicação e Relações Institucionais da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, explica a importância de contribuir com o desenvolvimento social das cidades atendidas pelas rodovias. “Ao aprender a observar, o jovem descobre maneiras mais relevantes de atuar em sua própria realidade. Nosso propósito é criar caminhos para que desenvolvam a Cultura e a Cidadania”, reforça o gestor.

Além de ensinar técnicas fotográficas, o projeto FotoArte tem como principal objetivo mudar a forma com que as pessoas se relacionam com essa ferramenta, percebendo o poder que ela tem de transmitir mensagens relevantes e mudar realidades.

“O impacto do projeto nas escolas é incrível. No momento da exposição, os alunos percebem o quanto é importante a mensagem que eles passaram por suas fotografias, a importância do que eles pensam e o valor da opinião deles dentro da escola”, conta Andreza Portela, coordenadora do núcleo educacional da ImageMagica.

Uma imersão imagética

O mergulho no universo das imagens acontece do início ao fim das oficinas. Os estudantes terão contato com a história da fotografia e dicas de como usar a ferramenta no dia a dia. Depois, entrarão na câmara escura, ambiente instalado no caminhão que simula o interior de uma máquina fotográfica gigante. Ali, eles conseguem ver, ao vivo, a imagem de fora do caminhão sendo projetada exatamente como acontece dentro das câmeras fotográficas, que é o mesmo dos nossos olhos.

Botando a mão na massa

Com todo esse novo conhecimento em mãos e um celular disponibilizado para a oficina, cada participante vai fotografar o tema “O que representa o futuro para você”. Eles utilizarão o aplicativo Camino, desenvolvido pela ImageMagica, e também produzirão uma legenda sobre o tema. As imagens são impressas e entregues aos novos fotógrafos.

Aprendizado para os professores

As oficinas do FotoArte também serão direcionadas para os professores das escolas, que serão capacitados com conteúdo exclusivo. O objetivo é incentivar o uso da fotografia como ferramenta de ensino dentro da sala de aula para suas próprias disciplinas.

Ideias para o mundo

Ao final das oficinas, o material produzido pelos alunos será exposto em formato de lambe-lambe ou varal. A ideia é incentivar a visitação da comunidade, aumentando o impacto das fotografias e das mensagens criadas.

Serviço

Itapevi

Escola: C.E.M.E.B. Prof. Irany Toledo Moraes

Datas: 24 e 26 de abril de 2019

Endereço: Rua Alcides Cotrim,117, Jd. Santa Rita, Itapevi/SP

Carapicuíba

Escola: EMEF Miguel Costa Júnior

Datas: 29 e 30 de abril de 2019

Endereço: Estrada Egílio Vitorello, 2132, Jardim Maria Beatriz, Carapicuíba/SP

ImageMagica

Fundada pelo fotógrafo André François, a ImageMagica tem como missão promover o desenvolvimento de pessoas utilizando a fotografia como ferramenta de transformação e empoderamento.

A ONG desenvolve ações nas áreas de educação, saúde e cultura, atuando em diferentes causas. Com a convicção de que a transformação começa pelo olhar, a ImageMagica estimula as pessoas a perceberem mais atentamente seu entorno e, com essa reflexão, mudar a si próprias e o ambiente onde vivem. Desde 1995, já foram mais de 370 mil olhares transformados com projetos realizados em 15 países.

Site: www.imagemagica.org

Redes Sociais: www.facebook.com/imagemagicapage / www.instagram.com/imagemagica

Instituto CCR

Completando 5 anos em 2019, o Instituto CCR é uma entidade privada sem fins lucrativos que nasceu com o objetivo de estruturar a gestão de projetos de Responsabilidade Social apoiados há mais de 15 anos pelo Grupo CCR. Por meio do Instituto CCR são viabilizados projetos com recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo, com foco prioritário em quatro áreas: Cultura e Esporte; Educação e Cidadania; Meio Ambiente e Segurança Viária; Saúde e Qualidade de Vida. Comprometido com o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, o Grupo CCR se orgulha de ter levado cerca de 600 projetos para mais de 150 cidades no Brasil e no exterior, que, desde 2003, já beneficiaram 10,7 milhões de pessoas com investimentos de R$ 291 milhões em projetos estruturados.

Saiba mais em www.institutoccr.com.br

Sobre a CCR ViaOeste

A CCR ViaOeste é responsável pela administração do Sistema Castello-Raposo e gerencia 168,62 quilômetros de rodovias, compreendendo as Rodovias Castello Branco (SP-280), de Osasco a Itu; Raposo Tavares (SP-270), de Cotia a Araçoiaba da Serra; Senador José Ermírio de Moraes (SP-075), de Sorocaba a Itu e Dr. Celso Charuri (SP-091/270), em Sorocaba. Foi a sexta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Sobre o Grupo CCR Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Dividida em quatro núcleos de negócio, CCR Rodovias SP, CCR Rodovias BR, CCR Mobilidade e CCR Aeroportos, a empresa detém concessões nos principais modais em operação no País. Pioneira no segmento de concessões de rodovias no Brasil, a companhia é hoje uma das cinco maiores do mundo e atua com dez concessionárias de rodovias pelo país, CCR NovaDutra, CCR ViaLagos, CCR RodoNorte, CCR AutoBAn, CCR ViaOeste, CCR RodoAnel, CCR SPVias, Renovias, ViaRio e CCR MSVia, totalizando 3.265 quilômetros concedidos em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Paraná. No seu portfólio constam as rodovias consideradas melhores e mais seguras por anos consecutivos nos rankings especializados, tendo conquistado importantes índices de redução de acidentes fatais. Em transporte de passageiros, com a conquista, no início de 2018, da concessão das Linha 5 – Lilás do metrô de São Paulo e do monotrilho da linha 17 – Ouro, o grupo consolida sua atuação no segmento, gerindo importantes empresas responsáveis por mais fluidez, segurança e conforto em grandes vias urbanas. São elas: ViaQuatro, VLTCarioca, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, com negócios nas capitais paulista, fluminense e baiana, respectivamente. Já em concessões aeroportuárias, o Grupo CCR tem atuação internacional, com participação nos aeroportos de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em 2015, adquiriu a TAS (Total Airport Services), empresa norte-americana prestadora de serviços aeroportuários. Além do compromisso com a elaboração de projetos de infraestrutura para o País, a CCR também está atenta ao desenvolvimento sustentável das comunidades em que atua e aos seus 13 mil colaboradores. Nesse sentido, a empresa se tornou, em 2011, signatária do Pacto Global da ONU e, consequentemente, assumiu os compromissos nele firmados. A empresa também segue, pelo sétimo ano consecutivo, na carteira do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial) da B3 e possui o Instituto CCR por meio do qual promove projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos nas regiões onde atua levando desenvolvimento social para milhares de pessoas. Com mais de 20 anos de trajetória, possui o reconhecimento dos mercados nacional e internacional em função de sua trajetória de sucesso e da adoção constante das mais rígidas regras de governança corporativa que pautam sua atuação e estão reunidas no Programa de Integridade e Conformidade da companhia.

Inauguração da Creche Agentil Reis do Jardim Roberto I


A prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, inaugurou a Creche Agentil Reis (Jardim Roberto I), em um terreno com área de 2.814m² e 1.575m² de área construída, seguindo os padrões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Escola do Parlamento de Itapevi abre inscrições para curso de mídias sociais

Gerenciamento, produção de conteúdo, monitoramento, métricas, interação dos canais e técnica de persuasão, são alguns dos temas que serão abordados no curso, gratuito, de Comunicação Digital no Setor Público, promovido pela Escola do Parlamento Dr. Osmar de Souza, nos dias 18 e 21 de março, em Itapevi.

Ministrado pela consultora digital Juliana Fratini, o curso apresentará em dois dias conteúdo teórico e prático sobre as tendências do mercado digital e conceitos que podem ser aplicados na área pública.

Destinado a servidores públicos, profissionais de comunicação e estudantes de comunicação, o curso será ministrado na Câmara Municipal de Itapevi, nos dias 18 e 21 de março, sempre das 13 às 17 horas. A escola emitirá certificado aos participantes que atenderem a carga horária. A inscrição pode ser feita no site: www.camaraitapevi.sp.gov.br/escola, até o dia 10 de março. 

Faculdade Estácio de Cotia terá primeira turma de Direito

São Paulo – fevereiro de 2019 – A Estácio – um dos maiores e mais respeitados grupos do setor educacional do Brasil e que atua no mercado há quase 50 anos – lança em 2019, a primeira turma de Direito da Faculdade de Cotia, munícipio da região metropolitana de São Paulo. O curso terá duração de cinco anos e na modalidade presencial terá turmas de até 40 alunos, nos períodos da manhã e da noite. A entidade oferece também convênio com diversas empresas da região.

O curso de Direito é o mais procurado entre os estudantes brasileiros. O interesse pelo curso se dá por conta das diversas oportunidades de atuação que a área oferece. Os profissionais podem optar entre a carreira pública, em cargos como Defensor, Desembargador, Juiz, Delegado da Polícia Federal, ou se especializar em campos como Direito Administrativo, Trabalhista, Digital, entre outros.

A graduação, em média, é dividida entre oito semestres e dez semestres. Durante esse período, o estudante é preparado para aplicar a legislação e promover a organização em diferentes setores da sociedade. O curso adota um programa curricular que abarque conhecimentos em diversos campos das Ciências Humanas e Sociais e das Ciências Jurídicas. Nos primeiros semestres do curso, os conteúdos são mais introdutórios e, no decorrer da graduação, aparecem as disciplinas mais específicas da área.

A grade curricular de Direito varia de uma instituição para outra. No entanto, o MEC (Ministério da Educação) estabelece que o curso deva ter o mínimo 3.700 horas, com 5% ou 10% desse montante destinado às atividades complementares.