Editorial: Educação

Liliane Bernardo Rios da Silva recebe reconhecimento do Unicef

A gestora financeira Liliane Bernardo Rios da Silva se tornou Amiga da Criança. Trata-se de um reconhecimento concedido pelo Unicef que relembra, enquanto gestora da FENAESC, que Liliane criou grandes laços unindo as duas instituições. Mesmo não fazendo mais parte da FENAESC, continua sendo uma grande parceira deste fundo.

Liliane disse estar feliz com o reconhecimento, mas que independente das dificuldades e adversidades, qualquer pessoa pode ajudar. “Quem tem mais que doe mais, e que tem menos pode doar também. Sempre há alguém precisando do mínimo para viver“, disse Liliane.

O Unicef, Fundo das Nações Unidas para a Infância, tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento criando condições duradouras.

O UNICEF trabalha pela garantia dos direitos de cada criança e adolescente, concentrando seus esforços naqueles mais vulneráveis, com foco especial nos que são vítimas de formas extremas de violência.

Desde 1950, o UNICEF vem apoiando as mais importantes transformações na área da infância e da adolescência no Brasil.

O UNICEF Ajuda Milhares de Crianças Com Comida, Água, Vacina, Saúde e Educação.

Ano letivo de 2020: confira as principais mudanças na rede estadual de SP

As aulas na rede estadual de São Paulo começam na próxima segunda-feira (3), e neste ano letivo de 2020 os estudantes terão novidades.

Começa a vigorar o programa Inova Educação, anunciado no ano passado, que é um modelo pedagógico pioneiro que vai conectar as escolas à realidade dos estudantes do século 21. O Inova será ofertado a todos os dois milhões de estudantes matriculados nos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio na rede estadual de São Paulo.

Estes estudantes ganharão uma aula a mais e um aumento na carga horária de 15 minutos por dia. Serão sete aulas diárias de 45 minutos cada, ao invés de seis como era no ano passado. Todas as disciplinas regulares ficam mantidas.

Os estudantes do período matutino passam a sair da escola às 12h35 – não mais às 12h20. No período vespertino, a saída será às 18h35 – no ano passado era às 18h20.

 

Novas aulas

Entrará no currículo obrigatório duas aulas por semana de uma atividade chamada “Projeto de Vida”, mais duas aulas do componente Eletivas e uma de Tecnologia e Inovação.

As disciplinas eletivas serão oferecidas a partir do levantamento dos sonhos e anseios dos estudantes e das possibilidades de oferta dos professores. Alguns exemplos de temas são: empreendedorismo, ética e cidadania, olimpíadas de conhecimento, teatro, comunicação não violenta e mediação de conflitos, entre outros.

Além disso, serão disponibilizadas duas aulas semanais de Projeto de Vida, onde os estudantes farão atividades para definirem seus objetivos, planejarem seus rumos futuros e se organizarem para chegar onde querem. As atividades abrangem ética e cidadania, sonhos, projetos na comunidade, mundo do trabalho, vida acadêmica etc.

Por fim, a disciplina de Tecnologia e Inovação pretende trabalhar três eixos: pensamento computacional; tecnologias digitais da informação; e comunicação e letramento digital.

 

Novas PEIs

A partir deste ano também 247 escolas passam a integrar o Programa de Ensino Integral (PEI).

O PEI permite que os estudantes tenham uma matriz curricular diferenciada que inclui projeto de vida, orientação de estudos, práticas experimentais. Há ainda os clubes juvenis para que os alunos se organizem de acordo com temas de interesse como dança, xadrez, debates etc.

A carga horária é de até nove horas e meia – na rede regular, a jornada é de cinco horas e quinze minutos. Entretanto, do total das 247 escolas contempladas, 38 vão funcionar em um formato com carga horária diferenciada de sete horas, atendendo a alunos que já trabalham.

 

Novos períodos de recesso

Outra novidade para este ano é o calendário escolar. Haverá a introdução de mais dois novos recessos, um ao final do primeiro bimestre e outro no terceiro bimestre. As férias do segundo e do quarto bimestre ficam mantidas.

Dessa forma, veja como ficará o calendário:

  • Início do ano letivo: 3 de fevereiro
  • Período primeiro recesso (fim do primeiro bimestre): entre 20 e 24 de abril
  • Período das férias (fim do segundo bimestre): entre 10 e 26 de julho
  • Período segundo recesso (fim do terceiro bimestre): entre 13 e 16 de outubro
  • Encerramento do ano letivo: a partir de 23 de dezembro 

O objetivo da mudança é organizar o calendário e o planejamento das atividades pedagógicas, além de garantir que docentes que atuam nas redes estadual e municipais consigam conciliar os períodos de recesso escolar e férias.

Governo de SP libera R$ 1 bilhão para beneficiar escolas

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Educação Rossieli Soares anunciaram a liberação de R$ 1 bilhão em um pacote de melhorias para escolas da rede estadual de São Paulo. Do total, R$ 630 milhões já foram repassados via programa Dinheiro Direto na Escola para atender demandas essenciais de 5.004 unidades escolares.

O anúncio foi feito durante visita às obras da escola estadual Professor José Maria Reys, na capital paulista. Ao todo, 754 prédios passam por reparos durante o período de férias, com investimento que ultrapassa os R$ 77 milhões.

“Esta escola faz parte de um pacote de 754 unidades que serão totalmente reformadas este ano. O objetivo é terminar 2022 com todas as escolas que necessitem, reformadas, além, é claro, dos acabamentos e manutenção que têm que ser realizados rotineiramente”, declarou Doria.

Pelo menos 400 escolas terão direito a recursos para reformas em telhados e calhas. A expectativa é que todos os serviços sejam concluídos até o início do ano letivo, em 3 de fevereiro.

No início de 2020, R$ 630 milhões já foram depositados nas contas das Associações de Pais e Mestres de 5.004 escolas que já aderiram ao programa. O objetivo é garantir que serviços de manutenção e reparos sejam feitos de forma mais ágil e sem burocracia.

Das 754 obras em andamento, 70 são consideradas prioritárias e integram o programa Escola + Bonita. São obras de mais complexidade e que contam com prazos de conclusão entre 90 e 270 dias. Outras 284 escolas vão receber obras emergenciais com conclusão prevista entre 60 e 120 dias.

Equipamentos novos

O Governo de São Paulo também anunciou a aquisição de mais de 700 mil peças de mobiliário para equipar 49,3 mil salas de aula e ambientes pedagógicos de 3,4 mil escolas da rede estadual.

O investimento de mais de R$ 200 milhões contempla itens como armários, conjuntos de alunos e professores, quadros brancos e ventiladores. O mobiliário pode substituir materiais danificados ou antiquados e também atender novas unidades escolares.

Material escolar

Sob investimento de R$ 94,3 milhões, todas as unidades da capital e da região da Grande São Paulo receberão kits escolares antes de 3 de fevereiro. No interior e litoral, a expectativa é que todas as escolas recebam os kits até 13 de fevereiro.

A entrega antecipada já foi feita em escolas na capital que atendem alunos dos anos finais do ensino fundamental. “O início do ano letivo é um momento muito importante do retorno de mais de 3,5 milhões de estudantes às escolas. Ter esse momento organizado e planejado é fundamental para as equipes das escolas e principalmente, para nossos alunos”, disse o Secretário de Educação.

O conteúdo do kit varia de acordo com cada ciclo. Para os anos iniciais do ensino fundamental, o pacote inclui 29 itens como apontador, borracha, cadernos, canetas, lápis, gizes de cera, régua, lápis de cor e cola branca. Já para os alunos dos anos finais do ensino fundamental são 30 itens. Estudantes do ensino médio recebem um kit com 25 itens.

Enem 2ª Etapa: Pesquisa aponta os temas que podem cair

A segunda etapa do Enem acontece no próximo domingo (10). Dessa vez o conteúdo está relacionado a ciências da natureza e matemática. O SAS Plataforma de Educação, fez o Raio-x do Enem com análise das últimas 10 edições da prova e ranqueou os 5 temas mais cobrados durante a segunda etapa do teste nas disciplinas de química, física, biologia e matemática. Confira!

Matemática
1º Geometria: 23,9%. 215 questões já foram cobradas desde 2009.
2º Aritmética (quatro operações básicas, potência e raiz) : 13,3%. 120 questões já foram cobradas desde 2009.
3º Escala, razão e proporção: 13,2%. 119 questões.
4º Função (exponencial, logarítmica, primeiro e segundo grau): 82 questões já foram cobradas ( 9,1%).
5º Gráfico e tabelas: 8,6% dos assuntos cobrados no Enem . 77 questões já foram cobradas.


Biologia
1º Humanidade ambiente (relação vida animal e ser humano): 60 questões (17,8%)
2º Citologia (membrana plasmática, células): 48 questões (12,1%)
3º Istologia e fisiologia animal (sistemas fisiológicos): 38 questões (11,2%)
4º Biotecnologia (clonagem, indivíduos trangênicos, quebra de DNA): 27 questões (8%)
5º Fundamentos da ecologia (cadeias alimentares, teias alimentares, bioindicadores ambientais, espécies exóticas): 25 questões (7,4%)

Química
1º Físico-química: 90 questões (26,7%)
2º Química geral: 81 questões (24,0%)
3º Química orgânica: 64 questões (19,0%)
4º Meio ambiente: 39 questões (11,6%)
5º Energia: 26 questões (7,7%)

Física
1º Mecânica (cinemática, trabalho potência e energia e dinâmica): 80 questões (30,1%)
2º Eletricidade e energia (potência e consumo elétrico, circuitos elétricos): 69 questões (25,9%)
3º Ondulatória (efeito dopler, difração, reflexão, fenômenos): 53 questões (19,9%)
4º Termologia (processo de propagação de calor, mudanças de temperatura e de estado físico, calor latente): 42 questões (15,8%)
5º Óptica (espelhos, refração etc): 22 questões (8,3%)

Sobre o SAS Plataforma de Educação

O SAS é uma Plataforma de Educação que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços para mais de 780 escolas em todo o Brasil. O SAS faz parte da Arco Educação, uma startup focada em soluções educacionais para o ensino básico que alia educação de excelência e gestão eficiente.

Prefeito Elvis Cezar assina contrato para a construção do novo Colégio Ana Serra

Foto: Marcio Koch

Em breve o bairro Cidade São Pedro contará com mais uma nova e moderna unidade educacional. Na última semana, o prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar, assinou o contrato para construção do novo colégio Ana Santana, que atenderá 1500 alunos dos ensinos fundamental I, II e médio. 

Com mais de 5.300 m² a unidade contará com 20 salas mais amplas, biblioteca, laboratório de informática, auditório, espaço administrativo com coordenação e diretoria, além de um ginásio poliesportivo com medidas oficiais de jogo, vestiários e arquibancada com capacidade para 420 pessoas. 

“Estamos avançando, investindo pesado na educação e no que nós temos de melhor, que são os nossos alunos e o nosso povo. Vamos construir uma escola de primeiro mundo, que faz parte da nossa política de criar e educar uma geração de vencedores”. Disse o Prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar.

Nos últimos seis anos a prefeitura já inaugurou 12 novos colégios e tem 9 colégios sendo construídos em diversos bairros, que gerarão mais de 5 mil novas vagas de ensino até o final de 2020

 


 

Prefeitura de Carapicuíba entrega mais uma escola reformada na cidade

A Prefeitura de Carapicuíba, através da Secretaria de Educação, reinaugura nesta quinta-feira, 19, por meio do programa “Construindo o Futuro”, mais uma escola revitalizada – a Emei Peter Pan, que foi totalmente remodelada. 

Localizada na Cohab II, a unidade receberá o evento de entrega da reforma e festejará as benfeitorias no prédio, que recebeu obras a fim de atender as necessidades dos alunos e responsáveis, aumentando o conforto, segurança e qualidade do ensino às crianças. 

“Estamos investindo forte na educação e saúde. Nossos alunos merecem essas excelentes condições das escolas reformadas para que o aprendizado seja cada vez melhor”, afirma o prefeito Marcos Neves. 

O projeto, criado pela atual gestão, leva um mutirão de revitalizações às unidades da rede municipal de ensino, com manutenções nas áreas internas e externas; pinturas; vistorias nas redes hidráulicas/elétricas; troca do telhado com sistema térmico; construção de quadra infantil; novos mobiliários e computadores, além da instalação de câmeras de monitoramento e alarmes.

Construindo o Futuro

O Programa Construindo o Futuro tem como objetivo reestruturar as acomodações do ambiente escolar, melhorando as condições de trabalho aos servidores e o aprendizado aos alunos. Com mais essa unidade entregue à população, a lista já soma seis escolas reformadas: Nai Molina do Amaral (Jd. Planalto), Tico – Tico (Cohab V), Cidade Ariston (Ariston), Deolinda Trimboli (Vila Sul Americana) e Vó Tonha (Ariston). 

Em fase final dos serviços, a Emei Carmelinda tem previsão de entrega para os próximos dias. A Miguel Costa Junior e Emei Paraíso das Crianças, passam pela etapa intermediária.

Escritora visita alunos da EMEF Marechal Bittencourt

Visando estimular o gosto pela leitura, tema tão contemporâneo quanto o respeito às diferenças e à empatia, a EMEF Marechal Bittencourt realizou com alunos do primeiro ano C o projeto “O prazer de ler em família”, que contou com a presença da renomada escritora Fabiana Gutierrez, autora do livro “Clara cabelo laranja”.

 

A ação teve seu inicio no mês de agosto, quando alunos e pais realizaram a leitura do livro e registraram a atividade de diferentes formas. Através de vídeos, fotos e depoimentos, surgiu a “Semana da gratidão”, que consistia em produzir cartões para entregar aos funcionários da escola, contando o quanto são valorizados por seus respectivos trabalhos, e como sua presença contribui para o crescimento de todos.

 

O enceramento do projeto ocorreu no dia 23/08, quando Fabiana Gutierrez, responsável pela obra, visitou a unidade escolar e contou a história do livro aos educandos, usando objetos que remetiam aos personagens e principais momentos da trama. Prosseguiu ainda interagindo com os alunos, a partir de uma discussão do tema, e um jogo, no qual o ponto focal era que os estudantes percebessem suas diferenças, qualidades e particularidades.

 

Perguntada sobre a importância do projeto, a escritora explicou: “É muito importante que os alunos desenvolvam o hábito da leitura e a criatividade individual. Contudo, a participação da família é fundamental. Nos dias de hoje as crianças precisam compreender que além das semelhanças, as diferenças também podem ser vistas como algo bom, tudo bem ser diferente”, concluiu.

 

Já a professora Marcia Teixeira ressaltou a importância da visitação da escritora. “Os alunos sequer acreditavam que a autora realmente existia, mas descobriram que pessoas reais podem sim realizar seus sonhos, assim como a Fabiana concretizou o dela, em cima de um tema tão atual”.

 

Rebecca Ribeiro, uma das educandas presentes, opinou sobre o ocorrido: “Cada pessoa tem um jeito de ser e ver as coisas, mas todos devem se respeitar, isso é muito legal de ver”, disse.

 

Ao final do encontro, a escritora foi presenteada com flores e uma caixa que continha diversas cartas escritas pelos alunos e uma boneca de lã da própria escritora. O livro também será traduzido para o inglês e alemão e lançado, em breve, nos Estados Unidos e Alemanha.

 

Sinopse do livro

 

Clara mora em um mundo em preto e branco e vive tentando esconder seu lindo cabelo laranja. Seu sonho era ser como as outras crianças de sua escola até conhecer o mundo de Carlotas, um lugar multicolorido, onde as pessoas se respeitam e vivem em harmonia com suas diferenças. Durante a visita a esse lugar fantástico, algo acontece em um instante mágico e tudo se transforma diante de seus olhos.

Projeto educacional leva aula de espanhol aos alunos da Rede Municipal

As escolas de ensino fundamental EMEF Luiz Bortolosso e Irmã Tecla Merlo, ambas localizadas na zona norte da cidade são consideradas referências positivas no aprendizado. Além de contarem com uma grade curricular que garante a qualidade do ensino, elas oferecem ainda a disciplina de espanhol no contraturno escolar.

 

O Secretário de Educação, José Toste Borges explicou que o projeto piloto será implementado gradativamente em todas as escolas de ensino fundamental. Além disso, o docente considerado apto na seletiva do chamamento e com perfil que corresponda aos critérios passarão por formação continuada ofertada pela Secretaria de Educação.

 

“Com essa proposta, estamos ampliando o acesso ao aprendizado de um novo idioma aos estudantes da rede municipal de ensino, bem como, o prefeito Rogério Lins está possibilitando investimentos na educação para que possamos abrir novas oportunidades, agregando valores não somente ao currículo educacional, mas à vida e a formação cidadã de nossos estudantes”, completa.

 

Segundo o professor Marcos de Moura Pimentel, as aulas de espanhol possuem uma carga horária de cinco (05) horas semanais, contudo, o espanhol é um dos idiomas mais importantes da atualidade e a segunda língua nativa mais falada no mundo, logo a importância desta disciplina no sistema municipal de ensino.

 

 “O incentivo de mais uma língua estrangeria no currículo é de grande relevância e incentivo na ampliação das estratégias de ensino do espanhol, pois em nossa grade curricular os educandos já possuem a disciplina de inglês. No entanto, considero o idioma um excelente investimento na educação pública, pois nem todos os estudantes têm a possibilidade do aprendizado fora da escola”, ressaltou o docente Marcos de Moura Pimentel da EMEF Luiz Bortolosso.

Prefeitura oferece curso de Confecção Industrial de Costura

 

A Prefeitura de Carapicuíba, em parceria com o Governo do Estado de São Paulo, por meio do Programa Via Rápida Emprego, recebe a Unidade Móvel de Confecção Industrial que realiza o curso de costura com o intuito de preparar os moradores para as vagas de emprego da região e também para começar seu próprio negócio.

 

As aulas, que acontecem de segunda à sexta-feira, tiveram início no dia 27 de agosto e vão até o dia 24 de setembro. Ao todo são sessenta alunos, com vinte pessoas em cada período: manhã, tarde e noite.

 

Uma das alunas, Solange Teresinha Amaral Santos, de 50 anos, disse estar realizando um sonho. 

 

“Sou apaixonada por costura e nunca tinha feito um curso na área. Por isso, a minha filha quando viu que havia inscrições abertas fez a minha inscrição e eu fiquei muito feliz. Estou realizando um sonho. Depois de me formar quero costurar em casa, receber encomendas e vamos ver o que o futuro me oferece”, comentou.

 

Kelly Joseane Soares, 36 anos, que está desempregada, vê o curso como a esperança de ter uma nova oportunidade no mercado de trabalho.

 

“Sempre gostei de costura e já fiz alguns outros cursos na área. Agora quero me aperfeiçoar e realizar o meu sonho de ter um ateliê. Com essa estrutura, que é muito boa, vou aprender a mexer em todas as máquinas e ganhar mais qualificação profissional”, afirmou. 

 

Entrega de mais uma escola de educação infantil em Carapicuíba

 

Seguindo com os investimentos em educação, a Prefeitura de Carapicuíba inaugura  mais uma escola de educação infantil, a Emei Regina Marta Pires Fuentes, no bairro Vila Santa Terezinha. 

 

A nova unidade atenderá cerca de 50 crianças, em prédio que soma três salas de aulas, sala de professor, espaço para recreação, berçário, fraldário e refeitório. A conquista soma às ações realizadas pela Secretaria de Educação para o aumento do número de vagas e o avanço na qualidade do ensino na rede municipal de ensino infantil. 

 

Em dois anos, a atual administração já abriu mais de 3.300 vagas nas creches da cidade, entre unidades próprias e conveniadas. Os números são resultados da entrega de novas escolas, a reforma das unidades já existentes e ampliação do atendimento nas conveniadas. A previsão é que até o fim do ano de 2020, mais 2 mil vagas sejam criadas. 

 

“Esta é mais uma importante conquista para os carapicuibanos, e a educação vai continuar crescendo. Estamos construindo um futuro melhor para nossas crianças e jovens, escolas confortáveis e seguras para um aprendizado mais completo”, ressaltou o prefeito Marcos Neves.

 

Câmeras de segurança e alarmes

A segurança dos pequenos também recebe um olhar especial. A Prefeitura instalou câmeras e alarmes em todas as escolas da rede. A Central de Videomonitoramento encontra-se no Centro de Formação dos Professores