Editorial: doação

Morgana Natacha, dona do Instagram @bloginstatpm, que hoje passa a marca de mais de 100 mil seguidores, promoveu uma ação enorme e muita solidariedade.

A ação MARAVIPINK, que é o bordão do seu blog, mobilizou e ajudou centenas de pessoas.

No total foram doados 150 ovos de páscoa, 100 kits de higiene,
150 cestas básicas,
800 iogurtes, 250 pães, 240 bolinhos e muito amor. (Como ela mesmo falou cada doação vai um pedacinho de carinho meu junto).

Não é de hoje que a Morgana Natacha faz essas ações de solidariedade o que lá já fazia em quantidade menor e sem trazer pra suas redes sociais.Então ela resolveu tirar do papel esse projeto, e fazer de uma forma maior e assim ajudar mais pessoas, e divulgar no seu Instagram para influenciar ao bem nesse momento principalmente de pandemia.
Resolvi adiantar essa minha ação que iria acontecer esse ano sim,só que adiantei devido a pandemia.

É um projeto solidário que quero fazer todo ano e conto com ajuda de alguns parceiros de bom coração igual o meu.

#açõesMARAVIPINK que devem acontecer todo ano são:
•Páscoa
•Alimentação/Higiene
•Dia das crianças
•Natal

Foi uma ação enorme a comunicóloga e digital Influencer, realmente fez jus ao seu poder no Instagram, promovendo o bem, ela se comoveu e comoveu centenas de pessoas que se encontram em situações bem difíceis em tempos de pandemia.
Como ela diz: fazer o bem sem olhar a quem,é tão gratificante.

Morgana, mostrou que além de influenciar as pessoas para sua rotina de beleza e entretimento, também pode influenciar o BEM.
Ela usou toda sua quarentena para essa ação e ela agradecer todos que estão ajudando nessa ação solidária.

E vocês achando que acaba por aqui? A Blogueira quer fazer uma ação para o Dia das Crianças.
Quer que essa corrente do bem continue?
Você pode ajudar doando bolas, carrinhos, bonecas e alimentos para ela preparar lanches.
Entre em contato com ela pelo Instagram: @bloginstatpm

Rappi e ONG Gerando Falcões arrecadam mais de 400 mil reais para pessoas de comunidades carentes

Em apenas 10 dias, mais de 2.400 mil pessoas doaram “cestas básicas digitais” por meio do botão no superapp

Unindo forças no combate a fome, a Rappi e a ONG Gerando Falcões lançaram um botão dentro do superapp para arrecadar “cestas básicas digitais” para pessoas que vivem em comunidades carentes. Em 10 dias de ação, foram arrecadados mais de 400 mil reais, montante que representa 8 mil cestas básicas digitais distribuídas para comunidades carentes por todo país.

Mais de 2.400 pessoas doaram valores que vão de R﹩ 5 a R﹩ 10.000, revertidos integralmente para a ONG Gerando Falcões. “Estamos extremamente contentes com o resultado da ação e queremos alcançar ainda mais doações para essas famílias. Em um momento tão crítico como o que estamos vivendo, é incrível ver a mobilização dos nossos usuários para ajudar”, explica Sergio Saraiva, presidente da Rappi no Brasil.

Para mais informações, acesse o site: gerandofalcoes.com/ coronanoparedao e para doações baixe o aplicativo da Rappi e entre no botão Doe Agora, na home do app.

Ainda mais solidariedade em tempos de pandemia

Além das doações por meio do botão, a Rappi identificou aumento de 50% no percentual de pessoas dando gorjeta aos entregadores parceiros, principalmente aos finais de semana. Os valores, na média, cresceram 80% e mais pessoas estão dando acima de 5 reais – na opção “outro valor”. Além disso, identificamos semanas que 50% dos pedidos possuem gorjetas.
Sobre a Rappi

A Rappi é um superaplicativo que resolve a vida de seus usuários ao oferecer a eles uma plataforma única para suas necessidades e desejos diários. A startup, criada em 2015, chegou ao Brasil em julho de 2017 e já está presente em mais de 60 cidades brasileiras. Por meio do aplicativo é possível conseguir produtos e serviços de diferentes categorias, incluindo restaurantes, supermercados, farmácias, manicure, dogwalker, entre outros. Além do Brasil, a Rappi está presente na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Peru e Uruguai.

Cepad registra 52 adoções de cães e gatos em julho

No balanço realizado pelo Cepad – Centro de Proteção ao Animal Doméstico, no mês de julho, o município registrou 52 adoções (20 caninos machos, 19 caninos fêmeas, seis felinos machos e sete felinos fêmeas). O número de adoções em julho superou os obtidos nos meses de abril (37), maio (38) e junho (50), prática que veio crescendo gradativamente. Os cães e gatos já saem do local vermifugados, vacinados, castrados e microchipados .

Com estas doações, o Cepad tem por objetivo promover a guarda responsável dos animais, estabelecendo através do seu tutor a vacinação periódica, avaliações por médico veterinário, alimentação correta, local que permita abrigo contra chuva, sol e vento, espaço para circulação, higienização (banho e tosa), identificação através de registro animal (microchipagem) e, principalmente, muito amor e carinho.

A guarda responsável, consequentemente, reflete na redução do abandono, da reprodução desordenada, dos atropelamentos, da transmissão de doenças entre animais e seres humanos e do índice de problemas graves de saúde animal como o câncer.

Outro procedimento que é aconselhado por médicos veterinários é a castração do bichinho, pois sua realização ajuda na redução das chances de se adquirir câncer de mama e de próstata. Existe uma prática de deve ser abolida que é a aplicação de injeções de anticoncepcional, que podem desenvolver na fêmea piometra (doença que pode levar o animal à morte), tumores uterinos e tumores mamários.

Fundo Social encerra maior campanha do agasalho de sua história

Com um saldo de 51 mil peças arrecadadas e 6.380 famílias atendidas em 52 bairros, o Fundo Social de Solidariedade de Cotia encerrou a Campanha do Agasalho 2017 “A Solidariedade Aquece – Doe um Agasalho”.

As doações foram realizadas em parceria com os líderes de bairro que mobilizaram os moradores das regiões atendidas e cederam espaço para a entrega dos agasalhos. “Foi uma parceria muito importante e nos ajudou a chegar às famílias que realmente precisam”, destacou Mara Franco, presidente do fundo e secretária de Desenvolvimento Social, que agradeceu aos muitos parceiros, secretários, empresários, comerciantes, funcionários públicos e à sociedade em geral que contribuíram com a campanha.

A campanha começou em maio e, em junho, toda a arrecadação já foi entregue à população. “Nos antecipamos ao máximo, porque o agasalho tem que chegar antes do frio”, disse Mara. A campanha também beneficiou a APAE de Cotia e pessoas em situação de rua.

Alimento que Aquece

Paralelo à Campanha do Agasalho, o Fundo Social de Cotia também iniciou uma ação junto a moradores de rua. Desde o início de junho, voluntários percorrem diversos pontos de Caucaia do Alto, Atalaia e região central distribuindo sopas à noite. A campanha foi batizada de “Alimento que aquece –  nosso principal tempero é o amor” e segue até o final de julho.






Prefeitura de Jandira recebe doações de cadeiras de rodas e aparelhos ortopédicos

Utensílios foram doados pelo SENAI e por uma empresa de Alphaville e serão destinados à população após avaliação social

Na última semana, a Secretaria de Desenvolvimento Social de Jandira recebeu duas importantes doações de empresas que irão ajudar a população. A primeira doação foi da empresa AN Administrações e Participações, sediada em Alphaville. Ao todo, foram 25 cadeiras de rodas, 25 cadeiras de banho, 32 bastões ortopédicos, 31 andadores e 32 muletas.

Todo esse material será de grande utilidade para a população de Jandira e será destinado para a população após análise de critérios de avaliação social que será feita pela Secretaria.

Também em março, a Prefeitura recebeu a doação de uma cadeira de rodas, por parte da unidade SENAI da cidade. O equipamento foi cedido a um morador, que está se recuperando de cirurgia nas pernas e braços.

De acordo com o SENAI, o equipamento foi obtido a partir de uma parceria com a empresa CCR ViaOeste, pelo projeto Lacre Solidário. A parceria consiste na coleta de lacres de latas de refrigerantes e sua posterior revenda.

Ao todo, alunos e funcionários do SENAI arrecadaram 140 garrafas PET cheias de lacres, que são revendidos e reciclados, com apoio da CCR-ViaOeste. Em troca da arrecadação, o SENAI recebeu a cadeira de rodas.






Fundo Social de Barueri já recebe doações para Bazar beneficente

Peças arrecadadas na abertura da Campanha em desfile de moda (Divulgação/Secom-Barueri)

O Fundo Social de Solidariedade está recebendo doações para o Bazar beneficente em prol da Campanha do Agasalho. Ele será realizado no dia 29 de abril, às 9 horas, na sede da secretaria de Promoção Social.

 

Serão aceitas doações de roupas, calçados, acessórios, móveis, objetos de decoração, bijuterias e qualquer item em bom estado que possa ser vendido. Toda arrecadação do bazar será utilizada para a compra de roupas novas de inverno, que serão distribuídas na Campanha do Agasalho 2017. O Fundo Social de Solidariedade de Barueri estima atender este ano 10 mil famílias cadastradas nos cinco Cras (Centro de Referência de Assistência Social), do município (Jardins Silveira, Mutinga e Belval; Parque Imperial e Engenho Novo).

 

Em casos de itens onde haja necessidade de transporte (móveis, por exemplo), basta entrar em contato para agendar a retirada da doação.

 

 

SERVIÇO

O Fundo Social de Solidariedade de Barueri funciona na sede da secretaria de Promoção Social. O endereço é Avenida 26 de Março, 1.159, Jardim São Pedro. O telefone para informações é o 4199.2800.