Editorial: DER

Obras nas rodovias seguem em andamento na região metropolitana de São Paulo, mesmo com a pandemia

Imagem: Pixabay
Modernização de 212,75 kms de estradas gera 1.018 empregos e traz benefícios aos municípios lindeiros da região

O Governo de São Paulo manteve o cronograma de obras de infraestrutura nas rodovias da região metropolitana de São Paulo mesmo diante de um cenário pandêmico. Os trabalhos realizados pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio do DER – Departamento de Estradas de Rodagem e pelas concessionárias, sob fiscalização da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo, não foram paralisados sequer nos meses de quarentena mais intensa (março e abril).

Atualmente, na região metropolitana de São Paulo são 09 intervenções em andamento, totalizando R﹩ 418,7 milhões de reais em investimentos com a modernização de 212,75 quilômetros de estradas. No Estado, são 132 obras com 1.500 quilômetros de vias em modernização que receberam investimentos de R﹩ 5,3 bilhões, geraram 13 mil empregos diretos e indiretos e beneficiarão 155 cidades com as futuras melhorias.

Duplicação de rodovias, faixas adicionais, marginais, novas pistas e recapeamentos de trechos existentes são alguns dos serviços que estão sendo realizados. As obras, além de beneficiar diretamente na mobilidade de quem viaja pelas rodovias que cortam os municípios da Grande São Paulo, contribui na geração de postos de trabalho. Somente para a região, foram mais de 1.018 novos empregos.

O secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, explica que manter obras de infraestrutura é fundamental para a retomada do crescimento econômico e o desenvolvimento regional. “Em todo o estado estamos atualmente com 132 obras em andamento, totalizando 1.500 quilômetros de rodovias. Em tempos de dificuldades, não podemos parar. Essas obras geram milhares de empregos. Além disso, o modal rodoviário é o principal meio de escoamento e abastecimento da população. O crescimento da infraestrutura paulista fortalece a retomada da economia do Estado e do País”.

“As rodovias da região metropolitana são importantes ligações da capital paulista ao litoral e interior do Estado e, com o resultado das obras, temos certeza que os usuários poderão contar com viagens ainda mais seguras e confortáveis”, afirma Milton Persoli, diretor-geral da ARTESP. “Estamos alinhados com todas as concessionárias para que, apesar da pandemia, consigamos seguir com nossa programação, com todos os cuidados necessários para preservar a saúde dos profissionais que atuam nas frentes de trabalho.”

Principais obras em andamento na região:

ARTESP

SP 021

Municípios: Carapicuíba, Osasco

Implantação de Marginal – km 19+700 ao 24+400 – ambos os sentidos (Padroeira – Raposo)

Investimento: R﹩ 57,2 milhões

Início: 01/06/2010

Previsão de término: 31/05/2021

SP 021

Municípios: Carapicuíba, Osasco

Faixa Adicional do km 15+500 ao 19+700 – Interna

Investimento: R﹩ 20,5 milhões

Início: 17/09/2012

Previsão de término: 31/05/2022

SP 021

Municípios: Barueri, Carapicuíba, Cotia, Embu, Osasco, Santana de Parnaíba, São Paulo

Pavimento Rígido – Intervenções ao longo da concessão – Ano 13

Investimento: R﹩ 1,1 milhão

Início: 01/06/2020

Previsão de término: 31/05/2021

SP 021

Municípios: Embu, Itapecerica da Serra

Pavimento Asfáltico – 1ª Intervenção Pista Externa e Interna km 30+000 ao km 43+200 – Trecho Sul

Investimento: R﹩ 18,1 milhões

Início: 02/12/2019

Previsão de término: 01/12/2020

SP 021

Município: São Paulo

Pavimento Asfáltico – 1ª Intervenção Pista Externa e Interna km 51+000 ao km 63+200 – Trecho Sul

Investimento: R﹩ 16,8 milhões

Início: 11/06/2019

Previsão de término: 11/11/2020

DER

SP 250

Duplicação e melhorias no trecho entre o Km 48,7 e o Km 62,6 com total de 13,9 km

Municípios: Vargem Grande Paulista, Cotia e Ibiúna

Investimento: R﹩ 115,1 milhões

Início: Janeiro de 2018

Previsão de término: Dezembro de 2020

SP 250

Duplicação e melhorias na via dividido em dois lotes

Lote 1

Duplicação e melhorias na via, incluindo a elaboração do projeto executivo de duas passarelas, Do Km 45,2 ao Km 48,7

Município: Vargem Grande Paulista

Investimento: R﹩ 25,1 milhões

Início: Setembro de 2018

Previsão de término: Dezembro de 2020

Lote 2

Duplicação e melhorias na via, incluindo a elaboração do projeto executivo de duas passarelas, alargamento de uma ponte e de dois muros de contenção, do Km 62,6 ao Km 69,58

Município: Ibiúna

Investimento: R﹩ 41,9 milhões

Início: Setembro de 2018

Previsão de término: Dezembro de 2020

SP 031

Municípios: São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Pires e Suzano

Recuperação da pista e das rotatórias do Km 33,1 ao 70,3

Investimento: R﹩ 19 milhões

Início: junho de 2019

Previsão de término: setembro de 2020

SP 088

Municípios: Arujá e Mogi das Cruzes

Melhorias entre o Km 32 e o 33,3 e duplicação e melhorias no trecho entre o Km 33,3 e o 39,4, além de quatro passarelas nos Kms 33,54; 35,23; 37,97 e 38,81

Investimento: R﹩ 103,9 milhões

Início: janeiro de 2018

Previsão de término: dezembro de 2020

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 31% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.

Ação do Governo do Estado durante a pandemia nas rodovias de São Paulo completa cinco meses

Parceria entre ARTESP, DER e concessionárias resultou na entrega de milhares de kits de higiene e alimentação, tags de cobrança automática, além de testes de Covid-19 e vacinas da gripe

Desde março, o Governo do Estado de São Paulo coordena ação entre ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo, concessionárias do Programa de Concessões Rodoviárias e Departamento de Estradas de Rodagem (DER), com o objetivo de apoiar os motoristas profissionais durante a pandemia. Foram entregues, nas rodovias concedidas, milhares de kits de alimentação e higiene, além distribuição de tags, vacinação contra influenza e testes rápidos para detecção do COVID-19.

Nos cinco meses (março até agosto), os caminhoneiros receberam 233 mil kits de higiene pessoal e 299 mil kits de alimentação (marmitex com refeição completa, embalagens com lanches ou vales refeição). As operações nas rodovias resultaram ainda na vacinação de mais de 15 mil motoristas contra a Influenza e na realização de 6,2 mil testes rápidos para detecção de COVID-19. Além disso, para evitar o contágio com a troca de cédulas nos pedágios, 54,4 mil tags – adesivos eletrônicos para a cobrança automática de pedágio – também foram entregues sem custo.

“A percepção de que os motoristas profissionais seriam um dos que manteriam a rotina de trabalho, pela necessidade de abastecimento das cidades, fez o governo agir rapidamente e criar um plano de ação para apoiá-los nesse período”, afirma João Octaviano Machado Neto, secretário de Logística e Transportes.

“Com o Programa de Concessões Rodoviárias, foi possível estruturar de forma precisa como seria a distribuição de kits. Assim, os motoristas foram assistidos pelas equipes das concessionárias, com a possibilidade de receber alimentação, imunização, serem testados e encaminhados para mais exames, além de receberem a tags, que evitam o contato humano no pedágio”, avalia Milton Persoli, diretor geral da ARTESP.

A ação continua sendo realizada e a localização varia de acordo com cada rodovia concedida, podendo ser em praças de pedágio, postos de combustíveis ou nos Centros de Controle Operacional (CCOs) das concessionárias. Os motoristas podem conferir os locais de distribuição de kits e distribuição de tags no site http://www.abastecimentoseguro.sp.gov.br/mapa/. A página foi lançada pelo Governo do Estado e conta com um mapa, atualizado semanalmente, onde também estão indicados locais com restrição de circulação dos veículos ou bloqueios municipais.

Outras medidas com o intuito de beneficiar os motoristas também estão sendo tomadas pelo Governo do Estado, como a suspensão das pesagens nas rodovias estaduais, a liberação de espaços nos postos de pesagem das rodovias para apoio e descanso de caminhoneiros, e o acesso liberado para caminhões aos domingos à tarde na chegada à Capital.

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 31% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.

Apesar de tráfego intenso, rodovias paulistas registram queda de mortes e de acidentes no feriado

Imagem: Divulgação
Cerca de 6,8 milhões de veículos viajaram entre os dias 3 e 7 de setembro. Neste ano, o feriado foi prolongado e, mesmo assim, houve menos mortes nas estradas – em 2019 o 7 de Setembro caiu num sábado

Mesmo com o registro de tráfego intenso nas rodovias paulistas, o Governo de SP contabilizou menos mortes (- 7,4%) e menos acidentes (- 15,4%) no feriado de 7 de Setembro na comparação com 2019.

Neste ano, DER e Artesp registraram 25 mortes nas estradas, ante 27 no ano passado, e 757 acidentes, contra 895 em 2019. A comparação abrange 5 dias entre 3 e 7 de setembro deste ano e 5 e 9 do mesmo mês de 2019, quando o feriado caiu num sábado – mesmo com o feriado prolongado agora, houve menos mortes e acidentes.

Somente nas rodovias administradas pelo DER, houve redução de 13,7% no total de acidentes e 53,8% no número de vítimas fatais.

De acordo com o secretário estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, os números reforçam a principal preocupação do Governo de São Paulo, que é garantir a segurança dos usuários. “Todos os projetos desenvolvidos na Secretaria junto com a Artesp têm esse objetivo. Manter a qualidade das rodovias, a boa sinalização, além de campanhas educativas permanentes”, afirma.

“A ARTESP, em parceria com as 20 concessionárias reguladas, realizou trabalho de conscientização dos usuários das rodovias, por meio de frases nos painéis móveis sobre o risco do contágio de Covid-19, e de informação sobre as condições das pistas através das redes sociais e plataformas para garantir a segurança”, afirma o diretor-geral da Artesp, Milton Persoli. “Nossas equipes foram reforçadas no feriado prolongado”, completou o superintendente do DER, Paulo Tagliavini.

Movimentação nas estradas

Passaram pelas rodovias 6,786 milhões de veículos neste ano ante 6,761 milhões de 2019, de acordo com os dados coletados pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes (SLT), por meio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) e Polícia Rodoviária Estadual – que esteve presente com todo o efetivo operacional nos mais de 22.000 km de rodovias estaduais.

O aumento mais expressivo, dentre as rodovias administradas pelo DER, se deu na Mogi-Bertioga com 71,6% de veículos a mais do que em 2019.

Rodovias Concedidas

No sistema de rodovias que integram o Programa de Concessões Paulista houve redução de 3,2% no fluxo de veículos no período de 3 a 7 de setembro deste ano em comparação a 5 a 9 de setembro de 2019. No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, passaram 2.043 milhões de veículos de 3 a 7 de setembro nas praças de pedágio próximas à capital, resultando em redução de 12,1% dos veículos em ambos os sentidos neste feriado quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro de 2019.

Na rodovia Castello Branco (SP 280), principal eixo de ligação para a região Oeste do Estado, de 3 a 7 de setembro passaram aproximadamente 1.596 milhão de veículos nas praças de pedágio de Itu e Itupeva – redução de 11,3 % no fluxo de veículos em ambos os sentidos, quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro passado.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso às praias do litoral sul e à Baixada Santista, um volume total de 634 mil veículos leves e pesados trafegaram no sistema de 3 a 7 de setembro deste ano – aumento de 20,7% em relação ao período de 5 a 9 de setembro de 2019.

Para a concessão da Ecopistas, que administra as rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, houve a passagem de aproximadamente 1.053 milhão de veículos de 3 a 7 de setembro nas praças de pedágio do sistema – aumento de 6,1% quando comparado ao período de 5 a 9 de setembro do ano passado.

Na Rodovia dos Tamoios, ligação com o litoral norte, houve um registro de 315 mil veículos nas praças de pedágio em ambos os sentidos de 3 a 7 de setembro – aumento de 67,4% em relação a 5 a 9 de setembro de 2019.

Outras rodovias

– Rodovia Rio-Santos (SP 055), litoral norte: aumento de 53,4 % (de 117.758 veículos para 180.650)

– Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP 055), litoral sul: aumento 26,3% (244.809 veículos para 310.736)

– Mogi-Bertioga (SP 088): aumento de 71,6 % (62.706 veículos para 107.581)

– Rodovia Oswaldo Cruz (SP 125): aumento de 19,1 % (de 45.171 veículos para 53.784)

– Raposo Tavares (SP 270): aumento de 2,9% (de 393.927 veículos para 405.269)

– Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro: aumento de 31,4% (de 65.608 veículos para 86.181)

Travessias

A movimentação foi intensa também nas Travessias Litorâneas do Estado de São Paulo no período de 04/09 a 07/09. O trecho São Sebastião/Ilhabela transportou 5.429 veículos neste feriado – 10% maior em relação ao feriado de 7 de setembro de 2019, quando passaram 4.926 usuários.

O mesmo comportamento foi registrado na travessia Santos/Guarujá, quando 20.455 veículos usaram as embarcações. Em comparação com o mesmo feriado do ano passado teve uma leve alta de 6%, quando transportou 19. 196 veículos.

Apesar do fluxo intenso, as travessias São Sebastião/Ilhabela e Santos/Guarujá não registraram tempos elevados na espera para embarque, fato que se tornou constante desde o ano passado, após o início da nova gestão da SLT em 2019.

Sobre a ARTESP

A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 31% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.

Mensagens nas rodovias estaduais reforçam orientação para motoristas evitarem viajar no feriado de 7 de setembro

Imagem: Divulgação

Recomendação é não pegar a estrada sem necessidade neste fim de semana prolongado para reduzir o risco de contaminação pela Covid-19

Com o feriado do Dia da Independência, comemorado na próxima segunda-feira, sete de setembro, a Secretaria Estadual de Logística e Transportes, o DER, a ARTESP e as concessionárias que integram o Programa de Concessão de Rodovias do Governo do Estado de São Paulo fazem reforço nas mensagens de orientação nas rodovias, para que os usuários evitem viajar desnecessariamente e, assim, manter o protocolo vigente de quarentena e isolamento social em razão da pandemia da COVID-19.

Mesmo com a flexibilização, a pandemia ainda está em vigor e as restrições para o convívio social permanecem. Para estimular a conscientização, o DER e as concessionárias de rodovias estão veiculando nos painéis eletrônicos mensagens de alerta e orientação aos usuários:

▪ Neste feriado, respeite a quarentena, fique em casa!
▪ Previna-se contra o Coronavírus. Evite aglomerações.

Os avisos também serão reforçados pelas redes sociais dos órgãos estaduais e concessionárias. A recomendação é para que não ocorra aumento na movimentação de veículos, uma vez que muitos motoristas planejam pegar a estrada rumo ao litoral e ao interior do estado para aproveitar o fim de semana prolongado.

Mesmo com a recomendação para evitar viagens, o DER e as concessionárias mantêm suas equipes a postos para a prestação de serviços essenciais aos usuários, como socorro mecânico, guincho e ambulância, além das equipes de monitoramento dos Centros de Controle Operacionais (CCOs) e da manutenção da malha, com serviços de conservação do pavimento e sinalização.

PREVENÇÃO
Medidas para reforçar a higiene e reduzir o risco de contágio nas praças de pedágio também serão adotadas, como a disponibilização de álcool em gel para os operadores e para os usuários.

Algumas concessionárias de rodovias vão distribuir máscaras aos motoristas que passarem pelas praças de pedágio, com o objetivo de ajudar na prevenção à COVID-19. A Ecorodovias, que administra os sistemas Anchieta-Imigrantes e Ayrton Senna-Carvalho Pinto, distribuirá 40 mil máscaras aos usuários.

MOVIMENTO INTENSO NO LITORAL NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA DE AGOSTO
A precaução está sendo adotada após as rodovias paulistas e o sistema de travessias litorâneas terem registrado um grande fluxo de veículos no último fim de semana de agosto, entre os dias 28 e 30, em comparação a outros fins de semana anteriores ao início da quarentena por causa da pandemia da COVID-19.

No Sistema Anchieta-Imigrantes, que dá acesso ao litoral sul e à Baixada Santista, o volume de tráfego, considerando somente a descida em direção às praias, chegou a 202.526 veículos. O número é alto se comparado ao registrado no feriado prolongado de Carnaval deste ano (entre 21 e 26 de fevereiro), quando o fluxo chegou a 364.536 veículos.

Já na Rodovia dos Tamoios, a movimentação de veículos foi de 154.836 entre sexta (28) e domingo (30), enquanto no período de Carnaval (entre 21 e 26 de fevereiro) foram registrados 335.802 veículos.

A Travessia São Sebastião/Ilhabela, por exemplo, transportou 5.428 veículos no fim de semana (entre 28 e 30 de agosto). Para se ter uma ideia, esse número é maior do que a média do volume transportado no feriado do Carnaval (entre 21 e 26 de fevereiro), quando foi registrada a passagem de 5.391 veículos. O mesmo comportamento foi registrado na travessia Santos/Guarujá, quando mais de 20 mil veículos usaram as embarcações no último fim de semana de agosto.

Travessias (média diária de volume transportado)
▪ São Sebastião/Ilha Bela
Ano Novo (27/12 a 07/01/20) – 7.284 veículos
Carnaval (21 a 26/02/20) – 5.391 veículos
Fim de semana (28/08 a 30/08/22) – 5.428 veículos

▪ Santos/Guarujá
Ano Novo (27/12 a 07/01/20) – 20.474 veículos
Carnaval (21 a 26/02/20) – 16.946 veículos
Fim de semana (28 a 30/08/22) – 20.456 veículos

Rodovias do DER (total de veículos)
Ano Novo 2020 (27/12/2019 até 02/01/2020): 1.710.634
Carnaval 2020 (21/02/2020 até 12h de 26/02/2020): 1.121.184
Fim de Semana (28 a 30/08/2020): 609.002

Rodovias concedidas: total de veículos
Ano Novo 2020 (27/12/2019 a 02/01/2020):
Sistema Anchieta Imigrantes: 684.380 (média diária: 97.769)
Tamoios: 591.792 (média diária: 84.542)

Carnaval 2020 (21 a 26/02/2020):
Sistema Anchieta/Imigrantes: 364.536 (média diária: 60.756)
Tamoios: 335.802 (média diária: 55.967)

Fim de semana (28 a 30/08/2020)
Sistema Anchieta/Imigrantes: 202.526 (média diária: 67.509)
Tamoios: 154.836 (média diária: 51.612)

Sobre a ARTESP
A ARTESP – Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo – regula o Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Sob sua gerência, estão 20 concessionárias, que atuam em 10,8 mil quilômetros de rodovias, o que representa quase 31% da malha estadual, abrangendo 283 municípios.

A Agência também fiscaliza o Transporte Intermunicipal de Passageiros, exceto nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, Campinas, Baixada Santista, Vale do Paraíba e Litoral Norte. Dentre as ações, realiza auditoria de frota, garagem e instalações, ações fiscais na operação das linhas regulares, nos terminais rodoviários e nas rodovias. Além disso, a ARTESP é responsável pela regulação da concessão de cinco aeroportos regionais.

APLICATIVO DER ONLINE GANHA FUNCIONALIDADE PARA DEFESA DE AUTUAÇÃO

O aplicativo DER ONLINE ganha nova funcionalidade e, a partir desta quarta-feira feira (02), passa a permitir a realização da Defesa de Autuação. O download do aplicativo pode ser realizado por smartphones – com tecnologia Android, por meio do Google Play Store, e iOS, do Apple Store. O DER ONLINE, que é gratuito, possibilita acesso aos serviços relacionados às multas e recursos emitidos pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Com design moderno, de fácil usabilidade e navegação intuitiva, o app permite que os proprietários dos veículos realizem procedimentos antes burocráticos, com mais comodidade, agilidade e em qualquer horário. De 12 de agosto, quando o aplicativo foi lançado, até hoje, já foram realizados 18.610 downloads por celulares Andoid e 5.818 por aparelhos iOS.

Notificação de Autuação – Após o registro da infração, o primeiro comunicado ao proprietário do veículo é chamado de Notificação de Autuação. Nesta etapa, o proprietário terá 30 dias após a emissão da notificação para entrar com uma Defesa de Autuação (caso discorde da aplicação da infração) ou para identificar o condutor responsável pela autuação – serviço que também poderá ser realizado via app do DER Online.

Está disponível no App um botão específico para a Defesa de Atuação e o passo a passo é bem intuitivo. Deverão ser anexados, via câmera do próprio smartphones, a cópia da notificação da autuação ou do auto de infração; cópia da CNH ou documento que comprove a assinatura do requerente; cópia documento do veículo (CRLV); entre alguns documentos específicos para pessoa jurídica.

A Defesa de Autuação é prevista pelo Artigo 9º da Resolução CONTRAN nº 619/2016, que estabelece e normatiza os procedimentos para a aplicação das multas por infrações.

No site do DER – A Defesa de Autuação também está disponível no site oficial do DER (www.der.sp.gov.br), por meio do botão com o mesmo nome na aba – lado esquerdo – “Multas e Recursos”.

Outros serviços – O DER ONLINE já permite a indicação do condutor online, consulta de quaisquer multas cometidas nas rodovias estaduais paulista e o pedido da Penalidade de Advertência por Escrito (PAE). Os motoristas também poderão acompanhar o resultado da análise da defesa de autuações e os recursos administrativos enviados ao órgão e indicação de condutor infrator.

Ainda no 2º semestre deste ano, está previsto a liberação do Recurso Administrativo JARI. A modernização dos trabalhos do DER integra o compromisso da nova gestão do Departamento em oferecer mais eficiência nos serviços prestados, de maneira menos burocrático, sem filas, nas plataformas mais modernas e tecnológicas.

Como baixar ou atualizar o aplicativo – Quem já possui o app, deve procurar suas respectivas lojas (Google Play ou Play Store) para atualizar o aplicativo.

Já quem busca o app DER ONLINE pela primeira vez e tem um iPhone, deve visitar o site http://apps.apple.com/br/app/der-online/id922943339.

Caso utilize um Android, acesse o http://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.sp.der.mobile&hl=pt_BR.

Depois de instalar o app, clique no ícone e informe a placa do veículo, o número AIT, o registro da CNH, selecione o estado e insira um e-mail.