Editorial: cotia

Guarda Civil prende traficante no Jardim Nova Coimbra

Nesta semana, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Cotia prendeu um homem acusado de tráfico de drogas no bairro Jardim Nova Coimbra. A prisão aconteceu na rua dos Canários. Com a presença da GCM, o homem ainda tentou esconder as drogas que estavam em seu poder, mas foram localizadas pelos agentes de segurança.

Ao avistar a viatura, em patrulhamento pelo bairro, o homem jogou uma bolsa preta que estava em seu poder e uma sacola plástica. O suspeito ainda tentou fugir do local, mas foi alcançado e abordado. Na revista foi encontrado apenas R$ 5 em espécie. Ao fazerem a varredura no local em que ele havia dispensado as sacolas, a GCM encontrou 23 pedras de crack e 11 papelotes de cocaína.

O homem recebeu voz de prisão e confessou que vendida drogas no local há três dias. O caso foi registado na Delegacia de Cotia.

Secretaria de Obras conclui a pavimentação de vias do Jardim Santa Paula

A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos de Cotia concluiu o trabalho de pavimentação que estava sendo executado nas avenidas Santa Paula, Áustria e Inglaterra, no bairro Jardim Santa Paula, em Caucaia do Alto. Foram mais de três quilômetros de vias pavimentadas melhorando o acesso de quem mora no local. Antes de terra, as avenidas eram de difícil acesso aos moradores quando chovia.

No bairro Santa Paula, a Prefeitura também executou a implantação de uma linha de tubos para drenagem de águas pluviais na rua Áustria. O trabalho foi executado por meio do programa “Asfalto Novo”, que já beneficiou dezenas de bairros, desde o início da gestão do prefeito Rogério Franco.

GCM prende homem acusado de estupro de vulnerável

Durante um patrulhamento pela região da Quinta dos Anjicos, na tarde de domingo (6/1), a Guarda Civil Municipal de Cotia atendeu a uma ocorrência de populares agredindo um homem. Ao abordar as pessoas, a GCM constatou se tratar de moradores revoltados com E.G.A, de 54 anos de idade, acusado de molestar uma garotinha de seis anos de idade. O homem precisou de atendimento médico e acabou preso.

De acordo com o Boletim de Ocorrência lavrado na Delegacia de Cotia, E.G.A vai responder por estupro de vulnerável. Testemunhas contaram à GCM e à Polícia que o acusado foi flagrado por R.A.S, 28 anos, no momento em que pedia para a criança acariciar o seu corpo e, por fim, retirou o órgão genital para fora da calça e colocou a mão da menina.

A GCM agiu rápido e impediu a fuga do acusado, que chegou a tentar se evadir do local. A ocorrência foi atendida pela ROMU.






IPTU 2019: pagamento antecipado e à vista terá 10% de desconto

Os carnês para o pagamento do IPTU 2019 já estão chegando nas residências de todo o município, mas caso o contribuinte ainda não tenha recebido, as guias também estão disponíveis para impressão pelo site oficial da Prefeitura de Cotia (www.cotia.sp.gov.br).

Além do pagamento à vista, que conta com 10% de desconto, o contribuinte também pode parcelar o valor em até 12 vezes. Em qualquer uma das opções, o contribuinte já pagará o valor corrigido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) dos últimos 12 meses, de 4,53%.

Pagamentos de até R$1,5 mil reais, podem ser feitos em qualquer lotérica, valores superiores, além das lotéricas, também podem ser feitos nos bancos conveniados: Caixa Econômica Federal; Banco do Brasil; Bradesco; Itaú; Santander e Sicredi.

Os carnês foram confeccionados em dois lotes, os contribuintes com cadastro regular e contribuintes com cadastro irregular. Os contribuintes com cadastro regular poderão pagar em qualquer agência bancária e lotéricas. Já os contribuintes com cadastro irregular, poderão pagar somente em agências da Caixa Econômica Federal e lotéricas.

É muito importante que os contribuintes com cadastro irregular procurem o Centro Integrado Tributário (CIT) mais próximo, para a atualização do cadastro, eles ficam localizados em dois endereços: Avenida Roque Celestino Pires, nº1.204 (centro de Caucaia do Alto) ou na Avenida Benedito Isaac Pires, nº35 (Jardim Nomura).

O IPTU é uma das principais fontes de arrecadação de Cotia, sendo um imposto que fica integralmente nos cofres do município, sendo utilizado em projetos de interesse da população. O valor arrecadado retorna aos contribuintes em forma de investimentos em infraestrutura, saúde, educação, garantindo melhorias para o dia a dia da população.






Prefeitura de Cotia vai substituir mais de 3,9 mil carteiras escolares

O ano letivo de 2019 vai começar com muita novidade em Cotia, a partir do dia 4 de fevereiro. Além dos uniformes e materiais escolares, – que começarão a ser entregues aos mais de 30 mil alunos da rede municipal, a partir do primeiro dia de aula – os alunos também vão encontrar mudanças nas salas de aula. Isso porque a Prefeitura já entregou as mais de 3.900 carteiras escolares em conformidade com pedidos dos diretores das unidades. A mobília irá substituir as que estavam quebradas e vão suprir a demanda de alunos deste ano.

De acordo com a Secretaria de Educação, no segundo semestre de 2018, foi realizada uma reunião com a direção de todas as escolas. No encontro, que serviu para tratar sobre diversos assuntos, foi apresentado uma relação de quantas carteiras precisavam ser substituídas por escola. “Em 2018, centenas de carteiras foram entregues nas escolas, também de acordo com as necessidades apresentadas pelas direções. Para 2019, uma nova demanda foi trazida pelas escolas e, prontamente, já foram atendidas”, disse o prefeito Rogério Franco.

As carteiras entregues pela Prefeitura vão atender estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e foram adquiridas em três tamanhos diferentes. “Com planejamento e respeito temos avançado em diversos pontos. Em 2019, dezenas de escolas retomarão as atividades com manutenções e reformas realizadas, como material e uniforme para os alunos. Estamos licitando a reforma completa de mais 40 escolas, em 2018 este trabalho foi feito em 32 unidades, bem como reparos menores em outras dezenas. Enfim, a educação em Cotia vive um novo momento”, completou o prefeito.

 






Hospital da região oferece atendimento humanizado em hemodiálise

Pacientes de hemodiálise e equipe médica participam de confraternização de fim de ano.

Romper a rotina com atividades que divertem e tornam o dia a dia mais feliz e descontraído é também uma possibilidade aos pacientes que passam pelo difícil processo de hemodiálise. No Hospital São Francisco, aqueles que recebem o tratamento encontram nesse setor a chance de conviver com a doença de maneira mais leve e com maior qualidade de vida .

Um exemplo disso ocorreu agora no natal. Em um ambiente alegre e positivo, os pacientes com doenças renais e seus familiares, que se encontram três vezes por semana em sessões de diálise que duram até quatro horas, na semana natalina depararam-se com uma árvore enfeitada, comidinhas e presentes.  Tudo isso para o amigo secreto realizado também com a equipe de médicos e enfermeiros.

Eles chegam no mesmo horário, sentam na mesma máquina, compartilham suas histórias com o paciente ao lado e criam vínculos. Aqui não é só uma clínica de diálise com o objetivo de melhorar o resultado dos exames, a gente também quer uma melhora holística do paciente e que envolva igualmente os familiares. Isso é muito importante para o tratamento”, relata o médico Elias Flato, que é responsável pela Hemodiálise do Hospital São Francisco.

Segundo Elias Flato, especialista em Nefrologia, o procedimento precisa ser realizado quando a doença renal atinge um estágio muito avançado, já que substitui parcialmente a função dos rins. O processo não é nada fácil.

O rim é um órgão que tem o funcionamento intenso. Entre outras funções, ele filtra o sangue  e retira o excesso de líquidos e toxinas. Quando o órgão perde a capacidade de se manter, o paciente  precisa fazer a hemodiálise ou a diálise peritoneal”, explica.

Infelizmente, a maioria dos pacientes descobrem as doenças renais em estágios avançados e irreversíveis. Ao passar o tempo de tratamento, o quadro se estabiliza e ganha-se uma melhora orgânica. Mas psicologicamente os doentes são afetados, é quando entra a em ação o trabalho da equipe multidisciplinar.

“O setor de hemodiálise, além de contar com equipamentos de alta tecnologia, dispõe de uma equipe multidisciplinar formada por médicos e enfermeiros especialistas, psicólogos, nutricionistas e assistente social que tentam ajudar o paciente com outras eventuais necessidades”.

Tem dado certo! “É um ambiente alegre e a equipe é muito boa. Até esqueço que estou doente”, relata a aposentada Ovídia de Oliveria Barbosa, que passa pelo tratamento há dois anos. Já a paciente Regina Coimbra garante que lá encontrou o suporte que precisava.

“É um tratamento difícil e cansativo, por isso a gente conta com o carinho e a atenção dessa equipe excelente. Durante a nossa convivência a gente ri, conversa e faz brincadeiras. Essa acolhida é muito boa”, comemora Regina.

O que é a diálise?
O dialisador auxilia na remoção de substâncias que estão em excesso no organismo do paciente para que tenha uma sobrevida adequada e mantenha a melhora até que consiga ser transplantado.

A maioria das clínicas de hemodiálise atuam fora dos hospitais. No São Francisco, pacientes com doenças renais têm a facilidade de realizar todos os exames necessários e, na maioria dos casos, com resultados imediatos.


Quer saber mais? Procure um nefrologista e agende a sua consulta pelo telefone (11) 4615-6677. O Hospital São Francisco é acreditado pela ONA – Organização Nacional de Acreditação –  entidade que certifica os melhores hospitais do Brasil. A unidade fica na avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 – Cotia. Técnico responsável: José A. C. Melo / CRM: 17.820.






Cotia reforça fiscalização da Lei antifumo e de bebida para menores

 

A Vigilância Sanitária de Cotia reforçou a fiscalização do cumprimento das Leis 12.546/2011, conhecida como Lei Antifumo, que proíbe o ato de fumar cigarrilhas, charutos, cachimbos e outros, em locais de uso coletivo (público ou privado) e, a Lei 13.106/2015, que proíbe e criminaliza a venda, fornecimento, entrega de bebida alcoólica para menores de 18 anos. Nesta primeira fase da ação, os fiscais estão orientando proprietários de estabelecimentos e, em uma segunda etapa, a fiscalização será punitiva.

De acordo com o Secretário de Saúde, Magno Sauter, a intensificação se dá por conta da grande movimentação e confraternizações, especialmente em bares e restaurantes. “Nosso foco neste primeiro momento é orientar, apurar se há identificação visual, por meio das placas obrigatórias, estabelecendo um tempo para adequação”, disse. “Embora as Leis já tenham alguns anos, encontramos alguns estabelecimentos que não se adequaram e haverá aplicação das sanções previstas na lei”, completou.

Nas últimas semanas, a Vigilância Sanitária realizou pelo menos quatro inspeções que resultaram em 82 estabelecimentos inspecionados. Entre eles, 21 não estavam cumprindo as legislações e os responsáveis foram notificados; outros 40 estavam parcialmente de acordo com as Leis e também foram orientados e, nos demais, não foram identificados problemas.

A Vigilância Sanitária de Cotia realiza fiscalização em qualquer tipo de estabelecimento comercial. Neste período do ano, no entanto, o trabalho foi intensificado durante à noite e está focado nas Leis 12.546 e 13.106.






Participantes do “Emagrecer Certo” eliminam 90kg e encerram o ciclo no projeto

Um ciclo se encerra para outro importante momento de a vida começar. É com esta sensação que um grupo de pacientes da Policlínica do Portão, em Cotia, concluiu a participação no Projeto Emagrecer Certo, da Secretaria de Saúde. Durante seis meses, este grupo foi acompanhado por uma equipe multidisciplinar em encontros semanais com um único objetivo: perder peso em nome da qualidade de vida.

O último encontro do projeto aconteceu nesta quinta-feira (13/12) e o local escolhido para marcar o encerramento foi o Parque Cemucam, onde participaram de um pique nique e receberam o certificado de participação no projeto, além de encaminhamento para continuarem o acompanhamento com nutricionista. “Foram encontros riquíssimos em que médicos e enfermeiros ajudaram estas pessoas a resgatarem a autoestima, a se alimentarem corretamente, a perderem peso e a recuperarem saúde e qualidade de vida”, disse Ângela Maluf, Secretária adjunta de Saúde. “Agradeço ao prefeito Rogério Franco e ao Secretário Magno Sauter por acreditarem e apoiarem este projeto”, completou.

O projeto começou em junho deste ano. Pelo caminho, algumas pessoas ficaram para trás, mas o mais importante, de acordo com Soraya Moraes, enfermeira que coordenou a iniciativa, foi a mudança na vida de cada um. “Eles [pacientes] eliminaram 90 quilos, aprenderam a se cuidar e a se gostarem. Foi um projeto tão rico que para 2019 queremos estender para outras regiões como Caucaia, Granja Viana, centro, com o mesmo formato”, disse.

A próxima turma começa em fevereiro para atender dezenas de pessoas que já estavam na fila. “Temos muita gente querendo participar e estamos muito felizes por isso. Vamos fazer de tudo para conseguirmos ampliar o projeto”, destacou Soraya.

Projeto promoção à saúde

Foram 24 encontros com duração de duas horas cada. Os participantes acompanharam palestras, aferiram pressão arterial, glicemia, pesagem, circunferência abdominal e Índice de Massa Corpórea (IMC), receberam orientações sobre alimentação correta e participaram de atividades físicas.

Entre os profissionais que acompanharam os pacientes estiveram enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, nutricionista, endocrinologista, educador físico, além de psicólogo e terapeuta.

A dona Maria Aparecida Moreira, de 63 anos, entrou no grupo logo no início. Com um peso de três dígitos (107 kg), apostou todas as suas energias no projeto. “Eu tinha muitas dores nas pernas, ficava inchada, a pressão fora de controle tomando três remédios”, lembra. “Mas acreditei que com a ajuda do projeto eu ia conseguir emagrecer. Descobri que me alimentava errado, que precisava me mexer mais e hoje estou com 92 kg, tomo só um remédio para pressão que já está controlada e venci uma luta de mais de 15 anos que era sair do terceiro dígito na balança. Estou muito feliz”, completou dona Maria.

O Projeto Emagrecer Certo também tem um cunho social e, desde o início, os participantes sabiam que teriam que doar alimentos não perecíveis na mesma quantidade de quilos perdidos. “Eles doaram o equivalente a 90 kg de alimentos que vamos entregar ao Fundo Social de Solidariedade. De forma simbólica, estamos ‘dando’ para quem precisa o excesso que estava em cada um”, disse Ângela Maluf.






SAMU de Cotia participa de simulado de acidente de trem com mais de 80 vítimas

Cerca de 300 pessoas participaram de um simulado de resgate de vítimas de acidentes de trem, no início do mês.  As equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Caucaia do Alto e de Cotia participaram do treinamento que envolveu o socorro de mais de 80 vítimas. O treinamento aconteceu entre as estações da CPTM Santa Rita e Amador Bueno, em Itapevi. O simulado foi realizado pelo SAMU Regional Oeste. Um helicóptero da Polícia Militar foi usado no treinamento.

De acordo com o SAMU, este foi o primeiro treinamento de descarrilamento em linha férrea feita no Brasil com a participação de equipes multidisciplinares e que buscou o aprimoramento do trabalho conjunto. “Este tipo de trabalho é fundamental para qualquer pessoa que atue em resgate. Algumas situações reais não nos dão tempo para pensar muito no que fazer, por isso, é ali, no simulado, que podemos ver os erros e aprimorar ainda mais as nossas ações”, disse a enfermeira Renata Santos, coordenadora do SAMU de Cotia.

O simulado contou com tendas para que os socorristas removessem as vítimas da cena do acidente, os feridos foram triados e separados de acordo com a gravidade. Participaram do treinamento a Polícia Militar, CPTM, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, Exército, Bombeiros, CCR e SAMU.






Hospital São Francisco de Cotia é referência na Grande São Paulo

Sala de Hemodiálise

“Cuidamos do amor da vida de alguém, essa é a nossa essência, é o que nos motiva”, relata a enfermeira Renata Cristina da Silva sobre o trabalho desenvolvido no Hospital São  Francisco. A profissional também é responsável pela qualidade de gestão do hospital, que fica na cidade de Cotia e é referência na Grande São Paulo.

O Hospital São Francisco, com mais de 20 anos  de tradição, além de contar com a eficiência e a experiência de profissionais qualificados, aliado ainda à alta tecnologia em equipamentos de última geração, garante um atendimento humanizado. Lá, o paciente é acolhido em todos os processos, seja no pronto atendimento ou em tratamentos mais longos, como hemodiálises complexas, por exemplo.

 

O carinho, no entanto, não é exclusivo aos pacientes: ele se estende aos familiares e acompanhantes. A equipe reconhece a importância do apoio médico em todos os sentidos. A usuária Ana Maria Garcia, esposa de Waldir Garcia, que passa por tratamento no Hospital, confirma esse padrão.

“Sou grata pelo tratamento de diálise do meu marido. A equipe de nefrologia está de parabéns. Ele está muito feliz e, consequentemente, a família também”, relata Ana em suas redes sociais sobre a equipe do São Francisco.

Com uma estrutura moderna, o hospital possui maternidade, centro cirúrgico, UTI geral e neonatal, pediatria, serviço de hemodinâmica e outros diagnósticos de alta complexidade. São 203 leitos, 14 consultórios de pronto atendimento e 11 ambulatórios. Tais setores garantem total segurança, conforto e rapidez em todos os atendimentos, isso também, graças ao corpo técnico da unidade.


“Os colaboradores são capacitados em garantir eficácia e agilidade no atendimento, e os pacientes saem do hospital já com o diagnóstico”, revela a responsável técnica do Hospital, Flávia do Prado.

Entre os melhores do país
Apenas 5% dos hospitais no País possuem o selo de qualidade ONA – Organização Nacional de Acreditação -, entidade que certifica os melhores hospitais do Brasil, e o São Francisco já comprovou sua capacidade de gestão através da qualificação e treinamento de equipe, e a sua participação na rede Qualis da Anvisa garantindo a segurança do paciente no ambiente hospitalar.E ainda, a certificação em Fixação Segura 3M do Brasil na categoria Diamante.

Quer saber mais? Visite o Hospital São Francisco no endereço Avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 – Cotia – SP. E os telefones são (11) 4615-6692 e  4615 -6677.

 

Crédito das fotos: Divulgação/ Hosp. São Francisco

Troféu Urso Diamante do Programa de Fixação Segura 3M

Ressonância Magnética

Equipamento de Hemodinâmica de última geração