Editorial: corrida

Jogos interativos ajudam na fisioterapia e sociabilidade de idosos

Um tratamento que alia cuidados fisioterápicos em idosos, com diversão e muitas brincadeiras. O uso de jogos interativos, ou “gameterapia”, ganha cada vez mais espaço em clínicas e espaços dedicados à terceira idade. Segundo Vanessa Tamborelli Frakas, fisioterapeuta do Residencial Club Leger, localizado em São Paulo, o uso de jogos interativos possibilita trabalhar o equilíbrio, o condicionamento físico, aeróbica e a estimulação cognitiva.

– Os jogos produzem movimentos semelhantes ao que fazemos dentro da fisioterapia convencional e abrange pacientes que fazem fisioterapia ortopédica, neurológica entre outras – destaca Vanessa.

Ela aponta que a utilização do videogame na reabilitação faz com que os idosos tenham mais motivação. A cada ponto conquistado ou fase superada, o idoso consegue visualizar de forma muito interativa e rápida, fazendo com que as terapias se tornem mais lúdicas e leves.

– Isso ajuda a humanizar o tratamento, muitas vezes doloroso e exaustivo, além de possibilitar acessibilidade para pacientes com deficiência. Muitos movimentos que o paciente, às vezes, não consegue mais realizar, através do jogo consegue vivenciar novamente aquela atividade ou movimento há muito tempo não executado – afirma a fisioterapeuta.

Vanessa explica que alguns estudos científicos mostram que os games ajudam, tanto em adultos quanto em idosos, no aumento das atividades do hipocampo (responsável pela memória), córtex pré-frontal dorsolateral (que controla o planejamento, a tomada de decisões e a inibição) e cerebelo (responsável por atuar no controle e no equilíbrio motor).

Ela acrescenta que a escolha dos jogos a serem utilizados dependerá dos objetivos que o terapeuta estabelece para cada paciente.

– Os principais consoles utilizados e mais acessíveis são WII e o X- Box, porém temos outros tipos e há também a possibilidade de desenvolvimento de jogos para programas específicos de reabilitação, porém o custo é mais elevado – explica.

O gerente executivo do Residencial Clube Leger, Vinícius Neves, ressalta que este tipo de atividade é difundida nos principais centros de tratamentos de idosos nos EUA.

– Muitas instituições norte-americanas mantêm uma grade fixa com este tipo de programação. Vamos fazer o mesmo aqui no Residencial Leger, acontecendo, neste primeiro momento, às quartas. Além dos aspectos clínicos, temos uma ótima resposta em termos de socialização e do senso de competitividade saudável que ajuda a ativar a autoestima – relata Neves.

Vanessa alerta que a uso dos jogos tem de ser colocado dentro de um planejamento visando os objetivos traçados e observando os bons resultados que possam gerar.

– Mesmo divertidos, os movimentos, quando mal executados, podem até agravar a situação. Além disso é muito importante ressaltar que a os jogos não substituem a fisioterapia convencional, mas complementa o tratamento.

Inscrições para a Corrida do Peru abrem dia 18

No próximo dia 22 de dezembro, a Secretaria de Esportes da Prefeitura de Carapicuíba realiza a tradicional Corrida do Peru. Trata-se da 37ª edição da prova e as inscrições podem ser feitas a partir do dia 18, segunda-feira.Com largada e chegada na Praça da Aldeia, a prova soma 6,5 km. Essa edição inclui a segunda Caminhada da Família, no Parque da Aldeia, com quatro voltas no lago, somando 2,5 km.
Todos os participantes recebem camiseta e medalha, Os três primeiros colocados de cada categoria recebem a premiação tradicional: um troféu e uma ave.

A prova premia as categorias:

16 a 30 anos – masculino e feminino
31 a 40 anos – masculino e feminino
41 a 50 anos – masculino e feminino
51 a 60 anos – masculino e feminino
51 acima – feminino
61 a 70 anos – masculino
71 acima – masculino


As inscrições, a partir do dia 18, segunda-feira, devem ser realizadas no Ginásio Ayrton Senna, na avenida Antonio Faustino dos Santos, 98, na Cohab 5. Para a inscrição de equipe é necessário levar uma relação nominal de atletas e RG, além da nomeação do responsável. Para inscrição individual: apenas o RG.

HISTÓRICO – A prova surgiu como uma brincadeira entre amigos, que soltavam um peru nas ruas da Aldeia para comemorar a passagem do ano. Todos se envolviam na perseguição e quem conseguisse capturar a ave a levava como prêmio. A corrida evoluiu, mas manteve a tradição de premiar os atletas com um peru.

Corrida do Peru celebra a tradição na Aldeia de Carapicuíba

A tradicional Corrida do Peru, que este ano teve sua 36ª edição, agitou a manhã do domingo, 23, no bairro da Aldeia de Carapicuíba. A prova, com percurso de 6,5 km, contou com 250 inscritos. A novidade para este ano foi a Caminhada da Família, com quatro voltas no lago do parque. A premiação envolve troféus e aves natalinas (peru, chester e frango). E pódium para as seguintes categorias:

16 a 30 anos, 31 a 40 anos, 41 a 50 anos, 51 a 50 anos (masculino e feminino), uma categoria só para o feminino de 51 acima, além de 61 a 70 e acima de 70 (ambas para o masculino).

No masculino geral, primeiro lugar para Jonathas Barbosa dos Santos (Barueri), seguido de Anderson Roberto e Fernando Maia, ambos de Carapicuíba.  Visivelmente satisfeito com o resultado, Jonathas dos Santos comentou a prova: “muito bem organizada, com todo o percurso bem sinalizado, a distribuição da água. Tudo muito bom”. Empenhado na modalidade, Jonathas dos Santos corre há 8 anos na São Silveira, prova tradicional na vizinha cidade de Barueri. Nessa última edição (realizada no último dia 16), ele chegou em 12º no geral e 3º na categoria Principal (para locais).

No pódium feminino, só deu Carapicuíba: Maria das Neves de Jesus, Lília Soares dos Santos e Mirian Ramos Ichiyama, em 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente.

Confira a classificação completa de todas as categorias no http://www.parreirassports.com.br/resultados-parreiras-sports

Histórico – A prova surgiu como brincadeira entre amigos, que soltavam um peru nas ruas da Aldeia para comemorar a passagem de ano. A comunidade se envolvia na perseguição e o primeiro que pegasse a ave, a levava como prêmio. A corrida evoluiu com o tempo, mas manteve a tradição de premiar os atletas com um peru congelado.






Wellington e Rosângela vencem 1ª Corrida Oficial de Itapevi

Vencedor da corrida masculina já morou em Itapevi e hoje compete pelo Cruzeiro. Atleta completou prova de 5 km em 14m57s

Quase duas mil pessoas participaram da 1ª Corrida Oficial de Rua de Itapevi, realizada pela Prefeitura na manhã do domingo (19). Os vencedores da prova foram Wellington Bezerra da Silva, 29, com tempo de 14m57s, e Rosangela Raimundo Pereira, 42, com tempo de 17m26s.

No masculino, também subiram ao pódio os irmãos Edson Tiburcio Alves, 37, com 15’11”, e Vanderlei Alves Tiburcio, 33, com 15’17”, respectivamente segundo e terceiro colocados. Em quarto lugar chegou José Rodrigues Fonseca (15’36”), seguido de Jamil da Silva Santos (15’43”).

No feminino, Jaciane Barroso Araújo, 30, ficou em segundo lugar com o tempo de 17’51” e Jessica Pellario Bueno, 26, em terceiro, ao completar a prova em 18’15”. Nilva Pereira ficou em quarto com 18’48” e Ingrid Abrahão finalizou a prova em 19’04”.

Todos atletas que concluíram a prova receberam medalhas. Os cinco primeiros foram premiados com troféus e ainda teve premiação em dinheiro de R$ 2 mil para o primeiro colocado das categorias masculino e feminino, R$ 1 mil para o segundo colocado e R$ 500,00 para o terceiro lugar.

O prefeito Igor Soares entregou a premiação aos vencedores e fez questão de destacar que o evento teve custo zero para a Prefeitura. “Conseguimos realizar uma corrida perfeita, profissional, sem nenhum custo aos cofres públicos, graças ao apoio de patrocinadores”, explicou o prefeito, que também teve a preocupação de realizar a corrida atendendo todas as normas previstas pela Federação Paulista de Atletismo e Confederação Brasileira de Atletismo. “Buscamos o apoio da entidade que regulamenta as provas, que já aferiu o percurso e nos credenciou a realizar o evento”, disse. O evento foi patrocinado pela BioMania Academia e ItaShopping Center.

“Gostei muito da prova. O percurso foi bem tranquilo e o evento muito bem organizado. Com certeza, participarei das próximas corridas na cidade”, disse Wellington Bezerra, o primeiro colocado, que compete pelo Cruzeiro, já foi morador de Itapevi e atualmente vive em Barueri.

A vencedora da categoria feminina também elogiou a organização da prova. “A gente que corre profissionalmente, sempre passa por algumas dificuldades no decorrer da corrida. Mas conseguimos fazer o percurso de rua em segurança, o que é sempre uma preocupação. Foi tudo perfeito”, disse Rosângela, que é mineira e veio especialmente a Itapevi para participar da corrida.






Pirapora do Bom Jesus sedia Circuito de Corridas

arte corrida

Pirapora do Bom Jesus sediará no dia 3 de abril a 1ª. Etapa Vila Nova com 7 km de extensão, destinada a várias faixas etárias. A largada acontecerá às 8:30h. A organização é do atleta piraporano Alan Malta com o apoio da Runner Brasil e da Prefeitura de Pirapora, através da Secretaria de Esportes e Lazer.

As inscrições vão até o dia 25 de março e devem ser feitas no site da Runner Brasil, onde o interessado também terá todo o regulamento da prova. O endereço é http://www.runnerbrasil.com.br .

Para os moradores de Pirapora a taxa de inscrição será gratuita, com comprovação de residência, para os demais participantes haverá uma taxa de R$50,00. O Circuito oferecerá prêmios em dinheiro, além de troféus e medalhas para todos os participantes.

Outras informações na Secretaria de Esportes e Lazer, pelo telefone 4131-5067.