Editorial: cidades

Aviso de Pauta: Prefeitura realiza Contrata SP com 700 vagas de emprego para pessoas com deficiência

A Prefeitura de São Paulo realiza nesta sexta-feira, 23 de julho, a 10ª edição do Contrata SP – Pessoa com Deficiência, com mais de 700 vagas exclusivas para o público PCD. A abertura do evento será às 9h na unidade central do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo com as presenças da secretária da Pessoa com Deficiência, Silvia Grecco, e do secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Armando Junior.

O primeiro mutirão do ano para pessoas com deficiência ocorre simultaneamente nos Cates Central e Interlagos. Os 600 participantes, que já passaram por pré-seleção, terão acesso a equipes de recrutamento de empresas que irão dar continuidade ao processo seletivo. As vagas exclusivas para esses profissionais são em áreas como comércio, serviços, saúde, tecnologia, entre outras. As oportunidades são para todos os níveis de escolaridade com salários que variam entre R﹩ 950 a R﹩ 5.400.

Serviço: Contrata SP 10ª Edição
Data: 23 de julho
Horário: 9h às 17h
Local: Cate Central
Endereço: Avenida Rio Branco, 252 – Centro

Rappi e ONG Gerando Falcões arrecadam mais de 400 mil reais para pessoas de comunidades carentes

Em apenas 10 dias, mais de 2.400 mil pessoas doaram “cestas básicas digitais” por meio do botão no superapp

Unindo forças no combate a fome, a Rappi e a ONG Gerando Falcões lançaram um botão dentro do superapp para arrecadar “cestas básicas digitais” para pessoas que vivem em comunidades carentes. Em 10 dias de ação, foram arrecadados mais de 400 mil reais, montante que representa 8 mil cestas básicas digitais distribuídas para comunidades carentes por todo país.

Mais de 2.400 pessoas doaram valores que vão de R﹩ 5 a R﹩ 10.000, revertidos integralmente para a ONG Gerando Falcões. “Estamos extremamente contentes com o resultado da ação e queremos alcançar ainda mais doações para essas famílias. Em um momento tão crítico como o que estamos vivendo, é incrível ver a mobilização dos nossos usuários para ajudar”, explica Sergio Saraiva, presidente da Rappi no Brasil.

Para mais informações, acesse o site: gerandofalcoes.com/ coronanoparedao e para doações baixe o aplicativo da Rappi e entre no botão Doe Agora, na home do app.

Ainda mais solidariedade em tempos de pandemia

Além das doações por meio do botão, a Rappi identificou aumento de 50% no percentual de pessoas dando gorjeta aos entregadores parceiros, principalmente aos finais de semana. Os valores, na média, cresceram 80% e mais pessoas estão dando acima de 5 reais – na opção “outro valor”. Além disso, identificamos semanas que 50% dos pedidos possuem gorjetas.
Sobre a Rappi

A Rappi é um superaplicativo que resolve a vida de seus usuários ao oferecer a eles uma plataforma única para suas necessidades e desejos diários. A startup, criada em 2015, chegou ao Brasil em julho de 2017 e já está presente em mais de 60 cidades brasileiras. Por meio do aplicativo é possível conseguir produtos e serviços de diferentes categorias, incluindo restaurantes, supermercados, farmácias, manicure, dogwalker, entre outros. Além do Brasil, a Rappi está presente na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, México, Peru e Uruguai.

Treinamento Oficial do Cidades em Transição acontece na Granja Viana

O movimento Cidades em Transição (Transition Towns – https://transitionnetwork.org/) foi criado pelo inglês Rob Hopkins com o objetivo de transformar as cidades em modelos sustentáveis, menos dependentes do petróleo, mais integradas à natureza, resgatando laços de comunidade e tornando-se mais resistentes a crises externas, tanto econômicas como ecológicas.

Treinamento Oficial do Cidades em Transição, que acontecerá dia 13 de março na Granja Viana, tem o objetivo de  – inspirar, encorajar, conectar,  dar suporte e treinar comunidades adotando e adaptando o modelo de transição para reconstruir, com urgência, sua resiliência e reduzindo drasticamente as emissões de CO2, reconfigurando hábitos de consumo e reconhecendo do valor real das cadeias produtivas que apoiamos.

O movimento acredita que não existe um modelo único de transição, e que as respostas para resolver os problemas do mundo residem na inteligência coletiva local pensando global. A ideia é que cada sociedade use a criatividade para fazer a mudança. Para as grandes cidades, uma alternativa é fazer a transição pelos bairros, fortalecendo o comércio regional.

O treinamento (LAUNCH) é repleto de inspiração para você se lançar na criação, execução e desenvolvimento de um projeto de Transição.

Participe conosco desse treinamento tão fundamental para cocriarmos juntos uma comunidade mais engajada e sustentável na Granja Viana, no seu bairro ou sua cidade!

Quando:
13/03/2020 – das 18hs às 22hs
14/03/2020 – das 9hs às 18hs
15/03/2020 – das 9hs às 13hs

Treinadores:
Isabela Menezes
Monica Picaveia
Participação especial: Zaida Amaral

Onde: Associação São Joaquim
Estrada João Fasoli, 701 – Jardim Marilu, Carapicuíba-SP

Faça sua inscrição e escolha com que valor deseja contribuir através do Site:  https://transitiongranjaviana.com/formulario-de-inscricao

Opções de Contribuição:
Contribuição Social – R$ 50,00
Contribuição Real – R$ 150,00
Contribuição Ideal – R$ 200,00

Para o treinamento: Leve material para anotações pessoais e no dia 14/03/2020 o almoço será um piquenique colaborativo, traga sua contribuição.

Saiba Mais:
Transition Towns – https://transitionnetwork.org/
Transition Granja Viana – https://transitiongranjaviana.com/

Esclerose Múltipla e os riscos para a Saúde Visual

 

No dia 30 de agosto comemorou-se o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla. A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença neurológica, crônica e autoimune – ou seja, as células de defesa do organismo atacam o próprio sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares.

 

É bastante comum que pessoas com esclerose múltipla tenham problemas oculares. Uma das consequências da EM é a perda de visão, que ocorre quando o nervo óptico que liga o olho ao cérebro fica inflamado. Este processo é chamado neurite óptica. Estima-se que metade das pessoas acometidas com EM terá a doença pelo menos uma vez.

Os sintomas da neurite óptica são repentinos e incluem: visão turva, cegueira de um olho por um período determinado, sendo rara esta condição em ambos os olhos ao mesmo tempo. A inflamação pode durar de 4 a 12 semanas.

A visão dupla ou diplopia também surge nesta condição, pois o problema ocorre na parte do cérebro que controla os nervos que vão para os músculos que controlam o movimento dos olhos e estes passam a não são funcionar corretamente.

nistagmo, que é o movimento desconcontrolado dos olhos, também pode ocorrer. Os olhos movem-se para cima, para baixo ou de um lado para o outro. Este descontrole pode ser leve ou grave o suficiente para impedir que a pessoa possa enxergar bem.

De acordo com a Associação Brasileira de Esclerose Múltipla (ABEM), estima-se que existam 35 mil brasileiros com esta doença, cuja a causa e a cura ainda são  desconhecidas e têm sido foco de muitos estudos no mundo todo. Porém é possível ter qualidade de vida dos pacientes, que geralmente são mulheres jovens na faixa nos 20 a 40 anos.

 

A EM pode apresentar outros sintomas como fadiga intensa, depressão, fraqueza muscular, alteração do equilíbrio da coordenação motora, dores articulares e disfunção intestinal e da bexiga. A fisioterapia e o auxílio de medicamentos podem suprimir o sistema imunológico e auxiliar no combate aos sintomas, retardando assim a progressão da doença.

 

Para o tratamento da visão é possível realizar a neuroreabilitação visual, capaz de amenizar as complicações visuais da EM. A terapia Visual, reúne diversas técnicas, tais como: Ortóptica, Photo therapy, Neurovisão e Optometria Comportamental. É importante destacar que este procedimento pode ser realizado por um profissional optometrista, capacitado para avaliar a Saúde Primária da Visão.

 

Educação recebe até sexta inscrições para 3.750 vagas de cursos técnicos a distância

Podem concorrer alunos matriculados na rede estadual nas 1ª e 2ª séries do Ensino Médio; há oportunidades em 32 municípios paulistas

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo e o Instituto Federal Sul de Minas (IFSULDEMINAS) recebem até sexta-feira (7) as inscrições para o MedioTec – modalidade a distância. O programa oferece dupla formação – regular e técnica – a alunos da rede estadual matriculados nas 1ª e 2ª séries do Ensino Médio. São 3.750 vagas em 32 municípios, incluindo capital e região metropolitana. O cadastro é online no endereço sed.educacao.sp.gov.br.

São 10 opções de cursos: Logística, Química, Qualidade, Redes de Computadores,Telecomunicações, Vendas, Informática, Agronegócio, Análises Química e Mecânica. A oferta varia de acordo com a região. Na versão EaD, o programa tem duração total de mil a 1,2 mil horas, sendo 20% delas presenciais ministradas em escolas da própria rede estadual. As aulas têm início previsto para 14 de agosto.

Seleção e bolsa auxílio

A Secretaria da Educação e o Instituto Federal do Sul de Minas estabeleceram três critérios de seleção e classificação: candidatos beneficiários de programas sociais, rendimento em Língua Portuguesa e Matemática na 1ª e 2ª séries do Ensino Médio em 2017 (1º bimestre); e frequência.

Alunos que cursaram o Ensino Fundamental – Anos Finais (6º ao 9º ano ou 5ª a 8ª série) integralmente em rede pública também terão preferência no preenchimento das vagas. O regulamento completo também está disponível no Portal da Educação (www.educacao.sp.gov.br).

Município Curso Vagas
Araçatuba Técnico em Logística 50
Técnico em Informática 50
Araçariguama Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Qualidade 50
Artur Nogueira Técnico em Química 50
Avanhandava Técnico em Redes de Computadores 50
Técnico em Qualidade 50
Técnico em Informática 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Logística 50
Bariri Técnico em Telecomunicações 50
Técnico em Redes de Computadores 50
Técnico em Informática 50
Técnico em Agronegócio 50
Técnico em Logística 50
Barueri Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Qualidade 50
Cajamar Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Qualidade 50
Carapicuíba Técnico em Informática 50
Colômbia Técnico em Análises Químicas 50
Cotia Técnico em Qualidade 50
Diadema Técnico em Química 50
Técnico em Qualidade 50
Técnico em Logística 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Redes de Computadores 50
Dois Córregos Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Química 50
Guarulhos Técnico em Mecânica 50
Iepê Técnico em Qualidade 50
Técnico em Agronegócio 50
Indaiatuba Técnico em Informática 50
Técnico em Logística 50
Itapecerica da Serra Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Qualidade 50
Itapeva Técnico em Qualidade 50
Técnico em Mecânica 50
Jundiaí Técnico em Vendas 50
Leme Técnico em Agronegócio 50
Limeira Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Qualidade 50
Lins Técnico em Agronegócio 50
Mauá Técnico em Mecânica 50
Narandiba Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Agronegócio 50
Paraguaçu Paulista Técnico em Qualidade 50
Técnico em Agronegócio 50
Técnico em Análises Químicas 50
Ribeirão Pires Técnico em Mecânica 50
Santa Isabel Técnico em Química 50
Técnico em Análises Químicas 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Qualidade 50
Santos Técnico em Redes de Computadores 50
São Bernardo do Campo Técnico em Qualidade 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Química 50
São Paulo Técnico em Vendas 50
Técnico em Informática 50
Técnico em Mecânica 50
Técnico em Logística 50
Suzano Técnico em Informática 50
Taciba Técnico em Agronegócio 50
Valparaíso Técnico em Logística 50