Editorial: Carapicuíba

Fintechs são autorizadas a emitir mais cartões de crédito

Durante o período de pandemia que o país enfrenta diversas ações estão sendo tomadas para tentar remediar as situações econômicas que estão sendo observadas em todo o país. A finteches também estão entrando neste movimento.

Este ponto destaca que a partir de agora as que estão reguladas pelo Banco Central (BC) poderão emitir cartões de crédito. Ação é para movimentar a economia e escolar os recursos destinados a pessoas físicas e pequenas empresas.

Ainda alinhando os pontos referentes a esta situação, estas empresas são visualizadas como companhias de baixo custo operacional, ou seja, dedicaram seu tempo para realizar atendimento aos seguimentos nos quais já existe um histórico de crédito no país.

Além desta medida relacionada ao crédito, as fintechs também ficam autorizadas a realizar o repasse dos recursos do BNDES. Ceder carteiras para outros tipos de fundo também está liberado, não considerando apenas aqueles que são direitos creditórios.

Condição é que se mantenha o perfil de investidor qualificado nessas carteiras. Estes pontos detalhados pelo governo são referentes as sugestões já comunicadas pelas próprias finteches ao Banco Central.

Desta forma, especialistas e donos destas instituições destacam que a movimentação feita pelo BC não traz muito um efeito prático no momento de pandemia que o Brasil passa, uma vez que oferecer crédito sem a estabilidade de mercado se torna um problema.

O que é observado é uma perca de movimentações nos últimos dias com a instabilidade ligada ao mercado frente à pandemia. E as que já operavam anteriormente tem novos desafios para frente. Uma vez que cenário está incerto.

Mas, em contrapartida, presidente da Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD), em entrevista ao portal Valor, Rafael Pereira, considera que medida é correta e considera que ação feita pelo BC é inteligente mediante ao cenário necessidade atual.

Por fim, outra decisão, também ligada às fintechs e às cooperativas de crédito, tem novas questões ligadas as regras para a renegociação de dívidas. Este procedimento é observado já por outros segmentos do setor financeiro.

Essas instituições também poderão não caracterizar como ativos problemáticos as reestruturações de crédito feitas até 30 de setembro de 2020. Desta forma, expectativa é de ampliar os prazos de financiamento para famílias.

Fonte: FDR

Prefeitura de Carapicuíba distribui Kit Merenda aos alunos da rede municipal

Para garantir a alimentação dos alunos diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Carapicuíba por meio da Secretaria de Educação inicia na quarta-feira (1), a distribuição do Kit Merenda nas escolas municipais.

“Sabemos da importância da alimentação das crianças. Por isso, trabalhamos para oferecer esse kit e entregar aos pais o mais rápido possível. Vamos atender os 20 mil alunos de toda rede municipal”, afirma o prefeito Marcos Neves.  

A entrega do kit acontece na escola de matricula do aluno, das 8 às 17 horas, e é necessário que os pais ou responsáveis apresentem o documento da criança para retirada (RG ou Certidão de Nascimento). O benefício será disponibilizado a todos os 20 mil alunos da rede municipal, incluindo berçários e instituições conveniadas. O cronograma de entrega vai até o dia 8 de abril.

O kit é composto por: 2kg de feijão, 5kg de arroz, 1kg de açúcar, 800 gramas de leite em pó, 500g de macarrão, 1 molho, 1 litro de óleo e 500g de sal, e busca oferecer aos alunos a alimentação escolar, dentro de suas casas, durante o período de suspensão das aulas – medida para conter avanço do coronavírus na cidade.

Confira o cronograma completo de entrega no site da Prefeitura (www.carapicuiba.sp.gov.br).

Comunidades de Carapicuíba recebem doações de kits de limpeza e higiene

Secretaria de Assistência Social realiza distribuição de mais de 50 mil produtos

Para ajudar os moradores em situação de vulnerabilidade social neste momento de pandemia, empresas doaram à Prefeitura de Carapicuíba diversos produtos de higiene pessoal e limpeza, para serem distribuídos em comunidades do município.


Foram 35 mil shampoos e sabonetes, e 20 mil produtos de limpeza, como detergente, água sanitária, desinfetante, sabão e papel higiênico, além de livros e brinquedos, para crianças do Projeto social Gente Grande. Os kits estão sendo distribuídos pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania.
Já foram beneficiadas as comunidades Porto de Areia, Vila Municipal, Reciclagem (Veloso), Ariston CSU, Comunidade Dema e Cemitério. As equipes da Secretaria continuam a distribuição nos próximos dias.
A Prefeitura agradece as empresas Hinode Cosméticos, Produtos de Limpeza Erelimp, Entidade Visão Mundial e à Igreja Batista Memorial de Alphaville pela ajuda e solidariedade. Para doar a quem tanto precisa, a Prefeitura disponibiliza os telefones: 4164-1624 e 4184-1217.

Prefeitura de Carapicuíba cria WhatsApp para tirar dúvidas sobre o coronavírus e consultas on-line

No canal também são realizados atendimentos da Secretaria de Saúde

Pensando em facilitar a comunicação, expandindo os canais de informação aos moradores neste momento conturbado, a Prefeitura de Carapicuíba criou o SAC Coronavírus, um WhatsApp para as pessoas esclarecerem dúvidas sobre o que fazer caso apresentem sintomas parecidos com a doença, e quando procurar uma unidade de saúde.

Para iniciar é necessário adicionar o WhatsApp 96909-5379 e enviar um ‘oi’. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas. A pessoa passará pelo atendente, triagem com o enfermeiro, aí havendo a necessidade da consulta on-line, ela receberá um SMS com um link para acessar a videochamada.

 “Neste cenário de pandemia de uma nova doença, as pessoas ficam com muitas dúvidas sobre os sintomas, orientações preventivas e quando procurar uma unidade de saúde, ainda mais com as notícias falsas que só confundem e enganam a população. O SAC Coronavírus traz informações claras e corretas através do WhatsApp”, explica o prefeito Marcos Neves.

Além disso, neste canal também são realizados os atendimentos da Secretaria de Saúde (R. Antônio Roberto, 53 – Centro), que está fechada temporariamente desde segunda-feira (30), para evitar aglomerações, respeitando as recomendações do Ministério da Saúde e Governo do Estado. Para receber atendimento da Secretaria de Saúde, a população também pode contatar os seguintes canais:

Telefones: 4164-1122 / 4164-1210 / 4164-1242 / 4181-9778

Serviço Social de Saúde:

servicosocialsaude@carapicuiba.sp.gov.br

Transporte Social de Saúde:

transportesanitárioesemas@gmail.com

Vigilância Sanitária: visa.carapicuiba@gmail.com

Consultas e exames (dúvidas):

coord.regulacao@carapicuiba.sp.gov.br

Ouvidoria da Saúde: 

ouvidoriasaude@carapicuiba.sp.gov.br

Guarda Civil Municipal recebe kit de proteção contra o coronavírus

Para evitar a proliferação do coronavírus o Ministério da Saúde recomenda: “Se puder, fique em casa”. E é exatamente o que a Prefeitura de Carapicuíba fez com diversos funcionários que podem fazer home office. Mas entre alguns setores da cidade, existe um que segue nas ruas: a segurança. Por isso, já foram disponibilizados equipamentos de proteção para estes profissionais.

O kit entregue pela Prefeitura tem máscara, luva e álcool para higienização. A ação tem como objetivo dar melhores condições de trabalho aos guardas que estão trabalhando todos os dias nas ruas de Carapicuíba.

“Nós valorizamos cada profissional que segue trabalhando nas ruas, arriscando a sua vida para atender a população. Sabemos que o momento é difícil, mas o comprometimento de cada servidor faz a diferença. Em nome da Guarda, agradeço a cada um que continua nas ruas, garantindo os serviços essenciais aos moradores”, afirma o prefeito Marcos Neves.   

Veja quais serviços de streaming e canais de TV estão de graça na quarentena

Prepare a pipoca e venha conferir os filmes e séries gratuitos durante a quarentena

Com a disseminação do novo coronavírus , a recomendação das autoridades tem sido para que as pessoas evitem sair de casa. O governo do estado de São Paulo, por exemplo, decretou quarentena de 15 dias em todos os municípios a partir desta terça-feira (24).
E, para ajudar as pessoas que estão ficando em casa, alguns serviços de streaming e canais de TV por assinatura liberaram seus sinais para não assinantes. Nessa lista, separamos tudo o que você pode assistir sem pagar nada.

Globoplay
Na última quarta-feira (18), o Globoplay liberou novos conteúdos para não assinantes. Mais de 20 filmes da Disney estão disponíveis, além de algumas séries. Outros conteúdos infantis já tinham sido liberados anteriormente.
Títulos próprios do Globoplay , como a série Shippados e todas as temporadas de Malhação , também estão disponíveis gratuitamente. Todos os títulos devem ficar liberados por 30 dias.

Spcine Play
Outro serviço que liberou seu catálogo gratuitamente por 30 dias foi o Spcine Play , única plataforma pública de streaming do Brasil. Por lá, é possível encontrar filmes das principais mostras e festivais de cinema de São Paulo.

Em março, o destaque do catálogo vai para o Especial Mês da Mulher, que traz títulos de grandes cineastas brasileiras. Outro atrativo é a Mostra de Audiovisual Negro, com 16 títulos.

Medeia Filmes
A Medeia Filmes , empresa portuguesa responsável por salas de cinema independente, está distribuindo conteúdo digital e gratuito diretamente em seu portal.
Todas as terças, quintas e sábados, a plataforma libera um novo filme para todos os internautas através da campanha intitulada “quarentena cinéfila”.

TV por assinatura – Claro
Desde o dia 14 de março, a Claro liberou diversos canais da sua grade de programação a todos os clientes sem custo adicional. Os novos conteúdos estão disponíveis por tempo indeterminado.

TV por assinatura – Vivo
Para os clientes da Vivo TV , mais de 100 canais foram liberados gratuitamente por tempo indeterminado. Entre eles, estão Telecine , Fox Premium e Disney XD . Além disso, o serviço de streaming da operadora, o Vivo Play , também está disponível com diversos conteúdos e canais ao vivo.

TV por assinatura – Sky
Mais de 100 canais também estão disponíveis de forma gratuita para os clientes da Sky , contemplando diversos perfis. Por tempo indeterminado, alguns dos conteúdos também estarão disponíveis gratuitamente na plataforma digital da empresa,

Sky Play .
Outros serviços de streaming: teste por um mês
Apesar de outros serviços de streaming ainda não terem aberto seus sinais a todos, alguns deles disponibilizam o teste gratuito de 30 dias. Esta é uma forma de usar as plataformas durante o período de isolamento social . Caso você não deseje assinar o serviço depois do período de testes, porém, lembre-se de cancelá-lo para que não haja cobrança automática.
Dentre os principais serviços de streaming disponíveis no Brasil, Amazon Prime Video e Telecine Play oferecem o período de testes por 30 dias. Já no HBO Go e no Apple TV+ , o período é de apenas 7 dias.

Prefeitura de Carapicuíba abre inscrições para voluntários no combate ao coronavírus

Para expandir ainda mais a assistência no combate ao coronavírus, a Secretaria de Saúde de Carapicuíba abriu inscrições para pessoas que desejam ajudar a cidade a enfrentar a pandemia. São diversas áreas para o voluntariado, como médicos, enfermeiros, atendentes, serviços gerais, entre outras funções. Ao se inscrever, o voluntário também pode sugerir a área de atuação.

Para se voluntariar é necessário ter idade entre 18 e 59 anos, estar em boas condições de saúde, demonstrando interesse e disponibilidade para ações junto aos equipamentos de saúde do município. A formação acadêmica é necessária apenas para funções relacionadas à área de saúde.

Outra importante medida é a contratação de novos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. “Estamos trabalhando diariamente pela saúde da população para evitar a disseminação desse novo vírus em nossa cidade. Uma dessas ações é aumentar o efetivo na área da saúde, por meio de contratações. Já chamamos profissionais do concurso, mas também vamos contar com a solidariedade do povo carapicuibano através do voluntariado”, afirma o prefeito Marcos Neves.

Vale lembrar que os dias e períodos do trabalho são definidos pelo próprio voluntário (a) no ato da inscrição, que deve ser realizada por meio de formulário disponibilizado site oficial da Prefeitura: carapicuiba.sp.gov.br. De acordo com a necessidade, a Prefeitura entrará em contato com os inscritos. 

Globoplay libera filmes e séries grátis por 30 dias

Filmes Pixar e Disney estão entre os destaques do streaming

O Globoplay, serviço de streaming da Globo, decidiu liberar gratuitamente um pacote de séries e filmes para aqueles que estiverem de quarentena ou isolamento forçado durante a pandemia do coronavírus. Assim, mesmo quem não assina o serviço poderá aproveitar da opção de entretenimento.

Desde o dia 18 e por trinta dias, haverá acesso grátis a filmes como os da Disney, Pixar e Marvel: Cinderela, Malévola, Os Incríveis, Monstros S.A., Thor: O Mundo Sombrio e Capitão América 2: O Soldado Invernal, entre outros.
Entre as séries, estão Go Jetters, Gap Year e Millenial Mafia. Conteúdo infantil e todas as temporadas de Malhação também estão liberados.
s esforços do Globoplay se une a outros durante a crise, como o da SP Cine, que também liberou o conteúdo do seu site gratuitamente por um mês.

Fonte: Exame

Netflix cria fundo de US$ 100 mi para ajudar desempregados por coronavírus

O recurso é voltado para centenas de milhares de trabalhadores de cinema e televisão de todo o mundo que perderam o emprego em meio à pandemia da covid-19

A empresa também disse que 15 milhões de dólares do fundo serão destinados a terceiros e organizações sem fins lucrativos que prestam assistência emergencial a equipes desempregadas em países onde a Netflix possui uma grande base de produção.

“Esta comunidade tem apoiado a Netflix nos tempos bons, e queremos ajudá-los nesses momentos difíceis, especialmente enquanto os governos ainda estão descobrindo que tipo de apoio econômico eles fornecerão”, disse o chefe de conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, em uma postagem.

Fonte: Exame

Novo golpe no WhatsApp promete liberação de auxílio emergencial no valor de R$ 600 a R$ 1200

ENTENDA O GOLPE

O golpe é uma nova versão de uma mensagem falsa que circulou anteriormente e amplamente desmentida pelo Governo. A versão anterior falava em um cadastro para receber os R$ 200 de auxílio-cidadão. A nova versão do boato apenas mudou o valor, mas continua igualmente falsa. Independentemente da resposta e mesmo não se enquadrando no perfil de pessoas que têm direito ao auxílio emergencial, o golpe avisa que a pessoa tem direito a receber um benefício financeiro no valor entre R$ 600 e R$ 1.200 reais de auxílio emergencial para ter uma renda e para isso basta apenas fazer um cadastramento pelo link malicioso enviado pelos bandidos.

Para dar veracidade a mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já fizeram o cadastramento e atrelam para isso a atual logomarca do Governo Federal para dar mais credibilidade ao golpe. A vítima ainda é incentivada a compartilhar o link malicioso com todos os seus amigos e contatos do WhatsApp, espalhando a fraude e tornando as pessoas de seus contatos vítimas em potencial de possíveis outros golpes orquestrado pela quadrilha e no final a vítima é informada que receberá em 5 minutos o número do seu protocolo de cadastramento.

Por fim, a pessoa é direcionada para preencher um cadastro com informações pessoais (CPF, endereço, RG, número da conta corrente e senha). O perigo é que com esses dados o bandido pode abrir contas correntes em bancos virtuais ou físicos onde terá acesso a cartão de crédito, cheque especial, poderá abrir empresas fantasmas e fazer compras pela internet. Tudo em nome de terceiros. E quando as vítimas se dão conta são surpreendidas com contas em seu nome que não fizeram, além de dívidas que não contraíram. Tais cibercriminosos também podem instalar programas maliciosos nos celulares e computadores onde passarão a ter acesso a todos os dados contidos neles tais como senhas, fotos, vídeos e mensagens.

Pelo alcance do golpe nas redes sociais, o Governo Federal se pronunciou para informar que trata-se de um conteúdo falso.

Fonte: O Povo Online