Editorial: camara de osasco

GCM deteve suspeito de tráfico na zona Norte

As equipes Guarda Civil Municipal detiveram um suspeito por tráfico, portando dinheiro e entorpecentes, enquanto faziam patrulhamento pela zona Norte, no domingo, 13/12. Na abordagem, os GCMs encontraram uma sacola com o suspeito, contendo substâncias análogas a drogas e R$150,00 em espécie. Conduzido à delegacia, o suspeito foi autuado, permanecendo à disposição da Justiça.

Câmara aprova equiparação salarial de professores de Educação Básica

Projeto de Lei Complementar 25/2020 foi votado em sessão nesta quarta (16)
 

Em sessão extraordinária realizada na noite desta quarta-feira (16), os vereadores da Câmara Municipal de Osasco aprovaram, em segunda votação, o projeto de lei complementar 25/2020. Dos 21 vereadores, 16 foram favoráveis, quatro não votaram por problemas de conexão no momento da votação e Ribamar Silva não votou por ser o presidente da Casa.

De autoria do Executivo Municipal, o projeto prevê a equiparação do piso salarial para os cargos de Professor de Desenvolvimento Infantil I (PDI I) e Professor de Desenvolvimento Infantil II (PDI II). Em janeiro de 2020 o piso nacional do magistério passou de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,15 para uma jornada de 200 horas mensais, o equivalente a R$ 14,43 por hora.

Até a aprovação do PLC 25/2020, “a remuneração dos dos cargos de PDI I e PDI II em início de carreira encontrava-se abaixo do piso nacional (R$ 13,46 e R$ 13,80, respectivamente)”, dizia o texto enviado à Câmara. O projeto altera a Lei Complementar 354/2019. Com a equiparação ao piso nacional, os professores de Osasco terão um reajuste de 7,2% nos vencimentos.

Conforme postagem realizada em suas redes sociais, o prefeito Rogério Lins (Podemos) explicou o motivo dessa correção salarial ter ocorrido só em dezembro. “Por conta dos gastos com a pandemia do coronavírus e, também, por conta legislação eleitoral, o projeto só foi apresentado em 25 de novembro”.

Líder do governo na Câmara, o vereador Toniolo, também do Podemos, explicou a pertinência do projeto: “A equiparação com o piso nacional é reivindicação antiga dos professores de Osasco”. Também conforme o texto do PLC 25/2020, o aumento será retroativo em relação ao ano de 2020 e beneficiará ainda os professores já aposentados.

Já o vereador Ralfi Silva ressaltou que essa era uma das promessas de campanha do prefeito e de como o reajuste aos professores era aprovada por boa parcela da população: “Muita gente me pediu voto favorável ao projeto”, afirmou o parlamentar do Republicanos.

Ricardo Silva, parlamentar do PSD, reafirmou como a pandemia e as eleições atrasaram a votação do PLC 25/2020, e enfatizou a importância dos docentes durante a crise causada pelo Covid-19. Para o vereador Daniel Matias, é um reconhecimento ao trabalho dos professores: “São eles que impulsionam as novas gerações e, por conseguinte, a nossa cidade”.

Ginástica Artística osasquense se adapta a nova rotina de treinos

Por: Giane Vieira
Imagens: SEREL/PMO

A equipe de Ginástica Artística de Osasco (GA), da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (SEREL), inovou mais uma vez e aderiu ao novo formato virtual para realizar suas atividades.

Desde o período em que as aulas e as competições foram suspensas, após anúncios dos casos da covid-19 no Brasil, todos os profissionais se reuniram, virtualmente, e criaram métodos para manter os alunos motivados e focados. Arquivos de apostilas, vídeos explicativos e lives foram realizados semanalmente via Instagram, a partir de março, para todas as turmas.

As festas temáticas e os eventos não deixaram de ser realizados adotando o formato on-line. A tradicional festa junina; a 1ª mostra da G.A on-line de pré-treinamento e até um clipe de homenagem ao Dia das Crianças são exemplos.  

Durante o período de isolamento, o Ginásio de Ginástica Artística foi reformado e recebeu troca do solo e modernização do sistema de amortecimento de impactos e propulsão dos aparelhos.

O encerramento das atividades anuais 2020 on-line está previsto para os dias 17 e 18/12, e será feito através dos canais oficiais da SEREL. O link será divulgado nas redes sociais um dia antes para quem quiser prestigiar o evento virtual.

Aos poucos a rotina vai voltando ao normal e de forma gradativa para atletas de alto rendimento. “Estou muito feliz com a retomada dos treinos presenciais das ginastas federadas e do alto rendimento. Depois de sete meses com aulas on-line, a retomada gradativa, além da reforma do Ginásio, nos deixa inspirados para as próximas competições”, destacou o treinador Clayton Xavier.  

A equipe técnica da Ginástica Artística osasquense conta com 14 profissionais, sendo os professores Marcos, Paulo, Allan, Cleiton Xavier, Sefora, Camila e Silvia e os estagiários Rosângela, Daniely, Thauane, Daniel, Maria, Luciana e Ivyla.

Mesmo diante desse momento tão difícil que o mundo vive, teve espaço para homenagens também. Alguns dos atletas das equipes de Ginastica Artística Feminina e Masculina foram destaque 2020 e homenageados no livro Atletas de Ouro. Na equipe feminina foram Gleyce Rodrigues, Beatriz Benedetti, Ivyla Maiane, Thauane Rodrigues e Nayara Coutinho. Na equipe masculina foram homenageados: Enzo Lopes, Fernando Mônaco, Gabriel Kenzo, Pietro Maximiano, Marcos Paulo e Arthur Vieira, além do treinador Clayton Xavier.

“Todos foram incansáveis e não mediram esforços para dar andamento aos treinos, eventos e aulas on-line. Parabéns a todos”, agradeceu o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.

Osasco amplia horário de funcionamento do comércio para evitar aglomerações

Texto: Marco Borba

Imagens: divulgação

Com o objetivo de evitar aglomerações, a Prefeitura de Osasco decidiu ampliar o horário de funcionamento  de comércio, bares, restaurantes e academias. Com as novas medidas, que vigoram a partir desta sexta-feira, 11/12, as pessoas podem se programar melhor para as compras de fim de ano e atividades de lazer e entretenimento.

No caso do comércio (incluindo os shoppings), a capacidade de atendimento nos locais é de 40%, com 12 horas de funcionamento, até as 23h. Os lojistas devem fazer o controle de acesso, garantindo a lotação máxima de um cliente a cada 15 metros de área de vendas ou serviços. Devem ainda fixar no local placa ou aviso contendo horário de funcionamento e o limite da lotação máxima e controlar para que não haja filas internas e externas nos estabelecimentos.

Nos restaurantes e similares (com consumo no local), a capacidade de público também é restrita a 40% do espaço, com 12 horas diárias e atividades até 23h. As mesas  têm de ter no máximo seis lugares.

Fica mantida a utilização de área externa ou ao ar livre para os estabelecimentos que já possuam essa autorização, desde que mantida a distância mínima de 1.5 metro para o trânsito livre e seguro dos pedestres.

As academias de esporte de todas as modalidades e centros de ginástica só poderão funcionar com 30% da capacidade, mas por 14 horas diárias. Mas clientes e usuários deverão seguir algumas regras, entre as quais fazer agendamento prévio (vedada a entrada fora da escala de horário).

Os acessos também deverão ter controle de identificação dos usuários e cada pessoa (proprietários, funcionários e usuários) deverá usar equipamento de proteção individual (máscaras, luvas e similares). Todos deverão sujeitar-se à medição de temperatura, sendo considerados casos suspeitos de covid-19 aqueles que apresentarem febre, ainda que leve. Nesse caso, a pessoa não poderá permanecer no local.

As academias também deverão disponibilizar álcool 70% (dispenser) em todas as áreas do estabelecimento, sendo que nas áreas de musculação deverá disponibilizar um frasco por aparelho. 

Em todos os estabelecimentos comerciais segue obrigatório o uso de máscaras e a higienização constante das mãos com álcool em gel 70%, além do distanciamento entre as pessoas, o que é fundamental para evitar a propagação do coronavírus.

A exemplo de outras cidades do Estado, desde a semana passada Osasco encontra-se na fase amarela do Plano São Paulo.

Osasco está no ranking de Cidades Inteligentes

Imagem: Divulgação

 Osasco está entre os 100 municípios do Brasil considerados como Cidades Inteligentes. No Ranking Connected Smart Cities, idealizado pela  Urban Systems e pela Necta, são analisados 70 indicadores em 11 eixos temáticos: Mobilidade, urbanismo, Meio Ambiente, Tecnologia e Inovação, Empreendedorismo, Educação, Saúde, Segurança, Energia, Governança e Economia.

           Na avaliação do ano passado, no eixo Tecnologia e Inovação, Osasco aparecia em 36º colocado, já neste ano, com resultado dos esforços da administração municipal, a cidade subiu para a 30ª posição, aparecendo na frente, inclusive, de capitais como São Luís, do Maranhão, Teresina, do Piauí, e Maceió, de Alagoas.

          Os indicadores inclusos no eixo de Tecnologia e Inovação envolvem: o crescimento de empresas de tecnologia, capital humano, infraestrutura de telecomunicações (Fibra Ótica e 4,5H), produção de conhecimento (Patentes) e incentivo a pesquisas (Bolsa CNPq).

         Nos últimos três anos, Osasco recebeu importantes empresas do setor de tecnologia, o que também colaborou para o resultado da avaliação das Cidades Inteligentes. Em 2018, por exemplo, a cidade passou a ser sede do Ifood, empresa líder de mercado em delivery online de comida. Neste ano, a gestão municipal anunciou a chegada de outra importante empresa do setor de tecnologia e alimentação, a Rappi. Além disso, há também o Mercado Livre, a B2W e outras.

         Além de Tecnologia e Inovação, Osasco apareceu no top 100 de outros três eixos, são eles: Economia, Educação e Urbanismo.

Campeão da Copa São Paulo e playoffs do Paulista, Basket Osasco fez história em 2020

Texto: Giane Vieira dos Santos

Fotos: Marina Gouvêa/LSB

 Para o basquete osasquense o ano de 2020 foi de aprendizado, mas a temporada pode ser considerada histórica para o basquete masculino. A temporada teve o 1º título profissional do basquete masculino na história da cidade. Em 2021, a Coruja representará o Estado no Brasileirão.

Após cumprir o período de quarentena por conta da Covid-19, a Coruja disputou pela sexta vez consecutiva o Campeonato Paulista, um dos torneios mais fortes do país. Todos os jogos foram realizados sem a presença de público, seguindo protocolo elaborado pela UNIFESP e aprovado pelo Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo. A volta aos trabalhos contou com o apoio da Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer.  

Sob o comando do técnico João Ricardo Lourenço, o Basket Osasco não apenas fez grande campanha no Paulista, classificando-se pela segunda vez seguida para os playoffs do Estadual, como também levantou a taça da Copa São Paulo, primeiro título profissional do basquete masculino na história da cidade. No Quadrangular disputado em Sorocaba, o time venceu os dois jogos que disputou – contra Liga Sorocabana (64 x 56) e Tatuí (88 x 61). 

“Um título no momento em que estamos vivendo, durante a pandemia, nos trouxe muita alegria. Foi um feito histórico para o esporte de Osasco, mostrou que nosso trabalho é sério e que estamos no caminho certo”, destacou João Ricardo, que além de técnico do time adulto é o diretor-executivo do projeto Basket Osasco.

Em 2021, a estreia no cenário nacional

A próxima edição do Campeonato Brasileiro, organizado pela CBB (Confederação Brasileira de Basketball), terá início em 13 de fevereiro de 2021 com a presença de 12 equipes, que irão representar seis estados: Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Goiás e São Paulo, que terá o Basket Osasco como único representante. 

Além da Coruja, que fará sua estreia no cenário nacional, estão confirmados Botafogo-RJ, Joinville Basquete-SC, Black Star-SC, Brusque Basquete-SC, Blumenau Basquete-SC, ADRM Maringá-PR, Londrina Basketball-PR, NBPG Ponta Grossa-PR, União Corinthians-RS, Vila Nova-GO e Vultures Anápolis-GO.

O Brasileirão 2021 manteve o formato de disputa da edição de 2020, cancelada por conta da pandemia da Covid-19. As equipes serão divididas em duas Conferências: “Gerson Victalino” e “Hélio Rubens Garcia”, jogando entre si em turno e returno.

Os dois primeiros de cada conferência vão direto para as quartas de final. Terceiro, quarto, quinto e sexto colocados disputam a segunda fase, fazendo um jogo único, cruzando as conferências, para definir os outros quatro times das quartas de final, que serão realizadas em melhor de três partidas. Os quatro classificados farão o Final Four, em sede única, para definir o campeão brasileiro.

Nas próximas semanas, a CBB irá divulgar detalhes das Conferências, bem como datas das fases do Campeonato Brasileiro e informações sobre transmissões.

“Em 2021, além de participar pela primeira vez do Brasileirão, a Coruja deverá jogar o Campeonato Paulista pelo sétimo ano consecutivo.  Isso mostra a força do basquete osasquense”, comentou o secretário Rodolfo Rodrigues Cara. 

Mesmo em ano atípico, Osasco avança em ações sociais e de infraestrutura urbana

Texto: Marco Borba

Imagens: Marcelo Deck

 Apesar do ano atípico em razão da pandemia do coronavírus, que impactou a economia do país, famílias, setores de produção e também os serviços públicos, a Prefeitura de Osasco manteve seu cronograma de atividades nas mais diversas áreas, como programas de ação social, infraestrutura urbana, Saúde, Educação, Segurança Pública e Habitação, entre outras. 

Na Saúde, por exemplo, além da entrega da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) de Presidente Altino, reforma dos prédios da Vila Menck, Olaria do Nino e Metalúrgicos, da UPA Centro, do Pronto-Socorro Santo Antônio, e entrega do novo Centro de Especialidades Odontológicas (16 consultórios e 33 dentistas), por conta da covid-19 a Prefeitura pôs em prática uma série de medidas para amenizar o impacto da doença na cidade.

De imediato, adotou uma série de protocolos preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), criou leitos específicos para receber pacientes de covid no Hospital Antônio Giglio, transformou os PSs Santo Antônio e Osmar Mesquita (Helena Maria) em Centros de Terapia Intensiva (CTIs), parte da Policlínica da zona Norte virou Hospital de Campanha, construiu 40 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Pronto-Socorro do Jardim D’Abril, transformando-o em Hospital de Retaguarda e contratou 47 novas equipes (500 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) para cuidar dos pacientes. Também abriu, no bairro Bela Vista, um espaço para acolher a população de rua que precisasse cumprir quarentena.

Na Educação, além da entrega de dez novas creches e da primeira unidade Mundo da Criança (a segunda será entregue no primeiro semestre de 2021), que juntas criarão 4 mil novas vagas, a Prefeitura implantou lousas digitais e instituiu o ensino do Espanhol. Também aproveitou a suspensão das aulas durante a pandemia para reformar algumas unidades escolares.

Para que os alunos não tivessem o aprendizado comprometido, o município criou o aplicativo “Escola em Casa” e apostilas com todo o conteúdo do programa escolar e exercícios (para os que não dispõem de internet, celular o computador), e instituiu o cartão Merenda em Casa, no valor de R$ 70 por aluno. Também está reformando os Centros Educacionais Unificados (CEU) José Saramago e Zilda Arns.

As obras de infraestrutura também tiveram continuidade, como a limpeza e desobstrução de bocas de lobo e canalização do Braço Morto do Tietê em trechos próximo ao Jardim Baronesa e na divisa entre o Rochdale e o Canaã.

Também houve o prosseguimento do Programa Ilumina Osasco, que prevê a implantação de 24.850 novas luminárias de LED em substituição às convencionais (vapor de sódio), e do Programa Asfalto Novo, com a pavimentação de cerca de 400 ruas e avenidas.

Na área da Habitação, entregou 40 novas moradias no Conjunto Habitacional Morro do Sabão, no Munhoz Júnior, 16 apartamentos no Jardim Bonança e 300 no Conjunto Residencial Vila Alemanha (Jardim Veloso), além da entrega de títulos de regularização fundiária para dezenas de famílias em diversos bairros. Ainda na área social, entre outras medidas, a cidade está reformando as dez unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) para melhor atender as dezenas de famílias cadastradas em programas sociais.

Segurança – Para reforçar a segurança na cidade, a Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu drones e novos armamentos, entre eles 14 novas espingardas calibre 12.

Esportes e lazer – A Prefeitura já entregou em anos anteriores e no momento está reformando uma série de praças e áreas de lazer, como o Boulevard do Baronesa, o ginásio Ayrton Senna da Silva, e implantando gramado sintético, novo alambrado e iluminação de led em campos de futebol, entre eles dos Eucaliptos, na zona Norte, e do CSU, na zona Sul.

Serel e Adreninline realizam o curso de Formação de Instrutor de Patinação – ICP

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (SEREL), realizou entre os dias 4 e 6/12, no Departamento de Práticas Esportivas e Recreativas, em parceria com a Adreninline, o curso de formação de instrutor de Patinação, o Inline Certification Program (ICP), que há 30 anos vem formando instrutores no mundo inteiro.

Participaram oito patinadores vindos de diversas cidades e estados. Além de Osasco, participaram Sorocaba, Bauru, Recife, Espírito Santo e Minas Gerais. Todos os protocolos foram seguidos, como aferição de temperatura, distanciamento, uso de álcool gel e máscara, além do não compartilhamento de materiais e equipamentos.

A patinadora Luara Carvalho ministrou o curso. Ela é a primeira examinadora da América Latina e integra o quadro de professores da SEREL. Luara foi instruída pela patinadora Kris Fondran, que mora em Cleveland, Ohio. Fondran parabenizou toda a organização e estrutura do curso e espera vir ao Brasil em breve para conhecer de perto os novos instrutores.

“Foi a realização de um sonho, que teve início em 2015, quando fiz o curso pela primeira vez e me graduei no Nível 1. Ser a primeira representante na América Latina e do Brasil, e ainda ser mulher, abrirá muitas portas para outras mulheres que queiram se profissionalizar e crescer neste esporte”, comentou Luara.

“Algumas modalidades da Patinação Inline estão presentes no Panamericano e nos Jogos Olímpicos da Juventude, por isso o curso para Formação de Instrutor de Patinação é muito importante, principalmente para todos aqueles que buscam se especializar na modalidade, que registrou um aumento de 300% no número de praticantes no mundo”, disse o secretário adjunto de Esporte, Paulo Egídio.

Osasco mantém arrecadação apesar de pandemia, mostra LOA 2021

Chegada de empresas do setor de serviços manteve economia da cidade aquecida
O município de Osasco manteve a arrecadação em 2020 no mesmo patamar de 2019 apesar da pandemia do coronavírus e sustentará os níveis de atividade econômica. A projeção, prevista na Lei Orçamentária Anual de 2021 (LOA 2021) foi apresentada em audiência da Comissão de Economia e Finanças da Câmara realizada nesta quarta-feira (9).
Carine Simões, subsecretária do Tesouro de Osasco, demonstrou as projeções para o ano de 2021. Segundo os dados da secretaria de Finanças do município, as receitas correntes chegarão a R$ 2,82 bilhões no próximo ano, um crescimento de 1,2% na comparação com 2020. Já as receitas totais serão de R$ 3,03 bilhões, um acréscimo de 2,5% na comparação com o ano atual.
De acordo com a subsecretária, dois fatores foram fundamentais para a manutenção desse nível de receita. O primeiro deles é o aumento das receitas tributárias – aqui estão incluídas todas as receitas com impostos, tributos e taxas de melhorias.
Além disso, o aumento de 58% da receita de serviços foi fator imprescindível para o aumento das receitas do município. A chegada de empresas como Rappi, iFood, Mercado Livre e outras companhias do setor de serviços fizeram a arrecadação nesse segmento saltar de R$ 12,54 bilhões para R$ 19,45 bilhões.
Em postagem no seu Instagram, o prefeito Rogério Lins (Pode) destacou como a chegada dessas empresas foi fundamental para a economia da cidade: “De maio a outubro foram criadas cerca de três mil vagas de emprego na cidade”, comentou o prefeito.
Na previsão apresentada nesta quarta, as pastas de Educação e da Saúde terão as maiores fatias do Orçamento para o ano de 2021: R$ 812 milhões (29,2%) e R$ 731 milhões (26,3%), respectivamente. A secretaria de Segurança e Ordem Urbana terá dotação de R$ 116 milhões; já a pasta da Habitação ficará com R$ 63 milhões.
Sobre a LOA
A Lei Orçamentária Anual é um documento expresso por um conjunto de ações, identificadas por recursos orçamentários, necessários à realização das metas definidas pela Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e que foram extraídas do Plano Plurianual (PPA). O Orçamento abrangerá as metas de receitas e despesas de modo a evidenciar e realizar as políticas e os programas do governo municipal, para um período de um ano.
Carine comentou como a LOA orienta a gestão: “A LOA mostra todas as fontes de arrecadação, de receitas e transferências recebidas de outros poderes. Mostra também tudo o que a cidade irá pagar e como irá fazer de investimentos e obras na cidade”.
Bruno Mancini, secretário municipal de Planejamento e Gestão, comentou sobre a importância da participação popular e de entidades da sociedade civil na elaboração da LOA 2021. “As audiências públicas esclarecem o cidadão sobre um tema tão difícil e importante. Ainda mais num ano de pandemia, precisamos reorganizar os investimentos da cidade”.
Mancini afirmou a importância do uso dos recursos virtuais para manter a participação popular nesse período de isolamento imposto pela pandemia do coronavírus. Foram 1167 sugestões foram recebidas em formulário mantido na Internet por meio da plataforma Participa Osasco.
Também conforme Mancini, o Orçamento municipal foi dividido em 11 eixos estratégicos, em vez da divisão usual por pastas. “Uma maneira de facilitar a compreensão do cidadão sobre o orçamento da cidade”, disse ele ao final de sua apresentação sobre como serão efetuadas as despesas no próximo ano.
Por fim, o secretário de Finanças de Osasco, Pedro Sotero comentou sobre como a pandemia afetou a execução do orçamento de 2020 e a confecção do orçamento do próximo ano: “A recuperação econômica será lenta e uma segunda onda da pandemia pode impactar as receitas da cidade. Tínhamos contingenciado R$ 300 milhões do orçamento 2020 para eventuais despesas causadas pelo Covid-19”.
A audiência foi dirigida pelo presidente da Comissão de Economia e Finanças da Câmara Municipal de Osasco, vereador Cláudio da Locadora (PV), e relatada pelo vereador Toniolo (Pode). Estavam presentes os vereadores Daniel Matias e Josias da Juco, também integrantes da Comissão de Finanças e os parlamentares Lúcia da Saúde, Rogerio Santos, Tinha de Ferreira e Batista Comunidade.

Câmara de Carapicuíba aprova Voto de Pesar pelo falecimento de vereador de Osasco

Moção é de autoria do presidente da Casa, vereador Guto, que lamentou o ocorrido

A Câmara Municipal de Carapicuíba aprovou, nessa terça-feira (8), a Moção n° 200/2020. De autoria do presidente da Casa, vereador Guto (Pode), o texto manifesta Voto de Pesar pelo falecimento do vereador osasquense Valdenir Luiz de França. Conhecido como Ni da Pizzaria (Pode), o parlamentar estava internado com Covid-19 na UTI do Hospital Municipal Antonio Giglio e há 13 dias respirava com ajuda de aparelhos. Na madrugada desse sábado (5), o vereador, que havia sido reeleito este ano para mais um mandato parlamentar (2021-2024), não aguentou.

“Ni da Pizzaria, além de um grande amigo, era um vereador que marcou sua trajetória política pela dedicação a atender aos anseios da população de Osasco. Com certeza fará muita falta em nossa região”, lamentou Guto.