Editorial: camara de osasco

Osasquense pode baixar aplicativo para receber diagnóstico sobre coronavírus

Após baixar o aplicativo, criar uma senha e seguir as instruções e responder a algumas questões, como se possui diabetes, doença respiratória ou se apresenta sintomas como dificuldade de respirar, febre, tosse e dor de garganta, a pessoa terá de aguardar um retorno às informações enviadas.

O tempo de retorno para as mensagens vai depender das descrições feitas pela pessoa no aplicativo. Para os casos considerados suspeitos, de pessoas que não integram o chamado grupo de risco, como idosos, diabéticos e pessoas com doenças crônicas, o retorno será em até 12 horas. Nos casos suspeitos de pessoas do chamado grupo de risco, em até 6 horas. Para os casos considerados urgentes (para quem não está no grupo de risco), de até 2 horas, e, em 1 hora, para os considerados urgentes (pessoas do grupo de risco).

Com base em tais informações, a pessoa receberá o resultado da avaliação e instruções a serem seguidas, bem como as recomendações já amplamente divulgadas, como usar máscaras caso precise sair às ruas, lavar bem as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70%, cobrir a boca com lenço de papel ao tossir (jogar fora depois) ou com o antebraço (nunca com as mãos), evitar tocar a boca, olhos e nariz sem antes higienizar as mãos, evitar aglomeração de pessoas, não compartilhar objetos de uso pessoal, evitar contato próximo com pessoas resfriadas ou com sintomas de gripe.

No entanto, o resultado da “autoavaliação” não representa um diagnóstico clínico, que será realizado apenas presencialmente nas unidades de saúde.

Em caso de dúvida, a pessoa deve ligar para o Disque Saúde 136 do Ministério da Saúde ou procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

O lançamento do aplicativo visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus.

Agora a população de Osasco pode contar também com a tecnologia no combate à pandemia e outras epidemias. A prefeitura foi buscar o que há de melhor no mercado para o atendimento ao seu cidadão”, disse o prefeito Rogério Lins.

A rapidez no diagnóstico e no tratamento são fundamentais para minimizar os problemas causados pelo coronavírus. Com um sistema de autoatendimento, os osasquenses terão muito mais agilidade e segurança no atendimento”, completou o secretário de Saúde, Fernando Machado.

A empresa

O lançamento do aplicativo, desenvolvido pela Giespp, empresa do Grupo Eicon, visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus.

Vereadores de Osasco aprovam pacote de projetos para enfrentamento da Covid-19

Medidas incluem bônus a servidores que atuam no combate e dotação orçamentária específica

Por Deniele Simões

Os vereadores osasquenses aprovaram, na madrugada desta quarta-feira (15), um pacote de projetos do Executivo municipal para reforçar o enfrentamento à pandemia de coronavírus (Covid-19) na cidade.
A votação aconteceu em duas sessões extraordinárias pro vídeoconferência. Na primeira, iniciada às 18 horas da terça-feira (14), os vereadores discutiram amplamente os projetos e fizeram a primeira votação. A segunda sessão teve início na madrugada de quarta, quando aconteceu a segunda votação dos projetos.
A aprovação das matérias garantirá o pagamento de bônus para os servidores municipais que atuam no enfrentamento da pandemia, assim como a criação de orçamento específico para o combate à pandemia, em conformidade com os parâmetros estabelecidos pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), governo do Estado de São Paulo e governo federal.
“Esses projetos são de muita importância para a nossa cidade e de urgência urgentíssima, o que por si só justifica qualquer esforço da parte dos vereadores”, disse o presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), que coordenou os trabalhos.

ORÇAMENTO ESPECÍFICO
O projeto de lei 41/2020 foi aprovado com 19 votos favoráveis e um contrário em primeira discussão e XXXX na segunda. A matéria autoriza a criação de um código específico no orçamento vigente para a inclusão das despesas relacionadas à Covid-19.
“Esse projeto visa dar celeridade às aberturas de crédito por meio de decreto. Se não fizéssemos isso, perderíamos muito tempo até que se mandasse o projeto para a Câmara, se fizesse a votação e o prefeito sancionasse”, justificou o líder do prefeito Rogério Lins (PODE) na Câmara, vereador Toniolo.
Já o projeto de lei 44/2020 autoriza a abertura de crédito adicional especial ao orçamento no valor de R$ 84 mil. A verba será utilizada para atender as demandas da execução de despesas relacionadas ao controle do coronavírus em Osasco. A matéria foi aprovada com 17 votos favoráveis e dois contrários na primeira discussão, e XXX na segunda.

GRATIFICAÇÃO EXTRA
O último item do pacote foi o projeto de lei 45/2020, que trata do pagamento de gratificação extraordinária no valor de um salário-mínimo nacional (R$ 1.045,00) aos servidores públicos municipais que prestam serviços essenciais de combate à Covid-19. A matéria teve aprovação unânime, com 19 votos. O mesmo placar se repetiu na segunda discussão.

CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A QUARENTENA
Um dos temas que estiveram na pauta de discussão foi a necessidade de conscientização sobre a quarentena como forma de prevenção à Covid-19.
Segundo informações do governo de São Paulo, Osasco está em 8º lugar entre os municípios com maiores índices de isolamento social, com 62%.
Os vereadores relataram casos de descumprimento da quarentena em bairros periféricos das zonas norte e sul da cidade e cobraram ações efetivas da prefeitura para conscientizar as pessoas sobre a importância do isolamento como forma de prevenir a doença.

Osasco implanta Estação de Higienização no Centro

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde, implantou a 1ª Estação de Higienização na região central da cidade, em frente à CPTM. A estação, que começou a sua operação nas primeiras horas da segunda-feira, 13/4, é mais uma medida de combate à pandemia do coronavírus.

 A estação, montada sob tendas, borrifa um vapor sobre as pessoas. Trata-se de um composto formado basicamente por um extrato vegetal, acrescido de hipoclorito de sódio numa diluição bem baixa com água, acompanhando as especificações do Conselho Federal de Química, que integra o Technical Brief, da Organização Mundial de Saúde, no enfrentamento à pandemia do coronavírus. 

Assim que deixa as escadarias da estação da CPTM, o munícipe recebe orientações de funcionários sobre como se comportar embaixo das tendas. Ao passar pela Estação de Higienização, o cidadão é orientado a abrir os braços. O composto higieniza roupas, pertences pessoais – como bolsas, mochilas e sacolas -, além dos sapatos.

 “Fiquei com receio de usar, mas os funcionários explicaram, então achei interessante o processo. O sistema deveria ser levado para outras áreas da cidade”, defendeu a dona de casa Sandra Thomás, 37 anos. O mecânico Oswaldo Guerreiro, 32, também aprovou a Estação de Higienização. “O transporte público continua lotado e ainda há muita gente na rua. São pessoas que não precisam sair, mas insistem em desrespeitar o isolamento”, disse. 

A região central foi a escolhida para receber a 1ª Estação de Higienização da cidade pois tem registrado a movimentação de cerca de 80 mil pessoas/dia. Antes da quarentena, o movimento na região atingia até 350 mil pessoas/dia. A prefeitura pretende ampliar as estações de higienização. Além do Centro, a administração implantará o mesmo serviço no lado de Presidente Altino e outros locais, ainda em definição.

 “Não temos medido esforços no combate ao coronavírus. Temos buscado alternativas para reduzir a disseminação do vírus. No entanto, ainda enfrentamos dificuldades do entendimento da população, que insiste em não respeitar o isolamento social, sendo que o isolamento é uma das medidas mais importantes no combate ao vírus”, disse o prefeito Rogério Lins.

 DESINFECÇÃO

A Prefeitura mantém também a operação de desinfecção dos locais onde há grande movimentação de pessoas na cidade, como portas de estabelecimentos comerciais, pontos de ônibus, proximidades das unidades de saúde, quadras, praças e ruas.

 A solução aplicada pelos profissionais é um composto de água, cloro e desinfetante.

Câmara vota gratificação para servidores que atuam contra Covid-19 em Osasco

Projeto será discutido em sessão extraordinária; veja como assistir

A Câmara Municipal de Osasco realiza nesta terça-feira (14), às 18 horas, sessão extraordinária para votar o projeto de lei do Executivo que autoriza o pagamento de gratificação salarial aos servidores municipais que atuam na linha de frente do combate à pandemia da Covid-19 e outras duas matérias.

GRATIFICAÇÃO EXTRA
A remuneração extra proposta pelo Executivo prevê o pagamento de gratificação no valor de um salário mínimo nacional aos servidores públicos da Secretaria da Saúde e de outras pastas que atuam na prestação de serviços essenciais de combate à Covid-19.
Além do projeto de gratificação extra, outros dois projetos relacionados à área da saúde serão votados pelos vereadores osasquenses.
O primeiro dispõe sobre abertura de crédito adicional especial ao orçamento vigente no valor de R$ 84 mil para atendimento às demandas da execução de despesas relacionadas ao controle da pandemia de Covid-19 na cidade.
O outro projeto prevê a criação de um código específico no orçamento vigente para a inclusão das despesas relacionadas à Covid-19.

SESSÃO REMOTA
A sessão extraordinária será realizada virtualmente, ou seja, os vereadores vão discutir e votar os projetos em suas respectivas casas, via internet.
Os trabalhos serão transmitidos ao vivo pela TV Câmara Osasco, em todas as plataformas de comunicação do Legislativo osasquense.

Para acompanhar a sessão pela TV, basta sintonizar a TV Câmara Osasco pelo canal 7 da NET ou pelo canal 3 da Megabit Telecom.

Também é possível assistir à sessão no site oficial do Legislatio, no endereço osasco.sp.leg.br, ou pelo Facebook e YouTube da Câmara Municipal de Osasco.

GCM apoia Polícia Civil em operação contra produção clandestina de álcool em gel em Osasco

A Secretaria de Segurança e Controle Urbano (Secontru), da Prefeitura de Osasco, intensificou o patrulhamento na cidade durante o período de coronavírus. As equipes apoiaram uma operação da Polícia Civil, que resultou na prisão de um suspeito e na apreensão de produtos que seriam utilizados na produção clandestina de álcool em gel.

No local, agentes de segurança pública, da vigilância sanitária e do CDU encontraram uma espécie de fábrica do álcool em gel. Além do imóvel utilizado como fábrica, outras duas lojas vendiam o produto. Elas foram lacradas. Os frascos do produto e materiais que seriam utilizados na produção do álcool em gel – galões de produtos químicos, embalagens, rótulos, produtos de limpeza, tampas de frascos e diversos frascos contendo álcool – foram apreendidos.

Não havendo nenhum profissional responsável pela produção do material pelo local, além de não cumprirem as normas da vigilância sanitária para a produção e a ausência de várias outras informações necessárias para que o consumidor pudesse ter ciência da procedência dos produtos, o local foi lacrado e os produtos apreendidos.

O proprietário dos imóveis foi conduzido até o 10º DP de Osasco para apuração dos fatos, tendo sido ratificado voz de prisão. Ele responderá por vários delitos havendo também a solicitação de perícia nos materiais apreendidos.

Senac Osasco doa materiais de higiene e equipamentos de proteção individual ao Hospital Antônio Giglio

Reforçando o compromisso social com a comunidade, principalmente por conta da pandemia de coronavírus, o Senac Osasco destinará 15.966 itens de equipamentos de proteção individual (EPIs) e produtos de higiene pessoal ao Hospital Municipal Antônio Giglio. 

Os itens faziam parte do estoque utilizado durante o período de aulas, que foram suspensas por conta das orientações dos órgãos de saúde.

O lote doado é composto por álcool em gel, líquido e spray, detergente clorado, lençóis descartáveis, luvas de procedimento, máscaras descartáveis, rolos de papel toalha e papel higiênico, sabonete líquido, sacos de lixo e buchas de limpeza de superfícies.

O Senac enfatiza a importância do desenvolvimento social por meio de ações educacionais e procura constantemente implementar projetos que estimulem a inclusão e a cidadania e tem orgulho de fazer parte da formação de profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao Covid-19.

Senac Osasco

Endereço: Rua Dante Batiston, 248 – Centro – Osasco/SP

Informações: www.sp.senac.br/osasco

Osasco lança plataforma digital para alunos estudarem em casa

A Secretaria de Educação da Prefeitura de Osasco lançou terça-feira, 8/4, por meio de parceria entre a Planneta Educação e a Khan Academy, o site Escola em Casa, plataforma digital que disponibiliza atividades complementares aos alunos da rede municipal de ensino durante o período de recesso escolar, antecipado de julho para abril em função da pandemia do novo coronavírus.

O prefeito Rogério Lins explicou que a plataforma traz conteúdos para garantir a rotina de estudos dos alunos, uma vez que as atividades presenciais estão suspensas neste momento. “Além disso, a equipe de profissionais da Educação elaborou conteúdos pedagógicos e recreativos alinhados às competências e habilidades da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) que atendem a Educação Infantil e o Ensino Fundamental”.

A página já está no ar e terá atualização diária para os estudantes das escolas municipais. O acesso ao site ocorrerá através do link: http://www.osasco.sp.gov.br/home. O  usuário verá o banner “Escola em Casa” no canto superior esquerdo. Basta clicar na imagem para acessar a plataforma de conteúdo.

O Secretário de Educação, José Toste Borges, salientou que o site foi pensado de maneira dinâmica e interativa: “Assim que os alunos acessarem o ícone de conteúdo, visualizarão que na parte superior do site um menu divide as atividades pedagógicas por modalidade, onde cada opção direcionará o estudante ao material adequado à sua etapa escolar”.

Na aba Educação Infantil, as atividades estão divididas em “Aulas”, dedicadas a crianças até 5 anos. Já no Ensino Fundamental, há tarefas para alunos do 1º ao 5º ano, com disciplinas de Inglês, Arte, Português, Matemática, Ciências, Educação Física, Geografia e História.

Contudo, o site disponibiliza “Atividades Interativas”, bem como o acesso à plataforma especializada em matemática, da Khan Academy. Traz ainda dicas de notícias sobre ações educacionais, prevenção ao coronavírus, vídeos e ilustrações lúdicas.

O período de recesso escolar começou dia 1º/4 e se estende até 14 de abril, conforme prevê o decreto 12.420 de 31 de março, publicado no Diário Oficial do Município de Osasco.

SuperShopping Osasco leva a páscoa até os clientes neste período de quarentena

Shopping center dá dicas para uma Caça aos Ovos em casa e garante os chocolates, disponibilizando serviço de delivery da Cacau Show e da Kopenhagen

Osasco, 3 de abril de 2020 – O SuperShopping Osasco traz uma novidade nesta Páscoa para trazer mais alegria aos dias de quarentena. O shopping center dá dicas de como montar uma Caça aos Ovos para a criançada e garante o chocolate com serviço de delivery das lojas Cacau Show e Kopenhagen. É uma oportunidade também para quem está longe de seus pais, avós, namorados ou amigos não deixar a saudade tomar conta dessa data tão especial.

Os diferentes sabores de Nha Benta e os ovos de chocolate Língua de Gato são os queridinhos da Kopenhagen. Para garantir o seu preferido, basta ligar no telefone (11) 3654-0796, das 10h às 18h. Os trufados Dreams e as famosas trufas da Cacau Show são algumas das opções que estão disponíveis para entrega. Além disso, a marca traz uma seção dedicada para as crianças com ovos que vem com speaker, fone de ouvido ou bola de futebol. Os pedidos são feitos pelo telefone (11) 2508-9231 das 11h às 19h.

E a caça aos ovos? Sabemos o quanto é difícil entreter as crianças nestes dias em casa e, pensando nisso, o SuperShopping Osasco ajuda os pais a prepararem uma verdadeira Caça aos Ovos. Basta soltar a imaginação na hora de esconder os chocolates por todos os lados, fazer um molde de patinhas com papel branco e simular as pegadas com talco ou farinha. Para conferir mais dicas, basta ficar atento as redes sociais oficiais do shopping center. A diversão está garantida!

Sobre o SuperShopping Osasco

O SuperShopping Osasco reúne as melhores opções de lazer e compras para toda a família. O ambiente reconhecido pelo conforto, sofisticação e tranquilidade possui três andares em 17 m² de área bruta locável e abriga um mix de 140 lojas, com 10 âncoras e megalojas, além de grandes marcas do varejo e de negócio local. O shopping center conta ainda com mais de 30 opções gastronômicas que reúnem pratos para todos os paladares e sete salas de cinema Kinoplex de última geração, com a melhor tecnologia digital em som e imagem. Sempre inovando com marcas diferenciadas e atrações exclusivas, o shopping center inaugurado em 2005 é o endereço dos primeiros Coco Bambu, Popeyes, Daiso Japan, Hope, The Body Shop e Anacapri da cidade e está localizado no complexo Power Center Osasco, que possui um fluxo mensal de mais de 2 milhões de pessoas. Saiba mais em www.supershoppingosasco.com.br

2,5 milhões receberam auxílio emergencial de R$ 600 nesta quinta. Veja como receber também!

Primeiros a receber foram os que estão no Cadastro Único, mas não recebem Bolsa Família e têm conta no BB ou poupança na CEF.
Cerca de 2,5 milhões de pessoas receberam nesta quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 anunciado pelo governo para trabalhadores informais. Os primeiros a receber foram aqueles que estão no Cadastro Único do governo federal, mas não recebem Bolsa Família, e que têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa.
O benefício será creditado na conta poupança de 2.150.497 clientes da Caixa e na conta de 436.078 clientes do Banco do Brasil. O total disponibilizado foi de cerca de R$ 1,5 bilhão.
O auxílio emergencial será pago para trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs. Veja como deve ser o calendário de pagamento para todos os trabalhadores que têm direito ao auxílio:

Primeira parcela
Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal: quinta-feira (9);
Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos: terça-feira da semana que vem (14 de abril);
Trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único: em 5 cinco dias úteis após inscrição no programa de auxílio emergencial;
Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de abril, seguindo o calendário regular do programa
Segunda parcela
Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: entre 27 e 30 de abril
Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa

Terceira parcela
Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: entre 26 e 29 de maio;
Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de junho, seguindo o calendário regular do programa
Quem tem direito?
Durante três meses, será concedido auxílio emergencial de R$ 600 ao trabalhador que cumpra todos estes requisitos:

ser maior de 18 anos de idade com CPF regularizado;
não ter emprego formal;
não ser titular de benefício previdenciário ou assistencial, beneficiário do seguro-desemprego ou de programa de transferência de renda federal, à exceção do Bolsa Família;
ter renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135);
que, no ano de 2018, não tiver recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018.
O auxílio será cortado caso seja constatado o descumprimento desses requisitos. O texto diz também que o trabalhador deve exercer atividade na condição de:

microempreendedor individual (MEI);
contribuinte individual do Regime Geral de Previdência Social que trabalhe por conta própria;
trabalhador informal empregado, autônomo ou desempregado
intermitente inativo
estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), até 20 de março de 2020
ou que se encaixe nos critérios de renda familiar mensal mencionados acima, desde que faça uma autodeclaração pelo site do governo.
A proposta estabelece ainda que somente duas pessoas da mesma família poderão receber o auxílio emergencial. Para quem recebe o Bolsa Família, o programa poderá ser substituído temporariamente pelo auxílio emergencial, caso o valor da ajuda seja mais vantajosa.

A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês.

Na renda familiar, serão considerados todos os rendimentos obtidos por todos os membros que moram na mesma residência, exceto o dinheiro do Bolsa Família.


Se, durante este período de três meses, o beneficiário do auxílio emergencial for contratado no regime CLT ou se a renda familiar ultrapassar o limite durante o período de pagamento, ele não deixará de receber o auxílio.

Como pedir o auxílio
Os trabalhadores podem pedir das seguintes formas:

Clique aqui para acessar pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio
Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio
Clique aqui para baixar o aplicativo para iOS (celulares Apple): https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331
Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, apenas para as pessoas que não tenham acesso à internet, será possível também fazer o registro em agências da Caixa ou lotéricas. O cadastro presencial será uma exceção, apenas em último caso.

O aplicativo e o site devem ser usados pelos trabalhadores que forem Microempreendedores Individuais (MEIs), trabalhadores informais sem registro e contribuintes individuais do INSS.

Aqueles que já recebem o Bolsa Família ou que estão inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) não precisam se inscrever pelo aplicativo ou site. O pagamento será feito automaticamente. (Clique aqui para ver como saber se você está no Cadastro Único).

Cadastramentos no app, site e Central 111
Até a manhã desta quinta, foram realizados mais de 240 milhões de acessos ao site e aplicativo do auxílio emergencial, sendo que 28 milhões de brasileiros já finalizaram o cadastro.

A Central 111 recebeu mais de 4 milhões de ligações. A Caixa reforça a orientação para que sejam apenas utilizados os aplicativos oficiais do banco e o único site disponível para solicitar o benefício.

A Caixa abrirá automaticamente as contas de poupança digitais para 3.113.356 brasileiros considerados aptos a receber o auxílio emergencial e fará o crédito nas contas na próxima terça-feira (14). Os que receberem o crédito por meio da conta digital poderão efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias. Além disso, podem pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras.

Fonte: G1

Nubank contrata 78 funcionários enquanto startups fazem demissões no Brasil

Nubank promete mais contratações; C6 Bank, Gympass e MaxMilhas fazem demissões durante pandemia do coronavírus (COVID-19).

O Nubank anunciou a contratação de 78 funcionários esta semana, todos admitidos por videoconferência e trabalhando em home office. Isso vai na contramão do que diversas startups vêm fazendo durante a pandemia do coronavírus (COVID-19): com um futuro mais incerto, C6 Bank, Gympass e MaxMilhas realizaram demissões.
Os 78 novos colaboradores do Nubank vêm de cinco estados brasileiros e de seis nacionalidades diferentes para os escritórios de São Paulo, Cidade do México, Buenos Aires (Argentina) e Berlim (Alemanha).

Os funcionários do Nubank recebem equipamentos para trabalhar em casa, como notebook, mouse e adaptador; além disso, foram distribuídas 500 cadeiras ergonômicas para os Nubankers. 100% da força de trabalho está fazendo home office.

O Nubank diz em comunicado que, desde o início da crise do COVID-19 em março, decidiu não realizar demissões em massa. A fintech afirma ainda que mais contratações estão previstas para os próximos meses.

Startups fazem demissões
Não é o caso de outras startups, que são mais afetadas pela pandemia. A MaxMilhas, por exemplo, fez 167 demissões: a empresa trabalha com venda de pontos e milhas para viagens aéreas, setor que sofreu queda de até 90% na demanda.

O C6 Bank demitiu cerca de 60 pessoas de seu total de 1 mil funcionários: a fintech explica ao Estadão que fez “ajustes em áreas por conta da parada na economia” em setores como marketing e comercial. No entanto, ela contratou 11 funcionários nas áreas de tecnologia e operações.

O Gympass não revela o número de demissões, mas afirma que “precisou de mudanças para cortar custos”. A empresa vende assinaturas que dão acesso a milhares de academias em todo o Brasil; elas estão fechadas em diversas cidades para achatar a curva de contágio do coronavírus. Por isso, a startup passou a oferecer treinos online.

Fonte: Tecnoblog.