Editorial: camara de osasco

Dia de Finados não terá celebrações religiosas

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Serviços e Obras (SSO), já preparou os três cemitérios públicos da cidade para receber os visitantes no Dia de Finados, 2/11. Os três cemitérios: Bela Vista, Santo Antônio e Parque dos Girassóis funcionarão a partir das 8 horas.

Em virtude da pandemia do coronavírus, as celebrações religiosas foram suspensas. Além disso será obrigatório o uso de máscara e serão disponibilizados álcool em gel em vários pontos dos cemitérios.

Para evitar aglomerações, os serviços de orientação ao público nas administrações dos cemitérios, com informações aos familiares, não funcionarão.

Para receber os visitantes, a SSO intensificou os serviços de manutenção e zeladoria como capinação, roçagem, pinturas e serviços complementares.

Com base em denúncias, GCM realiza ações de combate ao tráfico

Para coibir o tráfico de drogas, na quinta-feira, 15/10, a Guarda Municipal realizou uma operação em pontos estratégicos da cidade. A ação, planejada com base em denúncias, contou com o efetivo de 24 agentes da GCM, que atuaram em diversos bairros, entre eles Bela Vista e Cidade das Flores.

Com o auxílio das câmeras de monitoramento do COI (Central de Operações Integradas), 38 pessoas foram abordadas, sendo que uma delas confessou que estava no local vendendo entorpecentes. O indivíduo foi conduzido à delegacia, onde ficou à disposição das autoridades.

Só na Cidade das Flores foram apreendidos 40 pedras de crack, 16 pinos de cocaína, 11 papelotes de maconha, além de cachimbos.

Após atender casos da Covid, PS do Santo Antônio é reaberto

Recém-reformado, o Pronto-Socorro Doutor Conrado Cesarino Nuvolini, que fica na Avenida João de Andrade, 958 – Jardim Santo Antônio, foi reaberto na sexta-feira, 23/10, para os atendimentos de urgência e emergência. Desde março a unidade estava atendendo apenas pacientes da Covid-19.

Com a retomada dos atendimentos de clínico-geral e pediatria, a previsão é de que o Pronto-Socorro atenda aproximadamente 400 pacientes por dia. A unidade funciona 24 horas e conta com 26 leitos, sendo 10 de internação (adulto), 6 de pediatria, 6 de observação e 4 de emergência.

Como Centro de Terapia Intensiva para os casos de coronavírus, o PS do Santo Antônio atendeu mais de 500 pacientes, com quadros moderados e graves da Covid-19.

REFORMA DA UNIDADE

No começo do ano, o PS passou por uma ampla reforma, que incluiu troca de pisos, portas e janelas, revisão elétrica e hidráulica, readequação de ambientes e nova pintura. A revitalização contemplou áreas de coleta de exames, salas de internação e medicação, banheiros, de enfermaria, de administração, de higienização, almoxarifado de medicamentos, recepção e áreas externas.

Rappi está de ‘malas prontas’ para Osasco

Primeiro superapp da América Latina, Rappi chega para reforçar o perfil de Osasco como o ‘Vale do Silício’ brasileiro. Na “Oz Valley” já estão iFood, Mercado Livre, Dafiti e B2W. Chegada da empresa também ajuda a alavancar a retomada da economia pós-pandemia, com geração de receita e empregos

Osasco será a nova “casa” do superapp Rappi. Está em fase final o processo de mudança da sede da empresa para a cidade. Mas a instalação no município, envolvendo processos jurídicos e burocráticos, já está oficializada.

A chegada do Rappi a Osasco é importante por dois motivos. A empresa tem um perfil que se encaixa à nova economia que vem caracterizando o município como o “Vale do Silício” brasileiro, em referência à região da Califórnia, nos Estados Unidos, que reúne grande número de startups e empresas de tecnologia. Na “Oz Valley”, já estão iFood, Mercado Livre, Dafiti e B2W (empresa de comércio eletrônico que reúne Submarino, Shoptime e Americanas.com).

O novo empreendimento também ajuda a alavancar a retomada da economia de Osasco pós-pandemia. Além de gerar receita, por meio da arrecadação de impostos, para que a prefeitura invista em importantes áreas, como Saúde, Educação, Obras e Segurança Pública, o Rappi vai criar empregos para os osasquenses, somando-se a um polo tecnológico que hoje já emprega diretamente mais de 25 mil pessoas na cidade – isso sem contar os entregadores parceiros dos serviços sob demanda.

“Estamos crescendo e apostando fortemente no Brasil. Temos um longo caminho de sucesso a percorrer, assim como uma estratégia de negócios que mira o futuro”, afirma Martin Martorell, head de RH do Rappi. “Nosso foco visa duas frentes principais: investimento e expansão. Queremos ter novos produtos e verticais cada vez mais alinhados com as necessidades e demandas dos nossos usuários”.

Mas não é só na área de tecnologia e comércio eletrônico que a economia de Osasco dá sinais de recuperação. Recentemente, também anunciaram sua vinda à cidade duas “gigantes” em seus setores: a rede varejista Havan, que vai construir uma megaloja em Presidente Altino, e a MercadoCar, um “shopping” de autopeças que está com as obras adiantadas na avenida dos Autonomistas, no Centro.

Isso mostra que, mesmo em meio às incertezas causadas pela pandemia, Osasco e sua administração pública são alvo da confiança da iniciativa privada na tomada de decisões sobre a retomada econômica. E a prefeitura também vem fazendo sua parte nesse processo de recuperação pós-pandemia.

O prefeito Rogério Lins está à frente de um pacote de obras públicas que vão gerar mais de 3 mil empregos nos próximos meses. E, desde o início da pandemia, vem adotando medidas de apoio às micro, pequenas, médias e grandes empresas, como extensão do prazo de pagamento de taxas e tributos. Também está em fase final de elaboração um novo Código Tributário, que trará alíquotas mais baixas para vários setores.

Nota de Pesar | Ex-vereador Sergio Yamato

A Câmara de Osasco e a equipe do Jornal Metrópole lamenta o falecimento de Sergio Yamato na madrugada desta quinta-feira, em decorrência de um infarto. Yamato, empresário e consultor político, foi vereador em Osasco na década de 1970. Conhecido por sua humildade e disposição para ajudar, deixará saudades e um legado de conquistas. Os vereadores e servidores desta Casa de Leis solidarizam-se com os familiares e amigos.

SUPERSHOPPING OSASCO ALERTA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE MAMA MESMO DURANTE A PANDEMIA

Shopping center reúne-se ao Instituto Oncoguia e a ONG Rapunzel Solidária para oferecer orientações e arrecadar cabelos para doações neste Outubro Rosa

 Osasco, 16 de outubro de 2020 – O SuperShopping Osasco abraça mais uma causa social e traz uma programação especial para este Outubro Rosa. Sabendo o quanto os exames preventivos foram afetados pela chegada da covid-19 no país, o shopping center, em parceria com o Instituto Oncoguia, instala totens com orientações sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Para dar mais força para a campanha mundialmente conhecida, o empreendimento arrecada mechas de cabelos durante todo o mês para serem doados à ONG Rapunzel Solidária.

“Nosso objetivo é levar mais informações para todas as famílias e reforçar a importância da prevenção, principalmente com a realização de exames. O câncer de mama é uma luta antiga, mas sabemos que com as orientações corretas conseguiremos vencer”, diz Caroline Alves, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

Os totens apresentam também a programação especial do Instituto Oncoguia. Para saber mais, basta ficar ligado nas redes sociais do shopping center, @supershoppingosasco. Para estimular a doação de cabelo, o Studio Kanzen, localizado no 2º Piso do empreendimento, oferece desconto de 50% no corte. A campanha acontece durante todo o mês de outubro e os cabelos arrecadados serão entregues para a ONG Rapunzel Solidária, responsável por confeccionar perucas para mulheres que estão em tratamento de câncer de mama. 

Administrado pela Saphyr Shopping Centers, uma das mais importantes empresas do setor, o SuperShopping Osasco segue as normas orientadas pelo Grupo sempre focadas na saúde e bem-estar de clientes, lojistas e colaboradores. Saúde é prioridade e o Grupo Saphyr e todos os seus empreendimentos estão comprometidos com a sociedade para vencer a covid-19.

Outubro Rosa no SuperShopping Osasco

Data: até o dia 31 de outubro

Horário: todos os dias, das 12h às 20h

Local: Studio Kanzen, 2º Piso

Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco

Cidade da Polícia receberá nome de Valdeci Magdanelo

A “Cidade da Polícia” em Osasco, um dos principais projetos voltados à Segurança Pública, receberá o nome de Valdeci Magdanelo, ex-secretário de Segurança e Controle Urbano, delegado de polícia e professor universitário, que faleceu na terça-feira, 6/10.

Trata-se de uma homenagem àquele que tanto contribuiu com o governo e a cidade. “Valdeci deixou um verdadeiro legado aos familiares, colegas de profissão, alunos e pessoas com as quais conviveu”, justificou o prefeito Rogério Lins.

A “Cidade da Polícia” será um complexo que integrará as operações do Comando da Guarda Civil Municipal; do Centro de Operações Integradas; da Central de Inteligência e das unidades da Polícia Civil do Estado de São Paulo, como CIP (Centro de Inteligência Policial), DISE (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes de Osasco), DIICMA (Delegacia de Polícia de Investigações Sobre o Meio Ambiente e Setor de Produtos Controlados Seccional de Osasco), GARRA (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), DDM (Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher), SHPP (Setor de investigações de Homicídios e Proteção à Pessoa), DPI (Delegacia de Polícia de Proteção ao Idoso), NECRIM (Núcleo Especial Criminal) e Delegacia Seccional.

A partir da criação da “Cidade da Polícia”, a atuação integrada entre as forças de segurança será facilitada também pela proximidade. Outro diferencial será a utilização e a incorporação de tecnologia de ponta, viabilizando o aumento da sensação de segurança e, consequentemente, a redução dos indicadores de criminalidade, garantindo eficiência e economicidade no uso dos recursos da cidade.

A “Cidade da Polícia” está em fase de elaboração do projeto, para em seguida entrar na fase de licitação. Ela será construída numa área na rua Yolanda Tredezini Mossi, na Vila Yolanda.

Programa Asfalto Novo chega ao Rochdale

Há tempos aguardado por moradores e comerciantes, o recapeamento da Avenida Cruzeiro do Sul – principal  via do Jardim Rochdale (zona Norte) juntamente com a Avenida Brasil – já está com obras em andamento desde a quinta-feira, 8/10. No trecho entre o Batalhão da Polícia Militar e a rodovia Castello Branco o trabalho já foi concluído.

As melhorias integram o programa Asfalto Novo, que prevê nesta etapa o recapeamento de 87.869,88 metros de vias na zona Norte e 31.148,09 na  zona Sul da cidade.

No Jardim Rochdale, além das avenidas Cruzeiro do Sul e Brasil, também receberão novo revestimento asfáltico as ruas Agudos, Anhembi, Americana, Belo Horizonte, Curitiba, Ceará, Flor de Maio, Francisco Rocha Macedo, João Kaufman, Pernambuco, Porto Alegre e as avenidas Presidente Kennedy e Presidente Médice.

Esta semana, as atividades na Cruzeiro do Sul estão concentradas entre as ruas Agudos  e Amazonas. A previsão é de que este trecho seja concluído ainda esta semana.

Comerciantes e moradores do Rochdale comemoram a chegada da benfeitoria.  “Tenho comércio aqui há 28 anos. Não me recordo a última vez que recapearam a Cruzeiro do Sul. Faz muitos anos. Estava precisando. Tem muita irregularidade na pista, porque as empresas de sanemaneto e telefonia abrem as valas para obras e quando fecham não nivelam o asfalto. Esses remendos acabam com a suspensão dos carros. Tomara que fique bom agora”, disse Gilberto Fidelis, 54 anos, dono de uma sorveteria.

            O também comerciante Domício Silva, 39 anos, dono de lanchonete, também não se recorda a última vez em que viu a Cruzeiro do Sul ser recapeada. “Estou aqui há 15 anos e não me lembro de ter visto. A Cruzeiro e a Brasil são as principais avenidas do Rochdale e precisavam ser recapeadas. Tem muito remendo na pista”, opinou.

            No ano passado o programa Asfalto Novo recapeou mais de 100 quilômetros de ruas e  avenidas  da cidade. 

GCM detém dois e recolhe artefato explosivo

A Guarda Civil Municipal, vinculada à Secretaria de Segurança e Controle Urbano da Prefeitura de Osasco, em patrulhamento pelo Munhoz Júnior, no sábado, 10/10, avistou um rapaz, que, ao ver a viatura, tentou fugir e se livrar de uma bolsa, mas não conseguiu. Com ele, os GCMs encontraram invólucros com maconha, garrafinhas de lança-perfume e dinheiro. O rapaz e os objetos foram levados à delegacia para a providências.

Ainda no sábado, um munícipe entregou aos GCMs da base do Novo Osasco, um artefato explosivo. A equipe de plantão manteve o artefato na área externa, isolado. Uma equipe especializada da perícia esteve no local para recolher o artefato. A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia da área.

Em seguida, a equipe em patrulhamento pelo Largo de Osasco deparou-se com populares agredindo um indivíduo. Após conter a situação, foi informado que o indivíduo agredido havia subtraído o celular de uma mulher.

Na mochila do agredido, os GCMs encontraram dois celulares, um deles pertencente a vítima, além de duas carteiras com documentos e cartões. Diante dos fatos, a vítima, os objetos e o suspeito foram encaminhados à delegacia da área. Na delegacia foram encontradas outras duas vítimas, que reconheceram os objetos encontrados com o suspeito, que foi detido e permaneceu à disposição da Justiça.

GCM deteve suspeito de tráfico no Bussocaba

As equipes da ROMU e GCM, vinculada à Secretaria de Segurança e Controle Urbano, da Prefeitura de Osasco, em patrulhamento pelo Bussocaba na quinta-feira, 8/10, detiveram um suspeito por tráfico, portando dinheiro e entorpecentes.

Na abordagem, os GCMs encontraram uma bolsa com o suspeito, contendo invólucros, sachês e papelotes de entorpecentes (constatado pelo I.C.) e R$217,00 em espécie. Conduzido à delegacia, o suspeito foi autuado, permanecendo à disposição da Justiça.