Editorial: aulas presenciais

Educação de Jandira anuncia retorno das aulas presenciais para 100% dos alunos

O retorno será realizado a partir do dia 03 de Novembro, e contará com a manutenção de todos os cuidados contra a Covid-19.

Após o município vacinar todos os trabalhadores da educação da rede municipal, a Prefeitura de Jandira, através do decreto nº 4.454, determinou que: “fica autorizada, a partir do dia 03 de Novembro de 2021, a retomada das atividades presenciais da rede municipal de ensino”.

A Secretaria Municipal de Educação, destacou a importância deste retorno para uma avaliação mais precisa dos impactos da pandemia da Covid-19 no processo educacional dos alunos da rede municipal de ensino.

A retomada das aulas presenciais  atenderá todos os protocolos sanitários, para isso, haverá  a garantia de álcool em gel, sabão líquido, uso de máscara, e limpeza diária em todos os espaços das unidades escolares.

A Secretaria de Educação destacou a importância pedagógica deste retorno, em nota assinada pela Secretária de Educação Marta Cesário Vieira:

“Fizemos um amplo trabalho de capacitação dos Professores para uso das ferramentas de Tecnologias de Informação (TIC’s), no entanto, temos ciência de que muitos alunos tiveram dificuldades no acesso e compreensão das aulas. Houve um avanço significativo quando retornamos às atividades de forma híbrida, com parte dos alunos assistindo aula presencialmente, no entanto, só com o retorno da totalidade dos alunos, no formato presencial, que conseguiremos ter um diagnóstico dos impactos da pandemia no ensino.”

A Secretaria de Educação conta com o apoio dos pais para que no próximo dia 03 exista a presença de todos os alunos em suas respectivas escolas, até porque, o retorno será obrigatório a todos.

Rede municipal de Osasco retoma aulas presenciais

Foto: Marcelo Deck 

Osasco retomou 100% das aulas presenciais (a ida da criança é facultativa) na rede municipal de ensino no dia 5/10. O retorno visa atender ao pedido de pais e responsáveis e acontece no momento de desaceleração da pandemia no município. Diferentemente das escolas estaduais, em que o ensino volta a ser obrigatório a partir de 18/10, na rede municipal as aulas permanecerão de forma híbrida. 

Após assinarem um termo de compromisso, os responsáveis que decidiram manter os filhos em casa receberam um kit de material pedagógico. As crianças contam ainda com os conteúdos disponibilizados na plataforma Estude em Casa  

(http://escolaemcasa.osasco.sp.gov.br/).  

As creches retomaram o funcionamento em período integral, assim como a EJA, no período noturno. Já EMEIs e EMEFs seguem com entradas e saídas dos estudantes escalonadas por séries e horários para evitar aglomeração. Às 7h entram os estudantes do 5º e 4º anos, às 7h30 os do 3º e 2º anos, e às 8h, os do 1º ano. 

Por conta do feriado da Padroeira do Brasil e do Dia das Crianças, em 12/10, e do Dia dos Professores, na sexta-feira, dia 15/10, as aulas contam com uma programação especial, com “Dia do Pijama” e “Festa da Fantasia”.  

O retorno 100% presencial acontece após todos os equipamentos escolares passarem por adaptação e receberem identidade visual sobre os cuidados de prevenção contra o coronavírus. Os professores e funcionários da educação escolar já estão vacinados com a segunda dose e os alunos mais ambientados com as medidas preventivas.  

Aulas presenciais de artes serão retomadas em agosto, anuncia Cultura

Evento com equipe e autoridades desnudou planejamento para próximo semestre

As aulas de artes da Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri serão retomadas presencialmente a partir do próximo dia 2 de agosto (segunda-feira). A decisão foi anunciada na quinta-feira, dia 29 de julho, pelo secretário Jean Gaspar em reunião com os professores e diretores dos cursos das Oficinas de Artes e dos Núcleos de Dança e de Música. O retorno das aulas obedecerá a todos os protocolos de prevenção à Covid-19.

O anúncio foi realizado no Centro de Eventos seguido da apresentação do planejamento das atividades culturais para o próximo semestre. Também estiveram presentes no evento a deputada federal Bruna Furlan, o vice-prefeito e secretário de Obras, Beto Piteri, o secretário de Governo, Milton Monti, o secretário de Comunicação, Thazio Gomiero, e o  administrador do Centro de Inovação e Tecnologia,  Jonatas Randal.

Jean Gaspar falou sobre a importância das artes e da cultura para a sociedade e do papel fundamental dos professores, que transmitem seus conhecimentos e estimulam o desenvolvimento artístico dos alunos. “Iremos voltar com muita energia e afeto e quero contar com todos vocês para realizarmos juntos um trabalho maravilhoso voltado para os nossos alunos e para a população”, declarou.

O secretário destacou ainda o conceito “Educação pela arte” adotado nos cursos e que cuida dos seguintes aspectos durante o aprendizado: visual, tátil, auditivo, corporal, muscular (euritmia), expressão verbal etc.  Com a formação artística, a palavra, a expressão, o pensamento geram harmonia ao indivíduo que, após assimilar esse saber, retorna esse conhecimento à sociedade, resumiu Jean.

Beto Piteri afirmou que a Cultura de Barueri há tempos passou a ganhar uma visibilidade diferente. O envolvimento total das pessoas que trabalham na Cultura tem sido muito importante para isso, ressaltou.

“A Praça das Artes, por exemplo, vai trazer grandes espetáculos e oportunidades que vão se abrir aos jovens e alunos para aprenderem e se tornarem grandes artistas e pessoas. A Cultura não está acima nem abaixo, ela está no mesmo nível da saúde, da educação, da segurança, da limpeza pública”, comparou.

As aulas de artes não pararam durante a pandemia, sendo realizadas remotamente. Isso obrigou professores e educadores a se reinventarem na produção de vídeos e na interação à distância com os alunos.

No final do evento houve uma intervenção artística feita pelos professores de teatro, destacando as principais obras da autora e escritora Maria Clara Machado. A artista é a homenageada do ano pela Secretaria de Cultura e Turismo.

Rede municipal retoma aulas presenciais na quarta-feira, 4/8

Foto: Marcelo Deck

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, definiu o calendário de retorno presencial dos estudantes às aulas da rede municipal de ensino. Este retorno para o segundo semestre do ano letivo será feito de forma gradual e ocorrerá a partir de 4 de agosto, após um ano e quatro meses de aulas suspensas devido à pandemia da covid-19.

As escolas funcionarão inicialmente com 50% da capacidade, obedecendo todos os protocolos de segurança da Vigilância Sanitária e normativas do Ministério da Educação.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, explicou que, inicialmente, cabe aos pais decidirem se os filhos retornarão ou não à escola e adiantou que o retorno será desafiador. “Muitos pais têm nos procurado, preocupados com o comportamento das crianças e a preocupação pedagógica e já nos preparamos para acompanhar e suprir esses desafios”, explicou.

Nas escolas municipais, o retorno presencial acontece no momento em que todos os professores e funcionários da educação escolar já estão vacinados com a segunda dose. Além disso estão preparados para receber e orientar os alunos sobre os cuidados de prevenção à disseminação do novo coronavírus.

O secretário de Educação, Cláudio Piteri, salienta que todas as unidades escolares seguem orientações sobre higienização frequente de mãos e distanciamento social, EPIs como álcool em gel, tapetes sanitizantes, termômetros e máscara, além da sanitização frequente dos ambientes.

A pandemia exigiu uma nova metodologia de ensino que resultou na implementação da plataforma digital ‘Escola em Casa’, bem como os cadernos de atividades aos educandos que não tinham acesso à internet, ao mesmo tempo os professores se reinventaram com a utilização das novas tecnologias, dessa maneira garantiram o atendimento aos nossos estudantes com muito comprometimento”, completou Piteri.

ORGANIZAÇÃO E ATENDIMENTO

Para que tudo ocorra de forma bem organizada, as turmas da Educação Infantil (Creche e EMEI) e do Ensino Fundamental I / EJA foram divididas em 50% da capacidade da sala de aula, dessa maneira os alunos frequentarão a escola presencialmente um dia sim outro não, com horário escalonado de entrada e de saída. Esta alternância de horários ocorrerá no mês de agosto, conforme cronograma que segue.

 

Prefeitura de Carapicuíba anuncia retorno de aulas presenciais para 2 de agosto

Prefeitura de Carapicuíba anuncia retorno de aulas presenciais para 2 de agosto

A Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Educação, informa que as aulas presenciais na rede municipal de ensino (creche, pré-escola e ensino fundamental I) retornarão dia 2 de agosto. Inicialmente, poderão comparecer 35% dos alunos e a volta acontecerá de maneira gradativa. Nesta semana, os estudantes ainda estarão com ensino remoto.

A entrega dos materiais escolares e uniformes acontecerá na primeira semana da aula presencial. As crianças também receberão nos kits quatro máscaras reutilizáveis para serem usadas durante o período escolar. Os profissionais da educação estão devidamente orientados a cumprirem os protocolos sanitários e auxiliar as crianças a se manterem seguras e protegidas. Todos os professores e profissionais da educação estão imunizados. 

As escolas foram preparadas com a identificação das carteiras e distanciamento de 1 metro. Estará à disposição álcool gel, álcool líquido, sabonete líquido, termômetro e tapete sanitizante. A Vigilância Sanitária visitou todas as escolas para verificar os protocolos sanitários de prevenção ao corona vírus. 

Retorno de aulas presenciais continua suspenso na rede de Barueri

Imagem: Freepik

As aulas presenciais na rede municipal de Barueri continuam suspensas e sem previsão de retorno, em função da pandemia da Covid-19. Os estudantes seguem com as atividades e aula remotas.

A Secretaria de Educação, com apoio do Ministério Público e da Vigilância Sanitária, elaborou protocolo de biossegurança para a reabertura das escolas, mas a avaliação da administração municipal, fundamentada em outros estudos e em levantamento de opiniões junto a pais de alunos, é de que não há, no momento, garantias de que o ambiente escolar esteja totalmente seguro quanto à propagação do novo coronavírus.

Aulas remotas

Em tempos de distanciamento social por conta da pandemia, as aulas remotas têm sido uma valiosa ferramenta de aprendizagem. Barueri já estava preparada para o ensino a distância, pois informatizou toda a rede municipal de ensino no último ano com a plataforma Google For Education.

As atividades online têm adesão expressiva e, para garantir as mesmas oportunidades a alunos que não tinham computador ou acesso à internet em casa, a Prefeitura disponibilizou notebooks e modems com conexão gratuita para aproximadamente 2.300 estudantes carentes. É o Projeto Aluno Conectado, em que os responsáveis assinam termo de empréstimo dos equipamentos e garantem aos filhos o acesso digital.

Para amenizar os impactos na alimentação, já que a merenda escolar é uma refeição importante para o desenvolvimento de crianças e adolescentes, a Prefeitura já distribuiu, por cinco meses consecutivos, cestas básicas com os itens da merenda para todos os 68 mil alunos da rede.

Informações sobre as aulas na rede Municipal em Carapicuiba

Imagem: Pixabay

Devido à pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Carapicuíba informa que as aulas presenciais na rede municipal de ensino retornarão apenas em 2021.

A Secretaria de Educação consultou os pais e 87% foram contra o retorno das aulas presenciais, 7% a favor e 6% a favor com revezamento.

– As aulas nas escolas municipais continuam com atividades remotas.

– Os alunos não repetirão o ano, pois as aulas cumprirão a grade do ano letivo, inclusive com reforço.

– O Kit Merenda continuará sendo entregue aos alunos da rede municipal.

– Escolas particulares de Educação Infantil poderão continuar com as aulas on-line ou retornar às aulas presenciais, de acordo com o Plano São Paulo do Governo do Estado.

– Escolas estaduais seguirão o cronograma do Governo do Estado.

Fonte: Prefeitura de Carapicuíba