Editorial: assistência social

Assistência Social realiza encontro para celebrar o Dia Internacional do Idoso

Foto: Marcelo Deck  

Seguindo todos os protocolos de saúde, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), realizou na segunda-feira, 4/10, um encontro com alguns idosos que participam das atividades do Centro de Atenção à Terceira Idade (CATI) para celebrar o Dia Internacional do Idoso, comemorado na última sexta-feira, 1º de outubro. O evento aconteceu no CATI, localizado na Rua Dom Ercílio Turco, 180 – Vila Osasco.   

Por conta da pandemia, as atividades voltadas aos idosos estão suspensas há quase um ano e seis meses. Agora, com a maioria da população idosa vacinada com as duas doses, a Secretaria de Assistência Social começa a retomar gradativamente os encontros e oficinas destinadas a melhor idade.   

O prefeito Rogério Lins esteve na sede do CATI, onde parabenizou os idosos e reforçou a importância de todos tomarem as duas doses da vacina contra a covid. “Apesar da queda na ocupação de leitos, a pandemia ainda não acabou. É importante que vocês continuem tomando todos os cuidados e não deixem de tomar a 2ª dose da vacina. O final feliz está próximo. O que eu posso confirmar é que no ano que vem, quando tudo isso passar, faremos uma grande festa para comemorar essa data especial”, afirmou.  

O secretário de Assistência Social, José Carlos Vido, também parabenizou todos pelo Dia Internacional do Idoso, e falou da importância da terceira idade para o município. “Essa data não poderia passar em branco. É um evento simbólico, com algumas pessoas, mas que para nós é muito importante. A gente precisa sempre reconhecer e agradecer a experiência que vocês nos trazem. Nós somos muitos gratos por tudo o que fizeram e ainda irão fazer por Osasco”, disse.  

A partir do dia 13/10, o CATI retoma as oficinas aquáticas, culturais, artísticas, corporais, as aulas do MOVA (Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos), de informática, jogos de mesa e o baile, seguindo as regras de distanciamento social.  

Vale destacar que os idosos que participarão da retomada das atividades, já estiveram em uma roda de conversa e passaram por uma triagem feita pela equipe técnica da Secretaria de Assistência Social.  

Ao final do evento, a SAS fez sorteio de orquídeas e brindes para os idosos.  

A vereadora Elsa Oliveira; o secretário Gerson Pessoa (Desenvolvimento Econômico e Inovação), e o adjunto Daniel Mathias (Assistência Social) participaram da atividade.  

Assistência Social retoma aulas de LIBRAS

Foto: Marcelo Deck 

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhou no sábado, 11/9, a aula inaugural do curso de LIBRAS para Todos (Língua Brasileira de Sinais), oferecido pela Secretaria de Assistência Social a pessoas com deficiência auditiva. O evento aconteceu no Centro de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (Avenida Marechal Rondon, 263, Centro) e marca a retomada das atividades após a suspensão no ano passado em razão da pandemia do corona vírus. 

Na cerimônia de retomada das atividades houve uma homenagem ao ex-professor do curso, Sérgio Medina de Oliveira, falecido recentemente.  

Na última turma que se formou, em 2019, 554 alunos participaram do curso, que tem quatro meses de duração. São duas turmas por ano. A aulas presenciais acontecem nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e seriam retomadas na segunda-feira, 13/09, seguindo os protocolos de distanciamento em razão da pandemia. Ouvintes que queiram aprender também podem participar do curso, ministrado desde 2010. 

“Este é mais um dos nossos projetos de inclusão das pessoas e o trabalho é feito por profissionais que têm o verdadeiro compromisso com o ensino, com a inclusão. O professor Medina foi muito especial nesse trabalho para todos nós, para a assistência social da cidade. Estava sempre alegre, disposto a fazer o seu melhor. Vamos trabalhar para continuar sempre melhorando o trabalho de inclusão em Osasco”, disse Rogério Lins. 

“A comunicação por LIBRAS é fundamental não apenas para as pessoas com deficiência auditiva, mas a toda a sociedade, porque a pessoa que não ouve está inserida no ambiente familiar e social”, comentou o secretário de Assistência Social, José Carlos Vido. 

A Língua Brasileira de Sinais é a forma de comunicação e expressão em que o sistema linguístico de natureza visual e motora, com estrutura gramatical própria, constituem um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil. 

Osasco conta com dois Centros Especializados em Reabilitação (CER), um no Jardim Cipava (Edmundo Campanhã Burjato), na zona Sul, e outro na Vila dos Remédios, zona Norte, administrado pela Associação Mantenedora de Mães Especiais (AMME), organização de caráter filantrópico que desenvolve programas voltados ao atendimento de crianças, jovens e adultos com alguma deficiência física ou intelectual.  

Prefeitura de Jandira, divulga a 13ª Conferência de Assistência Social do Município

Foto: Divulgação

A prefeitura Municipal de Jandira por meio da Secretaria de desenvolvimento Social e do conselho municipal de assistência social, convida o público para a 13ª conferência municipal de Assistência Social.

O Evento acontecerá no dia 25 de Agosto de 2021, a partir das 08:00.

Serão abordados os seguintes temas:

  • A proteção Social não-contributiva e o princípio de igualdade como um padrão para a gestão dos direitos socioassistenciais no enfrentamento das desigualdades.

  • Financiamento e orçamento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos sociais e assistenciais 

  • Controle Social: Sistema único de Assistência Social e a importância da participação dos usuários.

  • Gestão e acesso às seguranças assistenciais e articulação entre serviços benefícios e transferência de renda como garantias de direitos e proteção social 

  • Atuação do Sistema único de Assistência Social em situações de calamidade pública e emergenciais. 

Durante a Semana ,nos dias 17 e 18 de Agosto, ocorreram as Pré conferências, relacionadas a 13ª conferência de Assistência social nos CRAS e no CPC do Ouro Verde com os trabalhadores do CRAS e os usuários do sistema,com representantes de entidades e assistência social. No dia 20 na secretaria de Desenvolvimento Social acontecerá a reunião com os representantes do Poder Público e de entidades de assistência social.

Campanha do agasalho de Jandira distribui milhares de peças em seu primeiro mês

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jandira, por meio do Fundo de Solidariedade e Secretaria de Desenvolvimento Social da cidade, comemora a marca de mais de cinco mil (5.000) peças, entre roupas e cobertores, arrecadados pela campanha do agasalho e encaminhadas para a distribuição através dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) da cidade e também pela Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na Rua Rubens Lopes da Silva – Centro, Jandira – SP, 06600-035.

Importante relembrar que a campanha do agasalho de jandira, foi lançada no dia 16 de Junho com o tema “Aqueça um coração!” e terminará no dia 16 de Agosto.

No lançamento da campanha, o fundo de solidariedade já esperava ter uma arrecadação recorde, conforme mensagem:

“Acreditamos em uma arrecadação recorde porque o amor floresce em período de adversidades. Não precisamos relatar a quantidade de crises que estamos vivenciando. A crise econômica trouxe um aumento no número de famílias que necessitam de suporte social e, acreditamos que a população jandirense terá uma atuação proativa, no sentido de nos ajudar a aquecer pessoas que sem este suporte estarão no frio da tristeza” 

Neste momento de frio intenso, essas doações estão sendo de grande importância às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social, por isso, o Fundo de Solidariedade convida a população, para continuar doando e, também reforça às famílias carentes da cidade, que procure o CRAS mais próximo da sua residência, para que todas as famílias de Jandira, estejam aquecidas.

O Fundo de Solidariedade de Jandira, agradece aos parceiros que estão contribuindo para o sucesso desta campanha, e reforça o convite à toda população jandirense, para que contribua com a campanha do agasalho, através de doações de vestimentas e cobertores. Os locais onde estão colocadas as caixas de doação são:

  • Faculdade Anhanguera – Pólo Jandira;

  • Secretaria Municipal de Saúde;

  • Sede da Ordem dos Advogados (OAB) de Jandira;

  • Sede da Benfica – BBTT;

  • Sede da Ação Social;

  • Câmara Municipal de Vereadores;

  • Delegacia de Polícia;

  • Prefeitura de Jandira;

  • Todos os Centro Público de Convivência (CPCs); 

  • Todas as unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS);

  • Pólo Industrial I e II;

  • Condomínio Nova Higienópolis;

  • Condomínio Beverly Hills;

  • Condomínio Nova Paulista.

Junte-se a esta corrente para que todos os corações da cidade sejam aquecidos pelo amor, representado em forma de solidariedade.

Aguardamos a sua contribuição!

Cláudio Piteri assume Secretaria de Educação de Osasco

Foto: Marcelo Deck

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, fez uma mudança de titularidade na Secretaria de Educação na tarde de terça-feira, 20/7. José Toste Borges passou o bastão para Cláudio Piteri, que permanece interinamente como secretário de Assistência Social (SAS) até que um novo secretário assuma a pasta. Toste continua na Educação, agora como secretário adjunto.

Rogério Lins agradeceu os três anos em que Toste esteve à frente dessa importante pasta e enalteceu o excelente trabalho que executou, levando a Educação de Osasco a patamares elevados, como a melhor nota do IDEB nas duas últimas avaliações e redução do déficit de vagas em creches.

Ao desejar boas-vindas a Piteri, o prefeito disse que os desafios são inúmeros, mas que aposta na dupla Piteri e Toste, ambos professores, para novas conquistas na área educacional nos próximos anos.

Osasco vacina pessoas em situação de rua contra a covid-19

Foto: SAS/PMO 

As equipes do Serviço Especializado de Abordagem Social da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde começaram a imunizar a população em situação de rua com dose única contra a covid-19. A imunização acontecerá nos dois Centros de Acolhimento da cidade, bem como no CRAS Km18.  

Nesta quinta-feira, 1/7, entre 9h e 12h, a vacinação ocorreu no Serviço de Acolhimento Institucional do Jardim Rochdale (alas masculina e feminina) e na sexta-feira, dia 2/7, ocorrerá no Serviço de Acolhimento Institucional Masculino, unidade Centro, das 9h às 12h. 

A vacinação dos moradores em situação de rua continuará nos dias 5 e 6/7, no CRAS do Km 18, localizado na Rua Vitório Tafarello, 578.  

A estimativa da Secretaria de Assistência Social é de vacinar cerca de 300 pessoas. 

A Companhia Municipal de Transportes de Osasco (CMTO) disponibilizou um ônibus para fazer a acolhida desses moradores e levá-los aos locais de vacinação.  

De acordo com a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Daniele Bueno, o uso da vacina em dose única foi adotada levando-se em conta a dificuldade desse público em retornar para tomar a segunda dose.   

 

Prefeitura de Carapicuíba promove vacinação e distribuição de cobertores para pessoas em situação de rua

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Carapicuíba, por meio da Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Carapicuíba (SASC), realizou a imunização dos munícipes em situação de rua acima de 18 anos contra a Covid-19.  A ação foi realizada no Centro POP, com a vacina Janssen, na última quarta-feira, 30 de junho, das 8h às 13h. Por ser dose única, o imunizante facilita a dinâmica e possibilita a imunização total dos moradores contra o corona vírus em um único atendimento. O Centro POP oferece também atendimento assistencial e psicológico, e no local é possível realizar a solicitação de emissão de documentos.

Em conjunto dessa ação, a Prefeitura também está realizando a entrega de cobertores. Até agora foram doados 30 cobertores, que estão sendo oferecidos em diversos pontos de Carapicuíba, desde a região central atendendo toda extensão do calçadão, passando pela Av. Rui Barbosa em frente ao colégio Toufic, até a Praça da Árvore, na Cohab 5 e alguns pontos da Inocêncio Seráfico. As equipes seguem circulando pela cidade realizando as entregas nos locais onde mais houver demanda. Ao total serão distribuídos mais de 400 cobertores à população em situação de rua.

Os cobertores ofertados são da campanha “Inverno Solidário”, que continua arrecadando doações no Fundo Social de Solidariedade de Carapicuíba, situado na Av. Fernanda, 232, Centro e em todos os centros de referência social (CRAS) de Carapicuíba. 

A Prefeitura de Carapicuíba segue trabalhando para oferecer o cuidado necessário a quem mais precisa. Em adição às ações realizadas, ressaltamos que o Bom Prato Carapicuíba, localizado na Av. Miriam, 385, está funcionando normalmente todos os dias, oferecendo café da manhã das 7h às 9h, almoço das 10h30 às 14h e jantar das 17h às 19h.

Osasco acolhe em hotel pessoas em situação de vulnerabilidade

Foto: Fernanda Cazarini

A pandemia do corona vírus impactou a vida de milhares de cidadãos no mundo. No Brasil não foi diferente. Muitos perderam o emprego, a renda e acabaram nas ruas por não terem sequer condições de pagar o aluguel. Atenta a esse declínio econômico e social, a Prefeitura de Osasco fez nova parceria com o hotel Íbis e pelo segundo ano seguido está acolhendo pessoas em situação de rua. O atendimento começou semana passada e se estende até o mês de setembro.

A Secretaria de Assistência Social (SAS) já encaminhou para o hotel 16 pessoas. O contrato prevê um total de 30 acolhimentos para homens. No local eles recebem três refeições por dia (café da manhã, almoço e jantar). O encaminhamento é feito conforme a ocupação do Centro de Acolhida do Jardim Rochdale, na zona Norte.

O autônomo J.L, 56 anos, é um dos 16 acolhidos. Ele também sentiu os efeitos da pandemia ao perder o emprego em 2020, alguns meses após o início do confinamento social. “Estava há 5 meses nessa condição, porque a empresa em que eu trabalhava, em Curitiba, como representante comercial, não suportou a crise e faliu”.

Antes de ser encaminhado para o hotel, J. L. estava acolhido no Rochdale. Divorciado e pai de uma filha de 29 anos, que mora em Curitiba, ele já recebeu as duas doses de vacina contra o corona vírus e faz planos para retomar a vida, pois arrumou um novo emprego em uma construtora para atuar como consultor imobiliário.

Está sendo um momento muito duro esse da pandemia. Não tive mais como pagar aluguel e faltava tudo: alimento, material de higiene. Mas tenho esperança de que tudo logo voltará ao normal. Sou muito grato a esse suporte que a prefeitura está me dando. Nunca pensei que uma cidade faria isso (acolhimento em hotel). É algo fabuloso. Mostra respeito com o ser humano”, avalia.

No ano passado foram acolhidas no Íbis 71 pessoas em situação de vulnerabilidade, entre os dias 30/4 e 30/10. Também foram acolhidas 100 pessoas no Rochdale (homens e mulheres) e 30 na unidade Centro.

Operação Inverno

Desde o dia 15 de junho (até 15 de setembro), a SAS realiza a Operação Inverno, por meio da qual faz abordagens à noite nas ruas e encaminha pessoas que assim o desejar para os três Centros de Acolhida: dois no Rochdale (um para homens, com 60 vagas, e outro para mulheres, com 50 vagas) e um no Centro (30 vagas).

A abordagem noturna é feita sempre que a temperatura for igual ou inferior a 13 graus. Também é feita arrecadação e entrega de roupas nas ruas para aqueles que não aceitam o acolhimento durante o período da operação.

O acolhimento nas unidades é realizado a partir das 16 horas. Primeiramente entram aqueles que já possuem vaga fixa. Em seguida, os que solicitam pernoite. A prioridade é para idosos, pessoas com deficiência ou problema momentâneo de saúde.