Editorial: adoção

Barueri promove adoção de pets pelas redes sociais e realiza entrega em domicílio

Em função da pandemia de Covid-19, Barueri promove a adoção de cães e gatos pelas redes sociais e realiza a entrega dos bichos na residência do tutor com as devidas recomendações. A medida se fez necessária por conta da queda no número de adoções resultante do isolamento social. As pessoas que pretendem adotar os animais podem ficar tranquilas, pois os bichinhos não são transmissores da doença causada pelo novo coronavírus.

O método de adoção pelas redes sociais é simples. Na rede social do Cepad (no Instagram ou Facebook) há fotos dos animais que estão aptos a serem adotados e é possível conversar com a equipe do setor através das mensagens privadas.

Ao escolher o cão ou o gato e informar o endereço e telefone, é combinada a data para a entrega do pet e as demais recomendações. Todos os bichos são entregues castrados, microchipados, vacinados e vermifugados.

O isolamento social muitas vezes promove a falta do contato das pessoas com os seus familiares, o que aumenta os níveis de estresse e ansiedade, podendo causar depressão (doença que necessita de tratamento psicológico e medicamentoso). Entretanto, a médica veterinária Adriana Cristina Guerra Boni, informa que a adoção ajuda a reduzir a solidão e a ansiedade causadas pela quarentena promovida pelo isolamento social.

“Quando alguém adota um animal no Cepad dá a oportunidade ao resgate de outro animal abandonado que está nas ruas. Além disso, um animalzinho de estimação reduz os níveis de estresse causado pelo isolamento social e colabora com o combate à ansiedade e à depressão”, comenta a gestora do Centro de Proteção ao Animal Doméstico (Cepad), responsável pelas adoções.

Cepad promove adoção de 61 pets em outubro

A unidade 1 do Centro de Proteção de Animais Domésticos (Cepad), administrado pela Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente de Barueri, promoveu no mês de outubro a adoção de 61 pets. Dentre os bichos adotados foram 28 caninos machos, 20 caninos fêmeas, seis felinos machos e sete felinos fêmeas. Mesmo com essa quantidade expressiva, ainda sim é necessário um aumento no número de adoções de animais domésticos.

Os animais disponíveis para adoção apresentam o número de microchip, além de serem vacinados, vermifugados e castrados. A ação tem por objetivo estabelecer a guarda responsável dos bichos por meio dos novos tutores.

A adoção compreende assumir algumas responsabilidades como cuidados médicos e sanitários (vacinação, avaliação veterinária e higienização), ter espaço suficiente para abrigo e circulação, limpeza do local (recolhimento de fezes e limpeza do quintal para remoção de urina), alimentação adequada (ração ou dieta prescrita pelo médico veterinário) e disponibilidade de tempo para passeios, além de muito amor e carinho, pois estes pets, tendo em vista seu histórico de abandono, precisam de muito acolhimento.

A adoção, acima de tudo, é um ato de amor, de responsabilidade e de respeito a estes seres que precisam de todo o cuidado e se tornam parte da família. O abandono e os maus–tratos de animais estão previstos como infrações na lei municipal 2.588, de 18 de dezembro de 2017. Esse instrumento legal traz segurança e respeito aos bichos que são de forma direta e indireta responsabilidade de seus donos.

Quando encontrados circulando por vias públicas desordenadamente, os riscos para saúde, tanto destes animais quanto do ser humano, são grandes. A transmissão de doenças é um dos fatores, pois não há registro de vacinação, além do risco de sofrerem atropelamentos e maus-tratos e da proliferação descontrolada, trazendo muitos prejuízos principalmente para a administração pública municipal.

Barueri vem fazendo a sua parte através do RGA, controle dos animais por meio de microchipagem, criação de duas unidades do Cepad, atendimento veterinário aos pets de munícipes e a animais que estão em situação de vulnerabilidade (em condição de risco), campanhas de castração de bichos em condição de risco (de rua) e dos domésticos, adoções e eventos, como o Dia Animal, que mostram a importância destes pets. E o trabalho não para por aí, está em fase de implantação o chamado Resgate Animal.

Endereço

O Cepad 1 está localizado na rua Vera Cruz, 340, no Jardim dos Altos, em Barueri. Funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados, das 9 às 16h. Aos interessados em adotar um pet, não é necessário ser morador de Barueri e precisa apresentar CPF, RG e comprovante de residência. O telefone é 4198-0819.

20ª edição da Feira de Adoção de Cães e Gatos

Adotar um animal é um ato de nobreza, você traz alegria para casa e ainda tira um cachorro ou um gato do canil. E para facilitar para a população, a Prefeitura de Itapevi realiza a 20ª edição da Feira de Adoção de Cães e Gatos Me Leva Pra Casa, no Ita Shopping Vila Nova, na Rua José Michelotti, 88, Vila Nova.

Essa iniciativa é realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Defesa dos Animais. Esse ano já foram doados 100 animais, 70 cachorros e 30 gatos. Para fazer a adoção, é necessário ser maior de 18 anos e comparecer com uma cópia do RG, CPF e comprovante de endereço, além de levar uma coleira e guia para cães e caixa de transporte para gatos.

Sobre adoção animal

Você sabia que em Itapevi é possível adotar gratuitamente um bichinho de estimação? Para isso, existe o programa Me Leva Pra Casa, um serviço disponível à toda população.

Os interessados na adoção podem comparecer à Divisão de Controle e Proteção Animal (DCPA) do município, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e escolher um animal no catálogo, que fica na Rua Heloisa Hideko Koba, 21, na Vila Nova Itapevi.

Além de passarem por uma entrevista, os adotantes recebem informações sobre guarda responsável e os cuidados necessários com animais. É preciso levar cópia do RG, CPF e comprovante de residência – os bichinhos são registrados apenas em nome de adotantes com mais de 18 anos.

Posteriormente, o animal deve ser retirado no Canil da Prefeitura (Rua Jaspe, 7, na Vila Gióia), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, exceto feriados. Os animais já são vacinados, castrados, vermifugados e avaliados clinicamente.

Na hora da retirada, os interessados em adotar devem levar na retirada do animal coleira e guia para cães e caixa de transporte para gatos.

 

Anhanguera Parque Shopping recebe feira de adoção de cães e gatos neste sábado (12)

A ação é realizada em parceria com o grupo Bem Estar Animal

 

Os apaixonados por pet poderão adotar um bichinho na feira de adoção de cães e gatos que ocorre esse fim de semana no Anhanguera Parque Shopping. O evento acontece neste sábado (12/08), das 10h às 14h, na entrada principal do centro de compras.

 

Para conquistar um novo amigo, os interessados devem ser maiores de 18 anos e estar portando RG e comprovante de endereço, além de preencher um questionário, sem qualquer cobrança de taxa. Todos os cães e gatos esperando por adoção já estão vacinados e vermifugados.

 

A feira é promovida em parceria com o grupo Bem Estar Animal, que pertence a Diretoria do Meio Ambiente de Cajamar. Eles recolhem os animais, muitas vezes vítimas de maus tratos e abandono, realizam castrações e feiras de adoção na cidade com o intuito de diminuir a reprodução e abandono de cães e gatos.

 

Serviço:

Feira de Adoção de Animais no Anhanguera Parque Shopping

Data: 12 de agosto

Horário: 10h às 14h

Local: Entrada principal do shopping – Rua Jean Anastace Kovelis, 123, Ipês, Polvilho, Cajamar, SP – 07791-842 (altura da Av. Tenente Marques, nº 3600)

Evento gratuito






Sábado tem feira para adoção de animais em Barueri

Arquivo / Secom-Barueri

Quem gosta de cães, gatos, por exemplo, pode prestigiar a Feira de Adoção de Animais Domésticos que o Cepad realizará no sábado, 25, das 9 às 13 horas, na rua Vera Cruz, 340, Bairro do Altos, em Barueri. O Cepad (Centro de Proteção ao Animal Doméstico), de Barueri, está ligado à Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente.

Serão doados animais castrados, vacinados, vermifugados e microchipados. A adoção é resultado do trabalho realizado pelo Cepad de Barueri, que recebe animais domésticos recolhidos pela Secretaria de Saúde através do departamento técnico de Controle de Zoonoses.

Tratamento

No Cepad, os animais passam por reabilitação do seu estado de saúde, são castrados e têm acompanhamento veterinário contínuo. Recebem tratamento especial, focado no bem-estar animal e na sua reintegração a uma nova família.

__________________________

Arleno Marques – 20.03.2017