Saúde de Jandira realiza evento para acolhimento e orientação aos profissionais de saúde da cidade

O evento mediado pela Doutora Albertina Duarte Takiuti foi realizado para acolhimento e orientação dos profissionais de saúde sobre sua saúde e também sobre a saúde da mulher e do adolescente.

A Prefeitura de Jandira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou ontem (21 de Setembro), um evento para acolhimento e orientação dos profissionais de saúde de Jandira, através de uma roda de conversa com a preleção da Doutora Albertina Duarte Takiuti.

A palestrante do evento, Dra Albertina, é Mestre e Doutora em Ginecologia, Coordenadora do Programa Saúde da Adolescência da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo e Chefe do ambulatório de ginecologia da adolescência da Universidade de São Paulo.

O evento contou com momentos de orientações, através de apresentações de slides e aula expositiva, e também foi um momento onde os profissionais de saúde da cidade foram apresentados ao método de ensino roda de conversa, na prática. Os temas abordados foram: saúde dos adolescentes, saúde das mulheres e também saúde dos profissionais de saúde.

Foi explicitada a importância da roda de conversa, que são momentos dedicados ao debate sobre um determinado tema, nos quais os participantes se reúnem formando um círculo e todos têm oportunidade de expressarem-se, dentro de uma determinada ordem, previamente informada pelo mediador, que é a pessoa responsável por organizar e conduzir o diálogo.

Após a explicação da metodologia roda de conversa, os mediadores do evento, começaram a ouvir dos profissionais de saúde de Jandira, seus apontamentos quanto a importância do seu trabalho para a cidade e os cuidados necessários para que todos consigam desenvolver suas funções com saúde e autoestima.

Com a apresentação da roda de conversa, foram levantados assuntos importantes sobre saúde da mulher, que serão objeto de rodas de conversa nas Unidades de Saúde da cidade através da Campanha Outubro Rosa.

Sobre a Saúde da Adolescência, houve uma apresentação do Programa Saúde da Adolescência da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo, que foi criado pela Lei nº 11976 de 25/08/2005 e têm, descrito no Art. 2º da lei,  os seguintes objetivos:

I. – desenvolver ações fundamentais na prevenção contínua (primária, secundária e terciária) com ênfase à prevenção primordial, de modo que o adolescente sinta a necessidade de ter e resguardar sua saúde;

II. – assistir as necessidades globais de saúde da população adolescente, a nível físico, psicológico e social;

III. – estimular o adolescente nas práticas educativas e participativas, como fator de um desenvolvimento do seu potencial criador e crítico;

IV. – estimular o envolvimento do adolescente, dos seus familiares, e da comunidade em geral nas ações a serem implantadas e implementadas.

Na explanação sobre a saúde dos adolescentes, foram abordados os principais sentimentos provenientes do período: autoestima, dúvidas, onipotência, lutos, experimentação, sexualidade, crescimento, erotização, negação, tendência grupal e Ética.