SAMU implanta projeto para ensinar primeiros socorros em escolas de Itapevi

Nesta sexta-feira (6), 240 crianças do 4º ano do ensino fundamental de Itapevi aprenderam sobre primeiros socorros em palestras oferecidas pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) Regional Oeste. A iniciativa integra o projeto “Parceiros do SAMU nas Escolas”, que está em fase piloto. O objetivo é reduzir o número de trotes ao Serviço, por meio de orientação e conscientizando das crianças sobre o uso correto do SAMU 192, além de ensinar como prevenir acidentes domésticos e de trânsito.

O aprendizado começou na segunda-feira (2).  Os estudantes beneficiados são dos Cemebs Jornalista João Valério de Paula Neto, em Amador Bueno, Professor Benedito Antônio dos Santos, no Cardoso. Ao todo, os alunos assistirão a 20 horas de aulas, às segundas e sextas-feiras. O projeto é realizado em parceria com a secretaria de Educação e de Saúde e Bem-Estar de Itapevi.

“Neste instante, as equipes do projeto estão criando um vínculo com as crianças e professores das escolas, com o intuito de transformá-los em agentes multiplicadores do projeto”, explica a médica responsável pelo SAMU Regional Oeste, Juliana Petrin.

O projeto piloto deve se encerrar no dia 15 de junho com uma formatura das turmas das duas escolas. A ideia é expandir a ação para que todos os alunos de 4º ano da rede sejam atendidos nos próximos anos.  Atualmente, são 3.698 estudantes matriculados nesta série.

“Estamos fazendo a capacitação de mais profissionais de saúde do SAMU e, em agosto deste ano, retomaremos a iniciativa em mais duas novas escolas para, em 2019, quem sabe atender todas as unidades de educação da cidade”, diz Juliana.

Programa Parceiros do SAMU

O projeto piloto é parte do programa Parceiros do SAMU, surgido da necessidade de orientar as pessoas sobre como e quando acionar as equipes de atendimento móvel de urgência. Profissionais do SAMU realizam periodicamente visitas a escolas, empresas e entidades assistenciais prestando orientações sobre o trabalho realizado pelo departamento. A iniciativa também tem como objetivo reduzir o número de trotes recebidos pelo SAMU, que prejudicam o atendimento de quem realmente necessita.

Desde sua criação em 2010, o Parceiros do SAMU já realizou atividades em diversas escolas municipais, conscientizando milhares de crianças, além de palestras realizadas em empresas. Para receber uma visita do programa, basta entrar em contato pelos telefones 4143-8200 e 4205-2037 ou pelo e-mail parceirosdosamu@hotmail.com.

SAMU em ação

Entre os dias 10 e 12 de abril, o SAMU Regional Oeste ministra o curso de qualificação profissional com o tema APH (Atendimento Pré-Hospitalar) Tático para áreas onde há campo de combate. O projeto integra profissionais do 20º GAC/L do Exército (Grupo de Artilharia de Campanha Leve – Grupo Bandeirante) em Barueri, do 18º Grupamento do Corpo de Bombeiros em Barueri, da Defesa Civil de Barueri e da concessionária CCR Via Oeste.

O curso com aulas práticas e teóricas abordará assuntos como cuidados médicos hospitalares em casos de traumas de crânio, tórax, hemorragia e obstrução de vias aéreas. O curso será ministrado especialmente para 70 profissionais do Exército, dentre eles, sargentos e profissionais da saúde, médicos e enfermeiros.

O curso será ministrado pela médica responsável pelo SAMU Regional Oeste, Juliana Petrin, e contará com o apoio dos instrutores do SAMU. No dia 12, haverá uma simulação realística organizada pelo enfermeiro Juliano Souza, da CCR concessionária, junto à equipe do SAMU. Os certificados serão emitidos pelo Exército. São sete profissionais de Itapevi que participarão das aulas teóricas e práticas como palestrantes e ouvintes.

De acordo Juliana Petrin, “capacitar soldados do Exército que atuaram nos conflitos enfrentados no Rio de Janeiro é o reconhecimento de um trabalho sério desenvolvido pela instituição o que torna a corporação uma importante referência na região, além do benefício de oferecer mais cursos e parcerias para os nossos profissionais”, explica. “O curso prepara para capacitar profissionais do Exército que atuarão no Rio de Janeiro e precisam ter uma base de atuação em áreas de conflito, além da troca de experiências”, completa.

Saiba mais sobre o SAMU Itapevi

Com um quadro de 85 profissionais, o SAMU Itapevi cobre uma área de 83 km² e uma população média de 229.502 habitantes, segundo informações do Censo 2017(Fundo Nacional de Saúde). A equipe é composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, condutores, telefonistas, rádio operador, administrativos e serviços gerais.

O SAMU Regional Oeste tem hoje quatro equipes no período diurno e três noturnas, além de quatro Unidades de Suporte Básico de Vida, uma Unidade de Suporte Avançado e uma motolância. O serviço pode ser acionado pelo número 192 e o atendimento é feito 24 horas por dia.

Além de Itapevi, o serviço atende outras cinco cidades da região (Jandira, Carapicuíba, Cotia, Pirapora do Bom Jesus e Vargem Grande Paulista). Os recursos do SAMU são repassados pelo governo federal à Prefeitura de Itapevi, que administra o serviço por meio da Secretaria de Saúde e Bem-Estar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*