Requerimentos chamam a atenção para o combate à COVID-19 em Jandira

Vereador Marcio Oliveira pediu a instalação de tendas de triagem ao ar livre; Fábio Betera solicitou parceria entre o poder público e a rede privada, a fim de garantir leitos hospitalares; já Markinhos e Cláudio do Moussão aconselharam a inclusão dos trabalhadores de cemitérios e funerárias, profissionais do transporte e guardas municipais no grupo prioritário de vacinação

Diante do agravamento da pandemia da COVID-19 no Brasil, o tema pautou as discussões da 8ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Jandira, em 06 de abril de 2021. Nesse contexto, três parlamentares apresentaram requerimentos sugerindo à Prefeitura medidas que minimizem os efeitos da crise no município de Jandira.

Por intermédio do documento 133/21, o vereador Marcio Odair Nascimento de Oliveira (Cidadania), o “Marcio Oliveira”, aconselhou a instalação de “tendas de triagem ao ar livre”, a fim de oferecer o pronto atendimento às pessoas com suspeita de COVID-19. A iniciativa tem o intuito de garantir a circulação de ar no local de triagem, reduzindo o risco de contaminação.

Por sua vez, o vereador Fábio Camilo dos Santos (PT), o “Fábio Betera”, apresentou o requerimento 137/21, no qual indicou a parceria entre o poder público e a iniciativa privada, visando garantir leitos hospitalares de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) aos pacientes diagnosticados com a doença em estado grave. O parlamentar esclareceu que o pedido é pertinente, uma vez que o sistema CROSS (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde), responsável pela distribuição de vagas, está sobrecarregado.

Por fim, os vereadores Marcos Danilo de Sousa (PTB), o “Markinhos”, e Cláudio Roberto de Carvalho (Republicanos), o “Cláudio do Moussão”, solicitaram à Prefeitura, pelo documento 138/21, a inclusão dos trabalhadores de cemitérios e funerárias, profissionais do transporte e guardas municipais no grupo prioritário de vacinação. Requisitaram ainda que tais profissionais integrem a lista de espera da vacinação no formato “drive thru”.

Como argumento, os parlamentares lembraram que os trabalhadores mencionados fazem parte de setores essências e que estão expostos diariamente ao risco de contágio. Os três requerimentos foram aprovados pelo plenário da Casa, então seguiram para as mãos do Prefeito Henri Hajime Sato (PSDB), o “Dr. Sato”.