Prefeitura de Carapicuíba continua combatendo os pancadões

A operação Tolerância Zero aos Pancadões segue a todo vapor em Carapicuíba. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar realizaram uma ação de prevenção nos pontos conhecidos por abrigarem esse tipo de evento. Foi fundamental a chegada da fiscalização antes do início dos pancadões, o que garantiu o sossego aos moradores. Também participaram da ação agentes de trânsito e da vigilância sanitária.

“Vamos continuar com a operação nos bairros da nossa cidade. Precisamos garantir o sossego ao trabalhador que acorda cedo para trabalhar e sofre com os transtornos causados pelos pancadões. É muito importante essa parceria entre as secretarias da prefeitura e a Polícia Militar”, afirma o prefeito Marcos Neves.

No último fim de semana, foram vistoriados 17 estabelecimentos (bares e lanchonetes), sendo 15 fechados por possuírem irregularidades na documentação. A Prefeitura vai se reunir com os comerciantes da Cohab na quinta-feira (23) para orientar quanto à regularização dos estabelecimentos.

No dia 16 de fevereiro, o governador Geraldo Alckmin regulamentou por decreto a lei 16.049/2015, que restringe ruídos causados por aparelhos de som instalados em veículos estacionados em vias públicas ou calçadas particulares. A Polícia Militar passa a ser responsável pela fiscalização e cumprimento da lei.

“Ajudei a aprovar essa lei na Assembleia Legislativa, quando era deputado. Essa medida do Governo do Estado nos ajuda nas ações aqui em Carapicuíba. É muito importante evitar a aglomeração de pessoas que ocasionam o fechamento de ruas e som alto. Por isso, a prevenção é fundamental. Continuaremos firmes na operação Tolerância Zero aos Pancadões, com a ajuda da Polícia Militar”, declara o prefeito Marcos Neves.

A ajuda da população é fundamental para coibir esse tipo de atividade. O morador que tiver informações antecipadas sobre a realização de pancadões pode denunciar através do telefone da GCM 4183-5229.