Pesquisa revela os cinco principais motivos que levam os profissionais a pedir demissão

Estagnação ou uma nova oportunidade na carreira são os principais motivos para os profissionais pedirem demissão no trabalho. É o que revela pesquisa da Michael Page, empresa líder mundial em recrutamento executivo de média e alta gerência, realizada com 1000 executivos no país, entre janeiro e março deste ano.

 De acordo com os dados do levantamento, uma nova oportunidade de trabalho é citado por 22% do entrevistados na pesquisa como principal razão para o pedido de demissão. Sentir-se estagnado e desestimulado são as razões de 17% e 15%, respectivamente, dos consultados. Já insatisfação salarial e baixa qualidade de vida, ambos, são citados por 8% dos profissionais.

 

Para Ricardo Rocha, gerente executivo da Michael Page, mesmo com momento delicado da economia e do mercado de trabalho, ainda há movimentações pontuais dos profissionais o que acaba gerando os pedidos de demissão. ”Nessa hora, quando o profissional tomou a decisão, ele deve conversar primeiramente com o chefe e expor suas razões que culminaram no pedido de desligamento. É sempre importante sair pela porta da frente”, alerta Rocha.
Principais motivos de demissão:

  1. Nova oportunidade de trabalho

 

  1. Estagnação

 

  1. Desestimulado

 

  1. Baixa qualidade de vida

 

  1. Insatisfação salarial

 

Sobre a Michael Page

A Michael Page é um dos maiores players mundiais em recrutamento especializado. Fundada na Inglaterra em 1976, é especializada em recrutar candidatos em middle e top management, em todo o mundo, sendo a consultoria de recrutamento líder e pioneira na América Latina. Atualmente possui mais de 5.400 colaboradores em 36 países

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.