Osasco inicia imunização dos agentes de segurança pública da região

Texto: Olga Liotta
Imagens: Marcelo Deck

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, acompanhou na manhã de segunda-feira, 5/4, o início da Campanha de Vacinação contra a COVID-19, organizada pela Polícia Militar, para todos os profissionais da Segurança Pública do Estado de São Paulo, no posto do Comando de Policiamento de Área Metropolitana Oito (CPA/M-8), no Jardim Rochdale, zona Norte da cidade. O Comando é um dos 82 postos de saúde instalados nos quartéis da PM que adotaram a ação.

O quartel é responsável pelo policiamento de 15 cidades da região, sendo Osasco, Carapicuíba, Barueri, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus, Cotia, Vargem Grande Paulista, Taboão da Serra, Embu, Embu Guaçu, Itapecerica da Serra, Juquitiba e São Lourenço da Serra. Além destes municípios, a unidade é responsável pelo 5º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), que atua de forma semelhante aos padrões do policiamento de Choque.

A imunização segue até o dia 12/4 e abrange os policiais militares e agentes de segurança pública, agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e das Guardas Civis Municipais. A aplicação é feita por profissionais militares com formação em enfermagem.

No CPA/M-8 de Osasco serão vacinados 8 mil profissionais da segurança pública da região. A vacina aplicada neste posto é do laboratório Astrazeneca e a segunda dose será realizada em até 90 dias. Antes de vacinar, os profissionais devem fazer o pré-cadastro no site VacinaJá (https://vacinaja.sp.gov.br), do governo do Estado.

Em todo o Estado, a Polícia Militar espera vacinar 134 mil profissionais, incluindo todas as Forças de Segurança (não inclui os profissionais da Secretaria de Administração Penitenciária e da Fundação Casa).

CPA/M-8 é chefiado desde janeiro do ano passado pelo coronel Ricardo Tofanelli.

Rogério Lins estava acompanhado do secretário municipal de Segurança e Controle Urbano, coronel Virgulino, e seu adjunto, Adilson Moreira.