Itapevi: A trajetória das mulheres na política está apenas começando

Camila Godói (2013/2016)

Camila Godói

A força da mulher está presente nas universidades, mercado de trabalho, maioria do eleitorado e ocupa mais espaço no mercado de trabalho, esses são apenas alguns números que demonstram o avanço feminino em diferentes seguimentos da sociedade.

Essa conquista também vem refletindo nas decisões políticas e na defesa dos seus direitos, pois a presença feminina teve um crescimento no Poder Legislativo nas eleições de 2014. Elas passaram a ocupar 10 % do total das 513 cadeiras na Câmara Federal.

Em Itapevi, a 13 ª legislatura (2013/2016) passou a contar com três mulheres, uma bancada18% maior que a legislatura anterior (2009/2012), quando a Casa de Leis tinha apenas uma representante, a ex-vereadora Sonia Salvarani.

No mês que se comemora o Dia Internacional da Mulher, as vereadoras Camila Godói, Erondina Godoy (Tininha) e Inácia dos Santos falaram sobre os caminhos da mulher na política.

“A participação da mulher na política vem crescendo a cada ano no Brasil, o que tem contribuído no fortalecimento da democracia, no combate da exclusão e, principalmente, na luta pela igualdade social e pelos direitos da mulher”, disse a vereadora Camila, que ainda destacou a eleição da primeira mulher na Câmara de Itapevi. “A nossa cidade teve sua primeira mulher no Poder Legislativo em 1969 com a eleição da Maria Aparecida Franco”.

Inácia dos Santos (2013/2016)

Inácia dos Santos

A vereadora Inácia dos Santos destacou que apesar dos obstáculos, a mulher consegue equacionar a vereança e a família. “Não é fácil a vida da mulher na política. Por natureza a mulher é multitarefa, porém ao ingressar na vida pública essas tarefas mais que duplicam. A vereadora tem que fiscalizar o serviço público, cobrar, propor e defender leis para cidade, atender a população, além desta jornada ela não descuida do lar, pois ainda cuida da família, porém tudo isso só é possível quando com o apoio do marido e dos filhos”, disse Inácia.

As mulheres são maioria do eleitorado no país (51,7%, segundo dados da Justiça Eleitoral). Segundo as vereadoras esses dados sinalizam ainda mais a necessidade dos governos atenderem essa parcela da sociedade com políticas públicas. “Esses números são positivos, mas muito ainda precisa ser feito para ampliar a participação feminina na política, além de fortificar ainda mais a participação das mulheres, negros e índios no processo de construção da democracia”, argumento Tininha.

Apesar dos avanços, a vereadora Camila acredita que a mulher ainda tem muito um longo caminho para trilhar na política. “A trajetória das mulheres na política está apenas começando”.

Mulheres eleitas para Câmara Municipal

Camila Godói (2013/2016)
Erondina Godoy (2013/2016)
Inácia dos Santos (2013/2016)
Sonia Salvarani (2001/2004 – 2005/2008 – 2009/2012)
Aparecida Fernandes (2001/2004)
Maria Ruth Banholzer (1993/1996 – 1997/2000)
Geone Xavier Pereira (1993/1996 – 1997/2000)
Norma Lucia Ribeiro (1993/1996)
Benedita Morelli Franci (1989/1992)
Maria Aparecida Franco (1960/1963 – 1973/1977)

Tininha

Erondina Godoy – Tininha

 

Fotos: Bruno Netto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.