Humanização e preparo psicológico integram rotinas de guardas e agentes de trânsito de Barueri

Foto: Charles Félix / SSMU

Com a rotina puxada da profissão, é bem normal que os agentes de segurança enfrentem a ansiedade. Afinal, o dia a dia no combate à criminalidade exige muito além da capacidade física e sempre há um desgaste emocional e mental.

A Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri (SSMU) conta com o Departamento de Humanização, que cuida da assistência dos servidores da pasta, em especial a dos guardas municipais e agentes de trânsito.

Entre os cuidados está o atendimento psicológico. Pelo estresse que a atividade oferece diariamente, é imprescindível que os profissionais de segurança recebam esse tipo de acompanhamento. “Todo ano, os guardas passam pelo Estágio de Qualificação Profissional (EQP) e nesse período nós procuramos abrir espaço para tratar as questões emocionais. Para desenvolver um bom trabalho não basta ter o domínio da técnica, também é preciso ter equilíbrio emocional”, explica Marilde Batista Novelli, psicóloga que coordena o Departamento de Humanização da SSMU.

Em sala reservada, a psicóloga recebe os guardas e agentes auxiliando-os nas mais diversas questões, como o atendimento pós-ocorrência com disparo de arma de fogo ou em situações de crise inerentes à profissão. Possíveis doenças, acidentes e até mesmo a morte de familiares também são tratados pela profissional.

Além do atendimento psicológico, a SSMU oferece uma academia de ginástica altamente equipada, treinamento de defesa pessoal, jiu-jítsu e fisioterapia. Todas as ferramentas para que os guardas possam desempenhar um trabalho de maior qualidade, resultando numa maior proteção à população.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*