Homens vencem tabus e aumentam a procura por procedimentos estéticos

Man getting a facial massage for cosmetic treatment at clinic

Dermatologista Marília Acioli fala sobre o aumento da vaidade masculina e orienta o público

Apesar de relutâncias e tabus, os homens estão mais atentos ao mundo da estética e aos benefícios que ela oferece. O resultado disso se dá no aumento da procura por procedimentos que cuidem da beleza e do corpo. De acordo com dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), em 2019, a cada dois minutos um homem faz um procedimento estético no Brasil.

Outro levantamento realizado pela SBPC identificou que nos últimos cinco anos, o número de pacientes do sexo masculino que se submeteram a cirurgia estética subiu de 5% para 30%, revelando o aumento na preocupação masculina com o bem-estar físico e estético.

Para a médica dermatologista Marília Acioli – membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, apesar do tabu existente, a respeito dos homens realizarem procedimentos estéticos, o cenário vem melhorando nos últimos anos. “A presença masculina é, de fato, crescente nas clínicas dermatológicas”, assegura.

Dra. Marília Acioli avalia que o aumento dessa procura, por parte do público masculino, deve-se à quebra do paradigma de que eles não têm direito de se cuidar.

A médica destaca que na contramão desse pensamento, aos poucos os homens têm conquistado espaço em áreas que antigamente eram dominadas apenas por mulheres, como por exemplo, os salões de beleza. “Atualmente, existem, inclusive, espaços exclusivamente dedicados ao público masculino. E as clínicas dermatológicas também vêm caminhando nessa tendência”, frisa.

Em relação à idade média dos pacientes que procuram por procedimentos estéticos, a profissional explica que este é um aspecto extremamente variável e afirma que a faixa etária dos pacientes, pode ir dos 25 aos 70 anos. “No entanto, mais importante do que a idade é a motivação desse homem em buscar informações sobre os tratamentos existentes e ter a iniciativa de realizá-los”, ressalta.

De acordo com a Dra. Marília Acioli, os procedimentos mais procurados pelo público masculino, geralmente são para tratar calvície ou acne e suas cicatrizes. “Porém a cada dia mais os homens têm tomado a iniciativa de perguntar sobre procedimentos injetáveis como toxina botulínica e bioestimuladores”, conta.

A médica enfatiza que neste processo, os dermatologistas ainda têm o papel importante de conduzir a consulta quando o paciente não sabe exatamente os tratamentos indicados, mas tem vontade de melhorar algum aspecto em especial do rosto e/ou corpo. “Saber entender as inquietações do paciente e informar e instruir sobre os tratamentos existentes são parte essencial de uma boa primeira consulta”, reforça.

Como forma de orientar o público masculino, Dra. Marília Acioli fala que é preciso estar atento aos procedimentos estéticos indicados e explica que a musculatura masculina tende a ser mais robusta, devido a isso, os homens desenvolvem, por exemplo, rugas mais profundas na testa, que podem ser tratadas com a toxina botulínica.

“Entretanto, o tratamento masculino vai muito além desses aspectos. Após análise facial minuciosa, podem ser indicados pontos de embelezamento que tornam o visual mais masculino, como uma mandíbula mais alargada e o queixo mais quadrado”, exemplifica.

No entanto, a médica enfatiza que neste processo da realização dos procedimentos, é importante destacar que, de maneira alguma, o objetivo é deixar os rostos masculinos parecendo com vilões de história em quadrinhos. “Para um resultado bem-sucedido, a naturalidade é fundamental”, salienta.

Ainda como ponto relevante, a profissional analisa que há, de fato, uma padronização masculina e feminina e que tenta ao máximo se distanciar desse processo. “Fazer tratamentos estéticos que deixam os mais variados rostos com traços parecidos vai de encontro com as tendências mais atuais na dermatologia, que é buscar a beleza na individualidade e diversidade”, complementa.

Neste sentido, Dra. Marília Acioli acrescenta sobre qual o principal cuidado que o homem deve ter ao realizar procedimentos estéticos invasivos. “Nesse caso, é sempre buscar um profissional qualificado e que tenha senso estético semelhante ao seu”, finaliza.

Para mais informações sobre “procedimentos estéticos masculinos”, entrevistas e pautas com a dermatologista Marília Acioli, acesse o Instagram @mariliaaciolidermato.