Escolas municipais poderão dar prioridade aos filhos de vítimas de violência doméstica

A Câmara Municipal, sob a presidência do vereador Guto Carapicuíba (PV), aprovou, nessa terça-feira (1), o Projeto de Lei n° 2.533/2019, que reserva prioritariamente vagas nas escolas municipais aos filhos de mulheres vítimas de violência doméstica, de natureza física ou sexual. De autoria dos vereadores Ronaldo Souza (Republicanos) e Professor Ladenilson (PMB), a propositura segue para as mãos do prefeito Marcos Neves (PV), que poderá sancioná-la nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.