Elvis Cezar cresce em pesquisa para o governo de São Paulo em 2022 e pontua em todos os cenários

O apresentador e ex-prefeito de Santana de Parnaíba cresceu mais de 300% em relação ao último levantamento e aparece com uma das menores rejeições entre os possíveis candidatos

O ex-prefeito de Santana de Parnaíba e apresentador do Programa Brasil que Faz na RedeTV, Elvis Cezar, vem correndo por fora e despontando na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes em 2022. Em pesquisa divulgada recentemente pela Govnet/Opinião em parceria com o Jornal Gazeta do São Paulo, o tucano aparece pontuando em todos os os 6 cenários elencados para o cargo de governador, ficando inclusive à frente do deputado federal do Novo Vinicius Poit. 

Em março, Elvis já havia aparecido com 0,9% das intenções de voto, hoje, 3 meses depois, o apresentador já teve um crescimento de mais de 300% e, de acordo com a margem de erro, em alguns cenários, está empatado tecnicamente com os possíveis candidatos, o deputado estadual  Arthur do Val (Patriota), do vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB) e do deputado federal, Vinicius Poit (Novo). Além disso, entre os possíveis candidatos, o ex-prefeito é o que possui uma das menores taxas de rejeição, 23,8%. 

A frente de um programa com temas voltados ao empreendedorismo, onde já entrevistou personalidades como Geraldo Rufino, Ratinho, João Kepler, entre outros, o tucano fez história em Santana de Parnaíba, cidade onde foi vereador por duas oportunidades e prefeito entre os anos de 2013 a 2020, período em que alcançou importantes marcas para o município como a posição de cidade mais segura da região metropolitana de São Paulo, segunda melhor gestão pública do Brasil, maior crescimento percentual da história no IDEB, conceito A em saúde pública, melhor em sustentabilidade fiscal, dentre outras marcas e políticas públicas que fizeram com que o político fosse considerado por muitos como o melhor gestor público do Brasil.

Realizada nos dias 21 e 26 de junho em 168 municípios e com margem de erro de 3,4 para mais ou para menos, a pesquisa que entrevistou via telefone 820 eleitores ainda mostra que o preferido dos paulistas em boa parte dos cenários é o ex-governador, Geraldo Alckmin, que chega a alcançar a marca de 22% das intenções de. O candidato que apresenta o maior índice de rejeição é o petista, Fernando Haddad, com mais de 40%.

O apresentador comentou sobre a pesquisa e se sente bastante feliz pelo seu nome ser lembrado pela população de São Paulo. “Para mim, é motivo de muita alegria aparecer e ser lembrado para um cargo tão importante que é ser chefe de um Estado como o Estado de São Paulo, somos considerados o coração do Brasil, estou à disposição do meu partido, mas acima de tudo da população do Estado de São  Paulo. Como vereador e prefeito de Santana de Parnaíba, mostrei que é possível sim fazer melhorias em todas as áreas, e trazer dignidade para população, quero continuar a contribuir e vou fazer sempre o meu melhor!”, disse.