Com chromebooks em mãos, professores participam de formação tecnológica

Dando sequência à formação permanente aos professores, com relação à tecnologia educacional, a Secretaria de Educação de Barueri, por intermédio do Departamento de Apoio Pedagógico, ministrouao longo da semana, mais um importante curso a todos os docentes da rede de ensino, no auditório do CAP – Centro de Aperfeiçoamento dos Professores. 

 As formações aconteceram nos períodos da tarde e da noite, oportunidade em que os docentes, com seus chromebooks em mãos, aprenderam muito com os profissionais especializados da empresa Microkids, que apresentaram – com uma série de exercícios práticos – ferramentas fáceis de operar.  

De acordo com a coordenadora de Ensino Fundamental, Isabel Biondi, a iniciativa em investir cada vez mais em formação tecnologia visa preparar os alunos para o futuro. “Com a ajuda de vocês e toda a estrutura investida na Educação de Barueri, certamente nossos alunos estarão muito bem preparados para um futuro promissor, em que competirão de igual para igual ao longo de suas vidas”, comentou. 

 As novas metodologias tecnológicas apresentadas aos professores despertaram muito interesse dos profissionais que lecionam as mais diferentes matérias de todas as séries. Elas atendem desde a Educação Infantil até o Ensino Médio e são acompanhadas por softwares educacionais, biblioteca de livros virtuais, banco de imagens, vídeos e atividades a serem usadas em sala de aula com o objetivo de melhorar cada vez mais a aprendizagem. 

 De acordo com o professor de informática Paulo Ricardo, da Emef Alexandrino Bueno, do Jardim Silveira, a formação foi muito útil. “Achei extremamente significante. Com certeza essa nova ferramenta tecnológica irá auxiliar muito os alunos, pois a programação é algo que permite desenvolver elementos importantíssimos como o raciocínio lógico e a concentração, além de permitir e colaborar com a criatividade, aumentando a percepção do que eles podem fazer. Na realidade, o aluno não é apenas consumidor de tecnologia, mas sim criador e isso coloca os alunos de Barueri em um passo à frente no que se refere ao uso da tecnologia”, avaliou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.