Política

Guto Carapicuíba pede a instalação de semáforo na Estrada do Jacarandá

 

Por meio da Indicação n° 154/2018, o vice-presidente da Câmara Municipal, Guto Carapicuíba (PV), está pedindo a implantação de um semáforo na Estrada do Jacarandá, esquina com a Estrada Egílio Vitorello (Altos de Santa Lúcia).

De acordo com o parlamentar, mesmo havendo sinalizações no local, muitos motoristas não obedecem às orientações, aumentando substancialmente o risco de acidentes.

A Indicação segue agora para o gabinete do prefeito Marcos Neves (PV), que deverá tomar as devidas providências ou fornecer uma resposta à Casa.

Rogerio Chequer é pré-candidato ao governo de São Paulo pelo NOVO

 
Engenheiro de produção e empresário, Rogerio Chequer, 50 anos, se afastou do Vem Pra Rua para poder concorrer na eleição deste ano. Como todos sabem, o Vem Pra Rua se tornou o maior movimento de manifestação popular no Brasil e teve grande influência no processo de impeachment da Dilma (PT), mobilizando multidões simultâneamente em mais de 24 estados. 
Com propostas pragmáticas, Chequer defende mudanças em todo sistema político governamental, explica que o partido NOVO é formado por membros que não possuem cargos eletivos. Pessoas da sociedade civil indignadas com a atual situação do país, que se reuniram para promover um jeito novo de fazer política sem usar o Fundo Partidário em suas campanhas.
Acompanhando Chequer durante a entrevista coletiva, estavam outros dois pré-candidatos do partido NOVO, Christian Lohbauer que concorrerá ao senado e na disputa por uma das 513 cadeiras da Câmara Federal, José Frigerio.
Segundo Chequer, a principal  postura do partido e a de ser contra as regalias e privilégios recebidos pelos políticos em exercício. “Atualmente para manter o Congresso Nacional e sua estrutura, são gastos diariamente  29 milhões, um verdadeiro absurdo. Recurso que escoa dos cofres públicos para pagar cafés, almoços, combustível, correios, assessores, auxílio paleto, auxílio moradia e muitos outros que são totalmente desnecessários”, exemplificou.
Durante a coletiva realizada no Jornal Diário da Região em Osasco, o pré-candidato ao governo de São Paulo falou sobre as pontos de maior preocupação,. “Nosso plano de governo já está sendo elaborado e me breve vamos poder mostrá-lo, mas já adianto que o primeiro objetivo é o de cortar gastos e acabar com os desvios de verbas dentro da própria administração pública”.
“É Necessário melhorar os serviços oferecidos a população, evitar os desperdícios, a exemplo disso temos o caso dos trens que ficaram parados por um ano e mesmo assim, geraram despesas de mais de 600 milhões ao Governos de Estado. Nossa prioridade será economizar e equilibrar os gastos para investir nas áreas que a população mais precisa, que são educação, segurança e saúde”, complementou o pré-candidato.
Quando questionado sobre a falta de experiência na esfera política, destacou suas considerações de maneira bem objetiva.”Estamos entrando para reformular todo esse sistema que ao meu ver é falho e ineficiente, justamente por ser formado por políticos com experiências do desvio, da corrupção e da atuação que trás benefícios só aos amigos do rei, além de nos encher de impostos e serviços precários. Não quero essa experiência, meu papel será o de justamente desfazer esse mecanismo”, enfatizou.
O partido NOVO foi registrado em 2015, participou das eleições em 2016 na qual conseguindo eleger 4 vereadores em diferentes cidades, Janaína Lima na capital paulista, Felipe Camozzato em  Porto Alegre, Leandro Lyra no Rio e Mateus Simões em Belo Horizonte. Mesmo com pouco tempo de atuação o partido vem crescendo significativamente. Para pré-candidato a presidência a nova sigla aposta no empresário, João Amoêdo. 

Justiça declara improcedente ação movida por seis vereadores para anular Sessão Extraordinária

Em sentença publicada nessa quarta-feira (25), o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo julgou improcedente a Ação Popular movida por seis vereadores contra o presidente da Câmara Municipal de Carapicuíba, Ronaldo Souza (SD). Os parlamentares exigiam, por suposta violação de princípios administrativos, a anulação da 6ª Sessão Extraordinária, realizada no dia 06 de dezembro, e a consequente suspensão da Sessão Ordinária do dia 12, além da indisponibilidade de todos os bens de Ronaldo.

De acordo com os vereadores José Carlos Adão (PSD), Professora Cida Lula Carlos (PT), Antonio Beserra (PV), Dr. Vong (PV), Joel Madeireira (PROS) e Néia Costa (PSB), a Sessão Extraordinária não poderia ter acontecido com apenas nove parlamentares presentes. No entanto, o presidente Ronaldo Souza, embasado pela Lei Orgânica Municipal que autoriza a votação de projetos de Lei com maioria simples na Casa, decidiu acertadamente por realizar a Sessão, sendo também o entendimento do Ministério Público e, agora, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

No teor da sentença, a juíza de Direito, Dra. Leila França Carvalho Mussa, veio ao encontro dos argumentos já defendidos pela promotora de Justiça, Camila Moura e Silva, que, no final do ano passado, deu parecer desfavorável ao pedido de liminar impetrado pelos parlamentares. Além disso, Dra. Leila Mussa também ressaltou que cabe à Lei Orgânica Municipal indicar as matérias de competência legislativa da Câmara, estando o Regimento Interno subordinado ao que prevê a Lei Orgânica.

Câmara aprova concessão de título de Cidadã Carapicuibana à deputada Renata Abreu

Foi aprovado nessa terça-feira (17), durante a Sessão Ordinária da Câmara, o Projeto de Decreto Legislativo n° 127/2018, que concede o Título de Cidadã Carapicuibana à deputada federal Renata Abreu (PODE) pelos relevantes serviços prestados à população. O título, de autoria do vice-presidente Guto Carapicuíba, será entregue em junho desse ano.

Deputada federal e atual presidente do PODEMOS, a parlamentar esteve à frente do processo eleitoral de 2014 no plano nacional e foi responsável pelo processo de reestruturação partidária, levando a sigla a conquistar quatro cadeiras na Câmara Federal. Renata liderou o bloco formado por diversos partidos que defendeu a admissibilidade do impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT) e tem sido uma voz no combate às práticas ilegais no Congresso Nacional, além de defesa dos direitos das mulheres.

Para Carapicuíba, Renata Abreu, em três anos de mandato, já conquistou mais de R$ 1 milhão em emendas parlamentares, junto aos Ministérios da Cultura e Turismo, Esporte e Infraestrutura.

“É uma honra propor esse título à deputada Renata Abreu que tem feito muito pelo cenário político nacional e principalmente por nossa Carapicuíba. Temos na Câmara Federal essa defensora que só esse ano mandou meio milhão e tenho certeza que continuará olhando por nossa cidade”, destacou Guto.

Renata Abreu atende pedido do vereador Guto e destina meio milhão para Carapicuíba

O vereador e vice-presidente da Câmara Municipal de Carapicuíba, Guto, recebeu essa semana confirmação de que está garantida a liberação de R$ 500 mil reais em emendas parlamentares para a cidade de Carapicuíba.

A emenda partiu da Deputada Federal Renata Abreu (PODEMOS) que atendeu o pedido formulado pelo vereador Guto em visita ao seu gabinete em Brasília.

Os recursos serão destinados a infraestrutura urbana e está garantido sob o número 37460007 no orçamento geral da união para o ano de 2018.

“Tenho uma admiração enorme pelo povo de Carapicuíba e sempre que visito a cidade, sinto-me bem acolhida pela população Carapicuíbana, e devido a isso e ao trabalho desenvolvido pelo Prefeito Marcos Neves e Vereador Guto, não poderia deixar de atender um pedido tão nobre como esse”, ressaltou a deputada.

“Essa emenda que conquistamos será investida em infraestrutura da cidade, e irá impactar diretamente na qualidade de vida dos moradores. A deputada sempre está atendendo nosso pedido e tenho certeza que esses recursos chegam em um momento que estamos colocando a casa em ordem e fazendo várias melhorias em nossa cidade”, destacou o vereador Guto.

 

Câmara Parnaibana aprova quatro proposituras do Poder Executivo

Nesta terça-feira, 10, os vereadores da Câmara Municipal de Santana de Parnaíba aprovaram, na 9ª Sessão Ordinária de 2018, três projetos de Lei, apresentados pelo Poder Executivo da cidade. O Primeiro foi o PL nº 15/2018, que institui procedimento administrativo formal para a padronização de bens e produtos nas licitações realizadas pela prefeitura; o segundo, PL nº 32, dá nova redação ao artigo 4º da Lei Municipal nº 2000, de 14 de abril de 1997, que institui o Conselho Municipal de Assistência Social e refere-se à inserção de representantes de diversas secretarias e organismos públicos no conselho Municipal de Assistência Social. Por último, o PL nº 33/2018, altera o anexo 1 da Lei nº 3.117, de 25 de maio de 2011, que se refere à adequação do quadro do funcionalismo público municipal dentro dos planos de carreira de nível fundamental, ensino médio e ensino superior. Ainda nesta sessão, também foi aprovado o Projeto de emenda à Lei orgânica 1/2018, de 23 de março de 2018, que altera a redação do “caput” do artigo 112 da Lei orgânica do Município de Santana de Parnaíba e se refere ao modo pelo qual deve se realizar a publicação dos atos oficiais externos da municipalidade.

Câmara de Carapicuíba aprova P.L. que homenageia Washington Gregório Lopes

A Câmara de Carapicuíba aprovou e agora segue para as mãos do prefeito Marcos Neves (PV) o Projeto de Lei n° 2.367/2018, de autoria do presidente da Câmara, Ronaldo Souza (SD), que denomina o Ginásio de Esportes do Parque Jandaia de Washington Gregório Lopes.

De acordo com a propositura, Washington, falecido no ano 2.000, teve uma vida marcada pela luta por melhorias aos moradores do Parque Jandaia. O pedido para que o Ginásio do bairro receba o nome dele partiu da própria comunidade, que elaborou um abaixo-assinado solicitando a medida.

JL Frigerio fala sobre a política com um NOVO olhar para a gestão pública

 

JL Frigerio contou sobre suas expectativas em relação a eleição deste ano. JL Frigerio já está aprovado pelo processo seletivo realizado pelo partido NOVO 30 e, durante o período eleitoral concorrerá a uma das 70 vagas de São Paulo na Câmara Federal em Brasília (DF). Na chapa com o pré-candidato a presidência da república, João Amoêdo e com o pré-candidato a governador, Rogério Chequer (Líder do Movimento Vem Pra Rua).

Destacou que diferente dos demais partidos, o NOVO exige que os cidadãos interessados em participar das disputas eleitorais, sejam filiados e passem por um rigoroso processo de seleção onde a comissão de filiados do NOVO investiga, examina, testa e entrevista os pré-candidatos com o objetivo de selecionar os que realmente possuem perfil pertinente aos propósitos do partido.

“Faço parte da primeira turma que passou pelo processo de avaliação. Foram várias etapas até chegar a aprovação final, porém creio ser fundamental essa postura do NOVO. O processo de seleção da 1ª turma iniciou no final de março e foi até o início de dezembro de 2017. De 404 inscritos, 152 chegaram ao até o final, o que comprava a seriedade do Partido com as pessoas que vão representar o povo e o próprio NOVO, quer seja no executivo ou no legislativo”, explicou Frigerio.

José Luiz Frigerio Paulo, usará durante a campanha o nome JL Frigerio. Nascido em Santos litoral paulista, 68 anos, casado, engenheiro e arquiteto naval, formado pela Escola Politécnica USP, área que atuou por vários anos supervisionando a construção de navios e plataformas petrolíferas, com atuação nacional e internacional. Atualmente fornece consultoria nas áreas de gestão, qualidade, mediação e negociação.

Pela primeira vez concorrendo a um cargo político, escolheu o NOVO por acreditar nos princípios, valores, propostas e organização do partido. Defende que o país precisa de mudanças em toda sua estrutura governamental, com cortes no que for desnecessário como por exemplo, as verbas de gabinete, número exagerado de assessores, carros, auxílios paletó entre outras regalias dos políticos que geram altos valores, valores esses que devem ser revertidos para saúde, educação e segurança. Áreas que são prioritárias e demandam maior investimento.

“Como todos os brasileiros cansei dos efeitos colaterais da corrupção, sentimos na pele e nos bolsos os prejuízos causados pela má gestão e desvio do dinheiro público. Chega de pagarmos impostos abusivos. Quando conheci o NOVO, percebi que temos uma chance de mudar e resolvi entrar e encarar este desafio, que só ocorrerá por meio da boa Política e a implantação de um governo que funcione de fato, a favor do cidadão. Que defenda todas as classes sociais e principalmente garanta atendimentos básicos de qualidade na educação, saúde e segurança”, declarou Frigerio.

Frigerio assim como todos os filiados do NOVO, são contra o uso do Fundo Partidário. O partido e seus candidatos são mantidos exclusivamente por doações e pela mensalidade dos filiados. Outra postura que os difere das outras siglas, é que a direção partidária do NOVO não pode se candidatar e, quem tem mandato não pode ser dirigente partidário.

Sessão Solene marca aniversário de 53 anos de Carapicuíba

Uma grande cerimônia foi realizada na Câmara Municipal de Carapicuíba nessa segunda-feira (26), data em que se comemorou os 53 anos de emancipação político-administrativa da cidade. A tradicional Sessão Solene contou com a presença do prefeito Marcos Neves (PV), da vice-prefeita Gilmara Gonçalves (PSB), do presidente da Câmara, Ronaldo Souza (SD), e de diversos vereadores.

Os parlamentares utilizaram a tribuna para relembrar um pouco da história do município e salientar as transformações pelas quais ele passou neste mais de meio século de emancipação. Muito aplaudido pelo público, o prefeito Marcos Neves aproveitou a ocasião para agradecer pessoalmente o trabalho da Câmara e reforçar seu compromisso em realizar as melhorias que a cidade necessita.

“Sinto-me bastante emocionado de participar desta Sessão, e muito feliz por tudo que ouvi hoje sobre esta cidade e do que ainda vem pela frente”, comentou Ronaldo.

Projeto obriga a afixação do telefone da Ouvidoria em órgãos públicos em Carapicuíba

A Câmara Municipal de Carapicuíba, sob a presidência de Ronaldo Souza (SD), aprovou em segunda discussão o Projeto de Lei n° 2.361/2018, que obriga todos os órgãos da administração municipal direta e indireta a afixarem, em local visível, o telefone da Ouvidoria Geral. O P.L segue agora para o gabinete do prefeito Marcos Neves (PV), que poderá sancioná-lo nos próximos dias.

De acordo com o autor da propositura, Joel Madeireira (PROS), a iniciativa possibilitará à população dar opiniões sugestivas, tirar dúvidas e até mesmo efetuar denúncias sobre os serviços oferecidos pelos órgãos ligados à Prefeitura.