Vargem Grande Paulista

Vargem Grande Paulista: alunos da rede municipal fazem teste de acuidade visual

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo de Vargem Grande Paulista está realizando teste de acuidade visual em todos os alunos da rede municipal de ensino – etapa 2 ao 5º ano. O objetivo é fazer a identificação de possíveis dificuldades visuais visando um melhor aprendizado nas escolas. Os alunos que tiverem o diagnóstico confirmado receberão óculos gratuitamente.

 

Para fazer a triagem de acuidade visual, os professores da rede municipal foram capacitados para aplicar o teste (Escala de Snellen) nos alunos, que identificou algum sintoma suspeito em 1500 crianças. Nesta segunda-feira (04/09), esses alunos foram encaminhados a uma equipe de profissionais do Instituto Ação Positiva para a realização de exames médicos mais detalhados.

 

Segundo o secretário de Educação, Reinaldo de Oliveira, esta é uma ação conjunta entre o Governo do Estado, Assembléia Legislativa e o Governo Municipal. “Este projeto de grande importante e beneficiará muitas crianças da rede municipal. O projeto envolve a avaliação, consulta e doação de óculos com armação e lentes corretivas para os alunos que apresentarem alguma deficiência visual”, explicou.

 

Os testes de acuidade visual foram acompanhados de perto pelo prefeito Josué Ramos, o secretário de Educação Reinaldo, o secretário de Saúde João de Deus, o deputado João Caramez e o vereador Lucimar. “Agradeço ao deputado estadual João Caramez por atender e viabilizar este pedido. Desde o início da gestão estamos realizando um trabalho conjunto entre as secretarias de Educação e Saúde, tanto na prevenção quanto no tratamento, e uma das nossas preocupações era justamente com as crianças que tem apresentado dificuldades de aprendizado, muitas vezes ocasionadas pela falta de visão. Com este trabalho preventivo de avaliação e correção visual iremos fazer a inclusão social dos alunos e melhorar o aprendizado em sala de aula”, destacou o prefeito ao visitar o CIMEPI (Centro Municipal de Educação Pública Inclusiva).

 

Mais de 500 óculos deverão ser doados ao município por meio desta parceria. “Esta é uma ação conjunta e nessa parceria só tem um vencedor: a população”, concluiu o deputado.

Instituto CCR apresenta a peça infantil “A culpa é de quem?” para mais de 600 alunos de Vargem Grande Paulista

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Turismo de Vargem Grande Paulista em parceria com o Instituto CCR apresentou no dia 28 de junho, no Centro de Convivência do Idoso (CCI), para 630 alunos do 5º ano da rede municipal de ensino o espetáculo teatral infanto-juvenil “A culpa é de quem?”.

A apresentação fala do mundo real e virtual equilibrando o uso da tecnologia com as relações interpessoais sem prejuízos para nenhum deles. De forma didática e muito divertida, os atores da CIAVIP Produções Culturais contam um caso de bullying virtual dentro de uma sala de aula.

Diante do problema, a nova professora sugere uma atividade entre os alunos, no qual eles terão que trabalhar unidos para desvendar enigmas relacionais aos valores humanos. Sugados pelo computador, os alunos deixam de ser usuários externos e se tornam personagens de uma aventura cibernética em que o grupo deve trabalhar unido para desvendar enigmas relacionados a valores humanos.

O teatro faz parte do Programa Caminhos para a Cidadania realizado pela CCR em parceria com a Prefeitura, que oferece aos alunos das escolas municipais uma abordagem didático-pedagógica desenvolvida para se trabalhar de forma transdisciplinar questões relativas à cidadania, segurança no trânsito e a preservação do meio ambiente.

Executivo, Legislativo, Judiciário e sociedade discutem direitos da criança e do adolescente e combate às drogas.

O Fórum de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDDCA) de Vargem Grande Paulista promoveu um importante encontro, que reuniu no auditório da Associação Comercial e Empresarial do município representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, Conselho Tutelar, OAB, Guarda Municipal, Polícia Civil, CMDCA, grêmios estudantis e sociedade civil. O evento, realizado no mês de abril (28), teve como tema principal a “Semana de Prevenção ao Crack e drogas afins” que será realizada no próximo em junho.

 

O FDDCA tem por objetivo a proteção integral dos Direitos da Criança e do Adolescente, buscando sistematicamente promover e participar de estudos e campanhas dos direitos do público infanto-juvenil. Segundo a coordenadora do FDDCA, Ivanete Aparecida de Lima Souza, no primeiro encontro foram feitas as apresentações, objetivos e composição da rede de proteção que irá trabalhar na proteção dos direitos das crianças e adolescentes. Uma comissão também foi formada para organizar a Semana de Prevenção e trazer novos participantes.

 

“Estamos organizando a campanha de prevenção de drogas com a colaboração das secretarias municipais, grêmios estudantis e sociedade civil, para isso foi composta esta comissão com o objetivo de agregar as demais entidades de todos os credos, associação de pais e sociedades amigos de bairro. Precisamos trazer a sociedade para este debate e prevenção”, disse Ivanete.

 

A campanha será desenvolvida na semana que antecede o dia 26 de junho, data internacionalmente instituída pela ONU como dia internacional de combate às drogas. Várias atividades estão previstas, entre elas debates e palestras para jovens e crianças em idade escolar da pré-escola ao último ano do Ensino Fundamental.

 

Representando o executivo estão participando as Secretarias de Assistência Social, de Saúde, de Assuntos Jurídicos e de Educação, Cultura, Esporte e Turismo. Durante a reunião do FDDCA, a Secretaria de Educação apresentou as ações desenvolvidas neste primeiro quadrimestre com os alunos da rede municipal de ensino, que contemplam temas como: combate às drogas, meio ambiente, cidadania e trânsito, desenvolvimento da leitura e escrita, higiene bucal, responsabilidade da família, problemas de aprendizagem, inclusão social, etc.

 

Além dos projetos desenvolvidos nas escolas municipais e das ações para combater a vulnerabilidade social, a Secretaria de Educação também oferece diversas atividades físicas complementares realizadas no contraturno do horário regular de aula: natação, judô, taekwondo, handebol, basquetebol, futsal, tênis, dança, jogos de raciocínio e voleibol.

 

Participe desta iniciativa você também. A próxima reunião do FDDCA será dia 6 de junho, às 13h30, na Associação Comercial e Empresarial (Rua Francisco Manoel de Oliveira, 261).