Região

Araçariguama poderá ser o próximo destino das redes de lojas HAVAN

a prefeita Lili Aymar viajou até a cidade de Brusque (SC), acompanhada pelo vereador Moisés Arruda. Eles foram participar de uma reunião com os diretores da rede de lojas Havan, no centro administrativo da rede.

A reunião teve o propósito de apresentar a cidade de Araçariguama e se colocar a disposição para a construção de uma nova loja da rede, as margens da rodovia Presidente Castelo Branco, já que a cidade possui um enorme potencial e está em plena Ascenção econômica e turística.

Participaram da reunião, o presidente da rede Havan, o senhor Luciano Hang, seu irmão e diretor Milton Hang, e os representantes de Araçariguama – Lili Aymar e Moisés Arruda.

“Tivemos uma reunião promissora na Havan, e tanto eles como nós saímos satisfeitos. Ainda mais sabendo que esta realização trará muitos empregos para a nossa municipalidade”, comentou Lili Aymar.

A Havan está presente em 17 estados brasileiros com a marca de 126 lojas, e até o fim do ano, a meta é atingir um faturamento de mais de R$ 11 bilhões e abrir mais 20 lojas. Com isso, a empresa passará de 16 mil colaboradores para mais de 20 mil.

Carapicuíba lança Refis 2019 com até 100% de desconto em juros e multas

A Prefeitura lança o Programa de Recuperação Fiscal para promover a quitação dos débitos com o município. Por meio do Refis, dívidas do IPTU e ISS podem ser pagas em até 60 parcelas com taxas mais baixas, ou à vista com 100% de desconto nos juros e multas. O prazo inicia no dia 1º de agosto de 2019. Aproveite!

Com o Refis o cidadão pode pagar o imposto atrasado à vista ou parcelado. Os descontos são aplicados sobre os juros e multas cobrados pelo atraso no pagamento, mas o valor do imposto permanece o mesmo. Quanto menos parcelas, maior o desconto. Confira:

Parcela única à vista, desconto de 100%
De 2 a 10 parcelas, desconto de 75%
De 11 a 24 parcelas, desconto de 60%
De 25 a 36 parcelas, desconto de 40%
De 37 a 60 parcelas, desconto de 20%

Os descontos nos juros e multas variam de acordo com o número de parcelas. O valor de cada parcela não pode ser inferior a R$ 50,00 para pessoa física e R$ 150,00 para pessoa jurídica.

Para fazer a adesão do programa é preciso comparecer na Secretaria de Receita e Rendas na Rua Célio Meucci, 64 – Vila Caldas, de segunda a sexta-feira, a partir das 9 horas, com distribuição de 150 senhas. O telefone para mais informações é 4164-5481.

Confira os documentos necessários:

IPTU – Pessoa Física


– Espelho do IPTU de 2019;

– Cópia e original do RG e CPF;

– Cópia do comprovante de endereço recente (conta de água, luz ou telefone);

– Documento de propriedade do imóvel

– Poderão ser solicitados outros documentos, conforme Decreto 4.893/2019


ISS – Pessoa Jurídica

– Cópia do CNPJ;

– Cópia do Contrato Social;

– Espelho do IPTU de 2019;

– Poderão ser solicitados outros documentos, conforme Decreto 4.893/2019

Vacinar ainda é o melhor remédio, alerta Saúde de Barueri

A Secretaria de Saúde de Barueri alerta sobre a importância de manter em dia a caderneta de vacinação, uma vez que uma pessoa desprotegida coloca em risco não apenas sua saúde, mas a de todos que convivem com ela, já que a maioria das doenças passíveis de prevenção por meio da imunização são transmitidas por contato físico ou em objetos contaminados, espirros, tosse e fala.  

 As Unidades Básicas de Saúde do município dispõem de todas as vacinas previstas no Calendário Nacional – algumas o ano todo e outras nos períodos específicos de campanhas.  

 Em Barueri, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde tem trabalhado duro para garantir a vacinação de todos os públicos prioritários nas diferentes campanhas preconizadas pelo Ministério da Saúde e, principalmente, recuperar a confiança das pessoas nos imunobiológicos disponibilizados pelo governo. É importante destacar que o programa de vacinação brasileiro é considerado modelo perante o mundo.  

 Recentemente o município fez bonito na vacinação contra a febre amarela, chegando a cobrir 99,4% do público-alvo. Muitas cidades brasileiras ficaram abaixo da média, ainda sofrendo com o reflexo da desconfiança popular.  A colaboração do cidadão é primordial, destacam os especialistas.  

 As vacinas ofertadas no país são totalmente confiáveis. Antes de chegarem às unidades de saúde passam por diversas fases de avaliação, além de rígida regulação de institutos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Procure a UBS mais próxima de sua casa para obter mais informações sobre as vacinas disponíveis e atualizar sua caderneta de vacinação.  

 

Peça sobre Clarice Lispector tem apresentação no Centro de Eventos

A Sala de Espetáculos de Barueri, coordenada pela Secretaria de Cultura e Turismo, apresenta no próximo dia 20, às 20h, a peça teatral “Minhas Queridas”, espetáculo criado a partir das correspondências entre a escritora Clarice Lispector e suas irmãs Elisa e Tania, nas décadas de 1940 e 1950. A entrada é gratuita.

“Minhas Queridas” é uma produção da Cia. de Teatro Diversão & Arte, com patrocínio do Programa de Ação Cultural (Proac), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, em homenagem ao centenário de nascimento da escritora.

Nas palavras dos produtores da peça, o espetáculo tem o poder de transportar o espectador da era digital para um outro tempo, em que as palavras eram saboreadas com mais paixão, carinho, fraternidade e admiração.

Clarice viveu 15 anos de sua vida em trânsito por diversos países, acompanhando o marido em missão diplomática. Durante esse tempo, escreveu sempre às irmãs Elisa e Tânia, por quem nutria um amor incondicional. São correspondências íntimas que revelam o percurso interior dessa experiência. O recorte proposto nessa montagem inédita de “Minhas Queridas” mostra a relação com seu trabalho como escritora, mas sobretudo o que esses anos como “esposa de diplomata” lhe causaram na alma.

Serviço

Minhas Queridas

Direção e Dramaturgia: Stella Tobar

Dia 20/07, às 20h.

Centro de Eventos

Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672, Vila Porto. 4168-5114

Gratuito

SADS realiza formatura de dezenas de cursos

O CAP foi o palco da cerimônia de formatura do Empório Mães Cuidadoras e também dos cursos de geração de renda, oferecidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SADS), em parceria com o Fundo Social de Solidariedade deBarueri Estrela Guia 

 Empório Mães Cuidadoras começou em maio de 2017 e ofereceu cursos de chocolateria, confeitaria, panificação e gestão empreendedora. Foi encerrado em junho de 2019, mas ainda contará com acompanhamento de 4 meses, portanto, até novembro deste ano. O programa começou de um sonho: mães de crianças com deficiências queriam trabalhar, mas precisavam cuidar de seus filhos. Quando pediram ajuda à presidente do Fundo Social, Sônia Furlan, a gastronomia surgiu como oportunidade.  

Em sua fala, a presidente do Fundo relatou que o programa passou por diversas adaptações, “por conta das dificuldades que as mães enfrentavam”, mas que “todas as secretarias abriram as portas e agora será lançada a segunda edição do Empório Mães Cuidadoras”.   

Geração de renda 

De fevereiro a junho deste ano, a SADS ofereceu diversos cursos de geração de renda, nas áreas de estética (estética facial e corporal, designer de sobrancelha, manicure/pedicure e unha em gel, barbeiro, maquiagem e beleza afro); informática (design gráfico e informática básica); artesanato (patchwork,  bijuteria, scrapbook para festas e boneca em tecido ) e gastronomia (páscoa vintage, garçom  e forno e fogão).  

Quase duzentas pessoas estudaram de fevereiro a junho deste ano na sede da SADS. Para Abigail Queiroz Pereira, formanda do artesanato, o curso serviu para “aprender e descobrir nosso potencial”.  Já Cristiane Aparecida Borges, aluna de estética, agradeceu a oportunidade de fazer um curso gratuito: “vocês mudaram minha vida”.  

Para Adriana Bueno Molina, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, a história de cada aluno é importante. “Quando vemos que um projeto dá certo, é muito gratificante, e a Sônia não sonha somente, ela realiza.”  

A presidente do Fundo lembrou que a situação do país é difícil e que há muito desemprego. “Por isso, queremos oferecer capacitação gratuita, mas que tenha a chance de colocá-los no mercado de trabalho”, ressaltou.  

Lei Lucas é colocada em prática em Barueri e educadores são treinados em primeiros socorros

Ao longo da última semana de junho, mais de 300 profissionais da rede de ensino de Barueri foram capacitados em primeiros socorros. Trata-se de uma parceria da Secretaria Municipal de Educação com o 18º Grupamento de Bombeiros. 

 O Departamento de Apoio Pedagógico mobilizou coordenadores, orientadores pedagógicos, professores e funcionários de todas as escolas da rede para integrarem a série de treinamentos. 

 Os profissionais da Educação de Barueri receberam a formação no auditório do Centro de Aperfeiçoamento de Professores (CAP). O treinamento foi realizado pelos integrantes do Corpo de Bombeiros: cabo Abel Coelho, cabo Márcio Barbosa Lemos e sargento Erika Torres. 

 Os participantes puderam ter aulas teóricas e práticas sobre reanimação cardiopulmonar, atendimentos pré-hospitalar, engasgamento, choques elétricos e queimaduras, entre outros acidentes. 

 A iniciativa faz parte dos cuidados com os estudantes, em cumprimento da “Lei Lucas” (lei federal 13.722/18), referente ao estudante da cidade de CampinasLucas Begalli Zamora, de 10 anos, que em setembro de 2017 morreu ao se engasgar com um lanche durante passeio escolar. Na época, sua mãe mobilizou a sociedade demonstrando que a tragédia poderia ter sido evitada com um simples treinamento de primeiros socorros junto às pessoas que trabalham no dia a dia das escolas. No início de junho, a legislação também passou a valer em Barueri, após aprovação na Câmara da lei municipal 2.685.   

 De acordo com a professora Juliana Costa, da Emei Marly Teixeira, treinamentos como este são de extrema importância. “Nas escolas todos nós lidamos com vidas e incidentes como os citados nessas aulas que podem acontecer a qualquer momento. Precisamos estar atentos e preparados para prestarmos os atendimentos emergenciais”, avaliou.

Barueri oferece oftalmologia de primeiro mundo à população

Este ano a Prefeitura de Barueri fez grandes investimentos no setor de oftalmologia da rede pública de saúde, que tem uma demanda expressiva. A ampliação do serviço contou com a contratação de clínicas particulares, para ajudar a diminuir as filas do setor, e também de forma bastante vultuosa na Policlínica da Cruz Preta / Engenho Novo, que desde fevereiro ganhou toda uma ala dedicada especificamente à oftalmologia, desafogando ainda mais a fila. 

 O serviço cresceu tanto em termos de tecnologia, com a compra de equipamentos de última geração, quanto em termos de atendimento, que passou de 212 para 1.700 ao mês. Para tanto também foram contratados mais médicos – todos com especializações em diferentes áreas da oftalmologia. “Para se ter uma ideia, nós temos um neuro-oftalmologista que é o único da cidade”, destaca a diretora administrativa da Policlínica, Patrícia Machado.  

 Aqui a gente desempenha um papel diferenciado, destaca o médico oftalmologista Emílio Rodrigo Scheiber, responsável pelo setor na Policlínica. “A gente tem acesso a várias tecnologias que antes eram só da iniciativa privada e trouxemos para o atendimento público. Equipamos bastante a oftalmologia com o que há de mais moderno no mercado justamente para oferecer um atendimento melhor à população”, destaca o médico.  

 De acordo com o líder, a aparelhagem nova proporcionou uma maior precisão dos diagnósticos, além de maior agilidade e comodidade para o paciente. Todos os processos foram informatizados, possibilitando que os exames sejam digitais, que possuem ótima resolução e qualidade de imagem.  

 A unidade está preparada para qualquer tipo de atendimento relacionado à saúde dos olhos, tanto em consultas quanto em exames. Topografia computadorizada da córnea, campimetria computadorizada, retinografia, paquimetria ultrassônica e documentação fotográfica do nervo óptico são alguns dos exames e procedimentos disponíveis na unidade.  

 A ampliação também ocorreu no corpo clínico, que tinha dois médicos e hoje conta com nove. “Temos especialistas em retina, em córnea, em câncer oftalmológico tanto adulto quanto infantil, dentre outros. Conseguimos montar um grupo seleto de especialistas”, afirma, orgulhoso, Emílio.  

 A maior demanda atualmente é por consultas e um dos grandes diferenciais já começa por aí. Antes de chegar ao médico o paciente passa por uma triagem na qual faz a aferição da tonometria do olho, que é a medida da pressão intraocular, passa por uma máquina de autorrefração automatizada pra ver o grau aproximado da vista, por uma verificação da acuidade visual e só então vai ao consultório oftalmológico. 

 De posse de todas essas informações levantadas previamente, o profissional tem condições de realizar diagnósticos mais completos e seguros. E se forem solicitados outros exames, eles podem ser feitos na própria Policlínica. “Qualquer segmento da oftalmologia nós temos condições de fazer o diagnóstico aqui”, garante o oftalmologista Emílio.  

 “A maioria dos pacientes quando vão à consulta oftalmológica não é submetida a todos esses exames que a gente faz de pré-triagem, aqui ele acaba fazendo algo a mais. A gente faz isso pra ajudar o nosso profissional a realizar um atendimento melhor e para que o paciente sinta uma acolhida diferenciada. Costumamos fazer isso no particular, em sistema público de saúde eu nunca tinha feito, a gente faz só aqui”, ressalta o especialista.  

 Todos os serviços realizados pela Policlínica ocorrem por meio de encaminhamento das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A oftalmologia é a única especialidade que pode ser agendada diretamente pelo site (www.barueri.sp.gov.br) ou via APP Barueri, sem que o paciente precise passar antes pelo clínico geral. O sistema irá encaminhá-lo à unidade de saúde apropriada de acordo com a disponibilidade de vagas. O serviço é destinado a crianças e adultos e, no caso da Policlínica, ocorre de segunda a sábado.

Troca de experiências: policiais chineses conhecem segurança de Barueri

Entre março e abril deste ano, uma delegação de policiais do estado, designada pelo secretário da Segurança Pública de São Paulo, esteve em Jiangsu, na República Popular da China. “Temos nos aproximado como uma troca de experiências. Hoje, não poderíamos deixar de trazê-los até Barueri que é referência em equipamentos de tecnologia de segurança pública em nosso país”, afirmou o delegado policial da Seccional de Carapicuíba, Dejar Gomes Neto que dirigiu a comitiva brasileira à Ásia.

Durante a visita à SSMU, os oficiais chineses conheceram todo o sistema de videomonitoramento e os equipamentos de GPS, recém-instalados em todas as viaturas de Barueri, incluindo Guarda Municipal, Ambiental, motos, Defesa Civil e Demutran. Com o novo sistema, todos os veículos são monitorados 24 horas em tempo real, o que facilita a agilidade no atendimento de ocorrências e resgates.

Barueri também estreou novos aparelhos de rádio wireless, específicos para patrulhamento. “Somos os primeiros no Brasil a implementar essa tecnologia. Nossos aparelhos são únicos e permitem um sinal mais claro e sem interferências. Realizamos um estudo em todo o município e, onde havia sombra de sinal, instalamos novas antenas para que toda a cidade esteja coberta, permitindo mais qualidade no serviço prestado”, explicou Regina Mesquita, secretária de Segurança e Mobilidade Urbana de Barueri.

Toda a tecnologia e desempenho da Guarda Municipal de Barueri impressionou os visitantes estrangeiros. “Percebemos que a polícia daqui é muito responsável e competente. Muitas coisas que vimos vamos implantar em nosso município como medidas preventivas”, conclui Sun Lei, diretor do Setor de Imigração do Departamento Municipal da Segurança Pública de Xuzhou.

Centenas de pessoas participam de evento sobre combate à violência contra o idoso em Parnaíba

A Secretaria de Assistência Social de Santana de Parnaíba, realizou, no Cine Teatro Coronel Raymundo um evento em referência ao Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, que contou com a participação de centenas de munícipes.

Maria “Vizinha”, moradora do Jardim Benoá e frequentadora do CCI, comentou sobre o evento “Eu acho esse evento muito importante porque está cheio de informações que com certeza podem ajudar as pessoas. O trabalho que a prefeitura faz com a terceira idade é excepcional, eu nunca vi isso em nenhuma outra cidade!”

Na ocasião foram realizadas palestras sobre diversos temas como: “As formas de violência contra a pessoas idosa (como e onde procurar ajuda)”, da psicóloga do Debbony Moraes, “Atenção à nova forma de alimentação”, da nutricionista Ellen Almeida, além de orientações jurídicas com a Secretária Geral da OAB de Santana de Parnaíba, Marcia Mara.

Parnaíba Entregará a sua Primeira Maternidade no dia 27 de Julho

Localizada no bairro Vila Nova, entre o Complexo Hospitalar e o PAM Santa Ana, as obras estruturais já estão concluídas e os equipamentos estão na fase final de implantação. No contrato, a empresa que administrará a maternidade ficará encarregada de fazer os últimos ajustes, bem como a contratação dos profissionais que trabalharão na unidade, gerando diretamente mais de 100 empregos.

De acordo com o Secretário de Saúde, Dr. José Carlos Misorelli, a maternidade terá capacidade para realizar entre 150 a 180 partos por mês, o que totaliza mais de 2 mil partos por ano. 

Nos últimos cinco anos a prefeitura já inaugurou 6 unidades de saúde: UPA Fazendinha, UBS Alphaville, Pronto Socorro Infantil, AME Parnaíba, UBS Ingaí e UBS Chácara das Garças, além da ampliação da UBS do Bairro 120. Neste ano, o objetivo é entregar a ampliação da UBS Colinas da Anhanguera e as unidades hospitalares dos bairros Sítio do Morro, Refúgio dos Bandeirantes e Cururuquara. Até 2020 serão 15 unidades de saúde entregues em toda a cidade.