Osasco

Prefeitura entrega 14 unidades habitacionais no Portal D’Oeste em Osasco

A quarta-feira, 22/04, foi de alegria e de mudança para 14 famílias do bairro Portal D’Oeste. Elas receberam das mãos do prefeito Rogério Lins as chaves das novas moradias. Os secretários Cláudio Monteiro (Habitação e Desenvolvimento Urbano) e Lau Alencar (Transportes e da Mobilidade Urbana) acompanharam o ato simbólico.

 Cada unidade tem 52 m², conta com dois dormitórios, sala, banheiro, cozinha, lavanderia e abrigará famílias da própria localidade que, até 2014, residiam em área de risco nas proximidades. O prédio foi construído com recursos do município. Em março, a Prefeitura já havia entregado outros 16 apartamentos no bairro.

 Este ano já foram contempladas 60 famílias com novas unidades habitacionais. A previsão é de que até o fim deste ano sejam entregues outras 315.

 A dona de casa Maria Ferreira da Silva, 44 anos, e a aposentada Júlia Maria de Souza, 79, são ex-moradoras do chamado Morro do Socó, área de risco que abrigava a maioria das famílias agora contempladas com as novas moradias.

 A exemplo das demais famílias, elas também já estavam acomodando os móveis dentro do novo lar. Todas as famílias estavam inseridas no programa Bolsa Aluguel.

 “Agora é vida nova. Morávamos em condições muito precárias, com esgoto correndo na porta. Eram muitas as nossas necessidades”, disse, emocionada, Maria Ferreira, que vai dividir o novo espaço com o marido, quatro filhos (dois maiores e dois menores) e duas netas.

 “Morei no Morro do Socó por 10 anos. Lá eu pagava aluguel, água e energia em uma casa bastante precária e em área de risco. Agora teremos uma casa para morar. É uma nova perspectiva de vida para minha família”, completou Júlia Maria, que vai morar com o esposo, uma filha e um neto.

 Os moradores escolheram Ana Cláudia Ribeiro da Silva, 38 anos, representante para os assuntos de interesse da coletividade. Ela atuará com espécie de síndica para intermedidar a relação entre as famílias, fazendo aconselhamentos quanto aos bons costumes para que, por exemplo, não se ouça música alta, sobretudo à noite, não se coloque os pés nas paredes e não haja pichações no prédio. Cada família recebeu duas chaves do portão de entrada do prédio.

 “Por causa da pandemia, ainda não dá para fazer reunião com todo mundo. Vou ter de falar individualmente com cada chefe de família para passar algumas instruções. Mas depois que isso acabar (recomendações de distanciamento social) pretendo fazer uma reunião com todos”, explicou Ana Cláudia.

 O Departamento de Trabalho Social da Secretaria de Habitação ajudará as famílias a elaborarem um regimento interno com as normas a serem seguidas por todos os moradores para que o convívio seja harmonioso.

Setran implanta sinalização vertical e faixas de pedestres em Osasco

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Transportes e da Mobilidade Urbana (Setran), iniciou na quarta-feira, 15/4 a implantação de sinalização vertical (placas suspensas ou afixadas nas laterais das vias) na Avenida dr. Kenkiti Shimomoto, na City Bussocaba. O serviço de sinalização vertical continuará na próxima semana, atendendo a Rua Domingos de Mambro e a Rua Lídia Thomaz, no mesmo bairro.

A sinalização vertical atende às exigências do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para orientar os condutores durante o trajeto. São exemplos de sinalização vertical placas de proibido estacionar, faixa exclusiva de ônibus, indicação de retorno e curvas.

A equipe da Setran também realizou serviço de sinalização viária no dia 14/4, na Vila Yara, onde refez e também implantou faixas de pedestres em algumas ruas, atendendo às demandas de moradores. A faixa de pedestre visa garantir a segurança dos pedestres durante a travessia das vias.

O pedestre tem sempre preferência. Quando ele estiver numa faixa delimitada, indicando que deseja atravessar, o motorista deve diminuir a velocidade e parar. Essa ação requer atenção, prudência e respeito por ambas as partes para se evitar acidentes. Além disso, a preferência de pedestres é prevista no CTB e, caso seja desrespeitada pelo condutor, pode ocasionar multa e pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Prefeitura de Osasco intensifica atendimento a moradores em situação de rua

A Prefeitura de Osasco, por meio das secretarias de Assistência Social (SAS) e de Esporte, Recreação e Lazer (Serel), ampliou o atendimento aos moradores de rua durante o período de pandemia do coronavírus. Os moradores têm à disposição, um local para banho, troca de roupas, café da manhã, almoço e jantar. Diariamente são atendidas cerca de 100 pessoas.

O local de atendimento é de fácil acesso. Fica na Rua Ester Rombenso, 265, no Centro, e funciona de segunda a sexta, das 10h às 15h, para banho e troca de roupas, e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 13h. O café da manhã é servido a partir das 10h.

Outro parceiro da iniciativa é o Instituto Espírita Obreiros do Bem de Osasco, que doa um tíquete alimentação que dá direito a almoço e jantar no Restaurante Bom Prato, localizado na Rua João Collino, 240, também localizado na região central. O almoço é servido das 11h às 15h e o jantar, das 17h30 às 19h.

Pernoite
O acolhimento para pernoite continua acontecendo no Serviço de Acolhimento Institucional do Rochdale, localizado na Rua Belo Horizonte, 87.

O munícipe que encontrar algum morador em situação de rua e puder divulgar essa corrente do bem informando-o sobre o serviço será muito importante para que o maior número de moradores possa ser beneficiado.

Serviço
Atendimento a moradores em situação de rua
Local: Rua Ester Rombenso, 265, Centro
Horários:
De segunda a sexta-feira, das 10h às 15h
Sábados, domingos e feriados, das 10h às 13h

Serviço de Acolhimento Institucional do Rochdale
Pernoite – Rua Rua Belo Horizonte, 87 – Rochdale

Bom Prato

Rua João Collino, 240. Gratuito. Almoço: das 11h às 15h. Jantar: das 17h30 às 19h.

Dúvidas na Central 156

Plantão em Osasco esclarece dúvidas sobre seguro desemprego e auxílio

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda (SETR), está cadastrando vagas regulares e PCDs de empresas que tenham ofertas disponíveis. Os detalhes das vagas podem ser enviados para o email: karinaleme.setr@gmail.com.

Auxílio R$ 600,00

Outra informação importante é sobre o auxílio de R$ 600,00 anunciado pelo governo federal. O munícipe que têm dúvidas sobre a operação do pagamento dos R$ 600 a trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados, pode ligar no plantão telefônico do Departamento de Transferência de Renda da SETR, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, e falar com os plantonistas, que também estão aptos a dar instruções sobre Bolsa Família e outros programas. Telefones (11) 3653-1180 / 3653-1159 e 3653-1153.

No site da Caixa Econômica Federal também é possível obter informações. Acesse: auxilio.caixa.gov.br

Seguro Desemprego

Sobre o Seguro Desemprego, o munícipe pode acessar a Carteira de Trabalho e Previdência Social Digital (CTPS Digital) no site do governo federal e habilitar o seguro. Acesse https://empregabrasil.mte.gov.br/carteira-de-trabalho-digital/

Não havendo divergências entre os dados declarados e/ou seu cadastro, o seguro será liberado sem problema.

Prazo para requerer o Seguro Desemprego

– Funcionário de empresa privada: de 7 a 120 dias corridos após a data de demissão;

– Funcionário doméstico: de 7 a 90 dias corridos após a demissão.

Serviço

Plantão de dúvidas

3683-1180 / 3653-1159 / 3653-1153

Segunda a sexta, das 10h às 16h

Pátio Osasco traz especialista em coronavírus para “live” no Instagram

Dra. Marina Della Negra, médica e infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas em São Paulo, instituição referência no tema em todo o Brasil, estará ao vivo respondendo as principais perguntas em relação a COVID-19 e apresentando os aspectos clínicos da doença. A transmissão da live será na próxima segunda-feira, dia 20 de abril, às 18h no perfil @patioosascoopenmall no Instagram.

Para receber o lembrete sobre a live da Dra. Marina Dela Negra e tirar as suas dúvidas sobre o combate à doença, basta acessar o Pátio Osasco no Instagram e seguir o canal. A ação faz parte de uma programação especial que conta com atividades que promovem formas de se proteger da epidemia, além de manter a saúde do corpo e mente com aulas regulares de Meditação, Funcional e Yoga gratuitos.

 Serviço:

Pátio Osasco no Instagram: @patioosascoopenmall

 Live especial com Dra. Marina Della Negra

Médica especialista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas (SP)

Dia 20 de abril às 18h

 Aulas de Meditação: Segundas-feiras às 10h, terças e sextas-feiras às 20h

Aulas de Funcional: Segunda a quinta-feira às 19h.

Aulas de Yoga: Segundas, quartas e quintas-feiras às 20h, terças, sextas-feiras e sábados às 10h

Osasco inicia segunda etapa de vacinação contra a gripe

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde e da equipe de Vigilância Epidemiológica, iniciou quinta-feira, 16/4, a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra gripe. Esta etapa contempla os seguintes grupos: portadores de doenças crônicas, motoristas e cobradores de ônibus, caminhoneiros, funcionários do sistema prisional, adolescentes sob medidas socioeducativas e a população privada de liberdade.

A meta nacional é a vacinação de 90% desses grupos prioritários, totalizando cerca de 120.000 pessoas nessa segunda fase.

Além desses grupos, a imunização para os idosos, trabalhadores da saúde e profissionais das forças de segurança e salvamento continua.

A vacina contra a gripe não protege contra o novo coronavírus, apenas contra a Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

A segunda etapa termina dia 8/5 e a terceira e última fase começa em 9/5, com a inclusão dos demais grupos: gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), crianças de 6 meses a menores de 6 anos, indígenas, portadores de deficiências e professores.

Locais de vacinação:

  • Santo Antônio – UBS Maria Pia de Oliveira
  • Jardim Veloso – UBS Vasco da Rocha Leão
  • Metalúrgicos – UBS Guilhermina de Nóbrega Abreu
  • Olaria –  UBS Irmã Águeda Maria Jaime
  • Santa Maria – UBS José Meneses Alves
  • Padroeira – UBS Getulino José Dias
  • Palmares – UBS Maria do Socorro Bezerra Patrício
  • Jardim Roberto – UBS Luciano Rodrigues Costa
  • Jardim das Flores – UBS Maria Gatti Giglio
  • Cidade das Flores  UBS Neide Alves da Silva
  • Vila Isabel – UBS Anunciata de Lúcia
  • Jd. D’Abril – UBS Laurinda Rodolfo Rubo
  • Vila Yara – UBS Oduvaldo Maglio
  • Jaguaribe – UBS Carolina Maria de Jesus
  • Presidente Altino – UBS Santa Gema Galgani
  • Cipava – UBS José Guimarães de Abreu
  • Bela Vista – UBS Santa Maria Goretti
  • Vila Yolanda  – José Francisco Rezende
  • Helena Maria – UBS Sílvio João Luiz de Lúcia
  • Munhoz I – UBS Raimunda Cavalcante de Souza
  • Munhoz II – UBS Emília Cosme Cerqueira
  • Piratininga – UBS José Hilário dos Santos
  • Rochdalle – UBS Helena Marrey
  • Ayrosa I – UBS Darcy Alves Evangelista Robalinho
  • Ayrosa II – UBS Otacílio Firmino Lopes
  • D’Ávila – UBS Carmeno Naghy
  • Baronesa – UBS José Sabino Ferreira
  • Três Montanhas – UBS Dr. Adauto Ribeiro
  • Vila Menck – UBS Vila Menck
  • Centro de Apoio ao Idoso Padre Rafael Bussatto – Km 18

Serviço
Vacinação contra a gripe – Segunda Fase
Quando? De 16/4 a 8/5
Onde? Nas 29 unidades Básicas de Saúde
Público alvo:

• portadores de doenças crônicas;
• motoristas e cobradores de ônibus;
• caminhoneiros;
• funcionários do sistema prisional;
• adolescentes sob medidas socioeducativas e
• população privada de liberdade

Local: UBSs

  • Santo Antônio – UBS Maria Pia de Oliveira
  • Jardim Veloso – UBS Vasco da Rocha Leão
  • Metalúrgicos – UBS Guilhermina de Nóbrega Abreu
  • Olaria –  UBS Irmã Águeda Maria Jaime
  • Santa Maria – UBS José Meneses Alves
  • Padroeira – UBS Getulino José Dias
  • Palmares – UBS Maria do Socorro Bezerra Patrício
  • Jardim Roberto – UBS Luciano Rodrigues Costa
  • Jardim das Flores – UBS Maria Gatti Giglio
  • Cidade das Flores  UBS Neide Alves da Silva
  • Vila Isabel – UBS Anunciata de Lúcia
  • Jd. D’Abril – UBS Laurinda Rodolfo Rubo
  • Vila Yara – UBS Oduvaldo Maglio
  • Jaguaribe – UBS Carolina Maria de Jesus
  • Presidente Altino – UBS Santa Gema Galgani
  • Cipava – UBS José Guimarães de Abreu
  • Bela Vista – UBS Santa Maria Goretti
  • Vila Yolanda  – UBS José Francisco Rezende
  • Helena Maria – UBS Sílvio João Luiz de Lúcia
  • Munhoz I – UBS Raimunda Cavalcante de Souza
  • Munhoz II – UBS Emília Cosme Cerqueira
  • Piratininga – UBS José Hilário dos Santos
  • Rochdalle – UBS Helena Marrey
  • Ayrosa I – UBS Darcy Alves Evangelista Robalinho
  • Ayrosa II – UBS Otacílio Firmino Lopes
  • D’Ávila – UBS Carmeno Naghy
  • Baronesa – UBS José Sabino Ferreira
  • Três Montanhas – UBS Dr. Adauto Ribeiro
  • Vila Menck – UBS Vila Menck
  • Centro de Apoio ao Idoso Padre Rafael Bussatto, Km 18

Presidente da Câmara de Osasco lamenta demissão de Mandetta

Pelas redes sociais, Ribamar Silva se manifestou contra a decisão. 
“Com profunda tristeza e indignação que recebo a notícia da demissão do Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Exerceu um excelente e eficaz trabalho no comando do combate à pandemia do coronavírus. Desejo que o novo Ministro realize um trabalho com técnica e sabedoria da forma que o Mandetta fez com excelência. Você concorda com a decisão? Qual a sua avaliação? Que Deus tenha misericórdia do nosso Brasil”.

Osasquense pode baixar aplicativo para receber diagnóstico sobre coronavírus

Após baixar o aplicativo, criar uma senha e seguir as instruções e responder a algumas questões, como se possui diabetes, doença respiratória ou se apresenta sintomas como dificuldade de respirar, febre, tosse e dor de garganta, a pessoa terá de aguardar um retorno às informações enviadas.

O tempo de retorno para as mensagens vai depender das descrições feitas pela pessoa no aplicativo. Para os casos considerados suspeitos, de pessoas que não integram o chamado grupo de risco, como idosos, diabéticos e pessoas com doenças crônicas, o retorno será em até 12 horas. Nos casos suspeitos de pessoas do chamado grupo de risco, em até 6 horas. Para os casos considerados urgentes (para quem não está no grupo de risco), de até 2 horas, e, em 1 hora, para os considerados urgentes (pessoas do grupo de risco).

Com base em tais informações, a pessoa receberá o resultado da avaliação e instruções a serem seguidas, bem como as recomendações já amplamente divulgadas, como usar máscaras caso precise sair às ruas, lavar bem as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool em gel 70%, cobrir a boca com lenço de papel ao tossir (jogar fora depois) ou com o antebraço (nunca com as mãos), evitar tocar a boca, olhos e nariz sem antes higienizar as mãos, evitar aglomeração de pessoas, não compartilhar objetos de uso pessoal, evitar contato próximo com pessoas resfriadas ou com sintomas de gripe.

No entanto, o resultado da “autoavaliação” não representa um diagnóstico clínico, que será realizado apenas presencialmente nas unidades de saúde.

Em caso de dúvida, a pessoa deve ligar para o Disque Saúde 136 do Ministério da Saúde ou procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

O lançamento do aplicativo visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus.

Agora a população de Osasco pode contar também com a tecnologia no combate à pandemia e outras epidemias. A prefeitura foi buscar o que há de melhor no mercado para o atendimento ao seu cidadão”, disse o prefeito Rogério Lins.

A rapidez no diagnóstico e no tratamento são fundamentais para minimizar os problemas causados pelo coronavírus. Com um sistema de autoatendimento, os osasquenses terão muito mais agilidade e segurança no atendimento”, completou o secretário de Saúde, Fernando Machado.

A empresa

O lançamento do aplicativo, desenvolvido pela Giespp, empresa do Grupo Eicon, visa conscientizar a população sobre o coronavírus e monitorar os casos suspeitos no município, para garantir um atendimento mais ágil às pessoas que estão com sintomas graves. Com isso, a cidade estará atuando preventivamente no combate à disseminação do vírus.

Vereadores de Osasco aprovam pacote de projetos para enfrentamento da Covid-19

Medidas incluem bônus a servidores que atuam no combate e dotação orçamentária específica

Por Deniele Simões

Os vereadores osasquenses aprovaram, na madrugada desta quarta-feira (15), um pacote de projetos do Executivo municipal para reforçar o enfrentamento à pandemia de coronavírus (Covid-19) na cidade.
A votação aconteceu em duas sessões extraordinárias pro vídeoconferência. Na primeira, iniciada às 18 horas da terça-feira (14), os vereadores discutiram amplamente os projetos e fizeram a primeira votação. A segunda sessão teve início na madrugada de quarta, quando aconteceu a segunda votação dos projetos.
A aprovação das matérias garantirá o pagamento de bônus para os servidores municipais que atuam no enfrentamento da pandemia, assim como a criação de orçamento específico para o combate à pandemia, em conformidade com os parâmetros estabelecidos pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), governo do Estado de São Paulo e governo federal.
“Esses projetos são de muita importância para a nossa cidade e de urgência urgentíssima, o que por si só justifica qualquer esforço da parte dos vereadores”, disse o presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), que coordenou os trabalhos.

ORÇAMENTO ESPECÍFICO
O projeto de lei 41/2020 foi aprovado com 19 votos favoráveis e um contrário em primeira discussão e XXXX na segunda. A matéria autoriza a criação de um código específico no orçamento vigente para a inclusão das despesas relacionadas à Covid-19.
“Esse projeto visa dar celeridade às aberturas de crédito por meio de decreto. Se não fizéssemos isso, perderíamos muito tempo até que se mandasse o projeto para a Câmara, se fizesse a votação e o prefeito sancionasse”, justificou o líder do prefeito Rogério Lins (PODE) na Câmara, vereador Toniolo.
Já o projeto de lei 44/2020 autoriza a abertura de crédito adicional especial ao orçamento no valor de R$ 84 mil. A verba será utilizada para atender as demandas da execução de despesas relacionadas ao controle do coronavírus em Osasco. A matéria foi aprovada com 17 votos favoráveis e dois contrários na primeira discussão, e XXX na segunda.

GRATIFICAÇÃO EXTRA
O último item do pacote foi o projeto de lei 45/2020, que trata do pagamento de gratificação extraordinária no valor de um salário-mínimo nacional (R$ 1.045,00) aos servidores públicos municipais que prestam serviços essenciais de combate à Covid-19. A matéria teve aprovação unânime, com 19 votos. O mesmo placar se repetiu na segunda discussão.

CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE A QUARENTENA
Um dos temas que estiveram na pauta de discussão foi a necessidade de conscientização sobre a quarentena como forma de prevenção à Covid-19.
Segundo informações do governo de São Paulo, Osasco está em 8º lugar entre os municípios com maiores índices de isolamento social, com 62%.
Os vereadores relataram casos de descumprimento da quarentena em bairros periféricos das zonas norte e sul da cidade e cobraram ações efetivas da prefeitura para conscientizar as pessoas sobre a importância do isolamento como forma de prevenir a doença.

Osasco implanta Estação de Higienização no Centro

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde, implantou a 1ª Estação de Higienização na região central da cidade, em frente à CPTM. A estação, que começou a sua operação nas primeiras horas da segunda-feira, 13/4, é mais uma medida de combate à pandemia do coronavírus.

 A estação, montada sob tendas, borrifa um vapor sobre as pessoas. Trata-se de um composto formado basicamente por um extrato vegetal, acrescido de hipoclorito de sódio numa diluição bem baixa com água, acompanhando as especificações do Conselho Federal de Química, que integra o Technical Brief, da Organização Mundial de Saúde, no enfrentamento à pandemia do coronavírus. 

Assim que deixa as escadarias da estação da CPTM, o munícipe recebe orientações de funcionários sobre como se comportar embaixo das tendas. Ao passar pela Estação de Higienização, o cidadão é orientado a abrir os braços. O composto higieniza roupas, pertences pessoais – como bolsas, mochilas e sacolas -, além dos sapatos.

 “Fiquei com receio de usar, mas os funcionários explicaram, então achei interessante o processo. O sistema deveria ser levado para outras áreas da cidade”, defendeu a dona de casa Sandra Thomás, 37 anos. O mecânico Oswaldo Guerreiro, 32, também aprovou a Estação de Higienização. “O transporte público continua lotado e ainda há muita gente na rua. São pessoas que não precisam sair, mas insistem em desrespeitar o isolamento”, disse. 

A região central foi a escolhida para receber a 1ª Estação de Higienização da cidade pois tem registrado a movimentação de cerca de 80 mil pessoas/dia. Antes da quarentena, o movimento na região atingia até 350 mil pessoas/dia. A prefeitura pretende ampliar as estações de higienização. Além do Centro, a administração implantará o mesmo serviço no lado de Presidente Altino e outros locais, ainda em definição.

 “Não temos medido esforços no combate ao coronavírus. Temos buscado alternativas para reduzir a disseminação do vírus. No entanto, ainda enfrentamos dificuldades do entendimento da população, que insiste em não respeitar o isolamento social, sendo que o isolamento é uma das medidas mais importantes no combate ao vírus”, disse o prefeito Rogério Lins.

 DESINFECÇÃO

A Prefeitura mantém também a operação de desinfecção dos locais onde há grande movimentação de pessoas na cidade, como portas de estabelecimentos comerciais, pontos de ônibus, proximidades das unidades de saúde, quadras, praças e ruas.

 A solução aplicada pelos profissionais é um composto de água, cloro e desinfetante.