Osasco

Rede de mercados OXXO chega a Osasco

Foto: Marcelo Deck

O OXXO, maior rede de mercados de proximidade da América Latina, é mais uma das empresas que anuncia instalação em Osasco. A marca mexicana, que aqui no Brasil é gerida pelo pertence ao Grupo Nós, estende seu plano de expansão para a Região Metropolitana da Grande São Paulo, e escolheu Osasco para fazê-lo. A primeira unidade será instalada na região do Centro.

Na quinta-feira, 23/9, o prefeito Rogério Lins recebeu representantes da empresa para desejar boas-vindas.

A gente fica muito feliz com a chegada do OXXO em nossa cidade. Temos trabalhado todos os dias para gerar mais emprego e renda para nossa população e vocês chegam em um momento muito importante. Que vocês tenham muito sucesso aqui em Osasco”, disse Lins no encontro, que contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Gerson Pessoa.

Osasco intensifica ações de combate à dengue

Foto: Fernanda Cazarini 

A Prefeitura de Osasco, por meio do Núcleo de Controle de Zoonoses e Arboviroses, vinculado à Secretaria de Saúde, tem intensificado as ações contra o Aedes aegypti na cidade. A prevenção contra o mosquito ocorre ao longo do ano, mas a cada três meses é feito um levantamento de índices larvários na cidade, tendo como foco a eliminação de criadouros, principalmente em bairros com maior incidência.   

Todo caso notificado no município, seja ele confirmado ou não, recebe a visita de um agente na residência para fazer a pesquisa e eliminação de possíveis focos do mosquito.  O agente orienta o morador no manejo correto de inservíveis para evitar o acúmulo de água. Esse processo é feito porque na maioria dos casos o perigo está dentro de casa.  

Na quinta-feira, 23/9, uma equipe de combate à dengue e outras arboviroses esteve no Jardim Padroeira realizando o trabalho de rotina de casa em casa. O grupo estava acompanhado pelas supervisoras Silvana P. Eustáquio e Meire Hellen F. Cruz. Toda visita é registrada em um Boletim Diário, que depois é encaminhado à Vigilância Epidemiológica para controle.  

A conscientização dos moradores é essencial para a prevenção. Essa é a etapa mais importante, porque ajuda a eliminar as possibilidades de formação de criadouros e o surgimento de larvas. Ou seja, a prevenção traz segurança a toda a população, explicam as supervisoras. 

“Quando constatamos casos positivados de dengue, mandamos uma equipe à residência equipada com máquinas nebulizadoras para aplicação de inseticida e realização do bloqueio nas casas vizinhas e em todo o quarteirão do bairro”, disse o gerente do Núcleo, Enoque Luz.   

Além da vistoria residencial (porta a porta), os agentes também fazem o bloqueio de criadouros, a vistoria de pontos estratégicos, como desmanches, sucatas, ferros velhos, borracharias, equipamentos públicos, como escolas e unidades da administração pública, assim como empresas e grandes obras.  

Para o combate à dengue, os agentes recomendam que pelo menos uma vez por semana os moradores façam uma varredura no imóvel, vistoriando quintais, calhas, caixas d’água, lajes, ralos, jardins, pratinhos das plantas e demais locais e objetos que possam acumular água, principalmente durante a primavera, em que o risco de aumento da proliferação das larvas é maior, por conta das características próprias da estação, com temperaturas mais elevadas e chuvas ocasionais.   

Regina F. S Paula, moradora do Padroeira, comentou que sempre deixa os agentes vistoriarem seu imóvel. “Sempre colaboro. Acho importante que seja feito e aprovo o trabalho deles”, disse.  

Osasco teve 307 casos de dengue notificados este ano, dos quais 164 confirmados. Houve nove notificações para suspeita de Chikungunya, das quais duas foram confirmadas e nenhum caso confirmado de zika e febre amarela.   

A melhor forma de prevenir essas doenças é colaborar com o trabalho preventivo dos agentes da Prefeitura. O combate à dengue e outras arboviroses é um dever de todos.  

“É preciso ter essa consciência, porque os agentes estão aqui para fazer um serviço preventivo para evitar as diversas doenças provocadas pelo mosquito da dengue”, disse outra moradora do bairro, Raquel Gaudência.  

Algumas dicas simples são essenciais no combate a essas doenças:  

  • Mantenha bem tampados caixas d’água, tonéis, barris de água e outros recipientes que acumulam água. 
  • Guarde pneus em locais cobertos e não deixe que acumulem água. 
  • Descarte o lixo corretamente.  
  • Coloque areia nos pratinhos dos vasos de plantas.  
  • É bom limpar com frequência bebedouros de animais com água e sabão, pois caso tenha ovinhos do mosquito eles são eliminados. 
  • Mantenha o quintal limpo. 
  • Não deixe acumular água de chuva sobre a laje e limpe as calhas com frequência para que galhos e folham não impeçam a passagem da água. 
  • Garrafas de vidro ou plástico vazias devem ser guardadas com a boca para baixo. 
     

Serviço 

Para abertura de solicitações ou denúncia sobre dengue, zika e chikungunya ligue 156 (3651-7080) ou use o APP 156 Osasco. 

O Núcleo de Controle de Combate à Dengue e outras arboviroses está localizado na Avenida Sport Club Corinthians Paulista, 1.881 – Jardim das Flores. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

 

Agentes de trânsito fazem plantio em homenagem a vítimas de acidentes

Foto: Marcelo Deck

Na quinta-feira, 23/9, data em que é comemorado o Dia Nacional do Agente de Trânsito, colaboradores da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (Setran), da Prefeitura de Osasco, realizaram o plantio de mudas de Azaleia no jardim do pátio do Demutran, na Avenida Alberto Santos Dumont, 100, Vila Osasco.  

Na ação, que integra a programação municipal da Semana Nacional do Trânsito, foram plantadas 24 mudas em homenagem às 24 vítimas fatais de acidente de trânsito na cidade em 2020.   

O secretário Lau Alencar destacou a importância dos agentes de trânsito para a cidade. “Vocês são muito importantes, pois cuidam da segurança viária do nosso município. Estão sempre fiscalizando o trânsito, mas sobretudo orientando e assessorando as ações diárias para melhorar a cada dia a mobilidade numa grande cidade como Osasco”, disse.  

Entre 2017 e 2020, Osasco reduziu em 47% o número de óbitos causados por acidente de trânsito. Com a conscientização de motoristas e pedestres, a administração municipal quer zerar as mortes no trânsito.  

A vice-prefeita Ana Maria Rossi e os secretários Fabio Grossi (Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Gerson Pessoa (Desenvolvimento Econômico e Inovação) e José Virgolino de Oliveira (Segurança e Controle Urbano) participaram do lançamento das atividades.   

Confira as próximas atividades da programação da Semana Nacional do Trânsito:  

25/9 – SÁBADO 

Das 8h às 11h 

Atividade: Ação de Conscientização sobre trânsito seguro com integrantes do “Vírus do Amor” 

Local: Avenida Internacional com a Avenida João de Andrade – Jardim Santo Antônio 

Das 14h às 17h 

Atividade: Ação de Conscientização sobre trânsito seguro com integrantes do “Vírus do Amor” 

Local: Cruzamento da Rua Presidente Costa e Silva com a Avenida Presidente Médici – Capelinha/Jardim Helena Maria 

Osasco reabre Café Oficina e loja de produtos artesanais

Foto: Marcelo Deck  

O Departamento de Economia Solidária, órgão ligado à Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda (SETRE), da Prefeitura de Osasco, reabriu na quinta-feira, 23/9, o Café Oficina, espaço pensado para viabilizar a comercialização da produção de alimentos da incubadora de empreendimentos solidários do município, e a loja de produtos artesanais. Ambos funcionam na Rua Minas Bogasian, 291 – no Centro, e estavam com as atividades suspensas por conta da pandemia.  

A incubação de empreendimentos solidários é uma forma de assessoria a grupos sociais que visam a organização coletiva para criação de empreendimentos econômicos solidários. Essa assessoria oferece formação técnica, acompanhamento dos processos de tomada de decisão e implementação das atividades desde a sua produção, plano de venda e outras orientações para que o negócio dê certo. 

Quando a produção está pronta, os empreendimentos têm no Café Oficina e na loja um espaço totalmente equipado para fomentar seus negócios na área da alimentação e podem adquirir experiência na comercialização dos produtos que fabricam. Toda a renda é revertida aos empreendedores da Economia Solidária. Os comércios ficarão abertos ao público de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h. 

 

“A SETRE é importantíssima para esse momento de retomada econômica. Os números mostram que Osasco está recuperando os empregos, mas não podemos nos acomodar. Estamos trabalhando para potencializar isso”, disse o secretário Gelso de Lima na reabertura do Café Oficina e da loja de produtos artesanais.  

Atleta de Osasco é bronze no Brasileiro de Karatê online

Foto: Atleta de Osasco é bronze no Brasileiro de Karatê online 

Roberto de Jesus Amaral, 22 anos, contemplado pelo bolsa atleta da Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer (Serel), conquistou medalha de bronze na categoria Kata, no último domingo, 19/9, no Campeonato Brasileiro de Karatê online. 

A competição, organizada pela Internacional Karatê do Gojukai do Brasil, contou com a participação de 260 atletas de todo o país.  

Amaral realiza seus treinamentos nas aulas gratuitas oferecidas pela Serel com o mestre Gilberto de Mello Schavareto Junior, que também é fisioterapeuta. 

“Ele treina comigo há 2 anos. Sinto-me realizado em ver o resultado do nosso treinamento. Certamente conquistaremos outras medalhas”, projeta Schavareto. 

“A experiência não é inédita. Por conta do isolamento social, em junho realizamos em Osasco um torneio virtual de Kata. É muito válido para incentivar os atletas a testarem seus conhecimentos”, destacou o secretário Rodolfo Rodrigues Cara. 

Osasco antecipa 2ª dose da Pfizer em dois mega pontos neste sábado

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Osasco está antecipando a segunda dose da vacina contra a covid da Pfizer. Para tanto, realiza neste sábado, 25/9, das 9h às 16h, dois mega pontos de vacinação, um no Sesi zona norte (Rua Calixto Barbieri, 83, IAPI) e outro na Fito zona sul (acesso pela Avenida das Flores, 711). 

Pode tomar a segunda dose da vacina da Pfizer quem tomou a primeira dose do mesmo imunizante há 56 dias ou mais. “Antes o tempo entre a primeira e a segunda dose era de 84 dias (12 semanas). O governo do Estado reduziu para 56 dias (8 semanas)”, explica o responsável pela Vigilância Epidemiológica do município. 

Para vacinar-se em um dos mega pontos, é preciso fazer o agendamento na Central 156 (3651-7080) ou pelo app 156 Osasco. No dia da vacinação, o munícipe deve levar a carteirinha com a primeira dose e um documento com foto.   

Serviço 

Sábado – 25/9, das 9h às 16h 

Mega Ponto Zona Sul 

Fito (Acesso pela Avenida das Flores, 711) 

Mega Ponto Zona Norte 

Sesi (Rua Calixto Barbieri, 83, IAPI) 

. É preciso agendar na Central 156 (3651-7080) ou pelo app 156 Osasco 

. Levar a carteirinha com a primeira dose e um documento com foto 

Osasquenses conquistam medalhas no Paulista de Jiu-Jitsu

Foto: Arquivo Serel

Três atletas da Secretaria de Esporte, Recreação e Lazer da Prefeitura de Osasco contemplados com o bolsa atleta conquistaram medalhas no Campeonato Paulista de Jiu-Jitsu realizado no último fim de semana (dias 18 e 19) na cidade.

Camila Guerra, 27 anos, e Natalia “Russa” Nespatti, 33, conquistaram ouro nas categorias kimono e sem kimono. Natália também foi bronze no absoluto. Emerson Bel, que é treinador da equipe de vôlei adaptado, foi bronze na categoria médio, faixa roxa, Master 3. Em junho, ele foi vice-campeão do sul-americano de Jiu-Jitsu na mesma categoria.

Na terça-feira, 21/9, a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, esteve no Ginásio José Liberatti, em Presidente Altino, para receber os alimentos arrecadados no evento.

Todos os atletas contribuíram com 1 quilo de alimento não perecível. Arrecadamos quase 3 toneladas, revertidas ao Fundo Social de Solidariedade para serem distribuídas às famílias do município. Parabéns a todos que participaram, principalmente pelo ato de solidariedade”, disse o secretário de Esporte, Rodolfo Rodrigues Cara.

Ao todo, 1.200 atletas participaram da competição divididos nas categorias Juvenil, Adulto e Master (masculino e feminino), nas faixas branca, azul, roxa, marrom e preta.

Semana da Pessoa com Deficiência é comemorada com Oficinas Terapêuticas

Foto: Fernanda Cazarini

O Centro Especializado em Reabilitação Dr. Edmundo Campanhã Burjato (CER II – Osasco), órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde e administrado pelo Instituto de Gestão Administração e Treinamento em Saúde (IGATS), em parceria com a Secretaria Executiva da Pessoa com Deficiência e com o apoio do Super Shopping, promove até o dia 25/9 a Semana da Pessoa com Deficiência, com uma exposição que é tema das atividades desse ano “Olhando para as Deficiências”.

A exposição e as diversas oficinas gratuitas estão instaladas no 2º andar do Super Shopping Osasco, localizado na Avenida dos Autonomistas, 1828, ao lado direito da escada rolante, sentido para quem sobe, vizinha a uma loja de artigos esportivos. O prefeito Rogério Lins e a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Aline Lins, foram ao local prestigiar o evento. “É sempre bom acompanhar os trabalhos desenvolvidos pelos assistidos pelo CER”, disse o chefe do Executivo.

A ação tem como foco difundir as diversas condições que envolve a pessoa com deficiência no convívio social e a importância da participação coletiva na realidade e transformação de vida deles, explicaram os coordenadores técnicos do CER Osasco, Rebeca Mancini e Ricardo Beserra.

É um enorme prazer ocupar esse espaço com foco nas eficiências dos nossos atendidos, mostrando suas capacidades e potencialidades, deixando qualquer forma de capacitismo de lado. Além de apresentar os trabalhos desenvolvidos no Centro, o evento permite que a população de Osasco tenha o conhecimento e a vivência de um serviço público do município que atenda os usuários com deficiência intelectual e/ou física e que é acessível a todos que necessitarem”, ressaltou Rebeca.

Ocupar um espaço como este é uma oportunidade de romper com a habitualidade do Shopping e desmistificar o pensamento que se tem da pessoa com deficiência, logo, apresentar as eficiências do nosso público é mais um passo na luta por espaço e respeito”, reforçou Ricardo.

Seu Humberto, morador do Jardim Sara, trouxe o filho Carlos Humberto Basso, que é atendido pelo Centro de Reabilitação, para participar da oficina recreativa realizada na terça-feira, 21.

Estou gostando muito desse trabalho. Está tudo lindo e bem decorado, tem muitas fotos aqui mostrando um pouco da rotina deles e o local é bem apropriado. Meu filho não via a hora de vir. E já marcou comigo na quinta e no sábado. Vou trazer ele para a carreata e as demais atividades”, comentou Humberto.

As oficinas terapêuticas contam com o apoio de oficineiros e demais profissionais que atuam no CER II. Renata, que é Síndrome de Down, estava acompanhada da irmã mais velha, e amou participar da oficina de confecção de balangandã com papel crepom multicolorido, que trabalha com a coordenação viso-motora, noção espacial, lateralidade, entre outras habilidades.

As oficinas atendem tanto nossos pacientes como o público em geral, que tenha curiosidade de conhecer nosso trabalho. Nossos profissionais dão todo o suporte e orientação nas atividades. Vale a pena conferir!”, concluiu Rebeca.

 

A Semana da Pessoa com Deficiência teve início na segunda, 20, com oficina de Música e na terça-feira, 21/9, data em que é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, instituído por meio da Lei Federal nº 11.133, de 14 de julho de 2005, teve oficina recreativa.

Nos próximos dias haverá oficina de meio ambiente, artesanato e dança. No sábado, 25/9, às 9h, terá uma carreata com saída de frente da Prefeitura seguindo até o Super Shopping, onde ocorrerão outras ações, encerrando com um espetáculo, às 18h.

Confira a programação

22/9 (quarta-feira) – 13h às 19h

Oficina de Meio Ambiente

23/9 (quinta-feira) –13h às 19h

Oficina de Artesanato

24/9 (sexta-feira) – 13h às 19h

Oficina de Dança

25/9 (sábado)

9h – Carreata

Ponto de encontro: em frente à Prefeitura de Osasco. Percurso segue até o Super Shopping, da Avenida dos Autonomistas, 1828

Das 10h às 18h – oficinas variadas (2º andar Super Shopping)

13h – 15h e 18h – Espetáculo aberto ao público (2º andar Super Shopping)

Serviço

CER II OSASCO

Rua Tomás Antônio Gonzaga, 250 – Cipava

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 7h às 16h

Telefone: (11) 3681-0360

Secretaria Executiva da Pessoa com Deficiência

Avenida Lázaro de Mello Brandão, 300 – Vila Campesina

Horário de atendimento: segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Telefone: (11) 3652-9590

Audiência Pública debate importância da língua de sinais para inclusão dos surdos

Evento também debateu políticas públicas para esse segmento social.

No Dia Nacional da Pessoa com Deficiência, a Câmara Municipal de Osasco realizou uma Audiência Pública para discutir “A Importância da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS”. O evento aconteceu na terça-feira (21), no Plenário Tiradentes, organizado pela Comissão Parlamentar do Idoso, Aposentado, Pensionista e das Pessoas Com Deficiência, atendendo a iniciativa do vereador-suplente Laércio Mendonça (PSD).

Mendonça comentou sobre sua experiência com o tema: “Na minha passagem pela Secretaria Municipal de Assistência Social, desenvolvemos um trabalho relacionado à linguagem de sinais, sob a batuta da hoje vereadora Elsa Oliveira (Podemos). Tenho um grande compromisso com a inclusão social”.

Ralfi Silva (Republicanos) comentou sobre a dificuldade trazida pela pandemia para as pessoas que utilizam linguagem de sinais: “Muito da comunicação de sinais é feita pela leitura labial. Nesse sentido, a máscara prejudica essas pessoas. Que todos sejam vacinados e logo possamos não usar mais a máscara”.

Elsa Oliveira ressaltou a importância de tratar do tema em audiência na Câmara Municipal e lembrou o alcance da linguagem de sinais no Brasil: “Segundo o IBGE, cerca de 5% da população brasileira — ou 10 milhões de pessoas — têm algum tipo de deficiência auditiva”. Em Osasco são 120 mil pessoas, segundo o censo 2010.

A vereadora destacou a implantação de um projeto, quando ainda trabalhava na Secretaria de Trabalho, para incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho: “Sempre disse para as empresas pensarem na eficiência e não na deficiência dessas pessoas”, sublinhou Elsa.

Já a vereadora Cristiane Celegato (Republicanos) ressaltou como obstáculos na comunicação podem causar graves impactos na vida dos indivíduos. “Nenhuma pessoa merece ser alienada do contexto social por uma situação de deficiência física”.

A assistente social Clerismar Pinho da Silva, falou sobre as pessoas que trabalham e lutam para facilitar a inclusão dos PCDs (pessoas com deficiência): “É uma luta de todos e especialmente da Associação dos Surdos de Osasco, entidade que propiciou a elaboração do Projeto de Lei para que a Linguagem Brasileira de Sinais fosse ensinada em nossa cidade, permitindo igualdade de direito aos surdos”.

Segundo Clerismar, as escolas deveriam adotar a Libras como sua língua principal. Além disso, declarou que “deveríamos lutar para que os órgãos públicos tenham intérpretes de Libras em suas solenidades e atividades diárias”.

Wellington Assunção, atleta paralímpico de vôlei nascido em Osasco, sofreu amputação de perna aos 19 anos e falou da sua experiência como deficiente: “Sofri um acidente ainda muito jovem e percebi as dificuldades de ser PCD. Eu não queria nem sair na rua. Muita gente só para refletir sobre o tema quando convive com um deficiente da maneira mais próxima”.

Salomão Lira Júnior, secretário-executivo da Pessoa com Deficiência de Osasco, falou da importância de pensar o tema da acessibilidade como política pública. “Pessoas com deficiência não são especiais, elas são seres humanos. Governos, empresas e terceiro setor precisam superar o estigma de que a deficiência é um problema. A deficiência é apenas uma condição que precisa ser pensada desde a infraestrutura”.

Criados em Paris, na França, os sinais usados na maioria das linguagens de sinais aportaram no Brasil ainda em 1855, durante o reinado de Dom Pedro II. O criador da linguagem chegou ao Brasil para auxiliar um dos netos do imperador, que tinha problemas auditivos e não falava.

Câmara de Osasco realiza 3ª edição do Programa Nossa História

Ato cívico foi marcado pelo estímulo à união entre os povos.

A união entre os povos foi a expressão que marcou a 3ª edição do Programa Nossa História, realizado na manhã desta quinta-feira (23), no dispositivo da Câmara Municipal de Osasco.

O ato cívico contou com o hasteamento das bandeiras do Brasil, do estado de São Paulo e do município de Osasco, além de homenagens a vereadores e servidores da Casa.

O vereador Josias da JUCO (PSD) destacou a importância do ato para o exercício do civismo e a união entre vereadores, servidores, autoridades e população.

O presidente da Frente Parlamentar Nossa História, vereador Rogério Santos (PL), foi um dos que enfatizaram a união entre os povos, destacando em seu discurso um trecho do Hino Oficial de Osasco e a importância do movimento emancipacionista, que deu origem à cidade. “’De mãos dadas culturas e raças, se embalaram num mesmo querer’. Devemos à Ordem dos Emancipadores a elevação de Osasco a município”, disse o vereador.

Homenagens

O ato cívico teve homenagens aos vereadores Joel Nunes (Republicanos), que é membro da Frente Parlamentar Nossa História, Laércio Mendonça (PSD) e à servidora Meiri Borges, jornalista e secretária de Comunicação da Câmara de Osasco.

Joel Nunes levou a bandeira do Brasil ao ponto mais alto do mastro e sublinhou o papel que a ela tem para cada nação, além da importância da prática do civismo como forma de referendar o amor ao país.

Laércio Mendonça, que é osasquense nato, hasteou a bandeira de Osasco e falou de seu amor com a cidade e enfatizou os 35 dias em que teve a oportunidade de exercer a vereança, durante licença médica do presidente Ribamar Silva (PSD).

Já o hasteamento da bandeira do estado de São Paulo ficou sob a responsabilidade da jornalista Meiri Borges, que teve a história de sua família lembrada pela superação e conquistas obtidas após o processo de migração de Pernambuco para São Paulo.

Nossa História

O programa Nossa História da Câmara de Osasco é uma realização semanal da Frente Parlamentar Nossa História. Criada em virtude dos preparativos para as comemorações dos 60 anos de emancipação político-administrativa de Osasco e do bicentenário da Independência do Brasil, a Frente busca estimular a prática do civismo e da cidadania com esse e outros programas legislativos.