Osasco

Prefeito anuncia chegada do Detecta em reunião do Conseg em Osasco

Atento à preocupação dos munícipes em relação à segurança na cidade, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou em reunião do Conselho Municipal de Segurança (Conseg), região Sudeste, na terça-feira, 13/11, que a partir de janeiro Osasco contará com 158 câmeras de segurança do Detecta, sistema que identifica veículos produtos de roubo, furto, com impostos atrasados ou cujos ocupantes estejam em atitudes suspeitas, de acordo com os alertas feitos pelo monitoramento das câmeras.

O encontro, do qual também participaram o delegado Fábio Garbim, o tenente Stéfano, da Polícia Militar, o secretário municipal de Segurança e Controle Urbano, Adilson Moreira, o subcomandante Vaz, da Guarda Civil Municipal, e o Monsenhor Claudemir, aconteceu no Salão de Atos da Catedral Santo Antônio, no bairro de mesmo nome.

“As câmeras já foram compradas e os aplicativos estão licitados. Com essas novas ferramentas, a polícia poderá identificar carros roubados e indivíduos que tenham praticado ou estejam planejando praticar delitos na cidade. Com o Detecta, poderão ser pegos de surpresa. Também já fizemos contrato e alugamos novas viaturas e motocicletas, que vão patrulhar as ruas da cidade. Em março contratamos 200 novos GCMs por concurso público. Eles estão em fase final de preparação e cerca de 150 irão para as ruas a partir de dezembro”, disse o prefeito.

Rogério Lins também afirmou que aumentou em 77% a destinação de recursos para a área de segurança da cidade. “Eram R$ 48 nilhões e agora serão R$ 90 milhões. Osasco certamente é a cidade no Brasil que mais aumentou os investimentos em segurança pública. Fizemos isso porque embora a segurança seja atribuição do Estado, aqui procuramos trabalhar em parceria com as polícias Civil e Militar. Também precisamos fazer nossa parte para garantir a segurança de nossos munícipes.”

Segundo Adilson Moreira, a cidade é dividida em dez distritos e as novas viaturas e GCMs serão distribuídos para patrulhamento nessas áreas. A medida se juntará a outras já em curso na cidade adotadas pela atual gestão, como o Amanhecer Seguro, por meio do qual os guardas circulam desde as primeiras horas do dia em áreas onde há aglomeração de pessoas, como pontos de ônibus, escolas e comércio.

Os chamados bailes funk e o barulho de bares até altas horas da madrugada também foram alvo de queixas de representantes da sociedade civil que integram o conselho.  “Nos últimos 30 dias já emparedamos 20 estabelecimentos que funcionavam de forma irregular. Em relação aos bailes, quando ficamos sabendo com antecedência, já ocupamos o espaço com a Guarda e a PM para que não aconteça. Por isso é importante a participação das pessoas para que possamos antecipar nossas ações”, disse Lins.

A exemplo dos demais integrantes da mesa, o chefe do Executivo enalteceu a iniciativa dos membros do grupo de dedicarem seu tempo para a discussão de temas ligados à segurança pública.

“É com diálogo, críticas e sugestões que juntos poderemos buscar medidas para atenuar a questão da violência no país. Mas é importante destacar que isso só vai mudar com educação e oportunidade para os jovens para que não se tornem infratores ou que não voltem a cometer delitos”, disse, para depois sugerir que as famílias que tenham condições desenvolvam ações sociais em comunidades próximas a suas residências.

O Conseg Sudeste abrange, entre outros bairros, o Bela Vista, Santo Antônio, Novo Osasco, Jardim Umuarama, Adalgisa, Jardim D’Abril, São Victor e Jardim Conceição.

Rogério Lins empossa novo secretário de Saúde de Osasco

Em solenidade bastante concorrida, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou na manhã de quarta-feira, 14/11, na Sala de Reuniões de seu Gabinete, o médico cardiologista João de Deus como novo secretário de Saúde. Ele substitui José Carlos Vido, que estava à frente da pasta desde o início da gestão, e que foi designado para assumir a Chefia de Gabinete.

Vido fez um balanço de sua gestão e desejou sucesso ao novo secretário. “Há dois anos, o prefeito me deu uma missão difícil. Não tínhamos noção da dificuldade que seria. Hoje deixo a Secretaria de Saúde com sentimento de dever cumprido. Fizemos tudo o que foi possível e que esteve ao alcance. Gostaria de agradecer a confiança do prefeito, a paciência que teve comigo, aos meus colegas secretários e aos funcionários. Saio da Saúde, mas a minha camisa continua a mesma. O futuro de Osasco que está em jogo, então aceito o desafio. O pessoal do Gabinete que se prepare”, disse.

O chefe do Executivo explicou que dividiria seu discurso em duas etapas. “O primeiro será para agradecer o então secretário de Saúde, José Carlos Vido, uma pessoa muito importante para nosso grupo nesse primeiro ciclo de 2 anos. É uma pessoa que veio nos ajudar no segundo ciclo. Em pouco tempo, Vido conquistou o respeito e admiração do nosso grupo, porque é uma pessoa íntegra e trabalhadora. Vido é como um jogador preparado para atuar em todas as posições”, disse.

Lins também informou: “preciso do Vido, que é muito bom no atendimento e no gerenciamento político. Acabamos de sair de uma campanha e o Vido se destacou à frente das articulações e no momento de organização. Obviamente precisamos do Vido em outra frente do governo e próximo do nosso gabinete. Vido vem para nos ajudar”.

No que classificou como a segunda etapa do discurso, o prefeito agradeceu a ajuda e o apoio do ex-Chefe de Gabinete, João Pucciariello Perez, que será designado a outro setor.

 

O NOVO SECRETÁRIO

Na sequência, o prefeito deu posse ao novo secretário. Lins disse que sempre pensou em um médico à frente da Saúde. Após elencar os investimentos em Saúde como reforma e renovação de unidades, construção de outras, implantação da pediatria 24 horas, entre outros, ele disse que o município está próximo de atender a todas as promessas de governo.

“Na saúde temos alguns desafios. Obviamente é uma pasta maior e mais delicada. Importante destacar que aumentamos o número de atendimentos, saltando de 15 mil para 25 mil atendimentos. Pretendemos implantar o Hospital Infantil e o Hospital da Mulher. Sabemos que há uma expectativa grande nas regiões mais populosas em encontrar serviços de qualidade mais próximo de suas residências. Já temos bem encaminhado a implantação da primeira AME (Atendimento Médico Especializado) em parceria com o Estado”, elencou Lins, lembrando que, apesar das dificuldades financeiras, Osasco ampliou em mais de 20% o orçamento da Saúde, que chegará a R$ 680 milhões em 2019.

Lins deu boas vindas e desejou sucesso ao novo secretário. O médico cardiologista e cirurgião João de Deus Santos Júnior deixou o comando da Secretaria de Saúde de Vargem Grande Paulista para assumir Osasco. Informando sua especialização também em gestão em saúde, o novo secretário falou sobre a necessidade de humanizar o atendimento, lembrando que todos os munícipes (pacientes) merecem respeito e carinho.

O novo secretário anunciou a sua disposição em se reunir constantemente com Vido para conhecer toda a secretaria, os projetos e as ações que estão em funcionamento. “Devo estar em contato direto com o prefeito Rogério Lins e o Vido para me informar e tenho certeza que faremos uma ótima transição”, disse.

João de Deus prometeu trabalhar 24 horas em prol da saúde e do município. “Aceitei um novo desafio e sei que aprenderei muito. Mudar a saúde pública não é fácil. É preciso um trabalho árduo, dedicação, transparência e inteligência administrativa. Precisamos urgentemente humanizar a saúde. Juntos, poderemos implantar as mudanças”, disse.

A posse de João de Deus também foi prestigiada pelo prefeito de Vargem Grande, Josué Ramos, que fez questão de ressaltar as mudanças realizadas pelo secretário na área de saúde, entre elas a implantação do ponto biométrico para que os médicos cumprissem a carga horária.

Novo Ecoponto chega à zona Norte de Osasco

Osasco conta com mais um espaço de descarte irregular de resíduos. Na sexta-feira, 9/11, a secretaria de Meio Ambiente de Osasco inaugurou mais um Ecoponto, o primeiro da zona Norte da cidade, no Jardim Mutinga (Avenida Ônix, 783). A cerimônia contou com as presenças do prefeito Rogério Lins, secretários municipais, vereadores, moradores e alunos da Emef Irma Tecla Merlo.

O secretário de Meio Ambiente, Marcelo Silva, falou da importância do espaço para o bairro. “Havia muito descarte irregular pelas ruas. A gente limpava e dias depois já estava sujo de novo”.

Marcelo Silva ainda levantou alguns números de resíduos que foram recolhidos dos outros Ecopontos, do Jaguaribe (Rua Fernando Miorim Filho, 150) e no Jardim Novo Osasco (Rua Dr. Teodoro de Souza Brandão, 1.020), inaugurados em setembro. “No Jaguaribe 320 toneladas e no Novo Osasco, 470 toneladas, em um mês de funcionamento. Isso tudo estaria nas ruas, nas galerias de água de chuva. Agora a população conta com espaço para o descarte certo”, disse.

O prefeito Rogério Lins explicou aos presentes o que representa o projeto. “O descarte correto também favorece a geração de trabalho e renda, através das cooperativas que trabalham com coleta seletiva, e ações de educação ambiental. Assim, garantimos um bom desempenho dos serviços, segurança e conforto aos usuários”.

Lins ainda conversou com os alunos sobre o projeto “Do meu bairro eu cuido”, que trata justamente da maneira correta do descarte de lixo e materiais inservíveis. O objetivo é fazer com que os estudantes sejam agentes multiplicadores no processo de conscientização.

Não se deve jogar lixo e demais resíduos nas ruas ou terrenos. Com a destinação correta, evitamos a proliferação de animais que causam doenças, o entupimento das bocas de lobo e alagamentos. Passem essa informação em casa e para os amigos”, destacou o prefeito.

Ecopontos

Os espaços vão funcionar de segunda a sexta-feira das 7h às 19h e aos sábados, das 8h às 16h. Todo o material recolhido será destinado às três cooperativas de reciclagem do município: Coopermundi (Jardim Iguaçú), Cooperares (Portal D’Oeste) e Coopernatuz (Parque Anhanguera).

Os Ecopontos são equipamentos destinados à entrega voluntária de sobras da construção civil, produtos eletrônicos, móveis velhos, madeira, papel, papelão, metal, plástico, vidros, óleo de cozinha, e integram o Plano de Política Nacional de Resíduos Sólidos e o Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.

Rogério Lins vistoria programa Asfalto Novo no Novo Osasco e Veloso

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, tem acompanhado a execução do maior programa de recapeamento da cidade: o Asfalto Novo. Na quarta-feira, 7/11, ele esteve nas ruas Cristiniano Zwicker e Nelson Palamin, no Novo Osasco, e na rua Marina Bernardes de Souza, no Jardim Veloso, acompanhado do secretário de Serviços e Obras, Cláudio Monteiro, e do vereador Toniolo.

A caminhada começou na rua Cristianiano Zwicker, que foi recapeada em toda a extensão. Durante a vistoria, Lins aproveitou para conversar com Lúcia dos Santos Resende, 82 anos, que reside no local há 41 anos. Lúcia elogiou a qualidade dos serviços e agradeceu ao prefeito pelo investimento.

A costureira Marinalva Soares de Abreu, 45 anos, também moradora do local, disse que o último recapeamento ocorreu em 1989. “Depois, só havia reparos. Agora sim, a rua está perfeita”, avaliou.

Na sequência, o prefeito seguiu para a Rua Nelson Palamin, também recapeada em toda a extensão, conversou com moradores e comerciantes e só ouviu elogios.

A última via vistoriada foi a rua Marina Bernardes de Souza, no Jardim Veloso, onde o grupo foi recepcionado por Fileto Felipe Silva Filho, 57 anos, morador há 26 anos do local. “Quero parabenizá-lo por ter recapeado nossa rua. Muito obrigado”, disse o morador.

Arnaldo Mendes, 59 anos, nascido e criado no bairro, conhecido pelos vizinhos como Índio, também elogiou o trabalho e parabenizou o prefeito pelas melhorias nas áreas de saúde, segurança e educação. “O senhor está fazendo um ótimo trabalho. Sei que a luta é grande, mas o senhor conseguirá realizar bons trabalhos na nossa cidade”, falou. O chefe do Executivo agradeceu o voto de confiança.

Osasco é uma das 100 melhores cidades para se fazer negócios

Osasco ocupa a 22ª posição no ranking das 100 melhores cidades do Brasil para se fazer negócio, com 11,99 pontos. A divulgação ocorreu no dia 31/10, na revista Exame (www.exame.com – pág. 44-50), após pesquisa feita pelo Instituto Urban Systems.

Foram analisados 42 indicadores para se chegar ao ranking das melhores cidades para se fazer negócios, investir e empreender. Foram avaliados os municípios com mais de 100 mil habitantes, cujas somas totalizaram 37,5 pontos, levando-se em conta a importância e a atualidade.

Além desse indicador, outros quatro fatores registraram as cidades mais promissoras para se fazer negócios, sendo eles Desenvolvimento Econômico, Capital Humano, Desenvolvimento Social e Infraestrutura.

Na Grande São Paulo, além de Osasco, também estão na lista, Barueri em 5º lugar, com 13,10 pontos, e Santana de Parnaíba, que segue na 28ª posição, com 11,78 pontos.

No ranking geral, Vitória (ES) foi a cidade mais bem avaliada, liderando a primeira colocação, com 13,80 pontos. São Caetano em segundo lugar, com 13,68 pontos, e a capital paulista em terceiro, com 13,31 pontos.

Osasco tem investimentos em Obras, Saúde, Educação, Esporte, Cultura, Habitação, Infraestrutura, entre outras. O município é a 2ª maior economia do Estado e o 8º maior PIB (Produto Interno Bruto) do país.

A cidade está entre as melhores em outros indicadores como no ranking da Connected Smart Cities, elaborado pela Urban Sistems ano passado, onde ocupa a 56ª posição como cidade inteligente e conectada. Possui um Centro de Operações Integradas (COI) com 62 câmeras de alta tecnologia espalhadas pela cidade para monitoramento de 268 ruas e avenidas.

É a 7ª colocada na região Metropolitana de São Paulo em indicadores de qualidade de vida e bem-estar, segundo o Observatório das Metrópoles de Bem-Estar Urbano dos Municípios Brasileiros. A cidade possui 14 parques municipais, um Borboletário, museus, teatros, escola de artes, academias municipais, espaço para grandes eventos como a Concha Acústica da Fito e o Centro de Eventos Pedro Bortolosso, entre outros.

É sede de duas grandes emissoras nacionais, hotéis, grandes centros econômicos e possui o segundo maior polo comercial do estado, que é o Calçadão da Rua Antônio Agú.

A cidade é ainda considerada a sétima das 100 melhores cidades no ranking Delta Economics & Finance/América Economia, publicado em 2017 pela revista Exame, e é considerada a 47º das cem grandes cidades do Brasil, segundo o ranking desenvolvido pela Macroplan, divulgado em março 2017.

Osasco terá representante no Mini Miss Top Brasil, em Curitiba

A estudante Victória Cristhina Silvério Ambrogi, 6 anos, representará Osasco dia 15 de dezembro, em Curitiba, na disputa do Mini Miss Top Brasil. Na quinta-feira, 1º/11, ela visitou o prefeito Rogério Lins em seu gabinete, no Paço Municipal, acompanhada dos pais André Pacheco Ambrogi e Renata Silvério de Souza Ambrogi.

O chefe do Executivo tirou fotos com a pequenina e desejou boa sorte a ela na competição.

Victória é campeã do Mini Miss Osasco. O título foi conquistado dia 24 de outubro, em cerimônia realizada em uma casa de eventos na Capital. “Estou ansiosa. Não vejo a hora de ir a Curitiba participar”, disse a estudante.

Cultura de Osasco entrega certificados do “Programa Nossa História”

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria da Cultura, promoveu quinta-feira, 25/10, a cerimônia de entrega de certificados aos participantes do Programa Nossa História, que acontece todas terças-feiras no dispositivo do Paço Municipal e às quartas no dispositivo do Osasco Plaza Shopping, no Calçadão da Rua Antônio Agú. O evento está em sua 63ª edição.

O programa tem como finalidade resgatar valores e a história de Osasco e sua gente. O evento conta sempre com a participação de convidados ligados à história da cidade que participam do hasteamento das bandeiras do Brasil, do Estado de São Paulo, de Osasco, além de famílias e entidades que contribuem para o desenvolvimento do município.

O evento aconteceu na Sala Osasco, prédio anexo ao Paço Municipal, e contou com as presenças do prefeito Rogério Lins, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, secretários, vereadores, do presidente da Ordem dos Emancipadores de Osasco, José Geraldo Setter, e demais convidados.

“O espírito cívico do evento e sua importância no resgate da história da cidade é algo muito bom para manter as nossas histórias”, disse o prefeito.

O secretário da Cultura e idealizador do programa, Sebastião Bognar, por sua vez, falou da finalidade do programa. “O Nossa História tem o intuito de resgatar valores e a história de Osasco e sua gente”.

Prefeito de Osasco recepciona contratados pelo programa Jovem Aprendiz

Na quinta-feira, 1/11, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, recepcionou, na Sala de Reuniões de seu gabinete, os familiares e os 50 jovens que trabalharão na prefeitura, por meio do programa “Jovem Aprendiz”, coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI).

O prefeito Rogério Lins falou sobre a importância de criar mecanismos para acolher os jovens. “Com as empresas e os órgãos públicos oferecendo essa oportunidade, poderemos encaminhar esses jovens a futuros brilhantes. O projeto é lindo e nada acontece por acaso. Vocês são vitoriosos. Compartilhem essa conquista com suas famílias”.

“Eu quero parabenizá-los por terem sidos escolhidos dentre tantos jovens. Agarrem essa oportunidade que está sendo oferecida. Hoje o jovem procura emprego e, como não tem experiência, é descartado. Agora, vocês terão uma profissão e estarão à frente de outros jovens na fila do emprego. Sejam muito bem-vindos”, disse o secretário de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão (SDTI), Lau Alencar.

O vereador Josias da Juco disse que ficou feliz pelo programa ter sido implantado na prefeitura e que pretende adotá-lo na Câmara. “Já estamos estudando essa possibilidade”, informou.

A superintendente do Nurap, Marisa Vidovix, parabenizou a iniciativa da Prefeitura de Osasco e a parceria firmada, além de entregar ao prefeito uma mochila com o kit que os 50 jovens receberam da Nurap.

“Achei maravilhoso a oportunidade que me deram. Agora poderia ajudar nas despesas de casa. Sou eu e mais cinco irmãos e minha mãe é diarista”, falou todo feliz Caique de Oliveira Santos, 18 anos.

 

Programa Jovem Aprendiz

Os jovens, que são de famílias de baixa renda ou se encontram em situação de vulnerabilidade social, iniciarão suas atividades junto às secretarias municipais na segunda-feira, 5/11. O contrato terá um ano de validade. A empresa que está realizando todo esse processo é a Nurap (Núcleo de Aprendizagem Profissional e Assistência Social).

O processo contou com a inscrição de 685 jovens, dos quais 269 foram selecionados e 50 escolhidos para atuarem na prefeitura. Os demais ficarão à disposição de empresas sediadas na cidade.

Também participaram do evento, a vice-prefeita Ana Maria Rossi, os secretários João Perez (chefe de Gabinete) e Elsa Oliveira (Assistência Social); o adjunto Marcos Arruda, a representante da Coordenadoria da Juventude, Vitória; a diretroa da Fundação Casa de Osasco 1, Maria Aparecida, e o presidente da Fesabo, Rozenio de Nazareno Vitório.

Novembro Azul traz diversas atividades em Osasco

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde (SS), realizará uma intensa programação de atividades voltadas ao público masculino sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata, em comemoração ao Novembro Azul.

De 1 a 30/11 serão realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h, exames do tipo PSA, para diagnosticar alterações na próstata.

O período terá também um ciclo de palestras com médicos especialistas abordando sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O principal cartão postal da cidade, o Viaduto Reynaldo de Oliveira (Viaduto Metálico), permanecerá iluminado de tom azul durante o mês, alertando os homens sobre os riscos do câncer de próstata e a necessidade da realização de exames preventivos.

 

Programação

1 a 30/11 –  Palestras nas UBSs sobre o câncer de próstata e realização de exame PSA,  conhecido por Antígeno Prostático Específico, para diagnosticar alterações na próstata

6/11 – 10h – Palestra ministrada por Fernando Valente, médico intensivista, sobre o tema: “A prevenção do câncer de próstata”

Local: Auditório da Universidade Anhanguera (Avenida dos Autonomistas, 1325 – Vila Campesina)

9/11 – 10h – Palestra ministrada por Adilson Pimentel de Carvalho Jr., urologista, sobre a prevenção do câncer de próstata

Local: Auditório do Hospital e Maternidade Amador Aguiar (Avenida Getúlio Vargas, 1260 – Piratininga)

19/11 – 20h – Ciclo de palestras educativas no Senac Osasco. Palestrantes: Felipe Augusto Prior, representante da Uninove. Formado Técnico de Enfermagem na Escola Técnica Estadual Carlos de Campos, trabalhou como técnico de enfermagem no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e no Hospital Samaritano, em Higienópolis. Na sequência palestra a psicóloga Francine Regina Rodrigues, formada pela Universidade Anhanguera. O encerramento será com Simone Monteaperto, diretora do Departamento de Atenção Básica (DAB), da Secretaria de Saúde de Osasco. Local: Senac Osasco (Rua Dante Batiston, 248 – Centro

Prefeitura de Osasco retira 1.357 veículos das ruas

A Central 156, serviço de atendimento ao munícipe, pelo qual é possível solicitar diversos serviços, fazer queixas ou denúncias anônimas, tem ajudado a Prefeitura a reduzir a quantidade de veículos abandonados nas ruas de Osasco. Entre janeiro e outubro deste ano, o Departamento Municipal de Trânsito, ligado à Secretaria de Transportes e da Mobilidade Urbana, removeu das vias públicas 1.357 veículos, dos quais 126 automóveis foram levados ao pátio.

De acordo com o Demutran, por tratar-se de veículos em condições precárias em termos de manutenção – muitos deles sem placa ou chassi – não dá para dizer se do total recolhido algum apresentava queixa de roubo.

No período apurado, 1.387 motoristas foram notificados sobre o abandono de veículo. Do total, 1.231 foram retirados do local ou do estado de abandono pelos próprios donos e o restante – 126 – foram recolhidos pelos agentes de trânsito para o pátio. Há casos em que os proprietários já haviam sido notificados antes do período correspondente a janeiro/outubro.

Todos os carros recolhidos são levados para um pátio particular (no Jardim Piratininga) conveniado com a Prefeitura. Para retirá-lo, o dono precisa pagar diária. Conforme o Decreto Municipal 9.122/02, o valor depende da espécie do veículo, sendo a diária a partir de R$ 60, 91 para carros e de R$ 30,45 para motos. Por lei, os veículos não retirados no prazo de até 60 dias podem ser leiloados.

A lei não fixa prazo para a remoção. No entanto, é dado um prazo de 20 dias após a notificação do proprietário.

De acordo com a Lei Municipal 4.396/09, caracteriza-se abandono o fato de o veículo ficar estacionado no mesmo local por mais de 20 dias consecutivos e apresentar, no mínimo, um dos seguintes requisitos: apresentar evidente estado de depreciação (ainda que coberto com capa de qualquer natureza), não possuir placa de identificação obrigatória, impossibilidade de deslocamento com segurança pelos próprios meios e ofereça risco à segurança e à saúde dos munícipes.

O artigo 1º da mesma lei diz que a Prefeitura fica autorizada a fazer a alienação de carcaças e veículos abandonados apreendidos pela Administração que, no prazo de 30 dias, não forem reclamados por seus proprietários.

Quando localizado, o proprietário é notificado no ato. Quando não é possível a identificação, o agente de trânsito faz a notificação e cola um adesivo no veículo de notificação com o número de telefone do Demutran para que o proprietário entre em contato.

Segundo o Demutran, a legislação brasileira sobre trânsito não prevê como infração o abandono de veículos, assim não há autuação. No entanto, se constatada qualquer infração de trânsito pela parada ou estacionamento, é lavrado o respectivo Auto de Infração de Trânsito (AIT).

O levantamento aponta que no momento outros 745 veículos estão abandonados nas ruas da cidade aguardando remoção (números apontados por meio de denúncias feitas na Central 156). Os bairros com mais queixas de abandono são Jardim Roberto, Vila Ayrosa, Vila Menck, Munhoz Jr., Santa Fé, Jardim Padroeira e Jardim Elvira.