Itapevi

Prefeitura amplia Horta Escolar para 15 escolas de Itapevi

A Prefeitura de Itapevi anunciou, nesta sexta-feira (22), a ampliação do projeto Horta Escolar Conexão Alelo, uma parceria com a ONG Conexão – Serviço de Integração Social e a empresa Alelo. 

O evento aconteceu no Cemeb Cecília Belli, no Jardim Portela.

Neste ano, a ação passa a atender 15 escolas municipais – em 2018, foram 10 as unidades contempladas pelo projeto-piloto, beneficiando cerca de seis mil alunos.  

Em 2019, a meta é atender 10 mil estudantes da rede municipal de ensino. 

O objetivo do Horta Escolar é estimular o envolvimento das crianças no plantio e melhorar os hábitos alimentares da população por meio de ações interativas, que motivem as famílias a fazerem escolhas mais conscientes, além de desenvolver práticas sustentáveis.

“O projeto oferece oportunidades para que nossas crianças participem pessoalmente deste processo e se tornem multiplicadores desta ideia no ambiente familiar”, disse o prefeito Igor Soares, no lançamento da ação.

Os estudantes irão aprender sobre hábitos alimentares saudáveis com palestras, oficinas de reaproveitamento de alimentos e a criação de hortas ecológicas com utilização de materiais recicláveis.

Fazem parte do projeto os cemebs Governador André Franco Montoro, Bemvindo Moreira Nery, Prof. Carlos Ramiro de Castro, Cecilia Belli, Prof. Irany Toledo Moraes, Jornalista João Valério de Paula Neto, Dona Maria Roncagli Michelotti, Mario Tomaz de Oliveira, Papa João Paulo II, Presidente Tancredo de Almeida Neves, Cândido Portinari, Emília Rossi Luigi, Neusa Marques Lobato, Maestro Gilberto Pinho e APAE.

Estas escolas receberão material necessário para a montagem dos canteiros, sementes e mudas para o plantio, além de cartilhas educativas sobre o assunto. 

Como funciona

O projeto estabelece que cada escola crie um Grupo de Apoio Escolar (composto por professores, merendeiras, direção e coordenação pedagógica) para o desenvolvimento da ação. 

Os profissionais receberão capacitação específica e também criarão um grupo de 40 alunos que são chamados de multiplicadores, que tem a finalidade de ampliar os conhecimentos aprendidos para os demais colegas.

A equipes montam seus canteiros e hortas com hortaliças e temperos em local designado pela escola, sendo realizada com acompanhamento da direção da escola e sob a monitoria e orientação de professores e de agentes facilitadores. 

Os espaços de cultivo da horta escolar serão cuidados semanalmente pelos estudantes, Grupo de Apoio Escolar sob a orientação dos facilitadores.

Estão previstas também ações de voluntariado e de colheitas, nas quais os estudantes poderão degustar (em casa e/ou na escola) os alimentos colhidos e desenvolver receitas com os alimentos cultivados. 

Os alunos ainda são estimulados a pesquisar sobre o tema e discutir em sala de aula e com familiares o aprendizado obtido.

“A iniciativa desperta nos alunos hábitos de uma alimentação saudável e a fazerem melhores escolhas em relação à sua alimentação”, afirmou a diretora da ONG Conexão, Cleusa Armezindo dos Santos. 

“O projeto Horta Escolar Conexão Alelo desenvolve práticas sustentáveis e prazerosas de plantar, cuidar, colher e consumir alimentos sem agrotóxicos, benéficos a sua saúde”, disse Cleusa.

O Horta Escolar é desenvolvido desde 2014. A iniciativa já foi implementada nas cidades de Carapicuíba, Barueri e Jandira. A estimativa é de que 100 mil pessoas foram impactadas, entre pais, familiares e comunidade. 

Itapevi reúne cerca de 3 mil pessoas em evento inédito de MMA

Foi um verdadeiro sucesso de público a 1ª edição do Mega Fight Championship (MFC), torneio de MMA (Artes Marciais Mistas) apoiado pela Prefeitura de Itapevi. Cerca de 3 mil pessoas prestigiaram o espetáculo realizado na última sexta-feira (22). As disputas aconteceram no Estádio Municipal André Nunes.

A noite foi marcada pela disputa entre Marcelo Cruz (The Rock) e Léo Cabeção pelo cinturão na categoria de até 95 kg. Aguerrida, a luta acabou aos 3m59s do segundo round, quando Léo acertou um direto de direita no rosto do adversário, atordoando-o e levando-o ao chão no “ground and pound” (finalização no solo por nocaute).  

O torneio começou com as lutas de Jiu-Jitsu e na sequência as modalidades de submission e MMA. Ao todo, a competição teve 14 combates que levaram o público à loucura. “Tem muita atração nova na cidade nos últimos dois anos. Assisto bastante lutas pela televisão e tudo tem me surpreendido demais com a qualidade em Itapevi”, disse a professora de inglês Taís dos Santos, 22, moradora do Jardim Paulista.

O MMA é um esporte de combate que reúne tanto golpes em pé quanto técnicas de luta no chão de diversas modalidades. O evento teve octógono com medidas oficiais, além de som e iluminação profissionais, como no Ultimate Fight Championship (UFC), tradicional evento mundial de MMA.

“É uma satisfação estar em Itapevi e lutar onde moram muitos dos meus familiares. A cidade precisa de um evento deste porte. O MMA precisa de investimentos e o esporte pode mudar a vida de muitos jovens. Foi o maior evento que já participei em toda a região”, disse Léo Cabeção.           

Para assistir as lutas, cada espectador levou 2 kg de alimentos não perecíveis, que serão destinados ao projeto Samaritano (Combate Libertando Vidas) de Itapevi e para pessoas em situação de rua. 

Confira os resultados das lutas:

Jiu-Jitsu

Marcela Tayane x Camila Melo (Categoria Até 60 kg) – Vencedora por pontos: Marcela Tayane

Jéssica Azevedo × Lara Júlia (Categoria Até 75 kg) – Vencedora por pontos: Jéssica Azevedo

Jonathan Montoro x Gabriel Alves (Categoria Até 60 kg) – Vencedor por finalização em triângulo: Jonathan Montoro

Marlisson Santos x Mitchel Corrêa (Categoria Até 65 kg) – Vencedor por pontos: Mitchel Corrêa

Naja (Dermeval Júnior) x Popó (Robson Almeida) (Categoria Absoluto) – Vencedor por finalização armlock: Naja

Submission

Danilo Dourado x Leandro Compri (Categoria Até 76 kg) – Vencedor por finalização: Leandro Compri

Rafael Ferraz x Larusso (Categoria Até 70 kg) – Vencedor por pontos: Rafael Ferraz

Branco x Elias Silvério (Categoria Até 90 kg) – Vencedor por pontos: Elias Silvério

MMA

Thales Morais x Jair Farias (Categoria Até 68 kg) – Vencedor por finalização: Jair Farias

Luiz (Gordo Louco) x Samuel (Nego Drama) (Categoria Até 77 kg) – Vencedor por nocaute em 8 segundos: Luiz

Sony (Deisevaldo Pereira) × Rochinha (Categoria Até 64,5 kg) – Vencedor por decisão unânime Rochinha

Boi Bandido x Martin Farley (Categoria Até 84 kg) – Vencedor por finalização Martin Farley

Michelle (Casca Grossa) x Eliane Galvão (Categoria Até 100 kg) – Vencedora por decisão unânime Michelle

Cinturão do MFC – Luta da Noite

Marcelo Cruz (The Rock) x Léo Cabeção (Categoria Até 95 kg) – Vencedor por nocaute Léo Cabeção

Ruas de Itapevi recebem 5 mil pessoas na Marcha para Jesus

As ruas de Itapevi receberam mais uma edição da Marcha para Jesus. O evento reuniu milhares de pessoas no sábado (23). A concentração para a Marcha aconteceu na Praça 18, às 14h, com trajeto em direção ao Estádio Municipal.

“Quanto mais apoio tivermos da Prefeitura para realizar esse tipo de evento, melhor”, disse o itapeviense Willis de Almeida Santos. “Nós queremos chegar e sentir a presença de Deus”, afirmou.

Em 2018, a administração municipal sancionou a Lei 2523, que incluiu o evento no calendário oficial das comemorações pela emancipação político-administrativa de Itapevi – celebrada todo dia 18 de fevereiro, aniversário da cidade.

Realizada pelo Conpai (Conselho de Pastores de Itapevi), a Marcha teve apoio da Prefeitura de Itapevi e integrou as ações em comemorações aos 60 anos da cidade.

Chuvas cancelam programação noturna

A programação gospel começou às 16h, no Estádio Municipal, com a apresentação da cantora Gabriela Rocha prevista para as 22h. Mas teve de ser cancelada por volta das 18h30, devido às fortes chuvas que atingiram a cidade – segundo a Defesa Civil, a precipitação se converteu em vendaval.

”Foi uma decisão difícil de ser tomada, porque a população esperou muito por esse momento”, disse o prefeito Igor Soares. “No entanto, não podemos colocar nenhum cidadão em risco, e foi com essa convicção que decidimos suspender o restante das apresentações”, afirmou.  

Escola do Parlamento de Itapevi abre inscrições para curso de mídias sociais

Gerenciamento, produção de conteúdo, monitoramento, métricas, interação dos canais e técnica de persuasão, são alguns dos temas que serão abordados no curso, gratuito, de Comunicação Digital no Setor Público, promovido pela Escola do Parlamento Dr. Osmar de Souza, nos dias 18 e 21 de março, em Itapevi.

Ministrado pela consultora digital Juliana Fratini, o curso apresentará em dois dias conteúdo teórico e prático sobre as tendências do mercado digital e conceitos que podem ser aplicados na área pública.

Destinado a servidores públicos, profissionais de comunicação e estudantes de comunicação, o curso será ministrado na Câmara Municipal de Itapevi, nos dias 18 e 21 de março, sempre das 13 às 17 horas. A escola emitirá certificado aos participantes que atenderem a carga horária. A inscrição pode ser feita no site: www.camaraitapevi.sp.gov.br/escola, até o dia 10 de março. 

Igor Soares entrega 81 novos uniformes aos profissionais do SAMU

O prefeito Igor Soares entregou, nesta quarta-feira (20), 81 novos uniformes aos profissionais do SAMU Regional Oeste (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) – unidade com sede em Itapevi. A solenidade de entrega aconteceu na sede da administração municipal, na Vila Nova Itapevi.

“Os profissionais do SAMU merecem toda dignidade e respeito. Por isso, as entregas dos uniformes garantirão melhor qualidade no atendimento médico-hospitalar dos nossos cidadãos”, destacou o prefeito.

As peças, consideradas EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), foram entregues a condutores, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e telefonistas do SAMU. O uniforme é composto por um macacão com faixas reflexivas (iluminação noturna para evitar acidentes de trânsito) e bolsos para guardar equipamentos e medicamentos, além de capa de chuva, camiseta e bota. Os telefonistas receberam apenas o colete. Todas as peças têm tarjetas com identificação pessoal bordadas.

Os materiais são térmicos e a durabilidade das peças é de aproximadamente dois anos. “Os novos uniformes atendem especificações técnicas do Ministério da Saúde, protegendo o socorrista e assegurando um atendimento de qualidade à população”, resumiu a secretária de Saúde, Luiza Nasi.

“O uniforme anterior era de algodão, costumava rasgar e desfiava dependendo da ocorrência. Este novo material confeccionado em tecido rip stop é mais resistente ao rasgo. A matéria-prima é a mesma contida em muitas fardas militares, além de ser impermeável, nos protegendo das chuvas e outras intempéries. Esse novo uniforme é ainda uma verdadeira barreira biológica porque não permite a nossa contaminação em atendimento médico na rua junto ao paciente quando há sangue envolvido”, destacou a coordenadora geral do SAMU Regional Oeste, Juliana Petrin.

Os itens foram comprados ainda no final do segundo semestre do ano passado por meio de licitação e adquiridos com recursos municipais. O investimento foi de cerca de R$ 60 mil. As peças chegaram no início de fevereiro deste ano.  

Atendimento do SAMU

O Serviço (Avenida José Michelotti, 400 – Cidade Saúde) funciona 24 horas. O telefone para emergência é 192 e o atendimento administrativo é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelos telefones 4143-8200 ou 4143-8203.

O SAMU está qualificado para atender chamados de urgência, como infarto agudo do miocárdio, queda de altura de mais de três metros, acidente de trânsito, tentativa de suicídio, gestante em trabalho de parto, engasgo, crises convulsivas, parada cardiorrespiratória, acidentes de transito, vítimas de ferimento por arma branca ou por arma de fogo, dentre outros.

O SAMU Regional Oeste, no qual Itapevi é a sede do consórcio, abrange seis cidades: Itapevi, Cotia, Pirapora, Vargem Grande Paulista, Jandira, Carapicuíba.

Vereadora Mariza defende ampliação de CEMEB

A vereadora Mariza (PSL) apresentou indicação que pede a ampliação do número de salas do Centro Municipal de Educação Básica (CEMEB) Cecília Meireles, Jardim Briquet. O documento foi aprovado na última terça-feira (19).

Na justificativa, a vereadora destacou que essa é uma solicitação dos pais de alunos. “Com a construção de mais salas de possibilitará atender um maior número de crianças do Jardim Briquet e bairros próximos”, disse Mariza.

A indicação será encaminhada para conhecimento e adoção de medidas pela secretaria municipal da educação.

Vereador busca reforma de escola municipal

O vereador pesselista, Thiaquinho (PSL) retomou o pedido de reforma do Centro Municipal de Educação Básica (CEMEB) Drª Zilda Arns Neumann, no Jardim São Carlos. O pedido foi reapresentado por meio da Indicação 532/2019, aprovada na última sessão legislativa (19).

“A reforma do CEMEB é um pedido antigo dos moradores do bairro e pais de alunos, que buscam mais segurança e melhores instalações para alunos e professores”, frisou o parlamentar. 

Vereador Renatinho reivindicada arborização no Dona Elvira

Tendo como objetivo devolver o equilíbrio ecológico do meio ambiente e contribuir para a qualidade de vida da população em áreas urbanas de Itapevi, o vereador Renatinho (DC) apresentou indicação solicitando arborização das margens do Rio Barueri Mirim, Jardim Dona Elvira. O pedido apresentado por meio da indicação 531/2019, foi aprovado na última terça-feira (19).

Segundo o parlamentar, o plantio de árvores trará a longo prazo um ganho importante na qualidade de vida das pessoas no bairro e cidade, além de melhorias no paisagismo.

“A arborização urbana abrange toda cobertura vegetal de porte arbóreo existente nas cidades e que pode ocupar as áreas livres particulares ou públicas e potencialmente coletivas (pátios de universidades, escolas e igrejas, por exemplo, que tem seu acesso de alguma forma controlado), além de acompanhar o sistema viário”, completou Renatinho.

A indicação será encaminhada para conhecimento da prefeitura de Itapevi, para realização de estudos. 

Professora Camila pede semáforo sonoro em Itapevi

Vereadores aprovam em Plenário indicação da vereadora Professora Camila Godói (PSB) que pede a instalação de semáforos sonoros em cruzamentos da cidade, para garantir a travessia segura dos pedestres com deficiência visual. O documento foi aprovado na última terça-feira (19).

Existente em outras cidades brasileiras, o equipamento de aviso sonoro (uma caixa amarela fixada no poste do semáforo para pedestres) emite sons – “bip-bip”. Indicando que a via está apta para a travessia segura do pedestre com deficiência visual.

Quando o tempo da travessia está terminando o aviso sonoro fica mais acelerado, portanto, o pedestre saberá que aquele momento não é adequado e seguro para iniciar a travessia. Se não há sons, indica que o semáforo está aberto aos veículos e fechado para os pedestres.

A indicação será encaminhada para secretaria municipal de segurança e mobilidade urbana. 

Prefeitura começa a distribuir Guia Fit de Itapevi

Reunir todas as informações relacionadas aos equipamentos esportivos da cidade num só material, facilitando o acesso da população e democratizando seu uso em toda a cidade. Esse é o objetivo do Guia Fit de Itapevi, uma cartilha produzida pela Prefeitura e que começara a ser distribuída gratuitamente em toda a cidade a partir desta segunda-feira (11).

Nela, é possível conferir os endereços de 81 equipamentos esportivos municipais, que abrangem polos do projeto Mais Esportes, campos de futebol, pistas de skate, ginásio esportivo, quadradas poliesportivas, pistas de caminhada, quadras de areia, Areninhas e academias ao ar-livre, dentre outros.

Ao todo, 5 mil cópias da cartilha serão distribuídas em comércios, prédios públicos e nos próprios equipamentos esportivos listados.  “Fizemos este material para que os itapevienses conheçam e usufruam de serviços públicos que são seus por direito”, diz o prefeito Igor Soares. “Queremos que o cidadão aproveite a cidade e tenha orgulho dela”, afirma.

Mais Esportes

Em vigor desde 2017, o programa já atendeu cerca de 8 mil itapevienses. O objetivo é formar atletas e oferecer oportunidades de inclusão social por meio do esporte.

Desde 4 de fevereiro as inscrições estão abertas para aulas em 16 modalidades esportivas. Gratuitas, as atividades são oferecidas em 24 polos do Programa Mais Esportes, distribuídos em 16 bairros da cidade. As aulas começam no dia 19 de fevereiro.