Barueri

Secretaria de Esportes realiza eventos que arrecadam mais de 4 toneladas de alimento

 


IMG_6653

 

A Secretaria de Esportes de Barueri  realiza ao longo de todo o ano uma série de grandes eventos esportivos.

Recentemente, aconteceram eventos como o Brasileiro de Jiu-Jitsu e o Hugs Combat.

Os dois eventos aconteceram no Ginásio Poliesportivo e atraíram a presença de milhares de pessoas.

Ambos os eventos – arrecadaram na entrada – 1kg de alimento não perecível que foram revertido para o Fundo Social de Solidariedade de Barueri.

DOAÇÃO DE 4 TONELADAS – Na manhã desta terça-feira, a secretária de Ações Sociais de Barueri, Auta Veridiana esteve na Secretaria de esportes para receber das mãos do secretário de Esportes Demétrius Ferreira e do secretário Adjunto, Leonardo Oliveira, cerca de 4 toneladas de alimentos. De acordo com a secretária, serão montados kits e distribuídos imediatamente para a população mais carente da cidade de Barueri.

Yoga para mães e filhos marcaram atividades da Semana do Bebê no Parque Ecológico de Barueri

IMG_20160515_160323

No domingo, 15, aconteceu o Encontro Especial para Gestantes, Mamães e Bebes, que integrou o projeto Semana do Bebê. O evento aconteceu no Parque Ecológico de Barueri.

Dentro da extensa programação que envolveu diversas secretarias,  aconteceu também  a atividade Matroginástica e Yoga para mamães e bebês, uma programação que é uma parceria entre a Secretaria de Esportes e GRB.

De acordo com a professora do GRB, Vânia Costa, “o yoga  mãe e bebê é uma prática imbuída de amor.  Através desta experiência, mãe e bebê conhecem-se  melhor, aprimorando a comunicação mútua. O movimento e o contato físico são uma rica estimulação a ser oferecida ao bebê. Por meio do yoga, cria-se uma base de bem-estar e contribui-se a um estado de satisfação”, explicou.

Além das atividades de Yoga, as mamães presentes no Parque Ecológico de Barueri também participaram de uma série de outros eventos realizados em parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente e Cultura.

Teatro da Escola Internacional de Alphaville exibe peça infantil “A Bruxinha”

A Escola Internacional de Alphaville, instituição bilíngue localizada em Barueri, na Grande São Paulo, com o objetivo de oferecer atrações culturais e de lazer para a comunidade escolar e aos moradores de Alphaville, exibe a peça “A Bruxinha”, da Cia Truks, no teatro da instituição no dia 21 de maio (sábado) em duas sessões às 15h e às 17h, que serão precedidas por contações de histórias em inglês 30 minutos de cada sessão. O objetivo da instituição é transformar o teatro da escola em pólo cultural para a região.

“O projeto de trazer peças de fora da Escola deu certo e queremos dar mais uma opção para a comunidade de Tamboré, Barueri e Alphaville para que as pessoas não precisem sair da região para assistir a uma peça de teatro de qualidade. Além disso, promovemos e damos espaço à difusão da cultura fora dos grandes centros”, diz Ricardo Chioccarello, Gestor da Escola Internacional de Alphaville.

Os ingressos serão vendidos no setor de Atendimento da Escola no valor de R$ 60,00, inteira, e R$ 30,00, meia-entrada, e, a cada ingresso vendido, R$ 10,00 serão doados para o Sítio Agar, localizado em Cajamar, lar de crianças e adolescentes portadores do vírus HIV ou afastados de suas famílias. As vendas começam a partir do dia 02 de maio (segunda-feira).

Baseado na obra da autora e ilustradora Eva Furnari, “A Bruxinha”, primeiro trabalho da Cia Truks, faz ao público um convite à imaginação e ao desenvolvimento da criatividade, revelando outra face da realidade: a fantasia. A personagem gráfica da premiada autora e ilustradora Eva Furnari, com mais de 30 anos de aparições em livros e tirinhas, ganha corpo – e alma – de boneco, e leva para os palcos toda a sua graça, simpatia e inusitado senso de humor, vivendo suas aventuras, manias e caprichos. Transforma almofadas em dragões, um balde e uma vassoura em príncipe, dá vida a sapatos que dançam um “caliente” tango, e assim por diante, até que um monstro muito desajeitado deseja testar a sua varinha de condão. A partir daí, uma ágil sucessão de imagens narra o duelo do Monstro com a Bruxinha e seus amigos, como que em uma cena de desenho animado, para que, por fim, tudo acabe em uma grande brincadeira.

 

Serviço: Espetáculo “A Bruxinha”.

Preço: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia-entrada: estudantes, mediante apresentação de carteira escolar, e idosos, acima de 60 anos).

Vendas: No setor de Atendimento da Escola (a partir do dia 02 de maio, segunda-feira).

Local: Teatro Escola Internacional de Alphaville (Av. Copacabana, 624 – Cond. Empresarial 18 do Forte – Alphaville – Barueri – SP)

Data: 21/05/2016

Horários: Duas sessões às 15h e às 17h

Recomendação de faixa etária: 3 a 7 anos

Duração: 50 minutos

Capacidade: 198 lugares

Estacionamento gratuito – Número restrito de veículos.

Contato: (11) 4134 6686.

 

Perfil

A Escola Internacional de Alphaville diferencia-se por seu projeto educacional arrojado e adequado à sociedade contemporânea. Foi criada segundo as mais avançadas e eficientes conquistas na área de educação, garantindo uma formação bilíngue (português-inglês) altamente qualificada, ao preparar seus 674 alunos de 17 nacionalidades para um mundo competitivo por meio de uma visão pluralista e de incentivo às múltiplas competências e habilidades. Hoje, cerca de 15% dos alunos são estrangeiros, sendo a maioria, filhos de executivos expatriados. Dentre os projetos, aulas de empreendedorismo, aulas de educação financeira, o Life@School Tablet Program – que alia atividades pedagógicas ao uso de iPads – e o projeto de voluntariado Janelas para o Futuro. Em 2015, foi aprovada como escola candidata IB-PYP (International Baccalaureate® World School – Primary Years Programme), um programa acadêmico fundado em 1968, na Suíça, e adotado por mais de 4.000 das melhores escolas de 148 países, que prima pelo rigor acadêmico, o método de avaliação e a ênfase no desenvolvimento pessoal dos alunos. Após o êxito em seu processo de candidatura, a Escola Internacional se juntará ao seleto grupo de 10 escolas que oferecem o IB-PYP no Brasil.

Barueri pode sair da crise primeiro que o Estado e a União, porém precisamos colocar um bom gestor na cidade

luizinho

Luiz Carlos de  Souza, Luizinho, presidente Municipal do partido Solidariedade. Entrou na política em 1988 apoiando e colaborando com outras candidaturas, em 2008 foi eleito vereador em Barueri. Em 2010 assumiu secretaria de governo na gestão Rubens Furlan. Devido a sua experiência em 2012 foi convidado para colaborar em Santana de Parnaíba colaborando no relacionamento entre empresa e poder público, onde deu importantes contribuições. Em 2016 sua missão será conduzir o partido Solidariedade de forma brilhante em uma campanha vitoriosa.

 

1 – Há quanto tempo atua na política de Barueri?

R: Estou na política desde 1988, sou apaixonado por Barueri, e sempre apoiei outros candidatos, penso que não participando da política sempre estaria sujeitando as pessoas que não comungam da mesma visão de melhoria que eu tenho. Então participar da política é uma forma de colaborar com a transformação da nossa cidade. Em 2008 fui eleito vereador, deixei minha colaboração. Hoje penso que se cada um cuidar bem do seu bairro ou da sua rua, já teremos um Brasil melhor.

 

2 – Como chegou ao partido Solidariedade?

R: Sempre tive uma boa relação com as indústrias e o Partido Solidariedade tem um histórico ligado a elas. Diante disso os dirigentes estaduais da sigla viram em mim coerência e um potencial militante devido e me convidaram para se filiar em 2013 e eu aceitei. Posteriormente me convidaram para presidir a legenda e mais uma vez assumi o papel que venho exercendo até hoje com muito orgulho e dedicação.

 

3 – Como está o Partido Solidariedade na cidade de Barueri?

R: Estamos bem organizados na cidade. Temos as câmaras temáticas ligado ao social, mulher, jovem, meio ambiente entre outras e elas se conectam ao partido no Estado e com Brasília mantendo assim uma constante atualização das diretrizes e com isso pautando os programas sociais existentes, como por exemplo, o programa Jovem Aprendiz. O partido sempre orienta os filiados dá uma boa estrutura para quem quer caminhar conosco. Quando algum candidato é eleito pela legenda ele recebe todo apoio e orientação do partido para exercer um bom mandato e isso tem sido nossa referência.

4 – Qual tem sido a principal bandeira do partido e como coloca-la em pratica em Barueri?

R: Temos várias bandeiras, porém hoje a principal é a volta do emprego. Precisamos criar sinergia entre municípios, Estado e União para que possamos criar novas vagas no mercado de trabalho. Não adianta fazer hoje uma mudança previdenciária se não gerarmos mais emprego. Aqui em Barueri, precisamos criar credito para poder avançar. O empresário tem que investir, porém para isso a cidade tem que fazer sua parte. Se todos fizermos investimentos a engrenagem funciona e assim fazemos a roda girar.

 

5 – Qual o seu pensamento sobre a cidade de Barueri?

R: Barueri é uma cidade importante para o Estado de São Paulo e principalmente para a região Oeste. A cidade tem empresas multinacionais e boas indústrias. Somos uma cidade acolhedora e bem situada as margens da Castelo Branco, os problemas que a cidade tem hoje é devido a má gestão da coisa publica, porém temos potencial. Barueri é uma cidade rica e prospera.

 

6 –  Qual a expectativa do partido para o pleito deste ano?

R: O planejamento e a estrutura que montamos é para fazer uma campanha vitoriosa, minha meta é que todos que vierem a se tornar candidatos esse ano encontrem um partido que os apóie e que motive cada um para conquistar o sucesso. O partido tem bons filiados temos mulheres militantes bem atuantes, boa estrutura e um time de primeira. Na hora de escolher ou aceitar filiados que seriam pré-candidatos olhamos o histórico da pessoa porque não queremos nos corromper ou sermos vendidos, queremos ter autonomia como partido e o país vive um momento de dizer não a corrupção e estamos nessa mesma linha, então já começamos a escolher as melhores pessoas que um dia podem estar em um mandato ajudando a cidade a se recuperar.

 

7 – A crise financeira nacional tem afetado todo o país e, consequentemente as prefeituras, isso também aconteceu em Barueri?

R: A crise se transformou em um efeito dominó afetando a todos, porém Barueri tem uma arrecadação boa. O que está faltando é uma administração eficiente. O gestor de Barueri deve colocar pessoas certas no lugar certo para que a cidade volte a criar novas frentes de trabalho e ser mais eficiente. Podemos sair da crise primeiro que o Estado e a União, porém, para isso ocorrer devemos ter pessoas certas a frente da cidade.

 

8 – Quais os principais problemas do município atualmente e como solucioná-los?

R: Os principais problemas hoje são:  Saúde e Educação. Temos que dar um choque de gestão, fazer com que a saúde não crie expectativas apenas. Existe hoje em Barueri supervisor de saúde que não sabe o que é Buscopan. Ele ganha bem e não sabe aquilo que esta fazendo, não é geral, mas isso tira estimulo de quem realmente trabalha. Devemos colocar na saúde quem realmente entende de saúde. Não podemos criar balcão de emprego na maquina pública. Já na educação os educadores devem cuidar da educação. Penso sempre em Educadores comandados por educadores, ou pessoa que tenha experiência e sabe do que está falando. Existe um desconforto entre o gestor e quem produz educação hoje e isso atrapalha todo o funcionamento da Educação o resultado é uma prefeitura que falha constantemente e produz péssimos resultados.  

 

9 – Qual a mensagem que o senhor deixa para os filiados do solidariedade e em especial para os moradores de Barueri?

R: Aos filiados do partido vou reforçar minha mensagem que é para que todos pensem no coletivo. Se pensar somente em si mesmo, tenho certeza que jamais será um representante do povo. Se algum filiado vier a se tornar um representante do povo, pensem na cidade como um todo e trabalhe buscando o desenvolvimento da cidade. Já ao povo de Barueri quero dizer que o partido juntamente com todos os seus filiados vão trabalhar para que os moradores voltem a ter orgulho da cidade e batem no peito e digam que são Baruerienses.  

 

10-  Como as pessoas interessadas no partido solidariedade podem se filiar? 

R: Existem dois caminhos, o primeiro é fazer a filiação online no site do partido que está no sitio http://www.solidariedade.org.br. Fazendo assim a ficha irá chegar até minhas mãos e de posse dela irei me reunir com o interessado para assinar e aceitar a filiação dele no partido Solidariedade.

Handebol é uma das modalidades mais procuradas por crianças e adolescentes

IMG_6537

Uma das modalidades esportivas mais procuradas por crianças e adolescentes de Barueri nos últimos anos tem sido o Handebol, ministrado pelas Escolas de Esportes do GRB.

Atualmente o Handebol conta com cerca de 400 alunos espalhados por núcleos instalados nos quatro cantos da cidade de Barueri.

O Handebol foi implantado em Barueri em  maio de 2009  e
atualmente  acontece nos seguintes núcleos: Ginásio Jardim Silveira, Ginásio Jardim Boa Vista, Ginásio Jardim Maria Helena, Ginásio Parque dos Camargos, Ginásio Jardim Mutinga, Ginásio Parque Viana, Ginásio da Aldeia, Ginásio Jardim Tupancy, Ginásio Jardim Reginalice, Centro Esportivo Engenho Novo e quadra da EMEF Wandeir Ribeiro.

De acordo com o professor Adroaldo Sousa, a modalidade é muito procurado, tanto por alunos que não se identificaram muito com o futebol ou até mesmo aqueles apaixonados por esportes e frequentam aulas em mais de uma modalidade. “É um esporte muito dinâmico”, comenta o professor Adroaldo,  que nas aulas de terça-feira divide a quadra do Jardim Maria Helena com o professor Rubens Amaro.

A MODALIDADE –   O handebol é um esporte de origem alemã do século XIX. Embora tenha sido inicialmente praticado exclusivamente por mulheres e ao ar livre, hoje é jogado tanto por homens quanto mulheres e em quadras tanto abertas quanto fechadas.

A quadra, em geral, é semelhante à de jogos de futebol e era, inicialmente, disputado por duas equipes de 11 jogadores cada. Atualmente, a FIHA, Federação Internacional de Handebol Amador, mantém como oficial o número de 7 jogadores por equipe.

PARA SE MATRICULAR – Para se matricular basta apresentar os seguintes documentos: 1 foto 3×4, Cartão Barueri e atestado médico. Para efetuar a matrícula, os pais ou responsáveis devem preencher e assinar as fichas de inscrições. Procure o ginásio esportivo mais perto de sua casa. Para mais informações e inscrições, ligue para 4199-1700.

Talento e disciplina fizeram de Rodrigo e Andrew uma dupla imbatível no kata

Karatê03

Um saiu do Parque dos Camargos, o outro, do Belval. Eles se encontraram no karatê e hoje são hexacampeoões brasileiros de kata, uma modalidade do esporte. Agora, Andrew Rodrigo e Rodrigo Arita preparam-se para representar o Brasil no campeonato sul-americano que será disputado em agosto, no Chile.

A relação de ambos com o esporte tem suas coincidências. Os dois queriam ser jogadores de futebol mas, logo cedo, aos sete anos, se identificaram com as artes marciais. Rodrigo começou pelo judô, na escolinha da prefeitura, mas teve problemas com os métodos do professor e aos 11 anos mudou para o karatê. Andrew entrou numa academia particular já diretamente no karatê, até transferir-se para o Grêmio Recreativo Barueri (GRB), também aos 11.

 

“Meu pai sempre me deu muita força, mas não gostava muito do judô”, conta Rodrigo. “Por isso, me apoiou quando troquei de esporte.” Andrew, por sua vez, pensou em fazer capoeira, mas desistiu. No karatê, os pequenos alunos logo começaram a competir, e em pouco tempo chamaram a atenção dos instrutores.

Viraram atletas, venceram competições e, com o tempo, acabaram se tornando professores da escolinha do GRB, sob a orientação do sensei Ruy Koike, de quem se tornaram discípulos e amigos. Rodrigo tinha 23 anos, Andrew, 18.

Hoje, dão aulas para crianças, adolescentes e adultos de todas as idades nas diversas unidades do clube. “Temos uma aluna de 65 anos”, conta Rodrigo, com um misto de satisfação e orgulho.

Mas as aulas não interromperam a trajetória de atletas da dupla. Eles se especializaram na arte do kata, uma variação em que o competidor faz uma demonstração de sua técnica sem lutar. “É um exercício mental e físico onde você usa todo seu conhecimento para simular uma luta”, explica Andrew. “Como se estivéssemos enfrentando um oponente imaginário.” Diante de um corpo de juízes, eles são avaliados pelos movimentos, expressões e golpes.

O kata pode ser individual ou coletivo, praticado por três atletas que devem ter sincronia perfeita. Aí, Andrew e Rodrigo são imbatíveis. Em 1º de maio, junto com o colega Marcel Raimo, de Bauru, eles se tornaram hexacampeões brasileiros da modalidade.

Com o título, vão representar o país pela quarta vez no sul-americano, no Chile. Antes, competiram no Peru, Paraguai e no Brasil, conseguindo dois vice-campeonatos continentais. Também disputaram um mundial no Japão. Além disso, Andrew tem o bicampeonato brasileiro individual.

Quando falam do esporte que adotaram, os dois mudam de tom. A sobriedade e certa timidez que demonstram quando explicam detalhes do treinamento e das competições dão lugar ao entusiasmo. Eles não querem mais falar apenas da técnica, mas de valores como foco, disciplina e lealdade. E como isso muda a vida das pessoas.

Nesse ponto, eles têm a mesma sintonia que precisam demonstrar no tatame. “Ser atleta é uma circunstância, de cada 100 alunos, um vai conseguir”, afirma Andrew. “Mas o karatê é mais do que competir, é um processo contínuo, para toda a vida, que não termina quando uma etapa é concluída”, diz Rodrigo. “E a pessoa pode deixar de praticar, mas vai levar junto tudo o que viveu e aprendeu aqui”, emenda Andrew.

E não faltaram foco e dedicação para a dupla. Os dois se formaram em Educação Física e Rodrigo tem pós-graduação em treinamento e preparação física.

Já Andrew se aperfeiçoa em acupuntura. E brinca: “É assim, ele maltrata o aluno e manda pra eu cuidar.” É brincadeira, claro, mas seria mais uma demonstração da sincronia entre os dois.

 

Escolas de Esportes de Futsal do GRB ainda tem vagas para crianças e adolescentes

IMG_5571

As Escolas de Esportes do GRB atualmente oferecem 15 diferentes modalidades esportivas para crianças e adolescentes de todos os bairros de Barueri.

A modalidade Futsal, por exemplo, atualmente conta com 1830 alunos e de acordo com  o gestor do GRB, Adão Rodrigues, a meta é chegar até o final do ano com um total aproximado de 2520 alunos.

As aulas acontecem nos ginásios de esportes e os alunos são orientados por professores capacitados e comprometidos com o projeto de formar cidadãos e incentivar à prática esportiva, além do acompanhamento do desenvolvimento, agilidade e reflexo dos alunos.

Além das aulas rotineiras práticas, os alunos recebem ainda ensinamentos sobre fundamentos da modalidade. Os inscritos na modalidade das Escolas de Esportes do GRB participam ainda dos concorridos festivais internos e externos, eventos que despertam muito interesse de todos os participantes.

Ainda há vagas para os interessados em frequentar a modalidade que atualmente oferece aulas totalmente gratuitas nos seguintes núcleos: ginásios esportivos do Jardim Maria Helena, Jardim Mutinga, Parque dos Camargos, Parque Imperial, Aldeia de Barueri, Engenho Novo, Jardim Belval, Parque Viana, Jardim Reginalice, Jardim Silveira, Jardim Tupã e Jardim Tupancy. As aulas também são ministradas nos Centros Comunitários do Parque dos Camargos, Engenho Novo, Jardim Paraíso, Centro Esportivo do Engenho Novo e Emef  Elizabeth Parminondi.

O QUE É PRECISO PARA MATRÍCULA – As aulas são gratuitas e para fazer a inscrição basta comparecer ao centro esportivo mais próximo da sua residência, com os seguintes documentos: 1 foto 3×4, atestado médico atual, Cartão Barueri e fotocópia do RG ou da Certidão de Nascimento. Mais informações pelos telefones: 4199-1700 ou 4163-4131.

Professores do GRB se classificam para Sulamericano de Karatê

12888573_968374416571790_4433743194541236207_o

No final de semana aconteceu o Campeonato Brasileiro de Karatê-Do- Shotokan JKA, na cidade de Arujá. Na oportunidade,  os professores das Escolas de Esportes do GRB tiveram uma ótima participação e sagraram-se campeões brasileiros e garantiram vaga para o Sul-Americano que acontecerá no Chile.

 Andrew Rodrigo e Rodrigo Arita  começaram suas atividades como atletas como alunos das Escolas de Esportes do GRB e atualmente são professores da modalidade Karatê do GRB. Juntamente com o atleta Marcel Raimo a equipe fez uma excelente performance e, conquistou o melhor título do campeonato. Mais uma vez a Equipe de Kata Masculino de São Paulo é destaque no campeonato e soma o título de hexacampeões na categoria.

Maior Campeonato Amador de Futebol e Futsal tem início nessa sexta-feira,29

image002 (1)

Tem início na sexta-feira, 29, mais uma edição do mais tradicional e maior Campeonato de Futebol e Futsal Amador de toda a região.

Em uma realização da Secretaria de Esportes, os jogos acontecem em quadras esportivas e campos de futebol espalhados por todos os bairros de Barueri e somando todas as categorias e divisões, o campeonato reúne 420 equipes somando cerca de 13 mil atletas.

Nos jogos de futebol e futsal as equipes estão disputam as primeiras e segundas divusões nas seguintes categorias: juniores, veteranos, veteraníssimo, máster, super máster, extra máster, feminino

As disputas das equipes de Futsal têm início nessa sexta-feira entre as categorias Veterano e Veteraníssimo. Já no sábado e domingo, os campos de toda a cidade recebem os jogos de futebol da primeira divisão.

A tabela de todos os jogos, horários de cada categoria podem ser encontrados no sitewww.campeonatoamadorbarueri.com.br.